Ano XIII | Edição 757 | 27 de Junho de 2017
Roberto Costa Lima

Roberto Costa Lima

robertocostalima@jornalmetropolitano.com.br

07 de Agosto de 2015 às 12h57

NOSSAS ÁGUAS SALGADAS

A posse do empresário Flávio Azevedo na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico é um passo gigantesco para que o Rio Grande do Norte venha a trilhar o caminho do desenvolvimento ao explorar com sensatez as suas riquezas naturais, pois o novo secretário tem livre trânsito entre os empresários brasileiros, conhece como poucos os caminhos a serem trilhados e com profundidade tem conhecimento dos projetos que podem ser viáveis para contribuir com o desenvolvimento econômico do Estado.

Poderia, aqui neste canto de página, até escrever uma Carta Aberta ao novo secretário Flávio Azevedo para lembra-lo de tudo o quanto já se tentou - e não se conseguiu - fazer para deslanchar vários projetos que poderiam fazer surgir novas indústrias no Rio Grande do Norte, mas prefiro neste primeiro momento, apenas lembrar que a nossa pesca industrial vem estagnada e que pode muito bem ser revigorada para melhorar os nossos números em termos de produção e de oferta de empregos em todo o litoral.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte conta em seus quadros com profissionais que podem muito bem dar uma orientação técnica para alcançarmos resultados positivos com a pesca em escala industrial, a exemplo do que vem fazendo os Estados litorâneos. Pensar na pesca industrial, sem esquecer a pesca artesanal, é uma necessidade básica, pois se trata de uma riqueza imensurável que ao longo de todos esses anos não vem sendo aproveitada no seu potencial.

Portanto, nas águas salgadas está parte das nossas riquezas. Se por um lado poderemos desenvolver projetos arrojados voltados para a pesca artesanal e para a pesca industrial, temos também, num futuro próximo, que utilizarmos esse mesmo potencial, ou seja, as águas residuais das salinas para transformá-las em produtos químicos em escala industrial para atender as necessidades da indústria brasileira. Aproveitar o potencial das águas salgadas do RN é apenas um item perfeitamente viável para impulsionar a nossa economia. Basta ter vontade política.

 


ROSALBA

A ex-governadora Rosalba Ciarlinni continua sorrindo para o eleitor mossoroense e sonhando em voltar a ocupar o Palácio da Abolição. Para isso, a líder mossoroense ter percorrido os caminhos dos tribunais, em Brasília, com o objetivo de convencer a quem de direito que nada fez de errado para ser punida com sua exclusão temporária da vida pública.

 

ROSALBA II

Quem tem acompanhado Rosalba Ciarlinni mais de perto tem revelado o contentamento da ex-governadora quanto ao seu futuro político. Passando incólume pelo julgamento dos desembargadores federais, certamente Rosalba já tem planos para refazer o seu caminho político depois do insucesso administrativo no Governo do Estado. Ela mira o Palácio da Abolição, em Mossoró, e sem dúvida alguma é um nome quase que imbatível devido ao seu prestígio junto ao eleitorado mossoroense.

 

MARCELO

Silenciosamente, o empresário Marcelo Queiroz, presidente da Federação do Comercio do Rio Grande do Norte vem trabalhando o seu ingresso na política partidária e deverá ser o candidato a vice-prefeito de Natal, na chapa encabeçada pelo prefeito Carlos Eduardo, numa indicação do PMDB. O assunto vem sendo tratado com cautela, mas Marcelo tem demonstrado vontade de disputar cargo eletivo e o PMDB sinalizou seu apoio.

 

VERDE

Quem está se reestruturando depois da debandada que houve durante a gestão do médico Paulo Davim é o Partido Verde, agora sob o comando do sociólogo Rivaldo Fernandes, que começa a organizar os diretórios interioranos. Em Mossoró, o Partido verde poderá ter candidato a Prefeito, caso consiga superar divergências internas. O nome de Francisco Carlos é considerado forte para disputar o pleito, embora atualmente o PV integre a base de apoio ao prefeito Silveira Junior.

 

VERDE II

Mas o olhar político do presidente estadual do Partido Verde está mais voltado para Natal, uma vez que o partido conta em seu quadro com um puxador de votos populares que é o vereador Luiz Almir. A pretensão inicial do presidente Rivaldo Fernandes era de que o vereador-seresteiro disputasse a Prefeitura de Natal pelo PV, mas os seus planos podem não se concretizar com a investida do governador Robinson Faria que tem pretensões em contar com o passe de Luiz Almir no PSD com o mesmo objetivo.

 

VERDE III

Enquanto flerta com o vereador Luiz Almir para se transferir do PV para o PSD, o governador Robinson Faria também enxerga a possibilidade de vir apoiar o nome da ex-governadora Wilma de Faria no caso de ela aceitar disputar a Prefeitura de Natal nas eleições de 2016. As conversações estão em curso e se assim continuar o governador Robinson Faria estará dando demonstração de que o nome de Fernando Mineiro (PT) estaria descartado de merecer o seu apoio, como havia divulgado logo que ganhou a eleição para o Governo do Estado.

 

MARCELO II

A noticia plantada de que a jornalista Laurita Arruda Câmara, esposa do ministro Henrique Eduardo Alves seria a candidata a vice-prefeita na chapa de Carlos Eduardo foi obra de partidários do governador Robinson Faria na tentativa de "queimar" a cartada de Henrique, mas desconheciam que o PMDB, sob as bênçãos de Henrique e Garibaldi Alves, estavam com o nome do empresário Marcelo Queiroz para ajudar na reeleição de Carlos Eduardo.

 

PROTESTOS

Os deputados Getulio Rego (DEM) e José Dias (ainda no PSD) protestaram contra os atos do Movimento dos Sem Terras, durante a semana, quando impediram que passageiros e cargas chegassem ao Aeroporto Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante. No plenário da Assembleia Legislativa, os deputados José Dias e Getúlio Rego condenaram o ato do MST que impediu o direito de ir e vir do cidadão norte-rio-grandense.

 

FINECAP

Será lançada no próximo domingo a Feira Intermunicipal de Educação, Cultura, Turismo e Negócios do Alto Oeste Potiguar, em sua 19ª edição. O prefeito Fabricio Torquato presidirá solenidade na Casa de Cultura Popular Joaquim Correia, em Pau dos Ferros, às 19 horas, para oficializar o lançamento da 19ª FINECAP.

 

ADÉCIO

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado José Adécio foi enfático ao saldar a indicação do ex-presidente da FIERN para a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, quando afirmou que "Flávio Azevedo é competente, determinado e conhece com profundidade os caminhos para o desenvolvimento econômico do Estado".

 

LIBERAL

Tendo como certa a criação de novo partido que aqui no Rio Grande do Norte também ficará sob a orientação do governador Robinson Faria, o deputado Ezequiel Ferreira, que já foi do PTB e agora está no PMDB, tem como certa a sua indicação para presidir o Partido Liberal no Estado. A nova agremiação partidária, que a nível nacional nasce sob o comando do ministro Gilberto Kassab, deverá receber também outros deputados estaduais que aproveitarão a "janela" aberta.

 

 

 

 

24 de Julho de 2015 às 00h00

TRANSPORTE PÚBLICO

Na semana que passou, o prefeito Carlos Eduardo concedeu aumento de 12,7% no preço das passagens no transporte urbano de Natal e recebeu de uma minoria o protesto contra a sua ação, como se aquela determinação fosse desproporcional à situação vivida pelos passageiros e também pelas empresas que prestam o serviço à comunidade. Ora, nós vivemos num modelo capitalista, onde o lucro advindo de um trabalho prestado é o objetivo e, obviamente, é também o objetivo das empresas que estão a prestar o serviço do transporte urbano na Capital, como também para a região Metropolitana.


Conforme a imprensa divulgou, cerca de 400/500 pessoas participaram dos protestos contra o aumento no preço das passagens em Natal, mas o preocupante é que essa diminuta parcela da população esteve sob o comando de lideranças políticas detentoras de mandatos e daqueles que se propõem a assumir cargos de relevância na comunidade. Finalmente o que pretendem essas lideranças? Querem, realmente, defender os interesses da coletividade ou simplesmente alcançar espaços na mídia para ter mais visibilidade?

Se supõe que para efetivar qualquer protesto se deva ter argumentos de contestação. Como contestar um aumento de 12,7% no preço das passagens urbanas se essas mesmas passagens ficaram com os seus preços congelados entre 2009 e 2014 e naquele ano recebeu uma majoração de 9,88% quando a inflaçãodo período havia alcançado quase 35% ? E agora, estando a passagem com seu preço defasado em 25% até 2014, somado aos quase 9% do período, recebendo aumento de 12,7%, surgem aqueles que por oportunismo vão à praça pública registrar seu protesto sem a lógica devida e, talvez por isso não tenha merecido o apoio da população que, mesmo desejando que o serviço no transporte público de Natal melhore a sua qualidade, sabe que não é justo que o empresariado do setor arque com prejuízos financeiros como pretendem uns poucos dos que protestam.

Hoje, com exceção das praças de Teresina e Fortaleza, o empresariado do transporte urbano de Natal pratica um dos menores preços de passagens. E se os preços aqui praticados não são ainda menores é porque alguns dos nossos agentes públicos se aproveitam de momentos oportunos para "empurrar" a gratuidade de passagens que termina por comprometer o preço final. Some-se a isso, também, os congestionamentos no trânsito, a má conservação das vias públicas que muito contribuem para a composição do preço final de cada passagem.

Protestar em um regime democrático como o nosso é um direito de todos, mas é necessário sensatez em sua prática, pois se assim não for esses movimentos podem servir a uns poucos, mas podem também cair no descrédito. No caso específico, no momento, o protesto é insensato, pois o transporte é público, mas não é de graça.

 

 

 


WILMA

Mesmo garantindo que vai atender ao pleito dos seus companheiros de partido e que deverá disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores de Natal, a ex-governadora Wilma de Faria tem sido sondada para voltar a disputar o cargo de prefeito na próxima eleição de 2016. Descartada por aquele que ela abriu os caminhos quando a própria família não o aceitava, quando trouxe Carlos Eduardo para ser o seu companheiro de chapa e depois o tornou prefeito com seu afastamento para disputa estadual, Wilma de Faria garante que não agirá por emoção.

 

WILMA II

A ex-governadora Wilma de Faria, que não obteve êxito no ultimo pleito quando disputou a única vaga para o Senado Federal, tem garantido aos seus companheiros do PSB que vai aguardar os acontecimentos políticos para, no momento oportuno, encontrar a decisão mais sensata sobre o seu destino político. E em momento algum a atual vice-prefeita de Natal tem descartado a possibilidade de voltar a ocupar o Palácio Frei Miguelinho.

 

TEMOR

Tem políticos no Rio Grande do Norte, com e sem mandatos, que estão cada vez mais receosos com os rumos que podem tomar as investigações profundas da Lava-Jato. É que com a intensificação das investigações, é provável que a Policia Federal e o Ministério Pública descubram fatos indiretamente ligados aos que estão sendo investigados. Alguns desses político, nem dormem direito.

 

DESENTENDIMENTO

Pode não significar rompimento, mas as relações entre petistas e o governador Robinson Faria não andam nada boas. Enquanto cada uma das partes se escusa de falar sobre o assunto, os analistas de plantão entendem que os "ruídos" no relacionamento estão acontecendo por conta do convite feito pelo governador Robinson Faria ao empresário Flávio Azevedo para compor a sua equipe e também pelo desestímulo do primeiro mandatário estadual pela candidatura de Fernando Mineiro à Prefeitura do Natal.

 

RECADO

Sobre o desestímulo de Robinson Faria pela candidatura de Mineiro, os petistas já mandaram um recado aos seus parceiros na última eleição garantindo que o Partido dos trabalhadores - PT, mesmo enfrentando o desgaste do governo Dilma Rousseff que já atinge a todos os petistas, terá candidato a Prefeito de Natal nas próximas eleições.

 

GREVES

O prefeito Carlos Eduardo e o governador Robinson Faria começam a enfrentar as primeiras greves em seus governos. Os grevistas, que têminvadido os locais de trabalho dos principais dirigentes de Natal e do Estado não andam satisfeitos com as respostas recebidas, enquanto que Carlos Eduardo e Robinson Faria já não contam com as margens financeiras necessárias para oferecer sequer contra-propostas mais satisfatórias aos profissionais que paralisaram suas atividades.

 

LUIZ ALMIR

Uma entre as duas vertentes existentes pode ser a real justificativa do vereador Luiz Almir para ter renunciado à presidência do Diretório Municipal do Partido Verde em Natal. A primeira seria de que o vereador-seresteiro estaria afivelando suas malas para mudar de agremiação partidária, embora que para essa prática Luiz Almir teria que contar com o beneplácito do presidente estadual do PV, Rivaldo Fernandes. A outra vertente é a de que o vereador natalense se assustou com as contas do partido na gestão passada de Edivan Martins.

 

LUIZ ALMIR II

Até o momento, apesar de procurado pela coluna, Luiz Almir não se manifestou sobre a verdadeira razão de sua renúncia. Para os mais próximos do vereador, "renúncia não fazia parte do vocabulário dele". Agora faz. E deve ter uma justificativa plausível, que pode muito bem ser a possibilidade de Luiz Almir se filiar ao PSD, partido do governador Robinson Faria, para disputar a eleição majoritária de Natal. Faz sentido.

 

 

 

17 de Julho de 2015 às 12h49

VENCENDO O RADICALISMO

Em outra oportunidade, aqui neste canto de página, tecí comentários a respeito do novo estilo de governar que vinha sendo colocado em prática pelo governador Robinson Faria. Com virtudes e defeitos. Mesmo contrariando correligionários e recebendo críticas contundentes dos adversários ele procurou sempre trilhar o caminho por ele traçado. Sempre exigente nas metas para alcançar os objetivos. Determinação própria, apesar de sempre ouvir auxiliares mais próximos. Consciente da grande responsabilidade que assumiu ao se propor a administrar um Estado de grandes potencialidades apesar de vivenciar momento de extrema escassez de recursos financeiros, Robinson causou um verdadeiro frisson ao convidar para compor a sua equipe de governo nada mais, nada menos que o empresário Flávio Azevedo, ex-candidato a suplente de senador em composição com a ex-governadora Wilma de Faria que disputou o senado na última eleição formando a chapa majoritária com o então deputado federal Henrique Eduardo Alves, candidato, à época, ao Governo do Estado.

No primeiro momento, a incredibilidade. Até mesmo para os seus auxiliares mais próximos. Como convidar para sua equipe um recente adversário político, sem que tenha havido, no curto de espaço de tempo do governo, nenhuma coalisão política? Era a confirmação de um novo estilo de governar. Evidentemente, que o convite ao empresário Flávio Azevedo para ocupar a titularidade da Secretaria de Desenvolvimento Econômico não teve nenhuma conotação política da parte do governador Robinson Faria. Com o seu gesto, em nenhum momento, Robinson pensou em articular aproximação com o comandante da oposição Henrique Eduardo Alves, mas creio que o seu gesto está plenamente identificado com o seu projeto maior de buscar resultados a curto e médio prazos para colocar o Rio grande do Norte nos trilhos e alcançar o seu desenvolvimento pleno.

Com certeza, o gesto do governador Robinson Faria em convidar o empresário Flávio Azevedo para sua equipe não teve e não tem qualquer conotação política como buscam encontrar adversários e correligionários insatisfeitos, pois antes de tudo foi enxergada a capacidade empreendedora do ex-presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte - FIERN; foi constatado o livre trânsito do empresário Flávio Azevedo com o empresariado de todo o Brasil diante sua participação na Confederação Nacional da Indústria. E isso, vale muito mais do que qualquer sentimento de radicalismo político e compromete muito mais o novo Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico a partir de agosto, que tem a consciência da grande responsabilidade que o aguarda.

 

 

SERVIDORES

E os servidores estaduais à disposição do Tribunal de Justiça, da Assembleia Legislativa e do Ministério Público Estadual continuam todos ainda servindo a esses órgãos, mas pagos pelo Governo Estadual. A assembleia ficou de devolver esses servidores, mas ainda não o fez; o Tribunal de Justiça vai devolver menos da metade dos 126 e o MP também ainda não cumpriu com o que determina o Decreto do governador Robinson Faria. Todos esses servidores continuam com os seus salários pagos pelo executivo.

 

CALOTE

A maioria dos municípios norte-rio-grandenses, que já estava de pires na mão, vai começar a dar calote no comercio. A queda nas transferências do Fundo de Participação dos Municípios é acentuada e pode comprometer o pagamento da folha de pessoal de grande parte dos pequenos municípios. Com o anúncio de nova queda na arrecadação federal, já se antevê uma nova redução na alíquota do FPM e também no Fundo de Participação dos Estados.

 

CIDADANIA

Por iniciativa do vereador Klaus Araujo, a Câmara Municipal de Natal confirmou a cerimônia para a entrega do título de Cidadã Natalense à jornalista Luciana Oliveira, que acontecerá a partir das 18h30, do dia 4 de agosto. Luciana também vai estrear o seu programa na TV Metropolitano no dia 8 do próximo mês, com uma hora de duração. Trata-se do Programa Virtual que promete fazer sucesso.

 

ENCONTRO

Amanhã, em Teresina (PI), o governador Robinson Faria, juntamente com seus colegas nordestinos estará se reunindo com os ministros Carlos Gabas (Previdência), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Aldo Rabelo (Ciência e Tecnologia), com o objetivo de discutir dois assuntos estão tirando o seu sono: Segurança e Previdência.

 

RIVALDO

O presidente estadual do Partido Verde, sociólogo Rivaldo Fernandes está com mais uma dor de cabeça para soerguer a legenda nas próximas eleições. É que o vereador natalense Luiz Almir renunciou a presidência do diretório municipal do Partido Verde, embora inda permaneça como integrante da legenda na Câmara Municipal. Luiz Almir era a esperança de que o Partido Verde viesse a disputar a Prefeitura do Natal nas próximas eleições.

 

VENDAS

Continuam em baixa as vendas de carros e imóveis em Natal. Enquanto as imobiliárias usam a criatividade para atrair clientes para a compra de imóveis que estão encalhados, as autorizadas e lojas revendedoras de automóveis vêm seus estoques quase sem renovação. Os juros ficaram mais altos e o crédito mais difícil de ser concedido.

 

MÉDICOS

Um dos programas do governo federal que deu certo e representa melhorias para a população é o MAIS MÉDICOS. Foi anunciada a abertura de quase 280 vagas em todo o território nacional e o Rio Grande do Norte foi beneficiado com apenas sete contratados. Embora os municípios interioranos estejam a precisar de mais profissionais da medicina, das sete vagas do RN, quatro médicos ficarão em Natal.

 

PROGÁS

O programa que subsidia o gás fornecido para as indústrias beneficiadas no Rio Grande do Norte está para ser encerrado no final deste mês, depois de uma sobrevida de 90 dias. Na verdade, o PROGAS teria terminado no final de abril, mas depois da interferência do governador Robinson Faria houve um acordo com a Petrobras e a Potigás, empresa norte-rio-grandense que gerencia o projeto, conseguiu sua prorrogação até o final de julho.

 

PROGÁS II

Agora, a Potigás voltou a ter novos entendimentos com a Petrobras com o objetivo de manter o programa em atividade, mas as conversas iniciais ainda não foram conclusivas. O temor é que as indústrias beneneficiadas pelo programa percam o incentivo e veham enfrentar maiores dificuldades, principalmente no momento de crise nacional.

 

10 de Julho de 2015 às 13h08

A JUVENTUDE PERDIDA


Por Rinaldo Barros  - Interino 

Sociólogo e escritor

 


 

É verdade. Tenho um caso de amor com a vida. Acho o mundo fascinante. Tenho olhos parecidos com os olhos de uma criança. Acredito que é fundamental ver o mundo com olhos de criança, como se o estivesse vendo pela primeira vez. Na verdade, a gente sempre vê o mundo pela primeira vez.

O mundo que vi há um segundo, não existe mais. Tudo se transforma permanentemente. Quero aqui confessar que, nos meus tempos de ginásio, hoje ensino médio, e de faculdade, minhas leituras nada tinham a ver com as obrigações escolares. Eram prazeres.

No velho casarão, o Colégio Estadual de Pernambuco - onde somente fui aceito após haver sido aprovado no Exame de Admissão - havia aulas de leitura: o professor lia poemas para nós estudantes, por puro prazer. Não ia cair na prova. Nem no vestibular…

As crianças, logo que aprendiam a ler, aprendiam também o prazer de consultar os dicionários. Quantos estudantes consultam hoje os dicionários?

Aliás, aprendi com o filósofo Rubem Alves que, ao retirar a imprecisão da linguagem falada, os dicionários cometem um assassinato. Os dicionários não, os gramáticos. Os gramáticos são os anatomistas da língua. Lidam com um corpo morto. Por isso, confesso também que estou desconfiado do formato desse Plano de Desenvolvimento da Educação, com suas "metas qualificadas".

Apresentado como uma das grandes apostas do segundo mandato do presidente Lula, o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) poderia, de fato, atingir o seu objetivo e ajudar a melhorar a educação no país. Mas, ainda não saiu do papel. Contudo, para que saísse do papel seria necessário superar uma série de desafios: desde redefinir de onde serão retirados os bilhões que o governo prometeu investir, até uma mudança de mentalidade, que inclui a "aceitação generalizada de uma cultura de gestão baseada em indicadores e metas".

A propósito, o orçamento federal para 2015 foi aprovado com cortes de 69 bilhões de reais, atingindo os ministérios da Educação (9,4 bilhões), da Saúde (11,7 bilhões), tudo com uma inflação oficial perto dos 10% (dez por cento) ao mês. Tudo isso na "pátria educadora". Uma baita de uma contradição!

Não consigo acreditar nessa possibilidade, acho muito técnica, sem alma. Temo que essa gestão "científica" escorada apenas em indicadores e metas objetivas não seja suficiente para acordar o patropi entorpecido de miséria e exclusão. Torço para estar errado. Aprendi que a vida humana não se define tecnicamente. Educar exige amor solidário. 

Esse Plano (PDE) trouxe o tema da avaliação para o centro do debate educacional, revelando sua complexidade e ao mesmo tempo a necessidade de se ter em conta as múltiplas facetas nele implicadas, que devem ser analisadas com bastante cuidado e profundidade.

Temo que as metas sejam cumpridas mecanicamente, para mostrar serviço. Temo o resultado da fome crônica no cérebro de milhões. Temo que deficientes auditivos ou disléxicos, por exemplo, sejam considerados, objetivamente, inaptos. Temo que se aprofunde a exclusão.

Os dados quantitativos só adquirem sentido e potencial de transformação na ponta - isto é nas escolas - quando complementados com dados e estudos qualitativos, passíveis de serem interpretados e compreendidos por cada realidade escolar.

Somente alcançaremos um efeito verdadeiramente transformador e sustentável na melhoria da qualidade da educação se gestores, professores, pais e alunos colocarem suas almas nesta luta, como se fora a missão para a qual decidiram dedicar suas vidas. Estou convicto de que somente um extraordinário movimento revolucionário será capaz de incendiar os corações para cumprir esse desafio.

É preciso ter um Projeto de Nação, um caso de amor com o povo brasileiro.

Quem sabe uma nova Constituinte, com o advento do Parlamentarismo no patropi? Para concluir, recomendo ao leitor o filme "O Sol é para Todos" (1962), dirigido por Robert Mulligan e protagonizado por Gregory Peck, no papel de um advogado. Uma crônica sobre a juventude perdida.

 

 

*******************************************************

 

BASTIDORES

Nos corredores da Câmara Municipal de Natal muitos cochichos sobre as eleições de 2016, quando se analisa as tendências nas chapas majoritárias e proporcionais. Até o momento, ocupantes das cadeiras no legislativo vão disputar o próximo pleito, mesmo com uns poucos reconhecendo as minúsculas chances de reeleição. Já para a chapa majoritária, há quem aposte que a atual vice-prefeita Wilma de Faria vai atender o pleito do seu partido, o PSB nacional, para disputar a cadeira que por duas vezes ela ocupou no Palácio Frei Miguelinho.

 

BASTIDORES II

Embora essa possibilidade de vir a disputar o cargo majoritário na eleição de Prefeito no próximo ano seja real, a ex-governadora Wilma de Faria tem sustentado o desejo de disputar uma vaga na Câmara Municipal de Natal e, assim, contribuir para a formação de uma boa bancada do PSB no legislativo. Mesmo com essa segunda hipótese, de se tornar Vereadora, a atual vice-prefeita assegura que o seu partido vai reivindicar a vaga de vice-prefeito na chapa encabeçada por Carlos Eduardo (PDT), mas tenta aproximação com outros candidatos, pois já sente que o PSB não faz parte dos planos do atual prefeito.

 

SERVIDORES

Enquanto o Governo do Estado tenta normalizar a utilização de seus servidores a partir do decreto govenamental que obriga que todos os profissionais com vínculo e que estão à disposição de outros órgãos sejam devolvidos à sua repartição de origem, a decisão não tem merecido a atenção devida de organismos como a Assembleia Legislativa, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público Estadual, todos com recursos financeiros repassados pelo Executivo.

 

SERVIDORES II

Com o passar dos dias, faltando apenas 15 dias para esgotar o prazo, o decreto do governador Robinson Faria parece perder a validade quando o Ministério Público Estadual diz que pretende devolver menos da metade dos policiais à sua disposição (48), enquanto que o Tribunal de Justiça informa que até segunda-feira próxima (13) irá apresentar um plano de devolução dos 126 policiais cedidos e a Assembleia Legislativa estimaem devover 40 dos 44 militares cedidos pelo governo do estado.

 

PIRES

Antigamente, apenas os prefeitos municipais eram os que viajavam a Brasilia com o objetivo de passar o pires na mão em busca de ajuda financeira do governo federal. Agora, a crise tomou dimensões imensuráveis obrigando a reitora Angela Paiva, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte a se socorrer do pires, em Brasilia. É que há previsão de que as verbas destinadas à UFRN serão cortadas em 50%, contribuindo para o caso no nosso ensino superior. 

 

LARANJA MECÂNICA

Quem utiliza a BR-406 como alternativa para chegar até ao Aeroporto Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante deve tomar todas as precauções quando transitar pelas vias de acesso. É que devido a escuridão da área, propícia para a prática de crimes, os mal feitores estão colocando laranjas enxertadas com grampos. O motorista desavisado pode esmagar as laranjas, ter os pneus dos carros vazados e ser alvo dos bandidos que estão à espreita.

 

DNOCS

Enquanto o governo federal recebe pressão da bancada federal do RN para acelerar as obras de transposição do Rio São Francisco, o superintendente Walter Gomes, do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas - DNOCS assegurou ao senador Garibaldi Filho que este ano estão assegurados recursos de 30 milhões dos 36 milhões de reais assegurados para a construção do sistema Adutor de Currais Novos, que vai levar água da Barragem Armando Ribeiro para o Seridó.

 

 

 

 

19 de Junho de 2015 às 14h05

PALANQUE ARMADO


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

 

Enquanto o Rio Grande do Norte enfrenta uma de suas maiores crises com as dificuldades financeiras vividas pelo Governo do Estado; com a seca assolando todos os municípios e ameaçando fazer com que parte da população também fique sem água para beber; com o movimento do comércio em declínio e a indústria sem muita perspectiva de crescimento; com a população reclamando constantemente da falta de segurança e com a deficiência no setor da saúde; com a construção civil vivendo um de seus piores momentos com a falta de crédito para desenvolver a atividade que gera desemprego em massa; e também com os governos municipais enfrentando situação quase falimentar o que testemunhamos nos últimos dias é que o palanque político continua armado e as principais lideranças se digladiam como se estivessem em plena campanha eleitoral.

O recém empossado ministro Henrique Eduardo Alves, líder maior do PMDB e que disputou a última eleição estadual em franco favoritismo e terminou por perder o pleito de governador para o seu opositor Robinson Faria, utiliza seus meios de comunicação para plantar e ampliar notícias desfavoráveis a administração estadual fomentando mais insegurança ao combalido sistema de segurança pública do Estado e torna de conhecimento nacional a chaga que denigre cada vez mais o nacionalmente falido sistema de saúde, aqui no Rio Grande do Norte, numa demonstração de que não perdoa a quem lhe derrotou.

Por sua vez, o governador Robinson Faria, atribulado quase que 24 horas por dia na tentativa de superar as infindáveis dificuldades vivenciadas na administração estadual, ocupa espaços na mídia para discutir com o seu opositor como coisa que atitude desse nível venha contribuir para a superação dos problemas do Rio Grande do Norte e, assim, demonstrando que o palanque político eleitoral continua armado, o que contraria a população norte-rio-grandense já cansada de sofrer na pele as consequências de atitudes políticas.

Os tempos mudaram. Já não existe espaço para as questiúnculas políticas. Já não existem espaços para disputas pessoais, pois a população potiguar, através dos seus vários segmentos produtivos, exige que a nossa representação política deixe a esgrima para o momento oportuno e que todos os seus integrantes se debrucem sobre os nossos vários problemas e encontrem solução a curto e médio prazo, sob pena de se ver o Rio Grande do Norte soterrado. Juízo a todos.

 

 

 

FUSÃO

Enquanto o PSB já jogou a toalha e desistiu de fazer fusão com o PPS, o DEM, do senador José Agripino, que namorou o PTB e flertou com o PMDB, está voltando para os braços do PTB, sonhando numa fusão para salvar vereadores, prefeitos, deputados estaduais, deputados federais e senadores. A fusão voltou a ser discutida e deverá prevalecer a ideia inicial de a nova sigla ficar com a denominação de Partido Trabalhista Brasileiro - PTB, com o número 25, originário do DEM.

 

KELPS

Ao que parece, o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) começou a incomodar algumas lideranças com pretensões políticas na disputa do pleito municipal em Natal, no próximo ano. Elogiado por saber utilizar com maestria as redes sociais para divulgar sua atividade parlamentar, o deputado Kelps Lima chegou a vislumbrar a possibilidade de disputar a eleição de prefeito em Natal, reforçando suas ações parlamentares, com foco no eleitorado natalense. Foi o bastante.

 

KELPS II

As mesmas redes sociais bem utilizadas por Kelps, não se sabe comandadas por quem, estão se voltando contra ele e uma série de denúncias quanto a sua atuação antes mesmo de chegar a Assembleia Legislativa está sendo enumerada e divulgada com detalhamento. Contra o deputado Kelps Lima tem o fato de ter assessorado o seu sogro, Pinheiro, na administração municipal de Apodí e na doença deste ter assumido "de fato" o comando da Prefeitura daquele município.

 

KELPS III

As denúncias decorrem sobre vários episódios da vida pública do advogado Kelps Lima, passa pelo fato de que o atualmente deputado gasta grande parte de sua verba de gabinete com promoção pessoal e termina por chama-lo de "Metamorfose Ambulante", em alusão a letra da música de Raul Seixas de que fala uma coisa e faz outra. Essa é a prova de que a campanha eleitoral de 2016 já começou.

 

RANIERE

Quem circula pelos bastidores da Câmara Municipal de Natal tem acompanhado a ação do vereador Raniere Barbosa, fiel-escudeiro do prefeito Carlos Eduardo, com o propósito de alijar a pretensão do PMDB indicar o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo atual prefeito de Natal, já que há vital sinalização de que a companheira de chapa de CA poderá ser Laurita Arruda Câmara, esposa do ministro do turismo Henrique Eduardo Alves.

 

RANIERE II

A pretensão de Raniere Barbosa, que não é de hoje, é de ele ser o companheiro de chapa do atual prefeito, antevendo a possibilidade de na metade de seu possível mandato, a partir de 2017, Carlos Eduardo venha renunciar o mandato para disputar a eleição de Governador. Assim, o parlamentar Rainiere, que ultimamente deixou a titularidade da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos para retomar suas atividades na Câmara e assumir a indesejável missão de ser Líder do Prefeito, já começa a pavimentar a sua pretensão e para isso terá a missão de evitar que o PMDB se aproxime excessivamente de Carlos Eduardo a ponto de indicar o (a) companheiro(a) de chapa.

 

EDUCAÇÃO

Profissionais da área de educação tem demonstrado preocupação com o conteúdo do Plano Estadual de Educação - PEE que o governador Robinson Faria está encaminhando para apreciação da Assembleia Legislativa. A professora Claudia Santa Rosa e a vereadora-professora Eleika Bezerra não concordam com uma das propostas de que o governo estadual será responsável pela "expansão em graduação e pós graduação".

 

EDUCAÇÃO II

Para as professoras Claudia Santa Rosa e Eleika Bezerra, o curso superior é de responsabilidade do Governo Federal, assim como o ensino básico é dever dos governos municipais, enquanto que o ensino médio, constitucionalmente, é de total responsabilidade dos governos estaduais. Além de ter que respeitar o que está contido na Constituição Federal, no que diz respeito à Educação, o governo estadual já enfrenta tremendas dificuldades em manter a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte - UERN.

 

AIRENE

Entre os nomes que pleiteiam disputar a prefeitura de Parnamirim existe um nome que vem sendo cogitado pela classe empresarial. Trata-se do nome do tabelião Airene Paiva que não tem constado nas ultimas pesquisas eleitorais promovidas naquele município. Além da classe empresarial, políticos também já se pronunciaram favoráveis ao nome de Airene.

 

WILMA

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, também presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro - PSB esteve reunida com integrantes do Diretório Municipal de Natal em busca de traçar metas para as eleições do próximo ano. Além da conclusão de que o PSB necessita ampliar os seus quadros para poder ter uma representação na Câmara Municipal de Natal, ficou definido que a ex-governadora Wilma de Faria irá disputar uma cadeira no legislativo natalense com o objetivo de fazer uma grande bancada pessebista.

 

WILMA II

Com a participação dos vereadores Júlio Protásio, Júlia Arruda e Capistrano na reunião que também teve as presenças dos deputados Tomba Faria e Marcia Maia, ficou definido também que na eleição proporcional o Partido Socialista Brasileiro deverá indicar o nome para o cargo de Vice-Prefeito, na eleição de Natal. A principio o nome a ser indicado seria o da vereadora Júlia Arruda, mas qualquer outro integrante do partido também poderá merecer a indicação, "não só para a chapa encabeçada por Carlos Eduardo, mas em qualquer outra chapa, caso o PSB não venha compor com o atual prefeito", conforme revelou o vereador Júlio Protásio.

 

 

 

 

12 de Junho de 2015 às 12h39

A HORA DA VERDADE


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Desde que entrou na política partidária e que alcançou o seu primeiro mandato como deputado estadual o hoje governador Robinson Faria tem conhecimento dos parcos recursos que são disponibilizados para A HORA DA VERDADE administrar o pobre Rio Grande do Norte. Como empresário vivenciado é lógico que o atual governante enxerga as potencialidades do Estado e acredita que pode iniciar todo um movimento capaz de colocar o "elefante" nos trilhos do desenvolvimento fazendo-o tornar-se viável no enfrentamento de todas as suas necessidades. Mas enquanto esse momento não chega - ou não se inicia - o fato é que o governador tem que conviver com as dificuldades financeiras peculiares, mesmo que isso venha a lhe trazer futuras complicações.

Todos sabem, e não é de hoje, que as finanças estaduais são insuficientes para fazer os investimentos necessários na infraestrutura até mesmo porque essa insuficiência também é verdadeira para a manutenção do custeio. E nesse custeio está exatamente a "pedra no sapato" de qualquer governante que é a folha de pessoal, dos inativos e ativos. As discrepâncias salariais são as mais terríveis. Aonde tem servidores que percebem salários superiores a 50 mil reais, tem professor(a) que talvez não receba, sequer, 2 mil reais de salário. E todos reivindicam melhorias salariais. E todos buscam mais direitos perante a administração pública, seja ela municipal, estadual ou federal. Até onde esses governos vão suportar manter essa máquina que em algumas oportunidades funcionam com precariedade?

A verdade é que os nossos governantes, quando em suas campanhas eleitorais, tentam conquistar categorias profissionais que fazem funcionar a máquina governamental oferecendo vantagens, muitas vezes inviáveis ao erário. A verdade é que os nossos governantes, a cada gestão, vão comprometendo cada vez mais os recursos financeiros governamentais com as várias categorias profissionais que sempre buscam alcançar maiores benefícios.

Assim, vai chegar o momento - seja no governo do Estado ou em qualquer outra escala governamental - que a carga vai ficar insuportável e trará, sem dúvida, consequências para os demais setores. E aí vai ser necessário que os governantes comecem, realmente, a contrariar interesses de categorias para não contrariar os interesses de toda a população. E essa hora está chegando. É a hora da verdade. 


 

FUSÃO

Depois de participar de várias reuniões do seu partido, o PSB, objetivando conhecer com profundidade as condições para efetivar a fusão com o PPS, representado no Rio Grande do Norte pelo ex-deputado Wober Junior, a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria tem confidenciado aos mais íntimos que já não acredita maisque os dois partidos se transformem em apenas uma sigla partidária. A ex-governadora alega que os interesses do PSB pernambucano foram maiores que as pretensões da maioria.

 

FUSÃO II

E aparentemente decepcionada com a impossibilidade da fusão entre o PSB e o PPS, a vice-prefeita de Natal tem deixado seus mais próximos correligionários na expectativa de uma definição quanto ao seu futuro político. Enquanto parte da imprensa vem noticiando que a ex-governadora Wilma de Faria será candidata a Vereadora em Natal, já há, entre seus mais próximos colaboradores, a certeza de que ela vai disputar mesmo é o cargo de Prefeito de Natal, na eleição de 2016.

 

CONVENÇÃO

Quem estará promovendo hoje, na sede da Câmara Municipal de Natala sua Convenção Estadual é o Partido da Social Democracia Brasileira - PSDB, do deputado federal Rogério Marinho. O presidente regional do PSDB, Valério Marinho, espera recepcionar grande número de filiados dos municípios norte-rio-grandenses para a convenção partidária.

 

CONVENÇÃO II

Embora a pauta da convenção partidária não esteja prevendo analisar candidaturas aos pleitos majoritário e proporcional nos vários municípios, o que se sabe é que o tema mais discutido está sendo a candidatura do deputado federal Rogério Marinho a Prefeito de Natal, na eleição do próximo ano. E enquanto não vem a homologação de sua candidatura, o deputado Rogério Marinho tem aproveitado suas aparições na imprensa local para detonar o Partido dos Trabalhadores - PT e seus integrantes, já fazendo fogo contra o seu provável adversário Fernando Mineiro.

 

IVERALDO

Está para ser lançado o livro do biólogo marinho e escritor Iveraldo Guimarães com o título "Jundiaí, o rio dos bagres mortos". O mais novo livro de Iveraldo retrata toda uma situação esclarecedora sobre a mortandade de peixes ocorrida em Julho 2007, no Rio Potengi, quando na oportunidade as autoridades ambientalistas responsabilizaram a empresaVeríssimo e Filho e quase oito anos depois se chegou à conclusão que a responsabilidade da mortandade dos peixes foi de uma unidade industrial da Coca Cola e da Imunizadora Potiguar.

 

MATERNIDADE

Prestes a completar 70 anos de sua fundação a Maternidade José Varela poderá ter encerrada a suas atividades em Macau e com serviços prestados em toda a região. A subvenção de 20 mil reais mensal da Prefeitura está em atraso e mesmo assim ainda é insuficiente. Os dirigentes daquela APAMI esperam que o Governo do Estado acene com a possibilidade de convênio para evitar que as atividades sejam interrompidas.

 

CONSTRUÇÃO

As empresas da construção civil no Estado e que desenvolveram suas ultimas atividades recebendo incentivos do projeto Minha Casa, Minha Vida continuam proporcionando demissões no setor. Sem receber o que lhes fora prometido em relação aos pagamentos em atraso, as empresas reduziram drasticamente o ritmo de trabalho, evitando maior prejuízo.

 

BLOGUEIROS

O Rio Grande do Norte vai sediar o 1º Encontro de Blogueiros, Radialistas, Redes Sociais e Cultura Digital, no dia 11 de julho. O evento vai acontecer em Tibau do Sul, especificamente na Praia de Pipa, com palestras que serão proferidas por profissionais da área. A promoção conta com o apoio da Prefeitura de Tibau do Sul, que visa com o evento divulgar ainda mais o seu potencial turístico.

 

PONTE

O prefeito Carlos Eduardo (PDT) vetou a decisão da Câmara Municipal de Natal e fazer constar a construção de uma terceira ponte ligando a Zona Leste à Zona Norte, que tem se constituído uma necessidade para desafogar ainda mais o trânsito. Na sessão da ultima quarta-feira (10), a o vereador Luiz Almir, autor da matéria, mobilizou seus pares e conseguiu derrubar o veto. E assim, fica a possibilidade de a terceira ponte ser construída para interligar a Zona Nortes às demais regiões de Natal.

 

PUBLICITÁRIO

Reconhecido pelos prêmios que tem recebido em vários eventos que tratam da publicidade nacional, o publicitário Arturo Arruda Câmara foi agraciado com a menção honrosa de Publicista Latino-Americano, durante a realização do 20º Festival Mundial de Publicidade de Gramado. Como diretor da ART&C, Aurturo vem se dividindo entre as filiais de Natal e João Pessoa.

 

CUSTO

A greve dos professores da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte - UERN tem servido também para que a população tomasse conhecimento de fatos inusitados. A primeira curiosidade que veio ao conhecimento do público é que existe professor da UERN com salário final de mais de 50 mil reais e ultimamente o professor Daniel Menezes efetuou um trabalho de pesquisa constatando que o custo do alunos da UERN é superior a todas as Universidades Estaduais.

 

CUSTO II

Enquanto o custo do aluno/ano da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte é de R$ 27.276,00, na UEPI é de pouco mais de 20.000 reais. E mais. Com R$ 12.000,00 o Estado manteria um aluno em qualquer um dos cursos na universidade particular UNI-RN.

 

05 de Junho de 2015 às 14h58

SEGURANÇA PÚBLICA


Bosco Afonso - Interino

jbaafonso@gmail.com


 

 

Enquanto os escândalos vão se espalhando a jato pelas cercanias da Petrobras, da Confederação Brasileira de Futebol, do BNDES e extrapola fronteiras para atingir também a toda poderosa FIFA e ocupando os mais generosos espaços na mídia nacional, aqui no Rio Grande do Norte, conhecida como a esquina do Brasil, um assunto que não sai de evidência na imprensa falada, escrita, televisada e na webescrita é a segurança pública.

Bandeira de frente da campanha do governador Robinson Faria, a segurança pública continua a pautar as mais diversificadas mídias com os constantes roubos, assaltos, sequestros, assassinatos e delitos infinitos, além das sensacionais e espetaculares fugas do principal presídio do Estado que inexplicavelmente foi construído sobre dunas, oferecendo oportunidades inimagináveis para o surgimento de "tuneis" e "esgotos", que ocasionam fantásticas escapadas de presos.

Ainda com um contingente diminuto, sem contar com equipamentos moderno e apropriados para enfrentar uma bandidagem que a cada dia se municia com o que há de mais especial, a Polícia Militar ainda não mostrou para a sociedade o seu Serviço de Inteligência para melhorar o combate ao crime e assim vai perdendo a guerra contra os contraventores da lei. Isso sem falar na falta de recursos financeiros oriundos da administração estadual que a cada dia tenta superar suas próprias deficiências em busca de salvaguardar os interesses maiores da sociedade.

Apesar dos planos e mais planos que diariamente são mostrados à sociedade através da imprensa e também dos esforços em conjunto que quase unem as desunidas Polícia Militar e Polícia Civil, a Secretaria de Segurança do Estado demonstra que ainda tem forças para superar as dificuldades surgidas, embora a escassez de recursos financeiros parece desmoronar o sonho sonhado de ganhar a guerra frente ao crime. E enquanto os bandidos se organizam e geram pânico à população, autoridades se debatem publicamente pelas suas ideias e objetivos como se o ouvido da rua fosse equacionar os problemas existentes em cada uma de suas áreas.

O índice de criminalidade no Estado parece crescer a cada dia e a população vai ficando descrente de que as ações governamentais prosperem nesse campo como havia prometido o governador Robinson Faria, que por sua vez prefere continuar o seu trabalho permanente e acreditando que a sua equipe será suficientemente capaz de alcançar o objetivo maior que é o de combater o crime a fazer com que a população sinta que a Segurança Pública vai bem. Só não se sabe até onde vai a paciência da população. 

 



FUSÃO

Acreditando que a fusão entre o seu PSB e o PPS presidido no Estado pelo ex-deputado Wober Junior, a vice-prefeito Wilma de Faria encontra-se em São Paulo para conversar sobre o andamento das providências já acionadas. Embora tenha surgido a possibilidade da bancada pernambucana do PSB "melar" a fusão por conta da perda de espaço no novo partido,  informação é de que as providências estão bem avançadas e já se cogita candidaturas fortes na região sudeste, onde o PSB não tinha espaço.

 

FUSSÃO II

Em nível local, os entendimentos entre Wilma e Wober já foram iniciados e a atual vice-prefeita de Natal deverá assumir a presidência do novo partido, buscando o seu fortalecimento em todos os municípios potiguares, utilizando cada vez mais o seu prestígio política-eleitoral.

 

FUSÃO III

Em acontecendo a fusão do PSB com o PPS - o que está praticamente decidido - em Natal, particularmente, deverá ser surgir uma candidatura forte para disputar a próxima eleição contra o prefeito Carlos Eduardo (PDT). Nos bastidores, circula a possibilidade real da vice-prefeita Wilma de Faria vir disputar a eleição de prefeito, em 2016, o que certamente irá complicar o projeto político do prefeito Carlos Eduardo. A constatar.

 

VERDE

Depois da saída do grupo político da ex-prefeita de Natal Micarla de Sousa do Partido Verde e com a assunção do médico Paulo Davim à presidência da sigla, o PV não só encolheu com o também passou a ser coadjuvante do PMDB, a quem ficou atrelado por quase quatro anos. Tudo começou com a condição de Davim na suplência do senador Garibaldi Filho que resultou em assumir a titularidade no Senado Federal. Essa condição deixou o Partido Verde tendo que acompanhar as decisões políticas-eleitorais do PMDB.

 

VERDE II

Apesar de projetar tornar o Partido Verde o mais democrático possível, principalmente na escolha de seus dirigentes, o presidente Paulo Davim teve dificuldades em conviver com as decisões de seus partidários na ultima campanha eleitoral culminando com a expulsão de filiados da sigla. Isso causou certo desconforto ao ex-senador Davim que recentemente renunciou à presidência.

 

VERDE III

Agora, o Partido Verde será conduzido pelo partidário histórico Rivaldo Fernandes que busca a reestruturação e fortalecimento da instituição partidária que ajudou a consolidar no Rio Grande do Norte. Dentro da nova proposta, o Partido Verde deverá contar com candidatos a Vereador e a Prefeito em vários municípios, na próxima eleição.

 

MACAU

Mesmo não contando com uma boa avaliação na sua administração, o prefeito Kerginaldo Pinto, de Macau, já está cuidando de sua candidatura à reeleição. Rompido politicamente com o ex-prefeito Flávio Veras, Kerginaldo está buscando apoio junto aos partidos políticos e iniciou a sua peregrinação fazendo contato com a direção estadual do Partido Progressista e já anunciou que vai buscar coligar-se com o PROS.

 

MACAU II

Após o seu rompimento com o ex-prefeito Flávio Veras (PMDB), o prefeito Kerginaldo Pinto, que também é do mesmo partido, buscou se fortalecer politicamente e esteve flertando com a nova sigla do PL - Partido Liberal, que ficará sob a orientação do governador Robinson Faria, mas sem descartar permanecer no PMDB mesmo sabendo que Flávio Veras  é mais conceituado junto a direção estadual do partido.

 

CONTAINERS

O secretário Edilson França, da Justiça e Cidadania, tem demonstrado uma dedicação impar para solucionar os graves problemas de sua pasta, inclusive na reforma administrativa da Secretaria que cuida do sistema prisional no Estado. Enfrentando as dificuldades financeiras que afetam toda a administração estadual e ao mesmo tempo em que encara a deficiência de vagas nos presídios, o secretário Edilson França sugeriu a contratação de containers para abrigar os presos que já não cabem as celas existentes.

 

CONTAINERS II

A sugestão prática do secretário de justiça e cidadania foi criticada e até desdenhada por setores da sociedade, que certamente não conhecem de perto a utilização de container devidamente adaptado. É, realmente, uma sugestão que deve ser levada adiante e que irá suprir as deficiências dos presídios instalados no Estado que estão com suas capacidades de absorção comprometida. Hoje, por comodidade, várias empresas na área da construção civil já adotam a adaptação de containers para o funcionamento de seus escritórios e base de dormitórios para os trabalhadores.




DESEMPREGO

Não bastasse o corte de empregos na área da construção civil que vem ocorrendo em razão dos atrasos nos repasses de recursos financeiros para as construtoras que investiram no Minha Casa, Minha Vida, a inadimplência dos mutuários está trazendo sérias consequências para o programa. E essa inadimplência, com atrasos no pagamento da prestação em mais de 90 dias, tem sido ocasionada em razão do desemprego que tem atingido a clientela do programa.

 

CAMPANHA

O presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, Ricardo Gurgel, que tem se constituído um atuante pretendente a disputar a sucessão do prefeito Maurício Gurgel, continua em sua peregrinação pelos bairros e da cidade. Juntamente com Ricardo, também pleiteiam o cargo o atual secretário municipal de obras Naur Ferreira e o deputado estadual Carlos Augusto Maia. Sobre a disputa que acontecerá no próximo ano, as lideranças políticas Gilson Moura e o deputado Agnelo Alves ainda não se posicionaram.

 

ESTRADAS

Proposta parlamentar do deputado Nelter Queiroz (PMDB) foi acatada pelo Governo do Estado com relação a recuperação de estradas que interligam os vários municípios potiguares. Convênio entre o Governo Estadual e Prefeituras Municipais irá viabilizar a recuperação das vias, sendo que o primeiro irá arcar com a matéria prima que é o asfalto, enquanto que o município participa com a cessão da mão de obra.

 


 

29 de Maio de 2015 às 19h57

A HORA DA VERDADE

Desde que entrou na política partidária e que alcançou o seu primeiro mandato como deputado estadual o hoje governador Robinson Faria tem conhecimento dos paucos recursos que são disponibilizados para A HORA DA VERDADE

administrar o pobre Rio Grande do Norte. Como empresário vivenciado é lógico que o atual governante enxerga as potencialidades do Estado e acredita que pode iniciar todo um movimento capaz de colocar o "elefante" nos trilhos do desenvolvimento fazendo-o tornar-se viável no enfrentamento de todas as suas necessidades. Mas enquanto esse momento não chega - ou não se inicia - o fato é que o governador tem que conviver com as dificuldades financeiras peculiares, mesmo que isso venha lhe trazer futuras complicações.

Todos sabem, e não é de hoje, que as finanças estaduais são insuficientes para fazer os investimentos necessários na infraestrutura até mesmo porque essa insuficiência também é verdadeira para a manutenção do custeio. E nesse custeio está exatamente a "pedra no sapato" de qualquer governante que é a folha de pessoal, dos inativos e ativos. As discrepâncias salariais são as mais terríveis. Aonde tem servidores que percebem salários superiores a 50 mil reais, tem professor(a) que talvez não receba, sequer, 2 mil reais de salário. E todos reivindicam melhorias salariais. E todos buscam mais direitos perante a administração pública, seja ela municipal, estadual ou federal. Até onde esses governos vão suportar manter essa máquina que em algumas oportunidades funcionam com precariedade?


Bosco Afonso - Interino

jbaafonso@gmail.com

 


 

A verdade é que os nossos governantes, quando em suas campanhas eleitorais, tentam conquistar categorias profissionais que fazem funcionar a máquina governamental oferecendo vantagens, muitas vezes inviáveis ao erário. A verdade é que os nossos governantes, a cada gestão, vão comprometendo cada vez mais os recursos financeiros governamentais com as várias categorias profissionais que sempre buscam alcançar maiores benefícios.

Assim, vai chegar o momento - seja no governo do Estado ou em qualquer outra escala governamental - que a carga vai ficar insuportável e trará, sem dúvida, consequências para os demais setores. E aí vai ser necessário que os governantes comecem, realmente, a contrariar interesses de categorias para não contrariar os interesses de toda a população. E essa hora está chegando. É a hora da verdade.

 

 

SUCESSÃO

O prefeito Carlos Eduardo (PDT) está rindo à toa após receber de seu primo Henrique Eduardo Alves (PMDB) o apoio para a sua campanha em busca da reeleição. Enquanto isso, os vereadores Bertone Marinho e Ubaldo Fernandes perdem prestigio por não concordar com os métodos do presidente estadual do PMDB, enquanto o partido cai nos braços do prefeito Carlos Eduardo.

 

SUCESSÃO II

Na verdade, a exemplo do deputado estadual Hermano Morais, os vereadores peemedebistas Bertone Marinho e Ubaldo Fernandes desejam é que o PMDB tenha candidato próprio na próxima eleição municipal em Natal. Na contra mão do que pensam os integrantes do diretório municipal, o presidente estadual do PMDB, ministro Henrique Eduardo Alves, em sintonia com o senador Garibaldi Alves e com o deputado federal Walter Alves, quer mesmo é somar para garantir a reeleição do primo Carlos Eduardo.

 

ROBÉRIO

Enquanto parte da imprensa tenta criar fato novo com previsão de que o PSOL vai indicar outro nome como candidato a Prefeito de Natal nas próximas eleições, o professor Robério Paulino vai se estruturando a cada dia para consolidar a sua pretensão de disputar a eleição municipal no próximo ano. E essa estruturação está contando com considerável número de estudantes voluntários que desejam contribuir com a candidatura. O professor Robério Paulino obteve votação de mais de 12% na eleição passada, em Natal, quando disputou o Governo do Estado.

 

MOSSORÓ

A Fundação Vingt-um Rosado, em Mossoró, está prestes a fechar. Por falta de recursos financeiros, a Fundação começa a se desfazer de seu acervo doando mais de 140 mil exemplares da Coleção Mossoroense. Tudo isso pela razão de que o prefeito Silveirinha não tem honrado com o pagamento da subvenção mensal à instituição, embora tenha reduzido de R$ 19.000,00 para R$ 10 mil. A Fundação Vingt-um Rosado sempre foi uma referência à cultura em Mossoró.

 

MARCHA

Mais de uma centena de prefeitos do Rio Grande do Norte invadiram os hotéis de Brasilia nos últimos dias sob o pretexto de participar de mais uma Marcha dos Prefeitos. Dizendo que vão em busca de recursos para sues municípios, a maioria foi em busca de apoio político na tentativa de elasticer seus atuais mandatos, dentro da chamada reforma política.

 

MARCHA II

Essa Marcha dos Prefeitos em Brasilia já se soma a uma dezenas desses mesmos acontecimentos que nunca renderam dividendos nenhum para os municípios. Os prefeitos norte-rio-grandenses sabem que o governo federal está em total contensão de recursos e que suas presenças de nada valerão na busca de dinheiro novo para suas administrações. Mais uma Marcha sem objetividade.

 

HUB

Já apareceram vários "pais" para o HUB da LATAM, que entre os estados de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, poderá fica nas terras de Poty. E tem um detalhe muito importante e que poderá contribuir com a argumentação da conquista para o Estado. Trata-se da alíquota de ISS - Imposto Sobre Serviço que é cobrado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, onde deverá ficar toda a estrutura do HUB. A alíquota é de 2%, enquanto que nos demais municípios concorrentes o percentual é de 5%.

 

ANIVERSÁRIO

A senadora Fátima Bezerra demonstrou prestígio ao receber milhares de pessoas das mais diversos matizes em seu aniversário. Demonstração de prestígio pessoal e político, pois além de registrar presenças de amizades conquistadas ao longo dos anos na condição de educadora, Fátima demonstrou o seu prestígio político ao receber colegas de todas as tendências.

 

ANIVERSÁRIO II

Embora tenha registrado presença de grande parte da classe política norte-rio-grandense, um indicativo maior comprovou a liderança da senadora Fátima Bezerra no município de Parnamirim. É que em sua festa de aniversário três dos prováveis candidatos à sucessão do prefeito Mauricio Marques se fizeram presentes para parabenizar a petista. Lá estiveram o secretário de obras do municipio Naur Ferreira, o deputado estadual Carlos Augusto Maia e o presidente da Câmara Municipal de Parnamirim Ricardo Gurgel.

 

DIOGENES

O presidente da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, escritor e poeta Diógenes da Cunha Lima - que também apresenta o programa MEMORIA CULTUIRAL na TV Metropolitano - Canal 30 - lançou o seu novo livro em João Pessoa e se prepara para fazer lançamento também em Campina Grande e Natal. Trata-se do seu novo trabalho literário com o título "Ronaldo Cunha Lima - um nordestino de todo canto".

 

SEGURANÇA

Se a saúde da população está na UTI, ela acaba de ganhar uma acompanhante que é a Segurança. Sem os recursos necessários e com a proibição de abrigar novos presos no Presidio de Alcaçuz e de suspender a construção da Cadeia Pública em Ceará Mirim, ambas por decisão judicial, resta saber qual o próximo passo para sepultar cada vez mais o setor da Segurança Pública no RN.

 

SEGURANÇA II

O governador Robinson Faria pode ter todo o interesse em revigorar o setor da segurança pública, sua equipe pode demonstrar toda a competência para o soerguimento do setor, mas do jeito que esses acontecimentos vão surgindo fica cada vez mais difícil garantir segurança para a população.

 

 

22 de Maio de 2015 às 12h25

O ÕNUS E O BÕNUS


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Quem conversa com os menos radicais opositores da administração do governador Robinson Faria sente a satisfação quando é abordada a dificuldade financeira do Estado. Sempre apostam no pior e enquanto o "caos" não chega vão indicando datas para o seu acontecimento. Para muitos desses, a folha de pessoal do mês de abril nem teria sido paga. Mas foi. Outros apostam que a do mês de maio irá atrasar e o funcionalismo ficará sem dinheiro... isso está perto ver se é real ou mais invencionice, mais uma torcida pra nada dá certo.

Óbvio que o governador Robinson Faria está consciente das dificuldades que ainda terá de enfrentar na área financeira, até porque a previsão da queda de arrecadação vem se confirmando a cada mês. Agora mesmo, só o Fundo de Participação dos Estados teve uma frustação de arrecadação de mais de 90 milhões de reais nos últimos quatro meses. E a tendência da economia nacional não reserva nenhuma noticia alvissareira para os governos, sejam eles federal, estadual ou municipal. Os tempos são nebulosos, mas como diz o ditado: quem entrou na chuva é pra se molhar.

Quando da campanha eleitoral que terminou por definir o nome de Robinson Faria como Governador do Rio Grande do Norte, tanto ele quanto seus adversários políticos sabiam - ou deveriam saber com grande propriedade - a situação de calamidade financeira que o Estado estava vivendo. Todos, sem nenhuma exceção, tinham a consciência do que os aguardava na administração estadual. E naquele momento, mesmo antevendo a nebulosidade nas finanças da administração estadual todos, também sem exceção, fizeram promessas que não cabiam no bolso de um Estado pobre, depauperado e sem nenhum plano em movimentação que pudesse prevê melhoras nas combalidas finanças.

E tinha, sim. Todos os candidatos enxergavam os quase 1 bilhão de reais que a então governadora Rosalba Ciarlini estava viabilizando através de empréstimos juntos às instituições bancárias em níveis nacional e internacional. Assim, enquanto os candidatos ao Governo do Estado conseguiam enxergar as dificuldades para manter a estrutura de um Estado combalido, suas lupas se direcionavam para os quase 1 bilhão de reais , dos empréstimos.

E isso, lógico, foi visto pelo governador Robinson Faria que sabe o custo de ônus e as perspectivas do bônus na administração que pretende desenvolver ao longo desses próximos 4 anos. As dificuldades para manter a máquina funcionando existem e vão sendo equacionadas com a máquina em funcionamento. Resta saber como serão verificados os investimentos em obras e se essas obras estarão dentro da expectativa da população.

Enquanto os adversários do governo vão fazendo figa para o revés acontecer mais cedo, o governador Robinson Faria vai sabendo conviver com o ônus e o bônus de administrar o Rio Grande do Norte. 

 

 

 

DESEMPREGO

Não há como se ficar satisfeito com a situação econômica vivida no nosso País. O percentual de desemprego que já ultrapassa a casa dos 6%, enquanto que algumas indústrias, principalmente a automobilística, anunciam mais demissões nos próximos meses. Isso traz cada vez mais a incerteza para o trabalhador e como efeito dominó vai reduzindo o consumo o que gera menos impostos para os governos federal, estadual e municipal.

 

FÁTIMA

Quem aniversaria nesta sexta-feira é a senadora Fátima Bezerra (PT) que vai reunir seus mais próximos admiradores no antigo Clube da Cosern, em Parnamirim. E serão os seus mais próximos admiradores que irão patrocinar a contratação de duas bandas musicais. Comida e bebida serão custeadas por todos os que optarem a ir dar abraços na senadora petista.

 

FÁTIMA II

E por falar em Fátima Bezerra, contrariando expectativa de muitos, a senadora norte-rio-grandense tem demonstrado o tamanho de seu compromisso para com Natal. É que, mesmo adversária do prefeito Carlos Eduardo (PDT) que na última campanha aliou-se a Wilma de Faria para derrotar a petista, Fátima Bezerra conseguiu liberar recursos financeiros do governo federal para a construção de 19 creches na Capital do Estado. Em breve, a Prefeitura do Natal irá receber o repasse e contratar as obras para fazer funcionar essas 19 creches. E isso certamente será usado na campanha eleitoral em que Carlos Eduardo e Fátima Bezerra, certamente, estarão em palanques diferentes.

 

PMDB

O autoritarismo do ex-deputado Henrique Alves, como presidente do diretório estadual do PMDB tem afetado as relações com os membros do diretório de Natal. E tudo começou com a renúncia do deputado Hermano Morais, que por iniciativa própria decidiu entregar a presidência do partido por não concordar com as ações do seu presidente estadual em relação a composição com a administração do prefeito Carlos Edardo, em Natal.

 

PMDB II

Desde que disputou o pleito municipal de 2012, o deputado Hermano Morais vem  recebendo apoio dos demais integrantes do diretório municipal no sentido de que o PMDB voltasse a ter candidato próprio na eleição do próximo ano, mas a decisão de membros do diretório estadual - e aí inclua-se os nomes de Henrique Alves, Garibaldi Alves e Walter Alves - se voltava para que o partido apoiasse a tentativa de reeleição do prefeito Carlos Eduardo (PDT).

 

PMDB III

Essa decisão de do diretório estadual em apoiar a reeleição de Carlos Eduardo foi tomada a partir da indicação do novo Secretário Municipal de Turismo isolando, assim, o diretório municipal de Natal e veio trazendo insatisfação entre os seus membros, incluindo aí o deputado Hermano Morais e os vereadores Bertone Marinho e Ubaldo Fernandes. O agravamento da situação poderá se dar com uma possível saída do deputado Hermano Morais dos quadros peemedebista. E essa possibilidade é real, pois Hermano tem confidenciado a amigos.

 

BERTONE

Incomodado com as decisões de seu presidente estadual, o vereador Bertone Marinho tem levado sua insatisfação a público e anunciado que "as decisões de Henrique são empurradas de goela abaixo". Maior insatisfação que isso é impossível.

 

AUMENTO

O Ministério Público do Rio Grande do Norte está pleiteando que haja aumento nas custas judiciais praticadas pelos cartórios. O aumento proposto pelo PM atinge ao patamar de até 200% e a argumentação é de que se faz necessários aparelhar a estrutura das promotorias..

 

ESTATIZAR

Da mesma forma que agiu com o Centro de Convenções de Natal que passou a ser administrado diretamente pela Secretaria Estadual de Turismo, o Governo do Estado está com a proposta de também estatizar o Parque de Exposição "Aristófanes Fernandes", hoje cedido à ANORC - Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores.

 

ESTATIZAR II

Uma vez que o governador Robinson Faria conta em sua equipe com a presença de um dos membros da ANORC, que é o seu secretário de agricultura Haroldo Abuana, certamente a decisão em estatizar o Parque "Aristófanes Fernandes" conta com a anuência dos que fazem a ANORC.

 

SEMTAS

Através da Secretaria Municipal do Trabalho e Ação Social - SEMTAS, o prefeito Carlos Eduardo está anunciando o projeto QUALIFICAR NATAL, que está oferecendo 600 vagas para cursos de qualificação. Os recursos vindos do governo federal vão qualificar 600 natalenses em várias áreas e as inscrições acontecerão até hoje. Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 3232.5028.

 

VETAR

O líder do prefeito Carlos Eduardo na Câmara Municipal de Natal, vereador Ranieri Barbosa vai ter muito jogo de cintura para superar as dificuldades junto a bancada. É que essas dificuldades irão aparecer quando o legislativo municipal for apreciar os vetos do prefeito de Natal em relação ao projeto que regulamenta o transporte público.

 

VETAR II

O prefeito de Natal devolveu à Câmara o projeto de lei que regulamenta o transporte público da cidade com 22 vetos e agora os legisladores tem 30 dias para apreciar os vetos e definir a redação do polêmico projeto. O líder Raniere Barbosa já anunciou que os vetos deverão ser mantidos, "pois a administração municipal não disponhe de recursos financeiros para manter os itens sugeridos pelos vereadores". Dor de cabeça à frente.

 

15 de Maio de 2015 às 13h54

A VEZ DO TURISMO

O Rio Grande do Norte é um Estado vocacionado para o turismo, apesar de que temos que qualificar as várias práticas do turismo potiguar levando em consideração as nossas potencialidades. Daí, podemos distinguir aonde praticar o turismo de lazer, o turismo religioso, o turismo ecológico, o turismo cultural, o turismo gastronômico aproveitando toda essa potencialidade. Entretanto, ao longo dos anos, com raríssimas exceções, todos os esforços em busca de mostrar e "explorar" o nosso turismo se concentram na região polarizada por Natal, enquanto as demais regiões são entregues à pouca eficiência dos gestores municipais que pecam até mesmo por falta de recursos e de técnicos.

Agora, o Rio Grande do Norte está sendo governado pelo empresário Robinson Faria com uma visão macro e que dentre as várias opções de investimento decidiu-se por priorizar o turismo e com um só ato - o de baixar o percentual do ICMS no querosene de aviação - conseguiu dar um plus ao setor, passando a merecer do chamado trade turístico o respeito que lhe fora negado ainda candidato ao Governo do Estado, quando sequer teve oportunidade em debater o seu programa de governo na área.

Hoje, além de um Governador que já demonstrou toda a sua vontade para com o setor, o turismo norte-rio-grandense conta com o ex-deputado Henrique Eduardo Alves no Ministério do Turismo fazendo-se antever que esse é o melhor momento para se traçar planos que viabilizem o estímulo à exploração em todas as áreas do Estado, sem deixar de fora nenhum dos municípios que estão identificados com a atividade.

Deixando de lado as querelas políticas e esquecendo as mágoas guardadas por toda a campanha eleitoral em que ambos se digladiaram através de palavras e ações, Robinson Faria e Henrique Alves, em breve estarão frente a frente, debatendo e buscando alternativas para o melhoramento da atividade turística do Rio Grande do Norte. Logo, logo o Governador Robinson Faria deverá pedir audiência ao Ministro Henrique Alves para apresentar todos os seus projetos para o setor e pedir o endosso do governo federal às pretensões turísticas de um Estado que nasceu vocacionado para o setor, mas que tem lhe faltado o desempenho correto para alcançar o resultado positivo igual ou superior aos seus vizinhos na região nordestina.

Essa é a vez do turismo no Rio Grande do Norte. 

 

 

 


Hipócrates

O Ministério Público do RN e a Polícia Civil deflagraram, na manhã de ontem, quinta-feira (14), a “Operação Hipócrates”, cujo objetivo é o de desbaratar a prática de crimes contra a administração pública e contra a ordem econômica, em decorrência da fixação abusiva de preços e do controle regionalizado do mercado de médicos por meio da Clineuro, empresa contratada pelo Estado do Rio Grande do Norte, através da Secretaria Estadual de Saúde, para prestar serviços de neurocirurgia.

 

Unidos I

Adversários na política, mas juntos em prol do desenvolvimento do RN. O governador Robinson Faria (PSD) se reuniu com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB), em Brasília, para debater o desenvolvimento da atividade no Rio Grande do Norte. Durante a audiência, o governador pediu apoio do ministro para reestruturação do Centro Histórico de Natal, a revitalização do Museu da Rampa, a urbanização das orlas das praias de Pipa e Tibal do Sul e a ampliação do Centro de Convenções.

 

Unidos Ii

Mas, o ponto alto da audiência, foi a competitividade do Rio Grande do Norte para atrair o Hub da TAM. O governador e o ministro mostraram união política para conquistar o aparelho, que é uma central de conexões de voos para o mundo inteiro.

 

Meningite

Apesar de alguns casos de suspeita de meningite no Rio Grande do Norte, a Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap), descarta a possibilidade de um surto da doença no RN. Segundo o secretário de Saúde, Ricardo Lagreca, "não há surto de meningite no Estado, já que o número de casos está dentro do esperado pela vigilância epidemiológica e as ocorrências não se concentraram numa área específica", disse o secretário.

 

Alta

E por falar em doença, o vereador Joanilson de Paula Rego (PSDC), que esteve internado no Hospital São Lucas, vítima de  uma dengue hemorrágica, recebeu alta na tarde da última quarta-feira (13). O parlamentar agora se recupera em casa. O vereador é presidente da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Natal, que julga o caso do vereador Marcos do PSOL, o qual teve um funcionário do gabinete dele cobrando "mensalinho" dos outros comissionados.

 

Interdição

Mais uma interdição é feita pela Caern. A população não agüenta mais. Dia sim, dia não, a Caern interdita uma rua em Natal. Desta vez, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte interditou a Avenida das Alagoas, no bairro Neópolis, na altura do cruzamento entre a Rua Campanário e a Bom Repouso, para uma obra de melhoria do sistema de distribuição de água. A previsão é que a liberação da via aconteça neste sábado após as 18h. A obra tem por objetivo a ampliação e melhorias de abastecimento de água da cidade do Natal, com um trabalho de setorização, substituição de redes e construção de um reservatório para o bairro de Capim Macio.

 

Internacionais

E a capital do Rio Grande do Norte, continua em alta. Conhecida como uma das cidades brasileiras, que mais recebe turistas nacionais e internacionais, Natal vem se consolidando, também, como destino para o turismo de eventos. Prova disso foi o ranking divulgado, nesta semana pelo ICCA - International Congress & Convention Association, a maior organização internacional da indústria de eventos do mundo, que destacou a capital do RN como a sexta cidade que mais recebe eventos internacionais no Brasil. No ano passado, Natal aparecia em oitavo lugar. Parabéns a nossa capital.

 

Assembleia Itinerante

O Deputado José Adécio, solicitou ao presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, que seja realizada uma assembléia itinerante no município de João Câmara. Segundo Zé Adécio, "os trabalhos e as ações do Poder Legislativo, com esse projeto da "Assembleia Itinerante", são muito importantes para as pessoas mais carentes e eu não poderia me omitir frente ao pedido de amigos, para ajudar a cidade de João Câmara", disse. 

 

Tombamento

Os vereadores de Parnamirim e a comunidade de Pirangi do Norte, se reúnem hoje em audiência pública, na Câmara Municipal, para discutirem sobre o possível tombamento do cajueiro de Pirangi, o maior do mundo. O vereador Giovani Júnior, autor da audiência, justifica que o tombamento é uma forma de intervenção na propriedade pela qual o Poder Público procura proteger o patrimônio cultural brasileiro.

 

Padroeira

E o município de Parnamirim está em festa. Os moradores católicos, comemoram desde o último dia 3 de maio, a festa da sua padroeira, Nossa Senhora de Fátima. A data é celebrada em todo mundo no dia 13 de maio, mas em Parnamirim, a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Fátima preparou uma programação que ocorrerá durante todo o mês. O encerramento se dará no dia 31 de maio, com uma grande festa e a coroação de Nossa Senhora de Fátima, que acontecerá na igreja matriz.

30 de Abril de 2015 às 00h00

SEGURANÇA SEM ABRIGO


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Na edição passada tratamos do problema da Segurança e o Sistema Prisional do Estado como forma de alertar aos críticos do governo que não bastava criticar, mas também apresentar sugestões para se solucionar um problema antigo e que aflige a todos nós que fazemos o Rio Grande do Norte. O problema da Segurança no Estado é imensurável e, certamente, sem o apoio daqueles que deveriam contribuir para se encontrar soluções, não encontraremos a saída.

Hoje voltamos a escrever sobre o assunto que mais uma vez ocupou todos os espaços nas mídias e nos deparamos com a decisão do prefeito de Ceará Mirim em retaliar o Governo e anular a doação de um terreno que estaria à disposição para a construção da Cadeia Pública, naquele município.

Ora, o que leva uma autoridade a desfazer a sua própria decisão se a construção do equipamento serviria para minimizar problemas na área de segurança pública com o surgimento de novas vagas no sistema prisional!! Justificar que a construção da Cadeia Pública prejudicaria o setor de turismo da região?  Quem garante que isso ocorrerá? Por que esse "problema" só foi enxergado agora?

O fato é que a decisão pode trazer mais transtornos para a segurança pública, especialmente para o sistema prisional, pois não construindo o equipamento em Ceará Mirim o Governo do Estado terá que devolver os recursos financeiros para o governo federal e a partir daí abrir um novo processo para conseguir alocar recursos para uma nova unidade em local que venha receber o apoio de qualquer outro município.

 

 

PORTO

Técnicos já anunciam a inviabilidade de novo porto voltado para transportar minérios que seria construído no município de Porto do Mangue. A alegação é que pela localização inicialmente traçada haveria acentuada agressão ao meio ambiente, com consequências para a população da cidade. Com isso, novas alternativas começam a ser analisadas, incluindo o município de Macau, que em épocas passadas serviu de apoio para o carregamento de sal, em alto mar.

 

TURISMO

O governador Robinson Faria está comemorando os primeiros resultados alcançados pela sua administração em relação ao setor de turismo. Em seu blog, Robinson explicita que no mês de março, após sua decisão em desonerar os impostos que incidem sobre o preço da gasolina para aviação, o RN teve um incremento na visitação de turistas, alcançando a marca de 200% em relação ao mesmo período de 2014.

 

TURISMO II

Para o feriado de amanhã, dia do trabalho, o secretário Ruy Gaspar estima que o Estado vá receber mais de 41 mil visitantes que poderão possibilitar um incremento de 61 milhões de reais na nossa economia. O fato de ter trazido a alta direção da maior empresa de emissão de pacotes turístico do país, a CVC, ao RN pode significar o incremento de turistas às terras potiguares, auxiliado também pela alta do dólar que desestimulou o turismo ao exterior.

 

PMDB

E em tratando desse assunto, quem acelerou o passo foi o PMDB queaproveitando a indicação de seu presidente estadual para o Ministério do Turismo que já está com um pé dentro da administração do prefeito Carlos Eduardo. É que o Ministro Henrique Eduardo Alves já escolheu o empresário Fred Queiroz para suceder Fernando Bezerril na Secretaria Municipal de Turismo.

 

PMDB II

Enquanto Henrique Alves demonstra claramente a participação do PMDB em apoio à reeleição do prefeitoCarlos Eduardo, com o aval do senador Garibaldi Filho e do deputado federal Walter Alves, o presidente municipal do partido em Natal, deputado Hermano Morais ainda esperneia na tentativa de conseguir fazer com que a legenda tenha candidato próprio na eleição de 2016. Hermano, sequer, foi consultado sobre a participação do PMDB na administração de Carlos Eduardo e, assim, vê a sua pretensão de disputar a Prefeitura de Natal ir por água abaixo.

 

PMDB III

Anteriormente à chegada de Henrique Alves ao Ministério do Turismo, a bancada de vereadores em Natal firmava fileiras com o deputado Hermano Morais e até exigia que o PMDB tivesse candidato à Prefeitura de Natal em 2016. Agora, a situação mudou e alguns dos vereadores já não escondem a satisfação em comandar uma parte da administração municipal, mesmo que isso signifique que a legenda não terá postulante ao cargo de prefeito na próxima eleição na Capital do Estado.

 

PROGÁS

Depois que o governador Robinson Faria manteve entendimento com o Ministro de Minas e Energia e com a cúpula da Petrobras para tratar da permanência do PROGAS no suporte às indústrias do RN, agora quem esteve diretamente com o presidente da Petrobras Aldemir Bendine foi a senadora Fátima Bezerra (PT) que ouviu daquela autoridade a determinação de que a estatal vai garantir a manutenção do PROGÁS por mais três meses. Assis, o programa que seria extinto neste dia 30 de abril terá uma sobrevida de 90 dias. Enquanto isso, as autoridades estaduais estudam novas alternativas para a manutenção do programa.

 

ESTRADAS

O Ministro Antonio Carlos Rodrigues, dos Transportes, anunciou que as obras que estão sendo executadas nas estradas irão parar por falta de recursos financeiros. Dentro dessas obras que serão paralisadas está a duplicação da BR-304, com a atenção voltada para a denominada Reta Tabajara. Enquanto que o Ministro espera a liberação de 13,6 bilhões.

 

ESTRADAS II

Como circulou pelas redes sociais de que tinha político do RN interessado suspender a licitação das obras da Reta Tabajara, talvez essa decisão do Ministério dos Transportes venha contribuir para essa pretensão. É que com a paralisação das obras do Ministério dos Transportes se esteja a um passo do abandono da obra e a consequente anulação da licitação, o que representa um enorme prejuízo para o Estado.

 

GRAFITH

O suplente de vereador Junior Grafith, que ultimamente andou sendo alvo de denúncias do Ministério Público por envolvimento em desvio de verbas públicas na Prefeitura de Macau, deixou a Câmara Municipal e agora vai dar expediente na Ouvidoria da Prefeitura do Natal por convocação do prefeito Carlos Eduardo que precisou fazer algumas acomodações na Câmara Municipal.

 

GRAFITH II

Acontece que com a convocação do titular da cadeira Rainere Barbosa - que estava na titularidade da Secretaria de Serviços Urbanos - para voltar a exercer seu mandato no legislativo, o prefeito Carlos Eduardo gerou insatisfação no PC do B que ficou sem o seu representante na Câmara com a ida do titular George Câmara para a Secretaria de Estado de Esportes. Agora, convocando Junior Grafith para a Ouvidoria, quem retorna ao legislativo é o Cabo Jeoás (PC do B), na condição de segundo suplente da coligação.

 

SILVEIRINHA

Talvez por conta das dificuldades financeiras que vem assolando os municípios norte-rio-grandenses, é que o prefeito de Mossoró, Silveira Júnior vem conquistando a fama de mal pagador. Vários fornecedores da Prefeitura de Mossoró têm reclamado com insistência quanto a falta de recebimento pelos serviços prestados. Tem fornecedor com fatura em aberto desde o mês de julho passado, significando que prestou o serviço, pagou imposto e não recebeu o que lhe era devido.

 

WILMA

Em mergulho profundo encontra-se a vice-prefeita Wilma de Faria (PSB) que ainda não sabe o seu destino político em 2016. Nos bastidores, circula a decisão do prefeito Carlos Eduardo (PDT) em não querer ter dona Wilma como sua companheira de chapa, pois o PMDB deverá lhe render mais frutos na próxima campanha eleitoral.

 

WILMA II

Como tudo em política é possível, fala-se na aproximação da vice-prefeita de Natal com o bloco do governador Robinson Faria. O sintoma dessa aproximação é a atuação da deputada Márcia Maia na Assembleia Legislativa: silenciosa nas críticas ao executivo estadual e apoiando os projetos de autoria do governo, enquanto que sua mãe permanece em profundo mergulho político aguardando o melhor momento para tornar pública sua decisão quanto as eleições municipais de 2016.

 

GREVE

Ainda sem resolver o problema dos agentes de saúde que desfalcam as providências para combater o mosquito da dengue, o prefeito Carlos Eduardo terá que conviver com uma nova greve no setor de saúde. Agora são os servidores municipais que ocupam funções nas Unidades de Saude que fizerem greve de advertência e prometem paralisar as atividades por conta da falta de condições de trabalho nos Postos de Saúde de Natal.

 

HOSPITAL

Aproveitando que Orçamento Municipal de 2015, em Natal, prevê verba para tal finalidade, o vereador Bertone Marinho (PMDB) conseguiu aprovar proposta para que seja construído o Hospital Municipal. Segundo o propositor da matéria, já são várias as Capitais de Estado que construíram e mantêm seus hospitais, contribuindo para melhorar a qualidade dos serviços no setor. Ainda não se conhece a reação do prefeito de Natal quanto a proposta do vereador Bertone.

 

ÁGUA

Fruto de promessa cumprida em plena campanha eleitoral de 2014, a falta d'água em Acari e Currais Novos volta a ser discutida com as dificuldades enfrentadas pela população. É que enquanto havia campanha eleitoral o assunto era tratado como já solucionado pelas autoridades, mas na verdade nada saiu do papel. Pelo menos é que está comprovando a bancada federal do RN que, sob a coordenação do deputado Felipe Maia (DEM) garante pressionar o DNOCS e obter uma solução para o problema.

 

24 de Abril de 2015 às 13h26

A SEGURANÇA E O SISTEMA PRISIONAL

Durante toda a campanha eleitoral que terminou por elegê-lo Governador do Estado, Robinson Faria elegeu, dentro de sua plataforma de governo, o setor de segurança pública como a sua principal bandeira mesmo tendo conhecimento de que o setor é precário em todo o Brasil e que sem o apoio do governo federal a administração estadual não tem como suprir as suas própriasdeficiências.

Por todo o período eleitoral e até os dias de hoje Robinson confirma que quer ser reconhecido como o Governador da Segurança, mas o dever de casa, ao que parece, não vem sendo bem feito e as consequências vão piorando com o passar dos dias. O setor tem sofrido derrotas constantes seja com os crimes que não cessam, com as  nos presídios ou com as fugas que desmoralizam as autoridades. Com os cofres do governo esvaziados; contingente do policiamento civil/militar deficiente; equipamentos em frangalhos; viaturas sem atender as necessidades; inteligência policial desprovida; o ITEP sem a estrutura básica; e o sistema prisional quase sem paredes e sem teto fica muito difícil para o Governador Robinson Faria alcançar o seu objetivo.

A Secretária de Segurança Pública e o Secretário de Justiça e Cidadania têm enfrentado a adversidade nesses tempos de crise com as cabeças erguidas. Em qualquer momento, por mais difícil que sejanenhuma das autoridades do setor se esquivou em prestar os esclarecimentos à sociedade. Ficar neste momento acusando o governo de negligência, de demagógico ou da falta de decisões firmes, mas sem apontar as soluções apropriadas é apenas querer jogar para a torcida enquanto os presos, por falta de instalações adequadas e que não se constroem do dia pra noite, vão fazendo a "festa" sem, sequer, serem admoestados. A hora é de unir os esforços, apontar as soluções plausíveis e de buscar o meio mais prático para estancar esse mal, pois a nossa segurança está correndo sérios riscos, enquanto o nosso sistema prisional está no chão.

 

 

 

RACHADO

Apesar dos desmentidos, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro - PMDB está rachado ao meio em relação às eleições para Prefeito, em 2016. Enquanto Vereadores e alguns Deputados Estaduais se posicionam favoráveis à indicação de membro do partido para disputar a eleição de Natal, os "caciques" ex-deputado Henrique Eduardo Alves (Presidente do Diretório Estadual) e o senador Garibaldi Filho optam pelo apoio à candidatura de reeleição do primo prefeito Carlos Eduardo (PDT).

 

RACHADO II

Evidente que o peso do senador Garibaldi Filho e do ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves vale mais que o de todos os vereadores peemedebistas de Natal e mais o do deputado Hermano Morais. A decisão do PMDB sempre coube aos "Alves" e não será diferente nesse episódio. Mas é bom lembrar que o deputado Hemano Morais já avisou que caso o PMDB não homologue uma candidatura a Prefeito de Natal ele poderá até tomar a iniciativa em deixar a legenda.

 

RACHADO III

Óbvio que o presidente estadual do PMDB, hoje Ministro do Turismo Henrique Alves já está pavimentando o caminho para apoiar a candidatura de Carlos Eduardo e até mesmo compor a chapa com a indicação de um nome peemedebista para Vice-Prefeito. Os entendimentos estão em marcha e até se vislumbra a participação do partido na administração municipal a começar pela ocupação da Secretaria de Turismo. Enquanto isso os vereadores natalenses e o deputado Hermano Morais fazem trincheira,o PMDB natalense segue rachado.

 

VERDE

Quem vai se vestir de verde, mas que não é o verde "bacurau" é o vereador Luiz Almir que está assumindo hoje a presidência do diretório municipal do Partido Verde, em Natal, enquanto o médico Paulo Davim permanecerá na direção estadual do partido que tem como sua bandeira a defesa do meio ambiente no mundo inteiro. O vereador Luiz Almir garante que irá fazer um trabalho de recomposição dos quadros pevistas com o olho na disputa do pleito municipal do próximo ano.

 

VERDE II

Em outras ocasiões, quando provocado, o vereador Luiz Almir tem insinuado a possibilidade de sua candidatura a Prefeito de Natal, revivendo 2004 quando disputou e perdeu o pleito com Carlos Eduardo por uma margem diminuta. O propósito do novo presidente do PV municipal de Natal é de revigorar os quadros do partido, inclusive com a provável filiação do vereador Dagô, eleito pelo DEM.

 

CENÁRIO

O cenário político no município de Parnamirim começa a tomar corpo com cada um dos pretendentes a disputar o cargo de prefeito tomando iniciativas de maior proximidade com a comunidade. Enquanto o presidente da Câmara Municipal, vereador Ricardo Gurgel intensifica o seu hábito em visitar as comunidades, o secretário Naur Ferreira "cola" no prefeito Mauricio Marques nas andanças comunitárias e o deputado estadual Carlos Augusto vai costurando apoios que podem ser valorosos numa definição.

 

CENÁRIO II

Mesmo sabendo que o prefeito Mauricio Marques é uma das grandes lideranças políticas no município de Parnamirim e deverá ter grande influência no pleito, ainda não se ouviu nenhuma declaração das também inquestionáveis lideranças que são o deputado Agnelo Alves e o ex-deputado Gilson Moura. Ambos têm sido assediados pelos pretensos candidatos a Prefeito de Parnamirim, que é a terceira maior arrecadação municipal do Estado.

 

ENILDO

O ex-vereador Enildo Alves, que tem recebido incentivos de colegas médicos para retornar ao plenário da Câmara Municipal de Natal, poderá optar por se filiar ao Partido Verde e disputar a próxima eleição. Hoje sem partido, Enildo teve como sua última filiação o DEM e recentemente flertou com o PMDB, mas saiu magoado de uma relação com o deputado federal Wlater Alves o que inviabiliza sua filiação pemedebista. O ex-vereador garante que até mesmo antes da data final para filiação, em setembro próximo, deverá consolidar sua entrada no Partido Verde.

 

TRANSPORTE

A Câmara Municipal aprovouo projeto de lei para a licitação do Transporte Urbano de Natal com cerca de 100 emendas e até a próxima semana o documento final deverá estar nas mãos do prefeito Carlos Eduardo para sanção. Dois itens se destacaram entre os aprovados: a de que a idade média da frota de ônibus seja de 4 anos e que o percentual das multas voltadas para o Fundo Municipal de Transporte Coletivo passe de 30% para 50%.

 

TRANSPORTE II

Sancionada a nova lei, o Prefeito de Natal não terá a responsabilidade isolada em determinar a tarifa da passagem de ônibus; O assunto terá que passar pelo crivo da Comissão de Fiscalização (formada inclusive com a participação de dois vereadores) e do Conselho Municipal de Transporte, onde a comunidade estará representada.

 

VERBA

Aproveitando a oportunidade de que o presidente estadual do PMDB, Henrique Alves, está procurando se aproximar e participar de sua administração, o prefeito Carlos Eduardo vai a Brasilia cobrar de seu primo, hoje Ministro doTurismo, as verbas alocadas para o recapeamento de ruas de Natal. Resta saber se o Ministério de Turismo vai contar com verbas governamentais depois desse contingenciamento promovido pela presidenta Dilma Rousseff.

 

RECLAMAÇÃO

Várias são as reclamações chegadas à redação contra as operadoras de telefonia celular. A população parece totalmente desprotegida de tantos abusos que as operadoras vêm praticando, sem serem incomodadas pela ANATEL que deveria punir com rigor. As constantes reclamações estão relacionadas com a telefonia celular pré-paga quando os usuários são lesados pelas operadoras que fazem descontos indevidos nos créditos.

 

RECLAMAÇÃO II

Enquanto as operadoras desdenham dos usuários, a ANATEL complica cada vez mais a vida de quem faz a reclamação física. Um dos muitos reclamantes ficou indignado com a ANATEL após ter feito denúncia contra a operadora. Fruto da denúncia, a operadora TIM garantiu ao usuário restituir o crédito surrupiado, mas no prazo determinado não cumpriu com a promessa. O usuário, que havia feito a denúncia nas dependências da ANATEL fez contato telefônico com a agência fiscalizadora e a mesma dificultou dizendo que um novo processo deveria ser aberto e teria que ser com a presença do denunciante.

 

17 de Abril de 2015 às 11h56

A ELEIÇÃO DE NATAL


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Estamos em meados do mês de abril, faltando, portando 1 ano e quase três  meses para a realização das convenções partidárias com vistas às eleições para prefeitos e vereadores. Lógico, que a esta altura as confabulações políticas já começam a acontecer, principalmente em se tratando dos grupos que são detentores do poder, a exemplo de Natal, com o prefeito Carlos Eduardo (PDT) tentando a sua reeleição. Na eleição de 2016, em Natal, poderão estar disputando a eleição, além do atual prefeito, os pretensos candidatos Fernando Mineiro (PT), Kelps Lima (Solidariedade), Robério Paulino (PSTU), Rogério Marinho (PSDB), além do representante do PSOL. Evidente que até o registro das convenções partidárias muitas mudanças acontecerão, pois isso é próprio da política partidária, mas no momento, o que tem acontecendo são os primeiros passos dados pelo candidato a reeleição Carlos Eduardo, ele que estava aguardando apenas a oficialização da indicação de Henrique Alves para o Ministério do Turismo e, assim, iniciar uma minirreforma administrativa para acomodar os recém-órfãos do PMDB. E nesse primeiro momento, as peças do xadrez da política natalense começam a ser mexidas. O competente Fernando Bezerril, da Secretaria Municipal de Turismo poderá ser a primeira vítima, pois competência no serviço público nem sempre é a exigência maior para a ocupação de cargo. Pois Bezerril, assim, deverá deixar a SECTUR para dar lugar a alguém que será indicado pelo recém-empossado Ministro Henrique Eduardo Alves.       

Mas, o PMDB de Natal não está exigindo que o partido tenha candidato próprio na eleição municipal? Está sim. E daí? Quem manda? É Henrique, presidente do PMDB estadual e ele, no momento está querendo que o partido integre a administração do seu primo Carlos Eduardo Alves. E a participação do PMDB não ficará restrita à ocupação da Secretaria de Turismo, pois Henrique quer mais espaço para dar apoio ao seu primo no próximo ano.

Alguém, lá no fundo, poderá gritar: e o espaço maior que Wilma está querendo? Sobre esse assunto, o próprio Carlos Eduardo, de quem Wilma de Faria é vice-prefeita, vai se manter silente pelo maior espaço de tempo possível, pois os rumores nos gabinetes dão conta que o Prefeito de Natal está querendo se livrar da Vice-Prefeita de Natal, ou seja, o PDT não vai querer a companhia do PSB na próxima eleição.

E isso é verdade? Ah, meu caro leitor, só o tempo e as convenções municipais dirão, mas no momento o desejo real de Carlos Eduardo é se livrar de Wilma e emplacar um nome confiável como seu vice-prefeito - no caso já se comenta o nome de Raniere Barbosa - tendo em vista a possibilidade de vir disputar o Governo do Estado, em 2018. Mas isso e outros acontecimentos com as demais candidaturas o leitor só deverá conhecer a real situação com a realização das convenções municipais, em julho de 2016. Até lá, muitas nuvens mudarão de lugar.

 

 

PONTO

O Partido Republicano - PR, presidido no RN pelo ex-deputado João Maia, marcou um ponto positivo ao conquistar a filiação de Elinor Alecrim. Dito assim de nada valeria, mas a nova filiada do PR é a esposa do empresário Marcelo Alecrim, que é destaque nacional na comercialização de subprodutos do petróleo. Marcelo, por exemplo, quando das composições de chapas na eleição passada (Senado e Governo do Estado) esteve sempre cotado para encabeçar uma das chapas em momento que a figura de empresário era vista como a solução para a falta de credibilidade nos políticos.

 

PONTO II

Se Elinor Alecrim será ou não candidata a algum cargo eletivo na próxima eleição ainda não se sabe, mas quando o seu convite foi aceito pela mulher de Marcelo Alecrim o ex-deputado João Maia poderá estar pavimentando uma estrada para solucionar as dúvidas do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PR), na escolha de seu sucessor. O fato é que o empresário Marcelo Alecrim colocou um pé dentro da política partidária do Rio Grande do Norte. Anotem o nome: Elinor.

 

MUDANÇA

Problemas de ordem particular fizeram com que a jornalista Georgia Nery deixasse a complicada missão de dirigir a comunicação do governo do Rio Grande do Norte para se dedicar à sua principal atividade, embora continue assessorando o governador Robinson Faria (PSD), numa função menos estressante. Na Secretaria de Estado de Comunicação assume a também competente jornalista Juliska Azevedo, com passagem pela editoria política do extinto Diário de Natal e ultimamente no comando da comunicação do Tribunal de Justiça.

 

DANÇA

Na dança de cadeiras ocupadas por jornalistas, quem passa a dirigir a comunicação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte é o jornalista Rubens Lemos Filho, considerado um dos excelentes textos entre os escribas locais, que também já esteve frente à comunicação do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa.

 

IMPRESSO

Em se tratando da missão de jornalistas pelas Terras de Poty, eis que o mercado foi surpreendido na ultima quarta-feira (15) com a decisão do empresário e jornalista Marcos Aurélio de Sá ao decretar o fim da edição impressa do Jornal de Hoje.A decisão do empresário Marcos Aurélio de Sá deve ter deixado o jornalista Marcos Aurélio de Sá ferido, pois durante 18 anos manteve bravamente o Jornal de Hoje.

 

IMPRESSO II

O fim da edição impressa do Jornal de Hoje representa a perda de mais de 60 postos de trabalho, mas também representa o fim de um veículo que sempre primou pela sua independência editorial, sem vínculo com grupos políticos e com liberdade aos profissionais da escrita. O Rio Grande do Norte fica com a sua imprensa empobrecida.

 

CAVALHEIRISMO

O vereador Júlio Protásio (PSB) que ao final da gestão da então prefeita de Natal Micarla de Sousa esteve de relações arranhadas com a Chefe do Executivo, deu uma demonstração de cavalheirismo e na ultima quarta-feira (15), telefonou para a ex-prefeita cumprimentando-a pelo seu aniversário.

 

LIDER

Finalmente, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) conseguiu alguém para exercer a função de Líder do Prefeito na Câmara Municipal de Natal. Mas para alcançar o seu objetivo e depois de fazer vários convites a vereadores integrantes de sua bancada de sustentação no legislativo,Carlos  teve que desalojar o seu fiel escudeiro Raniere Barbosa da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos - SEMSUR para retomar seus trabalhos na Câmara Municipal.

 

LIDER II

O retorno do vereador Raniere Barbosa ao legislativo com o único objetivo de preencher a função de Líder do Prefeito teve como consequência a desconvocação do suplente de vereador Junior Grafith, que ultimamente vem sendo acusado pelo Ministério Público pelo envolvimento com desvios de recursos financeiros em operações com a Prefeitura Municipal de Macau.

 

LIDER III

O prefeito Carlos Eduardo teve, realmente, grandes dificuldades em conseguir preencher a função de seu Líder na Câmara de Natal, mas se pode afirmar que valeu o sacrifício em ter que desalojar Raniere da SEMSUR, pois o vereador que a Casa retorna, mesmo fazendo um trabalho primoroso na Secretaria de Serviços Urbanos, também terá a oportunidade de demonstrar toda a sua competência de articulador no legislativo municipal. Raniere sabe que não é fácil exercer a função de Líder do prefeito Carlos Eduardo, mas aceitou o desafio e tem maturidade política para dar conta do recado.

 

PARTO

Finalmente, o parto. Depois de idas e vindas, confirmações e desmentidos, disse-me-disse, apreensões e outras coisitas que só a política partidária pode explicar, eis que, finalmente, a presidenta Dilma Rousseff (PT) assinou e publicou do Diario Oficial da União a nomeação do ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) para comandar o Ministério do Turismo. Foi um parto difícil. Um dos mais difíceis. Mas, finalmente, aconteceu. O Rio Grande do Norte está bem representado no Governo Federal.

 

PARTO II

A história política do ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB), ao longo dos seus 45 anos de atividade ininterrupta, não permite que ele tivesse passado por toda essa situação constrangedora, servindo, inclusive, de moeda de negociação entre o seu partido, o PMDB, com o Governo Federal. Henrique foi um parlamentar atuante, um político habilidoso que o permitiu chegar à presidência da Câmara dos Deputados, mesmo representando um Estado pequeno como o RN. Mas, finalmente, Henrique é Ministro e saberá dar conta do recado.

 

10 de Abril de 2015 às 15h38

O BOBO DA CORTE


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Enquanto o País vive etapas de incertezas e a população vai vivenciando momentos de dificuldades com reflexo em seu comportamento de vida, a classe política nacional se digladia em busca de uma sobrevivência cada vez mais confortável, mas sem qualquer respeito pelo principal alvo de toda essa história, que é exatamente o eleitor.

Se de um lado, a equipe da presidente Dilma Rousseff procura corrigir os erros cometidos no passado - quando não se tinha um plano de governo, mas um plano de poder - a Câmara e o Senado Federal, através de parcela significativa de líderes com forte influência sobre os demais componentes, parece se preocupar apenas com os interesses partidários e com a ocupação de cargos relevantes aonde possam acomodar os deserdados pelos resultados das urnas.

No momento em que o eleitor se debate em busca de segurar o seu emprego ameaçado pela crise econômica, dirigentes partidários criam alternativas para o surgimento de novas siglas partidárias com o único objetivo de acomodar situações eleitorais que vão favorecê-los ao mesmo tempo em que se digladiam com aqueles que se sentem prejudicados e que em vez de voltar a preocupação para criar leis que beneficiem o cidadão, queimam neurônios, criam legislação apenas para evitar que parceiros, até então com os mesmos propósitos, ampliem seus campos de atuação.

Na ocasião em que o cidadão decide mais uma vez ir às ruas protestar contra a deficiência na saúde, contra a instabilidade no emprego, contra a inflação que assusta a todos e contra toda a roubalheira que se institucionaliza no País, deputados e senadores buscam fusão de partidos com o objetivo de salvar a própria pele sem, contudo, priorizar a linha de atuação da sigla partidária e muito menos consultar o cidadão que ajudou a cada um desses deputados e senadores a chegar aonde chegou.

E assim segue a vida no comparativo entre a classe política e o cidadão comum, sempre com os políticos desdenhando daquele que ajudou a o eleger, mas nunca consultado quando os interesses são de toda a Nação, ficando sempre o eleitor a ser comparado com a lenda do Bobo da Corte.

 

 

 

MINISTRO

Até acontecer o fechamento desta coluna a presidenta Dilma Rousseff não havia confirmado a indicação do ex-deputado Henrique Alves (PMDB) para ocupar um de seus Ministérios. Até então, pelo pronunciamento do vice-presidente Michel Temer (PMDB), Henrique iria para o Ministério do Turismo.

 

CANDIDATURA

O deputado estadual Agnelo Alves (PDT), considerado um dos maiores líderes da política de Parnamirim, ainda não se pronunciou publicamente quanto ao nome que poderá apoiar para a Prefeitura do município conhecido também como "Trampolim da Vitória". Na pauta da disputa para ver quem vai suceder Mauricio Marques estão os nomes de Ricardo Gurgel, Carlos Augusto Maia e Naur Ferreira, que é o preferido do atual primeiro mandatário.

 

CANDIDATURA II

Nessa disputa que começou muito cedo com o prefeito Mauricio Marques promovendo uma verdadeira reforma administrativa na sua equipe, ainda no mês de fevereiro, para logo a seguir anunciar o nome de Naur Ferreira, quem ainda não se pronunciou foi o deputado federal Walter Alves (PMDB) que poderá muito bem assumir a liderança política em substituição ao seu tio Agnelo Alves e com uma provável chegada à Prefeitura de Parnamirim (3º maior município do Estado) pavimentar o seu caminho rumo ao Governo do Estado.

 

CANDIDATURA III

Há quem afirme - nas hostes peemedebistas - que o deputado Walter Alves não precisaria "fazer estágio" no Executivo municipal para tentar sua candidatura ao Governo do Estado, mas a mesma fonte assegura que o nome de Waltinho já vem sendo analisado como o "trunfo" do PMDB para as próximas eleições estaduais, em 2018. Se ele vai ter que passar pela eleição de Parnamirim, "aí são outros quinhentos..."

 

PMDB

O presidente estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro - PMDB, ex-deputado Henrique Eduardo Alves ainda não encontrou tempo para fazer a reformulação prometida em seu partido com vistas as eleições municipaisdo próximo ano. Enquanto isso, alguns prefeitos peemedebistas,se sentindo abandonados, estão buscando alternativas para se agasalharem em siglas partidárias que possam oferecer algum respaldo.

 

PROGÁS

O governador Robinson Faria deu prova de agilidade e prestígio ao conquistar apoio do governo federal para a manutenção do PROGAS, que seria extinto no próximo dia 30. O programa tem por objetivo dar maior apoio às indústrias que se utilizam do gás produzido pela Petrobras e que aqui recebiam o apoio do governo estadual, mas que estava relegado ao esquecimento há cerca de dois anos. A agilidade do governador Robinson Faria foi fundamental para garantir a permanência do PROGÁS e o apoio às indústrias norte-rio-grandenses.

 

GREVE

Enquanto os casos de dengue vão proliferando em Natal, os agentes de saúde do município permanecem em greve afetando substancialmente as providências que podem inibir o surgimento de novas larvas do mosquito. Autoridades e grevistas não chegam a um acordo e a população arca com as consequências.

 

GRAVE

É grave e recomenda apuração imediata o fato de que cerca de 80% dos concursados da Policia Militar foram reprovados nos testes clínicos, psiquiátrico e no psicoteste. Dos 824 aprovados 117 faltaram e 546 foram considerados inaptos para a atividade militar. Apenas 161 dos concursados foram aprovados, o que representa pouco mais de 22% em relação aos 707 avaliados.

 

GRAVE II

A Comissão Médica responsável pela avaliação dos concursados está sendo questionada e deverá ser convocada pela Assembleia Legislativa para justificar tamanha reprovação. É óbvio que os profissionais da medicina envolvidos nessa avaliação não têm nenhum interesse em reprovar quem quer que seja, mas o rigor nessa avaliação é o que pode justificar esse índice de reprovação. Finalmente, os médicos, psicólogos e psiquiatras tem grande responsabilidade na avaliação dessas pessoas, pois a própria atividade assim requer.

 

SEM LIDER

Ao que parece, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) não tem demonstrado muita preocupação em escolher o seu novo líder na Câmara Municipal de Natal, mesmo que matérias importantes estejam sendo apreciadas no momento, como é o caso das regras para a licitação do transporte urbano. É que até o momento, desde a renúncia do veredor Chagas Catarino (PROS), nenhum dos vereadores convidados aceitou o desafio.

 

SEM LIDER II

Convidado mais uma vez a retornar a função de líder da administração municipal n o legislativo, o vereador Julio Protásio (PSB) abdicou do convite e tem sugerido ao prefeito Carlos Eduardo a convidar o vereador Raniere Barbosa a renunciar ao cargo de Secretário Municipal de Serviços Urbanos e retornar às suas atividades no legislativo natalense para assumir a função de Líder do Governo.

 

TOP

O secretário Fernando Bezerril, do Turismo Municipal, em Natal, recebeu o troféu TOP AVIESP, que representa a decisão das 500 agências de turismo de São Paulo, conferindo a Natal o título de "melhor capital para fazer turismo no País". Esta é a sétima vez que a capital norte-rio-grandense é agraciada com o título recebido durante a Expo de Negócios em Turismo de São Paulo.

 

IDENTIDADE

A falta de uma identidade ao novo partido que surgiria da fusão entre o DEM e o PTB, foi a razão maior para que as negociações entre as diretorias das siglas sofressem uma paralisação para avaliação mais profunda. E isso ocorreu depois que o senador José Agripino já havia anunciado a função entre as duas siglas com a prevalência do nome do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) e o número 25, do Democratas.

 

IDENTIDADE II

Uma vez que o PTB ocupa cargos no governo federal e o DEM tem exercido sistemática oposição à presidente Dilma Rousseff, deputados e senadores das duas legendas ficaram sem saber qual o rumo que o novo partido tomaria, uma vez que os petebistas de carteirinha não querem devolver os cargos que ocupam atualmente. Até o mês de setembro novas conversações aconteceram entre o DEM e o PTB. 

 

PROCURADOR

O Colegiado de Procuradores elegeu o Procurador de Justiça Paulo Leão para o cargo de Corregedor-Geral do Ministério Público do Rio Grande do Norte, biênio 2015/2017.

 

20 de Março de 2015 às 00h00

ERRO ESTRATÉGICO


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Errou o governo, errou o PT e erraram as entidades sindicais que praticaram o ato de desagravo ao governo e à Petrobras quando programaram o evento antes da realização das manifestações nascidas dos movimentos populares de ruas. O erro estratégico foi cometido, talvez, pela ansiedade em se partir em defesa de um governo que se encontrava acuado pelos fatos negativos que foram acontecendo naturalmente quando há uma "maré baixa". O erro estratégico foi cometido quando os movimentos pró-governo não atentaram para a insatisfação da população com as medidas impopulares - embora necessárias - da presidenta Dilma Rousseff. O erro estratégico foi cometido quando o PT e os movimentos sociais confiaram excessivamente em sua força de arregimentação popular e terminaram amargando um resultado que não desejavam, principalmente confrontando com as pós-mobilizações que aconteceram no domingo.

No domingo que passou a sociedade brasileira foi às ruas com as mais diversificadas reivindicações centralizando as atenções entre apelos que detratavam o Partido dos Trabalhadores, o ex-presidente Lula, a presidenta Dilma Rousseff e aos envolvidos nos desvios de recursos financeiros da Petrobras e umas poucas citações pedindo a volta da ditadura militar. Enfim, a sociedade externou toda a sua insatisfação com o atual momento vivido pelo País em razão das ações governamentais sem registrar as badernas que reinaram durante e pós as mobilizações populares de junho de 2013.

Agora, já há convocação para nova manifestação de rua para o próximo mês. Essas manifestações - foram assim em meados de 2013 - quando começam e que recebem o apoio popular tendem a crescer o volume até que haja sinalização do atendimento às reivindicações. Pela carga de pedidos feitos durante as manifestações de domingo passado dificilmente o governo federal terá como atende-las. O pacote de medidas recentemente anunciado por Dilma foi considerado tímido se levando em consideração que vários pontos já havia se tornado público, no tocante ao combate à corrupção. Evidente que o combate à corrupção é uma das mais incisivas exigências da sociedade, mas o que a população está reclamando mesmo são contra as medidas econômicas que sintonizam um esvaziamento no bolso de cada brasileiro, ao mesmo tempo em que a mexida que o governo federal anunciou fazer nas conquistas sociais, é que mais incomodam diretamente ao cidadão. E isso está comprovado com as últimas pesquisas de avaliação da presidenta Dilma Rousseff, que a torna uma das mais impopulares perdendo apenas para o auge da degradação de Fernando Collor de Melo.

Se o arrocho do governo permanecer, certamente a sociedade vai gritar mais alto e as futuras mobilizações registrarão aumentos significativos e, provavelmente os partidários do governo não deverão confrontar nas ruas, pois poderá cometendo um novo erro estratégico.

 

 

DNIT

Há rumores de que o DNIT - Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes está buscando anular a licitação da duplicação da BR-304 (Reta Tabajara), que representa investimento superior a 250 milhões de reais. Mesmo sem uma justificativa plausível, o que se sabe é que por trás dessa anulação existem interesses contrariados. E que não são os interesses dos cidadãos norte-rio-grandenses.

 

DNIT II

Anulada a licitação o Rio Grande do Norte iria perder os 250 milhões de reais que seriam aplicados na duplicação da BR-304. É que de acordo com decreto presidencial, para este ano não será permitida a abertura de novas licitações. Coisas da política do RN.

 

FEMPTUR

Por dois dias (19 e 20/03) acontece a Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do Rio Grande do Norte, a FEMPTUR, no Centro de Convenções, na Via Costeira, em Natal. Durante o evento aconteceu também o 6º Fórum de Turismo do RN. Mais de 90 stands foram montados e a população que chegava para conhecer o evento tinha a sua entrada gratuita.

 

LEILÃO

Cerca de 2.600 veículos vão a leilão sob a responsabilidade do Departamento Estadual de Trânsito. As primeiras providências já foram acionadas para que o DETRAN desocupe o seu pátio nos próximos meses. São cerca de 800 carros, camionetas e caminhões e 1.800 motos que foram apreendidas por falta de pagamento nos licenciamentos e outras irregularidades e que agora, decorridos os prazos concedidos aos seus proprietários, serão levados a leilão em data que será ainda confirmada pelo DETRAN.

 

SEM LIDER

E o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) voltou a ficar sem o seu líder na Câmara Municipal de Natal, uma vez que o vereador Chagas Catarino (PP), que estava na liderança, alegou a necessidade de se submeter a uma intervenção cirúrgica na vista e abdicou da missão. Por duas vezes o prefeito Carlos Eduardo perdeu o passe do vereador Júlio Protásio na liderança da Câmara e agora, mais uma vez, o chefe do executivo fica sem líder no legislativo.

 

SEM LÍDER II

Acusado de não ter um bom relacionamento com os vereadores, o prefeito de Natal conta com a grande maioria dos edis em sua base de sustentação no legislativo, mas nenhum deles tem demonstrado interesse em ocupar a função de líder. Pelos bastidores há comentários de que vereador Ranieri Barbosa, hoje na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos - SEMSUR venha a retornar ao legislativo para que Carlos Eduardo volte a contar com seu líder na Câmara Municipal. 

 

PENITENCIÁRIA

O que já deveria estar funcionando nas penitenciárias do Estado acaba de ser apresentado oficialmente na Assembleia Legislativa como medida proibitiva. O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira pleiteia que seja instalado sensores nas penitenciárias do RN, impossibilitando que os presidiários tenha comunicação através de celular. A decisão acatada vai inibir muitas ações dos bandidos.

 

VANDALISMO

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte também viveu momentos de apreensão com o vandalismo de uns poucos universitários no restaurante do Campus Central. O restaurante universitário serve cerca de 4.000 refeições ao dia e teve parte de seus equipamentos depredados pelos vândalos. A direção da UFRN que objetiva algumas medidas para evitar novos atos, não precisou as razões alegadas pelos depredadores.

 

MANDATO

Contando com a presença do ministro Gilberto Kassab e do governador Robinson Faria, a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte - FEMURN e a Federação Norte-rio-grandense das Câmaras Municipais - FENACAM empossaram suas diretorias festivamente nesta sexta-feira (20). A presença de Kassab permitiu que os prefeitos norte-rio-grandenses apresentassem suas reivindicações em favor de seus municípios.

 

MANDATO II

Enquanto muitos dos prefeitos presentes relatavam suas dificuldades em administrar seus municípios, outros mandatários e grande parte de vereadores comentavam a possibilidade de haver decisão de ampliação de dois nos seus mandatos, ainda este ano. É que a Confederação dos Municípios está encampando uma luta pela coincidência dos mandatos, em nível de vereador, prefeito, deputado estadual, deputado federal, senador e presidente da república. A decisão ocorrendo este ano, a próxima eleição só aconteceria em 2018.

 

COBRANÇA

O deputado estadual Getúlio Rego (DEM), dentro de suas obrigações como legislador cobrou do governador Robinson Faria uma ação mais concreta para solucionar os graves problemas que afligem a saúde pública. Um observador das galerias legislativas estranhou e perguntou o representante do Alto Oeste não havia cobrado da ex-governadora RosalbaCiarlini essa mesma ação, durante os quatro anos em que lhes deu sustentação política. 

 

13 de Março de 2015 às 12h51

MOMENTO DELICADO

Os movimentos populares acontecidos em meados de 2013 que começaram sob o pretexto de se protestar contra o aumento de 0,20 centavos na passagem de ônibus chegaram a assustar a classe política que naqueles momentos tomaram algumas iniciativas para atender aos apelos da população, embora passadas as mobilizações nas ruas esses mesmos políticos voltaram a engavetar tudo aquilo que fizeram parte das reivindicações das vozes das ruas.

Veio a Copa do Mundo, realizada no Brasil, alguns focos de protestos tentaram reascender a mobilização das ruas, mas não mais existiam motivações para que a massa voltasse a protestar à exceção de movimentos baderneiros facilmente identificados. A seleção brasileira viveu o seu mais vergonhoso vexame em campo, enquanto os organizadores do evento celebravam o êxito da competição internacional que encheu de orgulho o governo brasileiro e os movimentos de ruas se exauriram com parte das reivindicações conquistadas.

É chegada a campanha eleitoral, em 2014, para escolhas de novos deputados estaduais e federais, senadores e presidente da República. Em nível de disputa para a presidência da República a campanha sofremudanças radicais, inclusive com substituição de postulante em razão da morte prematura do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. Os embates da televisão tornam-se ásperos e até deselegantes. Denúncias pipocam de todos os lados enquanto os números vão dançando às mudanças do eleitorado. Promessas se multiplicam e cada vez mais deixa o eleitorado atordoado. Enfim, o pleito chega na reta final e o resultado nas urnas indicam, pela quarta vez consecutiva, a vitória do Partido dos Trabalhadores, embora por uma vantagem mínima.

Começa o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff e com ele uma enxurrada de dificuldades administrativas, econômicas e políticas envoltas aos resultados parciais de uma investigação que culmina como sendo o maior escândalo de desvio de dinheiro da maior empresa estatal do País, a Petrobras.

As promessas de campanha foram escorrendo pelo ralo e a população começou a se sentir traída com o aumento da carga tributária, com o corte nos benefícios sociais, com a disparada do dólar, com o descontrole da inflação e com o surgimento do fantasma do desemprego. Isso, aliada às noticias de que integrantes da base do governo estavam envolvidos com o desvio de dinheiro no escândalo da Petrobras fez surgir movimento para nova mobilização nas ruas até mesmo com o apelo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, enquanto partidários do governo se organizam para contrapor a mobilização inicial marcada para o próximo domingo.

A população, agora se sentindo traída pelo não cumprimento das promessas de campanha e exercendo todo o seu direito, promete ir às ruas protestar contra o estado de coisas que assola o País, mas falar em impeachment é ir além do absurdo, pois nenhuma fagulha de denuncias - à exceção de que houve doação do dinheiro desviado para a campanha de Dilma, mas que isso tem que haver comprovação nítida -atingiu o nome da presidente da República. Nenhum fato mais grave justifica o impeachment; nenhuma acusação amparada pela Constituição justifica o impeachment. O direito de protestar é legítimo, como também o direito de defender o governo também é legítimo. Cabe aos dirigentes desses movimentos a trilharem o caminho do equilíbrio, pois o momento é delicado.

 

 

REUNIÃO

O governador Robinson Faria convidou os deputados estaduais com assento na ALRN para um café da manhã. Como ex-presidente do Poder Judiciário o primeiro mandatário estadual tem conhecimento da necessidade de manter um bom relacionamento com os deputados. Mas dos 24 deputados convidados 15 atenderam ao convite. E da bancada governista inicial, dois levaram falta: os deputados José Dias (já rompido com o governo) e José Adécio (indigesto ao tratamento que vem recebendo de Robinson).

 

RONDA

Movimento em Parnamirim para fazer com que o município se torne o "piloto" do projeto Ronda Cidadã que será instituída pelo governo do Estado. O presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, Ricardo Gurgel tem contado com o apoio dos demais parlamentares e está se associando a uma outra Câmara, a dos Dirigentes Lojistas, para fortalecer abaixo-assinado que será entregue ao governador Robinson Faria.

 

CANDIDATURA

O vereador Ricardo Gurgel (PSB) tem assegurado que continua na luta para viabilizar a sua candidatura a prefeito de Parnamirim. "Não sou candidato de mim mesmo, mas estou viabilizando minha candidatura para disputar o pleito majoritário em 2016", disse Ricardo que tem recebido apoio de seus companheiros legisladores.

 

SEM TERRA

As mulheres integrantes do movimento sem terra estão acampadas em frente a sede do Incra. E quase todas elas são inseparáveis das foices e dos facões.

 

SINSENAT

O Sindicato dos Servidores de Natal receberam novas denúncias da falta de estrutura para os funcionários da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social. Constatada a real falta de condições de trabalho, o sinicato ameaça greve no setor.

 

FEMURN

O prefeito de Mossoró, Silveirinha, que também é o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, tem se desdobrado nos últimos dias fazer do I Encontro dos Prefeitos do RN um sucesso. O evento vai acontecer no próximo dia 20, em Natal, com presenças do governador Robinson Faria e do ministro Gilberto Kassab.

 

RECLAMAÇÕES

E as reclamações quanto a lentidão no atendimento do Detran continuam, embora a direção do órgão assegure que está tomando todas as providências para saná-las. Mas as maiores reclamações da população quanto aos serviços prestados por organismos estaduais estão no funcionamento das Centrais do Cidadão. E não se enxerga qualquer providência para minimizar a situação caótica de todas as centrais, sejam em Natal ou no interior do Estado.

 

PROIBIÇÃO

O vereador Júlio Protásio comemorando a ação da STTU em proibir o tráfego de caminhões com peso acima de 5 toneladas pelas ruas da cidade, entre as 06h00 e 20h00. O Projeto de Lei de autoria do ex-líder do prefeito Carlos Eduardo já havia sido aprovada há algum tempo, mas o órgão responsável não a cumpria. Passou a cumprir.

 

SINTONIA

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira, vai lançar no próximo dia 17, terça-feira, o projeto Sintonia do Bem, da Rádio Rural. O convite está sendo expedido extensivo à população. A Rádio Rural de Natal é um marco na comunicação da igreja católica no Rio Grande do Norte.

 

06 de Março de 2015 às 11h06

A HORA DA COMPETÊNCIA

Evidente que, por maior que seja a disputa pelo poder central,  ninguém de sã consciência deseja que o País entre em recessão econômica como a que se avizinha para o nosso Brasil. As consequências de uma crise econômica são imensuráveis e com reflexos duradouros para todos os setores. A crise hídrica (quando atingia somente ao Nordeste era chamada apenas de SECA), a crise energética, o aumento de impostos, a elevação dos juros, o corte nos benefícios sociais, o desencontros de interesses políticos estão trazendo uma crise sem precedentes para a nossa economia, quando são poucos os profissionais mais otimistas da área que enxergam uma recuperação a curto e médio prazo.

Com a crise que está se estabelecendo, é óbvio que atinge a todos os setores, a todos as famílias, a todos os bolsos. E o que dizer do governo estadual e dos governos municipais num estado tão pobre como é o Rio Grande do Norte? Enquanto os prefeitos que se preparam para enfrentar novas eleições no próximo ano já não sabem mais o que fazer para escaparem da falência geral, o governador Robinson Faria já deve estar refazendo todo o seu planejamento para que a sua administração não naufrague nesse clima de desconfiança, de instabilidade e de incertezas. 

Não há tempo para negligenciar. É chegada a hora de se usar a criatividade, o entusiasmo e a competência para neutralizar toda essa onda que vem assolando o País.

 

 

DESBANCOU

Além de desbancar o seu colega Fábio Faria (PSD) da Coordenação da Bancada Federal do RN, o deputado Felipe Maia (DEM) também compõeuma das mais importantes comissões no legislativo federal. Ao conseguir a unanimidade de Senadores e Deputados Federais do RN, o deputado Felipe Maia passou comandar a missão de coordenar a bancada federal, ao mesmo tempo em que assumiu a Comissão de Constituição e Justiça, na Câmara Federal.

 

SILÊNCIO

A proposta da formação do bloco parlamentar entre os partidos DEM e o Solidariedade ainda não foi possível concretizar. Enquanto os deputados Getúlio Rego (DEM) e KelpsLima (Solidariedade) entram em entendimento, o deputado José Adécio (DEM) ainda não se pronunciou sobre o assunto. Aos que o procuram para falar do assunto, Adécio se mostra lacônico: "estou pesando" Há quem assegure que o representante de Pedro Avelino não está nada satisfeito com o tratamento que tem recebido do governador Robinson Faria.

 

LIDER

E o PSD já tem o seu líder na Assembleia Legislativa. Trata-se do deputado de primeiro mandato Dison Lisboa. A bancada teria três deputados (Zé Dias, Galeno Torquato e Dison) não fora o rompimento de deputado José Dias com o governador Robinson Faria.

 

INTERINIDADE

Embora a alternativa de fazer a escolha para seu Líder na Câmara recaia sobre os parlamentares Bispo Francisco (PSB) e Chagas Catarino (PP) uma vez que os convites anteriores foram rejeitados, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) resolver indicar a segunda opção para a interinidade. Em o vereador Chagas Catarino assumir a interinidade na liderança e escolher como seu vice-líder Júlio Protásio (PSB), pode representar que permanecerá com a missão.

 

AGNELO

O deputado estadual Agnelo Alves (PDT) que também foi prefeito de Parnamirim por dois mandatos, recebeu a visita do vereador Ricardo Gurgel - hoje presidente da Câmara Municipal - para falar de política municipal. Ao oficializar a Agnelo sua pretensão em disputar a Prefeitura do seu município, Ricardo Gurgel assegurou que "só não serei candidato se o senhor for disputar a eleição de Parnamirim". Agnelo alegou que o seu estado de saúde não lhe permite tal façanha.

 

AGNELO II

Entusiasmado com a repercussão de sua decisão em viabilizar sua candidatura a prefeito de Parnamirim, principalmente com o apoio do governador Robinson Faria e do deputado estadual Carlos Augusto Maia,o vereador Ricardo Gurgel tem demonstrado satisfação com a solidariedade recebida de seus colegas na Câmara Municipal, da situação e da oposição.

 

GREVE

Em que pese a repercussão negativa que poderá causar nas ações contra a proliferação do mosquito da dengue, os Agentes de Saúde de Natal aprovaram indicativo de greve para o próximo dia 11. Representantes da categoria asseguram que o prefeito Carlos Eduardo não tem sinalizado com qualquer ação para atender as reivindicações dos Agentes de Saúde.

 

ÁGUA MINERAL

É preocupante a denúncia de técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte de que a água mineral consumida em Natal contém quantidade de coliformes fecais acima do percentual permitido, enquanto que a água fornecida pela Caern está dentro do limite permitido. A preocupação, além com a saúde da população que consome a água mineral, é também com a economia do Estado, pois esses estudos podem decretar queda vertiginosa no consumo do produto e consequências para a saúde financeira das empresas no setor.

 

ÁGUA MINERAL II

O assunto merece estudo mais aprofundado pelos organismos envolvidos e que zelam pela saúde da população, uma vez que, além de pagar caro pelo produto - no caso a água mineral - os consumidores podem estar se contaminando lentamente. A situação é grave e isso precisa ser averiguado com urgência, pois além do nível de coliformes fecais elevado, o Ph das águas minerais está abaixo do mínimo 6% necessário ao corpo humano.

 

CONSTRUTORAS

Já tratamos do assunto aqui na coluna e infelizmente está insustentável a situação das construtoras envolvidas com o projeto Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Em dezembro, diretores das construtoras anunciaram as dificuldades enfrentadas pelo setor e agora chega a consolidação de que vão começar as demissões no setor. Todas as construtoras envolvidas, no Rio Grande do Norte com o projeto, representam empregos para 2.500 famílias.

 

CONSTRUTORAS

Com a total paralização no setor, começam a ser demitidos os cerca de 1.500 trabalhadores na construção civil e isso afetará, consequentemente, os cerca de 1.000 empregos indiretos. As construtoras alegam que desde o mês de novembro que não recebem praticamente nenhum dinheiro do governo federal referente às obras já executadas.

 

SEQUESTRO

Enquanto o Tribunal de Justiça sequestrou mais de 2 milhões de reais das contas da Prefeitura Municipal de Ceará Mirim para cobrir os precatórios que não foram honrados, a Prefeitura de Natal e o Governo do Estado estão com as mesmas pendências, sem serem incomodadas. A Prefeitura de Natal deve mais de 15 milhões em precatórios e o Governo do Estado deixou de cumprir com quase 80 milhões de reais na mesma rubrica.

 

MINEIRO

Escolhido líder do Governo na Assembleia Legislativa, o deputado Fernando Mineiro (PT) via experimentar pela primeira vez a condição de deixar de serestilingue e passar a ser vidraça. A missão vai lhe dar também a oportunidade de mais exposição na mídia, que poderá lhe ser favorável ou não com reflexo para a sua candidatura a prefeito de Natal, no próximo ano.

 

HENRIQUE

Com o seu nome excluído da Operação Lava-Jato por solicitação do Procurador-Geral da República, o ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) volta a ter o seu nome lembrado para ocupar o Ministério do Turismo, pasta que o então deputado rejeitara. A indicação do nome de Henrique está sendo defendida pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Não se sabe se a indicação ainda teria o mesmo peso caso fique comprovado o envolvimento de Cunha na Operação Lava Jato.

 

HENRIQUE II

Enquanto aguarda os acontecimentos em Brasília, Henrique Alves garante que vai reestruturar o PMDB no Rio Grande do Norte para enfrentar as eleições municipais de 2016, percorrendo todos os municípios com diretórios peemedebistas, mas não confirmou se o seu partido terá candidato ao pleito em Natal.

 

COSERN

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PROS) quer acabar com o abuso da COSERN em cobrar corte e religação dos usuários de energia elétrica no Estado. Projeto de Lei de sua autoria começa a tramitar na Assembleia Legislativa, em defesa do consumidor.

 

27 de Fevereiro de 2015 às 12h02

AS DIFICULDADES DE ROBINSON

Não fora algumas dificuldades enfrentadas no campo político com a insatisfação de muitos correligionários - e aí se incluem lideranças interioranas e até mesmo deputados estaduais que preferem silenciar no momento -que não tiveram seus compromissos cumpridos, o governador Robinson Faria poderia afirmar que as agruras vivenciadas no seu mandato estavam dentro do esperado, mesmo que se vivencie a extrema dificuldade financeira em todos os setores da administração estadual.

Eis que de repente, o governante se depara com duas graves consequências para a sua administração. Primeiro, o governo estadual fica sem o seu Certificado de Regularidade com a Previdência, cuja validade expirou no ultimo dia 18 e isso impedirá a transferência de recursos federais diretamente para as Secretarias Estaduais e também para os vários convênios já firmados. Logo a seguir vem o questionamento de que o empréstimo de 850 milhões de reais junto ao Banco do Brasil, recentemente aprovado pela Assembleia Legislativa, não deverá ser liberado nos moldes em que foram aprovados pelos deputados, pois os entendimentos anteriores junto a instituição financiadora previam que os recursos serviriam apenas para contra partidas do governo estadual nos convênios e empréstimos alcançados junto às instituições federais.

A falta do Certificado de Regularidade com a Previdência trás como consequências, sem dúvida, sérios atropelos para qualquer administração pública seja ela das esferas estadual ou municipal, a partir do impeditivo de receber transferências do governo federal e para um Estado que enfrenta as dificuldades financeiras já divulgadas. A situação pode representar o estrangular do atual momento que se complicará muito mais caso o Banco do Brasil não venha liberar o empréstimo de 850 milhões de reais por conta da forma como foi conduzida a sua negociação com os demais poderes (legislativo e judiciário) que participam da divisão de um bolo que poderá não chegar às suas mãos.

Com esses impedimentos, o governador Robinson Faria terá que requerer de suas equipes muita criatividade para neutralizaras primeiras grandes dificuldades de sua administração.

 

 

PRESTIGIO

O prefeito Francisco José Junior (PSD) tem buscado ocupar os espaços da mídia para demonstrar suas habilidades políticas e prestígio no meio. Depois de conseguir a sua eleição para a presidência da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), o prefeito de Mossoró assegura que estará trazendo ao Estado o Ministro das Cidades Gilberto Kassab para prestigiar sua posse na instituição. A posse da nova diretoria da FEMURN acontecerá no dia 20 de março.

 

PRESTIGIO II

Garantindo que a sua administração frente a FEMURN vai revolucionar a instituição, o prefeito Francisco José Junior começa a montar a sua equipe de auxiliares com profissionais experimentados. Ao trazer o Ministro das Cidades para sua posse, o novo presidente da Federação dos Municípios dá uma demonstração de prestigio possibilitando também a todos os prefeitos a oportunidade de manter contato direto com o gestor de recursos financeiros federais voltados para as cidades.

 

SOLIDARIEDADE

O deputado Ezequiel Ferreira, presidente da AL/RN, como era de se esperar, recebeu a solidariedade de todos os deputados que se fizeram presentes na sessão em que o acusado na operação Sinal Fechado rebateu com veemência as acusações que lhe foram imputadas pelo Ministério Público. Agora, o deputado peemedebista tem até o dia 10 de março para apresentar sua defesa no judiciário.

 

SEM LIDER

Até o fechamento da edição da coluna o prefeito Carlos Eduardo (PDT) ainda não havia definido o nome de seu líder na Câmara Municipal de Natal, mesmo depois de ter recebido um sonoro Não de seu ex-líder para continuar na função e da recusa da vereadora Júlia Arruda (PSB) em aceitar a missão. Mas há quem assegure que a preferência do prefeito está entre os nomes dos vereadores Chagas Catarino e Bispo Francisco.

 

SINAL FECHADO

O senador José Agripino Maia (DEM) vai aguardar o retorno do líder de seu partido, Ronaldo Caiado (que se encontrava hospitalizado) ao plenário da Casa para registrar o seu discurso e se defender das acusações que lhes foram feitas pelo delator George Olimpio, na operação Sinal Fechado.

 

SINAL FECHADO II

Em toda a sua vida política - e lá se vão cerca de 35 anos - o senador José Agripino jamais enfrentou qualquer acusação de improbidade, de corrupção ou coisa parecida, mas no momento enfrenta a incômoda situação para surpresa de todos aqueles que o cercam, principalmente por ele ser um dos mais ferrenhos acusadores de desmandos no Governo Federal. Enquanto aguarda a decisão do STF se irá abrir investigação sobre a sua conduta, o senador José Agripino prepara o seu pronunciamento que fará no plenário do Senado Federal, na próxima semana.

 

DENGUE

A Prefeitura de Natal não fez o dever de casa anteriormente e o resultado é que a população já está enfrentando uma verdadeira epidemia de dengue e que pode trazer sérias consequências. A Secretaria Municipal de Saúde deixou de tomar as providências necessárias e a população natalense deverá pagar um alto preço. E com as larvas do mosquito da dengue proliferando, pode vir também a febre Chikungunha.

 

ESTIAGEM

Embora os órgãos especializados prevejam um inverno regular para o Rio Grande do Norte, a situação atual é preocupante com a população de alguns municípios já sofrendo com a redução de água para suas necessidades básicas. Essa preocupação se estende para o setor agropecuário com reflexos na economia do Estado. O maior reservatório de água do RN, a Barragem Armando Gonçalves Ribeiro está com 29,53% de sua capacidade, o que já é seriamente preocupante.

 

TURISMO

Atendendo a uma das reivindicações do setor turístico do Estado, o governador Robinson Faria assinou hoje o decreto governamental que concede redução na alíquota do ICMS para o querosene de aviação. Embora o governo anterior tenha negado esse beneficio sob a alegação de queda na receita, técnicos governamentais asseguram que essa redução na alíquota não representará qualquer prejuízo para o Estado, uma vez que a medida vai estimular o crescimento turístico, gerando novas divisas.

 

FILIAÇÃO

Completando dois meses do término de seu mandato e a ex-governador Rosalba Ciarlini não deu sinais de sua desfiliação do DEM e o caminho a ser percorrido para a nova filiação. E enquanto não se define pela nova opção partidária, a ex-governadora chegou a confidenciar a ex-auxiliares mais próximos de que o seu desejo é de voltar a ocupar uma cadeira no Senado Federal e essa eleição só acontecerá em 2018 para as vagas hoje ocupadas por José Agripino e Garibaldi Alves Filho.

 

PARTIDOS

Com as ultimas medidas aprovadas pela Câmara dos Deputados fica improvável, para o momento, fusão de partidos políticos, pelo menos para os que estavam propondo como são os casos do PSD, PROS e PSB. As medidas também criam dificuldades para o surgimento de novas siglas, acabando com a farra dos partidos de aluguel. É provável que os planos para a criação do PL - Partido Liberal e a Rede (partido de Marina), sejam seriamente dificultados.

 

20 de Fevereiro de 2015 às 13h36

CAMINHOS TORTUOSOS

A política partidária sempre reservou momentos desagradáveis para os seus praticantes, sejam de quais matizes forem. Recentemente, para falar da política tupiniquim, tivemos o caso envolvendo o senador José Agripino Maia e a ex-governadora RosalbaCiarlini. Ele, presidente nacional do Democratas, com forte ascendência, óbvio, sobre as decisões do diretório estadual do DEM; ela, então governadora do Estado e pretendente a disputar a sua reeleição dentro do seu mais legítimo direito. Agripino, já coligado com o PMDB, antevendo o benefício de seu filho Felipe Maia, deputado federal, integrar a coligação na chapa proporcional liderada pelos peemedebistas e garantir a sua reeleição, fechou questão em não conceder a legenda para que Rosalba viesse a disputar sua reeleição, mesmo com o desgaste gritante que vivia naquele período. Venceu Agripino que foi apoiar as candidaturas de Henrique Alves ao Governo e de Wilma de Faria ao Senado, enquanto que Rosalba, mesmo Governadora, ficou no limbo sem direito, sequer, a ter uma participação ativa na campanha eleitoral na escolha de quem a sucederia. Triste desenlace.

No momento, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), que mesmo com a sua administração bem avaliada, começa a viver um isolamento político até porque o número de pretensos concorrentes seus na próxima eleição de 2016 pode chegar a meia dúzia em seu confirmando as candidaturas de Rogério Marinho (PSDB), Fernando Mineiro (PT), Walter Alves/Hermano Morais (PMDB), Kelps Lima (Solidariedade), Robério Paulino (PSOL) e Simone Dutra (PSTU). E é nesse mesmo momento de isolamento político que está vivendo que o prefeito Carlos Eduardo também enfrenta o descontrole de sua bancada na Câmara Municipal de Natal, por falta de um líder. Justificativa para isso?  A falta de cumprimento dos acordos assumidos com sua bancada e que foram endossados pelo então líder Júlio Protásio.

Decorrido pouco mais de um ano de sua administração, o prefeito Carlos Eduardo recebeu de seu líder na Câmara, vereador Júlio Protásio(PSB) o aviso prévio de que estaria deixando aquela missão, mesmo entendendo que estava cumprindo bem o seu papel de agregador de uma bancada heterogênea, mas lhe faltava o cumprimento da palavra empenhada por quem podia cumprir os compromissos assumidos. Sob argumentos e promessas de que estaria disposto a mudar seus procedimentos junto a bancada que lhe dá sustentação no legislativo, o prefeito de Natal convenceu o vereador pessebista a retornar à função de líder. Mas durou pouco a convivência e justificando-se mais uma vez sem o apoio necessário ao pleno exercício de sua função, eis que o vereador Júlio Protásio entregou, em caráter irrevogável, suas credenciais a quem lhe confiara a missão. E Júlio deixa a condição de líder do governo perante seus pares elogiado por todos os que seguiram as suas orientações, mas desgastado por conta da falta de cumprimento com a palavra empenhada de Carlos Eduardo.

Até o momento do fechamento desta coluna, o prefeito de Natal estava enveredando por caminhos tortuosos em busca de um novo líder, pois até mesmo a sua incansável defensora, vereadora Júlia Arruda (PSB), também rejeitou o convite para ser a líder do governo na Câmara Municipal de Natal. Até quando?

 

 

 

 

PARNAMIRIM

Apesar de contar com o apoio de 16 vereadores de sua bancada à candidatura de seu sucessor Naur Ferreira, o prefeito Maurício Marques começa a sentir reações divergentes de lideranças comunitárias, com reflexos na população. Mas amparado por uma aprovação de sua administração, o prefeito de Parnamirim garante que irá superar essas dificuldades políticas que começam a surgir antes mesmo de a campanha eleitoral ter sido deflagrada.

 

EXPORTAÇÃO

O aeroporto "Governador Aluízio Alves" surgiu em São Gonçalo do Amarante com o objetivo de se tornar pólo de exportação, mas não é isso que vem ocorrendo, principalmente com o nosso pescado. Por falta de opções de voos, o pescado produzido no Rio Grande do Norte e exportado para a Europa tem utilizado os aeroportos de Recife e de Fortaleza.

 

IMOVEIS

O mercado imobiliário na região metropolitana de Natal está cada vez mais confuso. Enquanto algumas construtoras tentam vender seus estoques com promoções de preços que chegam a ser duvidosas, pedidos de licenciamentos para novas construções vão chegando na SEMURB, principalmente para o eixo Natal/Parnamirim. Há quem assegure que os estoques atuais beiram as 4.000 unidades, na Grande Natal.

 

SUPERAVIT

O Rio Grande do Norte está entre as 7 unidades da federação que apresentam superávit em suas contas, referentes ao ano passado. Enquanto isso, 17 Estados e o Distrito Federal fecharam suas contas de 2014 "no vermelho", sinalizando sérias dificuldades no presente exercício. Trata-se de algo inédito desde que a Lei de Responsabilidade Fiscal, aprovada em 2.000, impôs regras para disciplinar as finanças públicas.

 

IMPRENSA

Enquanto uma meia dúzia tenta partidarizar suas ações, quer em nível nacional quanto local, a imprensa vem desempenhando o seu papel de vigilância aos acontecimentos, principalmente em se tratando das ações de governos, de interesse público. A cada dia, o papel da imprensa vem se destacando, principalmente em matérias investigativas.

 

VERÃO

Olho na programação de televisão e nos horários de voos. É que o horário de verão termina neste domingo, dia 22.

 

ÉTICA

A Comissão de Ética da Câmara Municipal de Natal vai ser presidida pelo vereador Joanilson de Paula Rego (PSDC) que começa as suas atividades avaliando o destino do vereador Marcos do PSOL. Há denúncia de que o vereador do PSOL passou a exigir para si parte dos salários dos servidores de seu gabinete. O partido já publicou nota condenando a atitude do parlamentar. Resta saber qual vai ser o veredito da Comissão de Ética.

 

SUCESSÃO

Está prevista para o dia 17 de abril a eleição para a escolha do Procurador-Chefe do Ministério Público do Rio Grande do Norte. Em outros tempos, a disputa já estava lançada com grupos se dividindo para enfrentar a eleição. Pelos rumores, o atual procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis será candidato único.

 

PAGAMENTO

O Governo do Estado ainda não confirmou as datas de pagamento do funcionalismo estadual. Em novo decreto, o governo tem até o dia 10 do mês subsequente para efetuar o pagamento de pessoal, embora no mês de janeiro a efetivação do pagamento tenha acontecido nos últimos dias do mês.

 

LIDER

Não é "privilégio" do prefeito Carlos Eduardo (PDT) estar sem o seu líder no poder legislativo. O governador Robinson Faria também ainda não definiu quem será o seu defensor nos questionamentos na Assembleia Legislativa. Desde que perdeu o apoio do deputado José Dias (PSD, por enquanto), Robinson ainda não se definiu pelo nome que representará o governo na ALRN. Nomes como os dos deputados Disson, Zé Adécio, Galeno e Gustavo Carvalho têm sido lembrados para a missão.

 

BLOCOS

Enquanto o deputado Fernando Mineiro (PT) conquista a liderança formada pelo PT/ PHS/PC do B, que tem como seus representantes o deputado Souza Neto e a deputada Cristiane Dantas, outro bloco, formado pelos PSB ePDT tenta definir que vai lidera-lo. Os entendimentos estão sendo mantidos entre os deputados Agnelo Alves (PDT), Tomba Faria (PSB) e Márcia Maia (PSB).

 

13 de Fevereiro de 2015 às 12h46

O ISOLAMENTO DO PREFEITO


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

Quando candidato em 2012, o atual prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), já se apresentou como o mais cotado para o cargo uma vez que a sua sucessora Micarla de Sousa vivenciava desgaste imensurável e isso, sem dúvida, ajudava ao candidato pedetista a consolidar sua preferência junto ao eleitorado quando se permitia fazer avaliações. O franco favoritismo inicial da candidatura de Carlos Eduardo encontrou em seus principais adversários Hermano Morais (PMDB) e Fernando Mineiro (PT) uma surpreendente barreira que obrigou a disputa ir para um segundo turno enfrentando o candidato peemedebista, quando se consolidou a vitória do atual prefeito.

Como a política é muito dinâmica, eis que vem a campanha eleitoral para as candidaturas majoritárias para o Governo do Estado e o Senado Federal. De um lado, as candidaturas de Henrique Eduardo Alves, do PMDB, para Governador e de Wilma de Faria, do PSB, para o Senado Federal. E o prefeito Carlos Eduardo, que nos dois primeiros anos de seu mandato contara com o apoio irrestrito da então deputada federal Fátima Bezerra (PT) para liberar os recursos financeiros de projetos que estavam engavetados no governo federal e que deram grande visibilidade à administração, decidiu por optar pelas candidaturas do peemedebista ao Governo e de sua vice-prefeito Wilma de Faria ao Senado Federal, isolando a sua parceira incondicional que terminou eleita Senadora para representar o Rio Grande do Norte.

Cada campanha eleitoral tem a sua história e sua composição pode ser surpreendente para todos aqueles que acompanham o processo .E é assim que começamos a acompanhar as primeiras mexidas no jogo do xadrez eleitoral na Capital do Estado, aonde cada peça tem a sua importância. E nesses primeiros lances se vislumbra o isolamento do prefeito Carlos Eduardo, já na parte administrativa e com consequência no aspecto eleitoral, pelo menos no primeiro turno. O PMDB, o PT, o PSOL, o PSDB têm demonstrado que estarão na fileira da frente na disputa pelo cargo de Prefeito de Natal. Óbvio, que nesse primeiro momento, até que se apresentem os candidatos que irão para um provável segundo turno, o prefeito Carlos Eduardo irá perder a aliada Fátima Bezerra para continuar a percorrer os caminhos da Esplanada dos Ministérios de onde vêm os recursos financeiros para as obras que serão necessárias para a conquista de votos junto ao eleitorado natalense. Da mesma forma, o prefeito de Natal já não pode contar com a mão amiga de seu primo e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves, uma vez que o presidente estadualdo PMDBjá não tem o trânsito tão livre entre os atuais Ministros nesse segundo mandato de Dilma Rousseff. Sem apoio político dos grandes partidos e também sem o respaldo administrativo para buscar os necessários recursos financeiros na esfera federal, o prefeito Carlos Eduardo Alves começa a sentir o que representará o seu isolamento político-administrativa a partir de agora.

 

 

ROSALBA

A ex-governadora Rosalba Ciarlini (DEM) ainda não oficializou a sua desfiliação do partido presidido nacionalmente pelo senador José Agripino, mas essa atitude é considerada nítida e certa. Como continua ainda filiada ao DEM, a ex-governadora também não optou por integrar nenhuma das legendas que lhes fora ofertadas. Para o mais próximos de Rosalba, é quase certa que ela não deverá ficar na mesma legenda dirigida pelo seu cunhado e ex-deputado federal Betinho Rosado, que é o Partido Progressista (PP).

 

LIBERAL

A criação do Partido Liberal (PL), que vem sendo articulada pelo ministro Gilberto Kassab e em nível estadual deverá receber o apoio do governador Robinson Faria, poderá não acontecer. Partidos como o PMDB e o PTB já estão questionando essa criação junto ao Tribunal superior Eleitoral. É aguardar os acontecimentos.

 

SOLIDARIEDADE

O Centro de Valorização da Vida, em Natal, está anunciando a realização da primeira edição do Programa de Seleção de Voluntário do CVV, que acontecerá a partir do dia 7 de março, no Instituto Federal do Rio Grande do Norte, na Av. Rio Branco, no centro da Capital. O curso é gratuito e terá dez encontros, sempre aos sábados, se prolongando até o dia 23 de maio. Ligar para 3221.4111.

 

WODEN

O jornalista Woden Madruga, em sua coluna diária na TN, alfinetou: "Nunca mais, faz é tempo, falou-se na duplicação da Reta Tabajara, um dos principais grandes seixos do DNIT. Ano passado, foi um dos engodos da campanha eleitoral" O estranho é que quem utilizava esse fato era o candidato Henrique Eduardo Alves., em sua campanha pelo Governo do Estado.  

 

CANDIDATURA

Apesar de sempre alegar "que ainda é cedo", quem vem tomando gosto pela sua candidatura a Prefeito de Parnamirim é o deputado estadual Carlos Augusto Maia (PT do B). E enquanto a oposição vai se articulando em candidaturas isoladas, o prefeito Mauricio Marques vai com solidando a candidatura de Nahu Ferreira como seu sucessor.

 

LICITAÇÃO

O Governo do Estado vai abrir licitação para contratar empresa que vai efetuar a cobrança da Dívida Ativa, calculada em mais de 5 bilhões e 500 milhões de reais. A Assembleia Legislativa já autorizou ao Governo a efetuar a contratação e a cobrança da Dívida Ativa é um dos poucos recursos existentes para recuperar as finanças estaduais.

 

MEMORIA

Quem estreia programa na TV METROPOLITANO - Canal 30 e 130 HD, na Cabotelecom - é o advogado, escritor e poeta Diógenes da Cunha Lima. O seu programa, MEMORIA CULTURAL, vai acontecer na telinha a partir do dia 21 próximo, sempre às 13 horas. A sua convivência diária com os livros, os acontecimentos literários permitirão um foque bastante abrangente no setor cultural do Estado.

 

RESGATE

A Prefeitura do Natal está apostando no resgate do carnaval na cidade e para isso contratou grandes nomes da música brasileira para abrilhantar os acontecimentos que serão registados nos cinco polos.. O apoio aos blocos e escolas de samba integra o leque de ações da Prefeitura para resgatar a festa popular em toda a cidade.

 

ASSEMBLEIA

O novo presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB) tem demonstrado esforço hercúleo na tentativa de evitar divisões entre os seus pares, além de se dedicar em fazer a aproximação da instituição junto aos organismos dos poderes Executivo e Judiciário.

 

GOVERNADOR

Sem menosprezar os demais problemas que afligem o Estado, o governador Robinson Faria tem dito em todos os meios em que circula que, no momento, a sua maior preocupação é com a seca que a cada dia se agrava em todas as regiões. O governador sabe que não existe plano B no trato com a seca e, apesar de providências acionadas para instalar cerca de 1.000 poços já perfurados, mas sem funcionamento, as sequelas são imensuráveis.

 

 

 

06 de Fevereiro de 2015 às 17h36

RETROVISOR QUEBRADO

Quando de sua ida ao plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para apresentar sua mensagem oficial, o governador Robinson Faria utilizou um sistema inédito. Aos 24 deputados estaduais (quatro não estiveram presentes ao ato) foi encaminhada uma brochura com a mensagem na íntegra, enquanto que do púlpito o Chefe do Executivo se prendia a apresentar um resumo para evitar o cansaço aos presentes, mas mesmo nesse seu resumo, em qualquer oportunidade, o novo governante se preocupou um fazer acusações a quem quer que fosse, nem muito menos nomeou culpados, como muitos esperavam. Foi um discurso eminentemente técnico com algumas frases políticas de efeito, como se mandasse recado para a classe política de que o governo que se iniciava vestiria uma roupagem completamente diferenciada dos demais, com o foco nitidamente voltado para os interesses da população norte-rio-grandense. Na oportunidade, o governador mostrou as condições em que estava recebendo o Estado, sem, contudo, se preocupar a fazer lamentações e nem muito menos em demonstrar preocupação em apontar culpados, uma vez que ao longo dos anos - envolvendo várias administrações - é que o Rio Grande do Norte chegou ao nível atual de dificuldades.

 Hoje, conhecedor real da situação econômico-financeira do Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria parece que não está assustado com as deficiências com quem irá conviver para suprir os vários problemas existentes principalmente nos setores da educação, da saúde, da segurança pública e em particular com o problema da seca que, apesar de ser cíclico, aparenta não ter precauções registradas para o enfrentamento atual. Sem previsão de recursos financeiros abundantes gerados pela arrecadação do Estado, o novo governo confia na capacidade técnica de seus responsáveis setoriais e acredita na criatividade para superar as dificuldades já focadas.

Assim, no momento em que esteve com os deputados estaduais que se divide em várias matizes partidárias, o governador Robinson Faria falou a linguagem de fácil acesso a todos e mostrou que na sua administração  decidira focar no presente e no futuro quebrando o retrovisor que norteou tantos governos.

 

 

 

NOVOS PARTIDOS

A sociedade brasileira, com o apoio de parte da classe política, vem sempre questionando o número de partidos existente e com isso a falta de identificação ideológica que facilite a identificação de quem participa dessas siglas. Hoje já são cerca de 30 siglas partidárias, enquanto muitas outras estejam em processo de forja para confundir ainda mais o eleitor brasileiro.

 

NOVOS PARTIDOS II

Essa falta de identidade de ideal partidário contamina a todos. No momento, por exemplo, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente do PSD, está em franca mobilização para criar um novo partido, o PL - Partido Liberal e engana-se quem pensa que ele pretende fazer fusão. Não. A proposta é, mesmo, manter os dois partidos - PSD e PL - sob o seu comando. Sem qualquer identidade ideológica.

 

TRANSPORTE

O vereador Júilio Protássio (PSB), que na Câmara Municipal de Natal também exerce a função de líder do governo, está em franca batalha para que as autoridades cumpra o que reza a Lei Municipal nº 256, que prevê a proibição de caminhões com mais de 5 toneladas trafegar pelas principais avenidas da cidade. A lei é de autoria do vereador pessebista, mas que não vem sendo cumprida pela STTU.

 

MANCHETE

Mais chamativa impossível. Manchete do jornal Diario de Minas sobre a saída de Graça Foster da presidência da Petrobras: "Graça se foi, a desgraça continua".

 

IMOVEIS

Depois que os estrangeiros europeus saíram de circulação do mercado natalense, o preço de imóveis em Natal voltou para a realidade local. Após o boom que trouxe à Capital inúmeras construtoras e incorporadoras de outros Estados, o preço real dos imóveis voltou a ser praticado e isso fez com que algumas dessas construtoras retornassem às suas origens.

 

IMOVEIS II

Algumas dessas construtoras que já prepara seu retorno aos Estados de origem estão aproveitando para baixar o preço de seus imóveis na tentativa de desencalhar as inúmeras unidades. A Moura Dubeux, por exemplo, está oferecendo desconto de até 215 mil reais e uma de suas unidades na tentativa de atrair comprador e com isso há o questionamento: os preços estavam super aviltados ou essa empresa vai ficar no prejuízo?

 

APOIO

Após ter conhecimento do conteúdo da mensagem governamental que chegou à Assembleia Legislativa, o Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira ressaltou o problema da seca que já está castigando a população rural de vários municípios, mas enfatizou: "Robinson está com todo o zelo, está querendo acertar".

 

GASTOS

Ao assumir o compromisso de cortar gastos em 30% na máquina estadual, o governador Robinson Faria terá que se desdobrar para cobrar constantemente de seus auxiliares o controle que foi estabelecido, pois em se tratando de serviço público, caso não haja uma vigilância sistemática, dificilmente essa marca será atingida.

 

PROGRAMA

Enquanto cuida de ampliar o raio de sinal da TV METROPOLITANO - que recentemente chegou ao município de Pau dos Ferros - a direção da emissora também vem cuidando de ampliar o número de programas produzidos na casa. Ainda este mês, o advogado-poeta-escritor Diógenes da Cunha Lima vai estrear o programa "Memória Cultural".

 

CANDIDATURAS

O deputado estadual Hermano Morais (PMDB) voltou a afirmar que é candidato a Prefeito de Natal, na eleição de 2016. Resta saber se o seu partido, que em nível de Estado é dirigido pelo ex-deputado Henrique Eduardo Alves, vai endossar essa sua pretensão. É que Henrique vem costurando apoio ao prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), inclusive participando da administração municipal.

 

CANDIDATURAS II

Quem também confirmou sua pretensão de participar da eleição do próximo ano foi o deputado estadual recentemente eleito Carlos Augusto Maia (PC do B). Ex-vereador de Parnamirim, Carlos Augusto foi apoiado por um movimento ligado aos cartórios, em todo o Estado, e tem a real pretensão de dirigir os destinos do município hoje governado por Mauricio Marques.

 

BANCADA

Apenas dois parlamentares que constituem a bancada federal do Rio Grande do Norte votaram pela criação da CPI da Petrobras. Foram eles Felipe Maia (DEM) e Rogério Marinho (PSDB). O também deputado federal Antônio Jácome (PMN) anunciou recentemente que vai contribuir para criar a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da Petrobras.

 

30 de Janeiro de 2015 às 00h00

UM PASSO ADIANTE


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

O sonho de um jovem ousado começa a se delinear, mesmo contra os olhares incrédulos de quem pensa em somente começar grande. Assim vem se constituindo o crescimento do GRUPO METROPOLITANO DE COMUNICAÇÃO que começou com a ousadia de um jovem mossoroense que depois de criar uma revista - a SPAÇO - na chamada Capital do Oeste se transferiu para a Capital do Estado com o seu sonho em crescer na área de comunicação. E foi depois de enfrentar todos os obstáculos para sobreviver com uma revista que focava na política e na economia do Estado que o seu idealizador, Roberto Costa Lima, entrava para o ramo gráfico e logo a seguir criava o JORNAL METROPOLITANO, instalado na cidade de Parnamirim, com foco na região Metropolitana de Natal, mesmo medindo os passos iniciais para uma nova trajetória que ali dava a largada e que hoje celebra 14 anos de ininterrupta circulação, consolidando um nome com contribuição viva à imprensa norte-rio-grandense.

Com a gráfica implantada, o jornal circulando e o seu trabalho prosperando, aquele jovem mossoroense se transformara em chefe de família, mas a sua ousadia permitia ampliar o sonho de partir para novos rumos buscando consolidar a vontade cada vez maior de integrar o setor de comunicação com voos mais audaciosos. E aí surgiu a vontade e a determinação em instalar um canal de televisão no meio de tantos grupos poderosos que manobram o setor no Rio Grande do Norte. Parecia uma missão impossível, mas a ousadia e a determinação permitiram que o sonho começasse a se tornar real e já em meados de 2013 surgia a TV METROPOLITANO, afiliada da REDE BRASIL DE TELEVISÃO, de São Paulo, com a responsabilidade de gerar 12 horas de programação local e que viria a transmitia seu sinal através da Cabotelecom para os assinantes de Natal e Parnamirim.

Não demorou muito e continuando a acreditar no potencial do Estado, a TV METROPOLITANO expandiu e em parceria com a TCM (TV a Cabo de Mossoró), superando os mais difíceis obstáculos, fez chegar a seu sinal aos lares mossoroenses, criando, inclusive, alternativas para programas produzidos também na Capital do Oeste. Daí, até chegar ao Seridó, custou ao empreendedor Roberto Costa Lima a perseverança e outra parceria, agora com a SIDY'S TV que leva a imagem da TV METROPOLITANO aos currais-novenses e se prepara para um salto mais firme para também acompanhar os passos da transmissora e chegar a mais 11 municípios seridoenses.

Hoje,mais um passo é registrado nessa trajetória. A TV METROPOLITANO chega ao Alto Oeste e se instala em Pau dos Ferros, a principal cidade da região, com o objetivo de cada vez mais contribuir com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e consolidar a sua posição como integrante da área de comunicação do Estado. Mais um passo foi dado e muitos outros, em breve, consolidarão o sonho.

 

 

ELEIÇÃO

A eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte acontecerá no próximo domingo (01/02), oportunidade em que será instalada uma nova Legislatura. O presidente Ricardo Mota (PROS) tem costurado alianças objetivando mais um período na presidência da AL/RN, mas o seu nome deverá concorrer com Ezequiel Ferreira (PMDB), Álvaro Dias (PMDB) e Gustavo Carvalho (PROS).

 

ELEIÇÃO II

O presidente Ricardo Mota é o favorito, mas é tradição na eleição da Mesa Diretora da AL/RN acontecer surpresas. Já houve fato de deputado ir dormir presidente e no dia seguinte se registrar a surpresa de desalojá-lo. O atual presidente tem demonstrado muita habilidade no trato com os seus colegas, mas ele sabe que seus adversários estão trabalhando nos bastidores.

 

PARNAMIRIM

O prefeito Maurício Marques, de Parnamirim, tomou uma série de medidas em busca de evitar gastos na sua administração, mas os comentários que circulam são de que, com as medidas, Maurício começou a alijar alguns correligionários do ex-prefeito Agnelo Alves para pavimentar o caminho de consolidação do nome do seu secretário Naum Ferreira para lhe suceder. E se sabe que esse nome não é do agrado de Agnelo.

 

PMDB

As últimas declarações do deputado estadual Hermano Morais (PMDB) mostra que há uma discórdia entre a direção do PMDB estadual e o municipal de Natal. Enquanto o ainda deputado federal Henrique Alves negocia a participação do partido na administração do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) sinalizando apoio à sua reeleição, o deputado Hermno Morais defende publicamente que o partido - e aí o seu nome seria preferido - tenha candidato a Prefeito de Natal na próxima eleição de 2016.

 

PMDB II

Uma vez que o deputado Henrique Alves também agiu da mesma maneira nas administrações da então prefeita Micarla de Sousa e da governadora Rosalba Ciarlini, não será surpresa que essa participação peemedebista na administração de Carlos Eduardo seja temporária. Dure apenas até a data das convenções municipais.

 

CAMPANHA

O deputado Ricardo Mota vem demonstrando exemplo na contratação de campanhas publicitárias em órgãos públicos. Em vez de autorizar elaborar campanha em promoção pessoal, o presidente da Assembleia Legislativa, através de sua assessoria de comunicação, vem elaborando campanhas de orientações de interesses públicos.

 

URBANA

O novo presidente da Companhia de Serviços Urbanos de Natal - URBANA jornalista Sávio Hacraddt deve tomar providências com relação ao lixo acumulado em caixas inapropriadas que enfeiam a orla natalense, em especial na Praia de Ponta Negra.

 

POSSE

A Câmara Municipal de Natal está com a sua composição modificada com a posse dos novos vereadores Joanilson de Paula Rêgo (PSDC), Klaus Araujo (PP) e Manoel do Cação (PP). Eles assumiram os titularidadesem razão das renúncias de Albert Dickson (PROS) e Jacó Jácome (PMN) que se elegeram deputados estaduais e de Rafael Mota (PROS) que se elegeu deputado federal.

 

POSSE II

O novo vereador Joanilson de Paula Rêgo, nome por demais conhecidos nos meios político e cultural, já assume a presidência da Comissão de Ética do Legislativo com o imbróglio das denúncias contra o mandato de seu colega vereador Marcos Antonio (PSOL).

 

VIGILÂNCIA

Ano passado o Ministério Público fez recomendação para que os municípios que estivessem nas regiões afetadas pela seca não promovessem carnaval. Este ano, apesar da mesma situação de 2014, o MP não fez qualquer recomendação quanto a não realização dos festejos de Momo, mas já demonstrou que está acompanhando de perto as contratações das bandas que irão animar o carnaval em vários municípios. As lupas estão voltadas para o carnaval de Macau, aonde, anteriormente, já foi deflagrada a operação Máscara Negra.

 

JUROS

E os juros, hein? Desandaram de vez. Os juros com o cheque especial já atingiu os 200% ao ano, segundo os especialistas.

 

09 de Janeiro de 2015 às 11h48

O DESAFIO DE ROBINSON

O lençol é curto pra cobrir o defunto. Era assim que eu ouvia dizer, na minha infância, quando a situação financeira de uma família estava difícil. E é assim com o Estado do Rio Grande do Norte, quase moribundo. A situação financeira é de uma dificuldade extrema. Se o governante quer investir - como quer mesmo o governador Robinson Faria - na segurança pública, vai faltar dinheiro para a saúde. Se o governante prioriza investimentos na saúde, vai faltar dinheiro para pagar pessoal. E, assim, começa o governo Robinson Faria.

O novo governante começa pelo setor da segurança pública e constata que precisa de mais de 13 mil homens no batalhão para que a Polícia Militar atue de forma produtiva, mas o quadro é formado de pouco mais de 8.000 policiais e desses cerca de 2.500 homens e mulheres estão cedidos às repartições públicas, em licença médica ou gozando férias. Essa mesma deficiência o governante também encontrou nos quadros da polícia civil, registrando, assim, dificuldades extremas na estrutura da segurança pública. Ao constatar esse quadro o governador Robinson Faria estava voltando de viagem a Mossoró aonde constatou ao lado do secretário da saúde Ricardo Lagreca, o estado de penúria do Hospital "Tarcísio Maia". De equipamentos obsoletos à falta de medicamentos, culminando com a falta de pessoal para o atendimento pleno daquele hospital, tudo foi constatado, in loco, pelo governante. Essas constatações, infelizmente, estão apenas começando.

E, agora, aonde buscar recursos financeiros para dar celeridade aos planos de recuperação da "máquina" que impulsiona o Estado? Recorrer ao governo federal? Até que pode e deve. Mas será que neste ano de 2015 o arrecadador-mor vai ter condições de socorrer os Estados em dificuldades?

O governo está só começando e as dificuldades, óbvio, estão atreladas ao seu desempenho. O governador Robinson Faria tinha plena consciência das dificuldades que enfrentaria e até o momento não reclamou, não se penitenciou e nem muito menos teve tempo de olhar pelo retrovisor para justificar tamanho descaso com os setores que movem as necessidades primárias da população. Apenas foi enfático ao tomar conhecimento dos primeiros atos de violência quando disse: "não posso consertar em dois ou três dias o que vem errado há dez anos". E ele está certo. Ninguém espere um milagre na transformação do Estado. Tudo deverá ocorrer gradativamente. O desafio de Robinson está apenas começando.

 


Bosco Afonso - Interino 

jbaafonso@gmail.com


 

 

GREVE

O prefeito Carlos Eduardo vai começar a enfrentar mais uma temporada de greve movida pelos movimentos sindicais. Desde a ultima quinta-feira (8), que servidores da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social - SEMTHAS entraram em greve por tempo indeterminado. Em nem são reivindicações salariais a motivação da greve encampada pelo SINSENAT. Os servidores reivindicam condições de trabalho para que alcancem o objetivo de servir a população natalense.

 

EMERGENCIAL

O governador Robinson Faria terá que recorrer ao processo emergencial para driblar os entraves burocráticos e dar celeridade às providências de alguns setores com prioridade como a saúde. O novo governante tem que priorizar também criar mecanismo legal e eficiente para extinguir a máquina burocrática que consome esforços imensuráveis e trava o desempenho de todos os organismos da administração pública.

 

ASSEMBLEIA

Como frisamos anteriormente aqui na coluna, o processo para a escolha da nova mesa diretora da Assembleia Legislativa só está começando agora, depois da posse do governador Robinson Faria. As conversas, os entendimentos, os afagos estão apenas começando. Enquanto isso, um deputado com voo de longo curso e de temporada longa pelo legislativo sentenciou que "o presidente da Assembleia Legislativa será aquele que o governador indicar". E complementou: "Sempre foi assim e assim será". Será mesmo?

 

HENRIQUE

Correligionários do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) estão aliviados com a informação de que não existem indícios suficientes que comprovem  a inclusão do presidente da Câmara Federal no denominado escândalo do Petrolão. Em se confirmando essas informações que a imprensa nacional destacou, o candidato derrotado na eleição para o Governo do Estado no ano passado volta a se credenciar para assumir o Ministério no governo Dilma Rousseff (PT). E quem ganha com isso é o Rio Grande do Norte.

 

PMDB

Se depender da vontade do deputado estadual Hermano Morais e mais outros convencionais do partido, o PMDB vai para a disputa na eleição de prefeito em 2016 e não vai praticar a reciprocidade com o prefeito Carlos Eduardo (PDT) que emprestou seu apoio ao então candidato a governador Henrique Eduardo Alves (PMDB),  em 2014.

 

CANDIDATURA

Em suas entrevistas concedidas no final de ano, oportunidade em que aproveitou para fazer um balanço de sua administração, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) tem evitado falar sobre a eleição de 2016. A exemplo de todos os governantes que serão "vidraças" na eleição que se aproxima, o prefeito de Natal tem dito que o momento é de administrar e que eleição só fala mesmo em 2016.

 

IRREGULARIDADES

Enquanto o Tribunal de Contas do Estado ofereceu o prazo de 5 anos para que o Tribunal de Justiça adeque a gastança com pessoal para não ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal, o novo presidente do TJ/RN, desembargador Cláudio Santos reconhece que 240 nomeações em cargos comissionados estão em estado irregular. E, agora, será que será preciso decorrer os 5 anos para regularizar essa situação?

 

PETROBRAS

Com o preço do petróleo em baixa, a Petrobras vai priorizar perfurar poços em terras potiguares. A produção de petróleo em poços em terras do Rio Grande do Norte é considerada uma das mais baixas. Daí a prioridade da estatal do petróleo com a previsão de que serão perfurados cerca de 400 poços durante o ano. Mas isso só deverá ser cumprido se a empresa conseguir sondas suficientes para alcançar o objetivo.

 

AEROPORTO

Chegar até ao aeroporto "Aluizio Alves", em São Gonçalo do Amarante ainda se constitui um sacrifício. Aliás, é sacrifício mesmo toda a utilização do novo aeroporto. Agora, para completar, ainda sem ter completado um ano de funcionamento, a administração do equipamento resolveu aumentar o preço do estacionamento em 25%, o que representa quase 4 vezes o índice da inflação do ano. A hora do estacionamento passou de R$ 8,00 para R$ 10,00. Sem que ninguém reclame do absurdo.

 

CABO JEOÁS

A Câmara Municipal de Natal conta com um novo vereador com a posse do Cabo Jeoás Santos, que assumiu a vaga deixada pelo vereador George Câmara (PCdoB), indicado para a Secretaria Estadual de Esporte e Lazer da gestão Robinson Faria. Jeoás participou do pleito de 2012 e ficou como suplente pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) ao obter 1.973 votos .A solenidade de posse foi realizada na Presidência da Câmara Municipal e contou com a presença de familiares, policiais e bombeiros. 

24 de Dezembro de 2014 às 00h00

PLANO DIRETOR


Bosco Afonso - Interino

jbaafonso@gmail.com


 

 

Considerada como a maior ferramenta para nortear o crescimento urbano com racionalidade de qualquer cidade o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano oferece as diretrizes que foram debatidas pelos vários segmentos de uma comunidade. No caso de Natal, o seu Plano Diretor já deveria ter sido revisto desde a administração passada que debateu com os conselhos e representantes comunitários pontos polêmicos que, aprovados por instância maior, vão priorizar a defesa do meio ambiente sem, com isso, preterir o crescimento urbanístico.

As denominadas APAs - Áreas de Preservação Ambiental foram discutidas, estudadas, debatidas ao longo do tempo sempre contando com a intervenção do Ministério Público do Meio Ambiente que chegou a contratar o trabalho de técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte para resguardar ou não argumentos dos técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo. Já decorreram dois anos das ultimas discussões do Plano Diretor de Natal sem que esse instrumento tivesse sido encaminhado à Câmara Municipal para apreciação.

O atraso na apreciação e aprovação na revisão do Plano Diretor de Natal tem causado, sem dúvida, prejuízos imensuráveis ao setor produtivo que sem esse instrumento não sabe quando e nem aonde poderá efetuar seus investimentos. 

 

 

 


PRESIDÊNCIA

 Apesar das divergências que se acentuaram na campanha eleitoral que passou, a relação do governador diplomado Robinson Faria (PSD) e o deputado Ricardo Mota (PROS) desfila em céu de brigadeiro e, assim, vencidas as rusgas tudo caminha para que o governador empreste seu apoio político ao atual presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para que ele continue no cargo na nova legislatura que se inicia em fevereiro próximo. O deputado Ricardo Mota tem se mostrado um exímio negociador na área política.

 

PT

O Partido dos Trabalhadores manteve a sua tradição e teve que levar para plenária a escolha do nome de quem seria indicado para a missão de administrar o setor da educação no governo que se inicia no próximo dia 1º de janeiro. E a senadora eleita Fátima Bezerra, apesar de sua densidade eleitoral e do seu prestigio junto a Robinson Faria e a presidenta Dilma Rousseff, perdeu a disputa interna de seu partido e caberá ao bloco liderado pelo deputado Fernando Mineiro indicar o nome de Francisco das Chagas para a Secretaria Estadual de Educação.

 

MÃE LUIZA

Enquanto a Prefeitura do Natal promete iniciar as obras de recuperação de parte do bairro de Mãe Luiza com investimentos do governo federal da ordem de 7 milhões de reais, os proprietários de 26 casas, naquela área, que perderam seus imóveis nas chuvas registradas em junho passado ainda não tem conhecimento de nenhuma providência para a construção de seus imóveis. Vão continuar a usar o aluguel social e viver na incerteza do retorno às suas casas.

 

IMPOSTOS

O engenheiro Arnaldo Gaspar Junior, presidente do SINDUSCON, defende a criação de novo imposto na compra de carros no país. Embora o Brasil possua uma das maiores cargas tributárias do mundo, a defesa de mais um imposto feita pelo presidente do SINDUSCON diz respeito a formação de um fundo cujo recursos seriam voltados para a urbanização e mobilização das cidades. Para ele, o transporte individual causa maior transtorno às áreas urbanas.

 

CONFIANÇA

Pesquisa encomendada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República revela que a população brasileira tem maior confiança no noticiário veiculado através dos jornais. Segundo a pesquisa o veículo jornal merece a confiança de 58%; Televisão = 54%; Rádio = 52% e Internet 27%. Os analistas da pesquisa não revelaram a razão das redes sociais terem obtido baixo índice na preferência dos leitores.

 

TCE

O novo presidente do Tribunal de Contas da União, conselheiro Carlos Thompson Fernandes, ao assumir o cargo anunciou que terá papel firme contra o desperdício do dinheiro público. Para alcançar essa sua meta e evitar que haja tanta punição, o TCE deveria promover seminários com prefeitos e presidentes de Câmara Municipais para mostrar os caminhos da boa prática.

 

JUSTIÇA

Quem assume a presidência do Tribunal de Justiça no próximo dia 2 de janeiro é o desembargador Cláudio Santos. A solenidade acontecerá às 17 horas, quando o desembargador Amilcar Maia assume na condição de vice-presidente e o desembargador Expedito Ferreira de Souza toma posse no cargo de Ouvidor Geral do Tribunal de Justiça.

 

CONSTRUTORAS

As construtoras do Rio Grande do Norte que prestam serviço ao governo federal estão sem ver a cor do dinheiro a mais de 100 dias. Tudo por conta de que o governo extrapolou seus gastos e, assim, não tem como legalizar as faturas pendentes de quem presta serviço em obras públicas e com isso várias construtoras poderão iniciar desaceleração no ritmo de construções tipo "Minha Casa, Minha Vida". Aí também o desemprego na área de construção civil.

 

FEDERAÇÃO

A direção da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol está vivendo momentos de euforia. Tudo por conta do índice positivo alcançado na contagem da Confederação Brasileira de Futebol. Em relação a região Nordeste a FNF ficou com honroso quarto lugar depois que o seu presidente José Vanildo impôs um ritmo de trabalho em nível de empresa buscando resultados positivos para a instituição, que foi reconhecido agora pela CBF.

 

VIOLÊNCIA

Considerado o setor que merecerá maior desempenho na administração do governador diplomado Robinson Faria, a segurança registrou no seu balanço quase 1500 homicídios até o final de novembro no Rio Grande do Norte, fazendo com que o nosso Estado figure entre os mais violentos - proporcionalmente - do país. Mesmo sabendo que a escalada da violência é a nacional, o novo governo tem que detectar as razões que atingiram, os padrões atuais e buscar alternativas imediatas para conte-las.

 

VIOLÊNCIA II

Certamente que o novo governador deverá buscar recursos financeiros junto ao governo federal, mas o mais importante é saber investir esses recursos, principalmente na área da inteligência da policia, pois se sabe que não é apenas aumentando o número de policiais que vai conter a escalada da violência. O exemplo está em países como a Colômbia que assumiu um conjunto de medidas para alcançar os resultados positivos.

 

CANDIDATURA

Há quem suspeite que o próximo governador Robinson Faria tem demonstrado arrependimento precipitação de anunciar o nome de Fernando Mineiro (PT) como seu candidato a Prefeito de Natal. E a recíproca é verdadeira em se tratando do Partido dos Trabalhadores que nem imaginam como estará sendo avaliada a administração estadual em 2016, por ocasião da eleição.

 

ROBÉRIO

O professor universitário Robério Paulino, que na última  eleição disputou o cargo de Governador do Estado pelo PSOL e obteve, em Natal, 22,5% dos votos do eleitorado, "pisou na bola" ao fazer o seu agradecimento através de faixas fixadas nas passarelas da BR-101, o que é proibido por lei.

 

ROBÉRIO II

Com a votação que obteve na ultima eleição, Robério Paulino (PSOL) está credenciado a disputar a eleição para Prefeito de Natal. Evidentemente que se sabe que são eleições distintas, mas os 22,5% dos votos dos natalenses obtidos pelo professor Robério representa dizer que essa parte da população da capital recebeu bem as propostas apresentadas pelo representante do PSOL.

 

PROBLEMAS

Precisa urgentemente da intervenção da STTU e da  SEMSUR para sanar problemas na marginal da BR-101, a altura do atacadista Assaí. Enquanto dezenas de caretas dificultam o trânsito de veículos naquela área, os vendedores de peixes e crustáceos infernizam a vida dos transeuntes que se obrigam a conviver com a fedentina das águas inservíveis.

 

VACINAÇÃO

Em razão de não ter conseguido atingir a meta estipulada, os postos de saúde em Natal estão com estoque de vacinas contra gripe e fazem uma nova convocação aos cidadãos e cidadãs da terceira idade. A disponibilidade da vacina contra gripe para idosos está em todos os postos da capital.

 


 

12 de Dezembro de 2014 às 12h22

A REALIDADE DOS FATOS


Bosco Afonso - Interino

jbaafonso@gmail.com


 

 

Passada a campanha eleitoral, ocasião em que todos os candidatos ao Governo do Estado tiveram a oportunidade em se comunicar com a população e mostrar os seus planos administrativos para os quatro anos de mandato, eis que é chegada a hora de o eleito conhecer a verdadeira situação do Rio Grande do Norte e saber exatamente o que o aguarda.

Durante o período de campanha, através das  emissoras de rádio, de televisão, nos comícios e nos contatos com as entidades de classe as promessas dos candidatos eram as mais positivas possíveis. Não se conhece um só candidato, entre o vencedor e os que não conseguiram alcançar o seu objetivo, que tenha mostrado qualquer obstáculo em administrar o Rio Grande do Norte nos próximos quatro anos, apesar das dificuldades financeiras tornadas públicas pela atual governadora Rosalba Ciarline. Quem ouviu as promessas dos vários candidatos ao Governo do Estado estava convicto de que tudo era as mil maravilhas no pobre Rio Grande do Norte mesmo imaginando que os atrasos de salários do funcionalismo estadual não era um ato proposital da governadora. Quem ouviu as promessas de campanha só podia imaginar que o desabastecimento nos hospitais públicos era um ato determinado, um desleixo de quem governava o Estado, pois naquele momento todos os candidatos tinham solução para todos os problemas existentes, inclusive para fazer com que a saúde pública se tornasse classificada de primeiro mundo. Durante a campanha todos, verdadeiramente todos os problemas que amargam a população norte-rio-grandense estavam solucionados por quem quer que viesse administrar o Estado. Tudo isso, em plena campanha eleitoral.

Agora chegou a hora da verdade. Agora chegou a hora de o candidato eleito Robinson Faria conhecer a verdadeira realidade do Estado que ele vai governar nos próximos quatro anos. Chegou a hora de Robinson e sua equipe conhecerem a verdadeira razão dos atrasos dos  salários do funcionalismo. Chegou a hora de toda a equipe que assessora o governador eleito conhecer as razões pelas quais os hospitais andam tão desabastecidos. Chegou a hora de saber as razões pelas quais as escolas estaduais, em sua maioria, estão em ruinas e a razão pela qual faltam tantos professores para as várias disciplinas. Chegou a hora de o governador eleito e sua equipe conhecerem as verdadeiras razões pelas quais os crimes campeiam em todos os municípios tornando o Rio Grande do Norte um dos Estados mais violentos do país. Chegou a hora de se conhecer a realidade dos fatos. 


 



ASSEMBLEIA

Os entendimentos para a composição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vão registrando desdobramento que extrapola das fronteiras do Estado. Todos os recursos vão sendo utilizados pelos pretensos candidatos, apesar de que as conversas giram mais em torno dos nomes de Ricardo Mota e Gustavo Carvalho. Mas que ninguém duvide que  outro nome venha surgir para administrar o legislativo estadual. Paredes têm ouvidos.

 

CRIMINALIDADE

Com a criminalidade em alta e as policiais militar e civil atônitas, os bandidos vão ganhando a guerra em todo o território nacional. Só o Rio Grande do Norte registra uma média superior a três ataques a banco por mês. Já são 37 crimes dessa espécie e o ano ainda nem terminou. Neste último, em Santana do Matos, a policia reagiu e impediu que os ladrões levassem dinheiro.

 

MENDICANCIA

Com o final do ano chegam as festividades e o espírito natalino encarna em cada cidadão. Acompanhando o ritmo de surgimento de luminárias que enfeitam os canteiros chegam  os mendigos que esperam pelas ajudas dos cidadãos e que deveriam ter sido praticadas pelo poder público.

 

SUCESSO

A realização do Carnatal no entorno do Arena das Dunas mostrou uma nova organização da micareta mais famosa do Brasil. Se nos corredores da folia a alegria não era contagiante, nos camarotes e nas arquibancadas os elogios eram rasgados para a Destaque, no tocante a organização e segurança. Espera-se com isso que o prestígio e brilhantismo do Carnatal sejam retomados no próximo ano.

 

IMPOSTO

No Encontro de Governadores do Nordeste, em João Pessoa-PB a discussão também girou em torno da sugestão ao governo central para o ressurgimento da CPMF (imposto do cheque), mas o assunto não ficou bem claro na elaboração da Carta. Não se sabe  a razão da omissão do assunto, mas sabe-se que o governador eleito do RN se posicionou contrário a criação de qualquer imposto.

                      

SERIDÓ

O grupo SIDY'S, de Currais Novos, capitaneado pelo empresário Sirley Toscano, vai mostrar mais uma vez o seu pioneirismo. Depois de dotar Currais Novos como a primeira cidade do Estado a ganhar o sistema de TV A CABO, o grupo vai estender sua ação por mais onze cidades do Seridó e uma cidade no Trairí, nos próximos dois anos. Para isso, as providências com os licenciamentos já estão em curso.

 

SERIDÓ II

O sistema de televisão e internet a cabo da SIDY'S vai atingir as cidades de São Vicente, Jardim do Seridó, Caicó, Jucurutu, Parelhas, Florânia, Tenente Laurentino, Bodó, São José do Seridó, Acari e Cruzeta, na região do Seridó e Santa Cruz, no Trairí e a previsão do inicio das obras físicas é de acontecer no segundo bimetre de 2015.

 

MINISTRO

A chamada grande imprensa localizada no centro e sudeste do país anunciou em alto e bom som a escolha do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) para ocupar um dos Ministérios de Dilma Rousseff, com forte tendência de ser o Ministério das Cidades. Mas agora, com o nome de Henrique constando na relação das doações de empresas envolvidas com o doleiro Youssef, certamente haverá comedimento.

 

MINIMO

E o novo salário mínimo previsto para entrar em vigor em janeiro próximo pula de R$ 788,06, proposto pelo governo federal, para R$ 790,00, arredondado pelo Senado. Apesar de reconhecerem a necessidade para a população, prefeitos de vários municípios norte-riograndenses sabem da dor de cabeça que irão enfrentar com o novo salário-mínimo. E isso ocorre todos os anos.

 

Audiência Pública 

 A Câmara Municipal de Parnamirim, realiza nesta sexta-feira, dia 12, uma audiência pública para discutir o projeto de adequação da rodovia federal BR-101, no âmbito da zona urbana de Parnamirim. A audiência, será às 9 horas, no plenário da Casa, com a presença do superintendente regional do DNIT, engenheiro Walter Fernandes de Miranda Júnior. A proposição é do vereador Giovani Rodrigues Júnior.

 

Trânsito da M. Lacerda

Os constantes engarrafamentos na avenida Maria Lacerda Montenegro, em Nova Parnamirim, foi tema amplamente debatido na Câmara Municipal, na semana passada. A vereadora Kátia Carvalho (DEM), moradora do bairro, levou o assunto à tribuna e cobrou ações práticas e urgentes por parte do DER, Detran e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Setra). A vereadora disse que a população de Nova Parnamirim não aguenta mais conviver com esses engarrafamentos. As reclamações também partem dos motoristas, que são os mais prejudicados. Nos horários de pico, a situação piora.

20 de Novembro de 2014 às 14h29

A SEGURANÇA NO ESTADO


Bosco Afonso - Interino

jbaafonso@gmail.com

 


 

O problema da segurança no Rio Grande do Norte é grave e exige muita dedicação, estratégia, estrutura e recursos financeiros para ser superado. Está completamente equivocado quem entender que num simples toque de mágica - como foi prometido na campanha eleitoral - irá solucionar o gravíssimo problema, pois os números mostram a linha crescente dos crimes e as ações das polícias militar e civil são ineficientes para conter a avassaladora criminalização que vai se materializando.

Elegendo a segurança como prioritária em sua administração e com isso ficou conhecido  como o "Governador da Segurança", Robinson Faria irá encontrar dificuldades imensuráveis para cumprir com o seu compromisso junto a população norte-rio-grandense, levando em consideração os dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social que em 2014, faltando ainda um mês e dez para o término do ano, já registrou 1.556 mortes denominadas de crimes violentos e letais intencionais superando a marca de 2013 que foi de 1.519 e que por sua vez foi superior aos números de 2012 com 1.206 mortes. 

Mas o governador eleito tem afirmado sua disposição e estratégia para tornar o setor da segurança mais eficiente e deixar a população mais tranquila, embora que para efetivar os seus planos terá que contar com o apoio irrestrito do governo federal e também com o auxilio dos governos municipais que deverão se envolver para ajudar a alcançar o objetivo de todos.

Embora o município de Natal, particularmente, apareça nas estatísticas como uma das cidades mais violentas do mundo, o problema de segurança pública é nacional e assim, com certeza, está preocupando autoridades de todas as esferas em busca de solução a médio e curto prazos. E é na busca de soluções que sugestões já alcançam a utilização do contingente do exército brasileiro como forma de atuar diretamente nas ações de contenção do crime, embora se saiba que uma revisão nas funções e atuações das policias militar e civil também integram o bojo de elementos capazes de frear essa onda de violência que impera em todo o país, particularmente no Rio Grande do Norte.

 

 

PREOCUPAÇÃO

No momento, a preocupação primordial do governador eleito Robinson Faria é acompanhar o resultado dos trabalhos da Comissão da Transição na busca de diagnosticar os reais gargalos que impedem o pleno funcionamento da máquina  administrativa. O fato de a falta de recursos financeiros para pagar a folha de pessoal no mesmo mêscomo se fazia anteriormente, deve ser o foco principal.

 

SEBRAE

Depois do sucesso da Feira do Empreendedor o SEBRAE elege a sua nova diretoria para o triênio 2015/2018. O sucessor de Silvio Bezerra na presidência do Conselho Deliberativo é José Álvares Vieira.  O Diretor Superintende reeleito é Zeca Melo e o Diretor Técnico João Hélio. A Diretoria de Operações vai ser ocupada por Eduardo Viana que deixa a gerência de Comunicação e Marketing da instituição.

 

ASSEMBLÉIA

Com o deputado Ricardo Mota (PROS) trabalhando pela sua continuação na presidência da Assembleia Legislativa, o seu companheiro de partido deputado Gustavo Carvalho também pleiteia chegar ao cargo para o biênio 2015/2017. Enquanto o PROS pode ficar com a presidência da AL/RN, o PSD, através do deputado Galeno Torquato, mesmo "marinheiro de primeira viagem" também busca disputar o cargo.

 

DESTINO

É certa a desfiliação da governadora Rosalba Ciralini do DEM, mas há um incógnito quanto ao seu novo destino partidário. Agora, desvencilhando-se da liderança do senador José Agripino, líder de seu grupo, Rosalba pode optar para se juntar ao PP (Partido Progressista) dirigido no RN pelo seu cunhado, deputado Betinho Rosado ou aguardar pelo novo partido que deverá compor a base aliada da presidenta Dilma Rousseff. Vai querer, sem dúvida, um partido que possa "chamar de meu".

 

MARCELO

O Secretário Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal, Marcelo Toscano está arrumando as gavetas para entregar a pasta ao prefeito Carlos Eduardo. Marcelo é da cota pessoal do governador eleito Robinson Faria e deverá integrar o novo secretariado estadual.

 

PUBLICIDADE

Sem recursos financeiros para saldar compromissos juntos aos órgãos de comunicação, a governadora Rosalba Ciarlini segue sua maratona de inaugurações de obras pelo interior do Estado sem direito a divulga-la de forma ampla para conhecimento dos norte-rio-grandenses.

 

LIBERAÇÃO

Depois de mais de cinco meses fazendo o sofrimento de parte da população do bairro de Mãe Luiza, em Natal, o governo federal anunciou a liberação de recursos financeiros na ordem de 5 milhões e 600 mil reais. Com esses recursos a Prefeitura do Natal deverá iniciar as obras e apenas amenizar a aflição da população de um dos bairros mais tradicionais de Natal, pois o dinheiro é insuficiente para a totalização dos serviços.

 

FIERN

O presidente da FIERN, Amaro Sales, tem muito a contribuir com a nova administração estadual, através do projeto MAIS RN que aponta potenciais econômicos do RN. E é com o MAIS RN que o Estado tem que ser "vendido" para investidores que por aqui queiram aportar.

 

MARINA

As autoridades municipais devem lutar pela criação da marina que, a principio, deverá ser posicionado na Redinha, apesar de contestações, inclusive o Ministério Público do Meio Ambiente. Grupos privados têm demonstrado interesse em participar do empreendimento que consiste em elementar ferramenta para alavancar o turismo na Capital.

 

PONTE

A proposta de construção de uma nova ponte ligando a Cidade Alta a Zona Norte virou debate entre os vereadores na Câmara de Natal. A grande maioria dos edis se posicionaram favoráveis a ideia do recém-eleito governador Robinson Faria. Aliás, essa era a ideia original antes do surgimento da Ponte "Newton Navarro". Resta saber de onde virão os recursos para o benefício. A população da zona norte fica bastante agradecida.

 

LANÇAMENTO 

O folclorista Gutenberg Costa, lança neste sábado, em Mossoró, o livro “Cultura Popular: Vivências e Anotações de um Pesquisador Folclorista". O lançamento será na Livraria Independência, às 9 horas.

 

PROCISSÃO

E a festa da Padroeira de Natal, Nossa Senhora da Apresentação, se encerra nesta sexta-feira, 21, com uma procissão com a imagem da Santa percorrendo às ruas do centro de Natal. 

31 de Outubro de 2014 às 13h38

Ontem, hoje e amanhã

Passadas as eleições mais marcantes dos últimos trinta anos no Rio Grande do Norte, onde o candidato que começou a luta eleitoral praticamente sozinho em mais da metade dos municípios do Estado e em cuja vitória acreditavam apenas raríssimos companheiros, menos pelo seu então desempenho, e muito mais pela comprovada rejeição de seu principal adversário, mas que saiu das urnas com uma maioria maiúscula, e uma liderança incontestável, agora, a acirradíssima batalha dos palanques precisa cessar, dando lugar ao pensar em o que fazer para tirar o Estado dessa situação de penúria em que se encontra.

E o governador Robinson Faria já deu sinais que é assim que está pensando. Suas primeiras declarações, depois de eleito, foram no sentido de cuidar imediatamente da transição para que tão logo tome posse, possa começar a administrar o Estado sem ter pela frente o velho retrovisor, tão conhecido das últimas gestões. Outro ponto importante defendido pelo novo chefe do Poder Executivo é a caracterização da formação do seu quadro de auxiliares, cujo perfil, será eminentemente técnico.

Robison Faria como político profissional sabe que precisará de apoio político para tocar sua gestão, até porque deve começá-la sem maioria na Assembleia Legislativa, mas disso também ele já demonstra estar cuidando. E o primeiro passo neste sentido é a atenção redobrada à votação do orçamento geral do Estado para o próximo ano. O documento a ser aprovado pelo Poder Legislativo precisa contemplar o governo com as condições de promover as mudanças necessárias à gestão. Para isso, a questão de remanejamento será vital e as questiúnculas sedimentadas na campanha, que podem atrapalhar o debate na provação dos números, precisam ser esquecidas, mesmo que um problema de grande dimensão atravesse as relações do Executivo com o Legislativo. Ou seja, a eleição para a nova Mesa Diretora da casa dos deputados, que promete novos e ardentes embates.

No plano nacional, o novo governador vai começar sua administração com um grande trunfo nas mãos. Ele tem ao seu lado uma aliada de peso, a senadora Fatima Bezerra, que além de ter proporcionado à Presidenta reeleita, uma campanha que a levou a uma consagradora vitória, detém passe livre em todas as esferas do novo poder central.

Agora, é arregaçar as mangas e procurar atender à população potiguar, naquilo que ela tanto espera. É confiar.

 

 

Retorno

Prego batido ponta virada. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho deixa a Esplanada dos Ministérios para retornar ao Senado Federal onde tem ainda quatro anos de mandato. O suplente Paulo Davim, retorna ao Rio Grande do norte, às suas atividades médicas.

 

Líder

Não será surpresa para esta Coluna se a senadora eleita Fátima Bezerra for ungida à líder do governo no Senado Federal. Detém todas as características para o cargo e a absoluta confiança da presidente Dilma para cumprir a missão.

 

Nova missão

Depois de quarenta e quatro anos ocupando uma cadeira na Câmara Federal, portanto, dedicando-se exclusivamente às atividades políticas, o deputado Henrique Alves, derrotado nas últimas eleições, mas cujo nome vem sendo cotado para ocupar cargo no governo Federal, haja-visto seu peso dentro do PMDB, partido de maior representação nas duas casas congressuais, já declarou que vai mudar de foco profissional. Assumirá, a partir do próximo ano, o comando de suas empresas de comunicação no Rio Grande do Norte, Tribuna do Norte, Radio Cabugi e Inter TV Cabugi.

 

Major

O primeiro suplente de deputado estadual pela coligação PSDPT Major Fernandes, está muito confiante que assumirá uma cadeira na Assembleia Legislativa. Acredita na convocação pelo governador Robinson Faria de um dos deputados eleitos para ser Secretário. O médico Galeno Torquato pode ser secretário de saúde ou o ex-prefeito de Goianinha, Disson Lisboa pode ir para a Secretaria de Articulação com os Municípios.

 

Presidência

No Palácio José Augusto o assunto do momento é a sucessão na Mesa Diretora da Casa. O atual presidente da Casa, deputado Ricardo Motta, já está em sistemática campanha para retornar ao cargo, mas outros nomes também estão surgindo, e iniciando um trabalho de conquista de votos entre os seus pares. O médico Álvaro Dias, que já foi presidente, anunciou sua candidatura, bem como Gustavo Carvalho, que espera contar co a simpatia do governador eleito Robinson Faria. Mas, pelo menos dois ou três outros, não podem ser descartados, embora não estejam "em trabalho de campo".

 

Pauta

Oficialmente, no entanto, o assunto do momento entre os deputados, é a discussão e votação de vetos à Lei de Diretrizes Orçamentárias e o próprio orçamento geral do Estado para o exercício de 2015. Tudo sob os olhos atentos da nova equipe econômica do Governo Robinson Faria.

 

Mais um

Tudo indica que o governador Robinson Faria ganhou mais um integrante à sua base de apoio na Assembleia Legislativa. O deputado Kelps Lima que terminou a eleição apoiando o candidato Henrique Alves, estaria de malas prontos para formar bancada do governo. Pode vir a ser o nono.

 

Lançamento

E o deputado Fernando Mineiro é o primeiro político lançado como possível candidato à sucessão do prefeito Carlos Eduardo. O anúncio foi feito pelo governador Robinson Faria que declarou apoio ao petista e disse que fará de tudo para vê-lo no Palácio Felipe Camarão. O chefe do executivo, embora ainda não tenha tratado do assunto, também colocará seu nome na disputa.

 

2016

Outra sucessão que entrou em pauta é a de Mossoró. O prefeito Francisco José Júnior, que assumiu a paternidade da magnífica votação do candidato do seu partido, Robinson Faria, na cidade, afirma categoricamente que será candidato à reeleição, embora tenha que superar alguns entraves quanto à legislação eleitoral. A atual governadora, Rosalba Ciarline, é nome tido como certo no pleito.

 

Contas

Candidatos e partidos terão até o próximo dia 4 para apresentar ao Tribunal Regional Eleitoral suas prestações de contas das eleições do último domingo.

 

Posse

Tomaram posse, esta semana, em Brasília, na nova diretoria da Confederação Nacional da Indústria os atuais dirigentes da Fiern, Amaro Sales e Flavio Azevedo. O primeiro, como presidente do Conselho da Micro Empresa e o segundo, como vice-presidente da entidade nacional.

 

Reunião

O partido Democratas deve realizar nos próximos dias reunião de cúpula para definir as estratégias da agremiação no pós eleições. Há quem diga que será discutida a possibilidade de fusão do partido com o PSDB. O presidente da legenda, senador José Agripino, nega tal informação.

 

Competência

Mesmo tendo declarado voto em sua cidade natal, Santana do Matos, ao candidato do PMDB, o jurista Paulo de Tarso Fernandes vem tendo o nome cogitado como possível integrante do novo governo. Tarso, é amigo pessoal de Robinson e uma das maiores competências jurídicas do Estado. Além de um homem de posição de absoluta retidão e caráter inquestionável.

 

 

24 de Outubro de 2014 às 12h27

A HERANÇA DE GOVERNO

Na noite do próximo domingo já teremos definido o nome do novo Governador do Rio Grande do Norte. Robinson Faria ou Henrique Alves vão enfrentar um desafio imensurável a partir do período de transição e que se perpetuará pelos quatro próximos anos. Finalmente, administrar um estado pobre como é o Rio Grande do Norte não será tarefa fácil para quem quer que seja.

Henrique ou Robinson, ambos sem passagem pelo Poder Executivo, terá que fazer a escolha em torno do setor que será privilegiado durante os quatro anos de administração uma vez que os recursos disponíveis serão insuficientes - e eles sabem disso - para viabilizar todas as promessas que desfilaram durante os horários de propaganda gratuita. Robinson ou Henrique terá que conviver com a crua realidade de um estado que convive com um longo período de estiagem eque compromete o setor agropecuário, sem levar em consideração a ameaça real em deixar a população de vários municípios sem o abastecimento d'agua para suas necessidades primárias. 

Henrique ou Robinson terá que conviver com os parcos recursos financeiros gerados pelo próprio estado insuficiente até mesmo para cumprir com a regularidade do pagamento do funcionalismo. Robinson ou Henrique terá que enfrentar - já no primeiro ano de mandato - as reivindicações de reajustes salariais das várias categorias que compõem a pesada máquina administrativa, enquanto o nível de comprometimento no setor já extrapola o permitido pela lei de responsabilidade fiscal.

Seja quem for o novo Governador do Rio Grande do Norte, ao mesmo tempo em que terá que encarar uma situação financeira de penúria, ao que parece contraditório, encontrará um estado com poder de investimento graças aos empréstimos da ordem de 2 bilhões de reais, concluídos pela atual Governadora Rosalba Ciarlini, embora tenha que viabiliza a contrapartida do Poder Executivo, o que não será fácil tarefa. Seja quem for o novo Governador do Rio Grande do Norte, encontrará as finanças do estado saneadas e crédito aberto para novas operações desde que caibam na sua capacidade de endividamento. 

Seja quem for o novo Governador do Rio Grande do Norte, apesar das paixões que se perpetuaram na campanha eleitoral, todos nós potiguares temos a obrigação e o dever de torcer e de contribuir para o sucesso da nova administração para que tenhamos um estado promissor despertando para sua vocação desenvolvimentista através de todo o seu potencial natural. E que a herança de governo seja benéfica pelos ensinamentos e pelos resultados alcançados.

 


Bosco Afonso - Interino 

boscoafonso@tvmetropolitano.com.br


 

 

NIVEL

Quem esperava o alto nível da campanha eleitoral, no principio defendido pelo candidato Henrique Eduardo Alves (PMDB), surpreendeu-se com a baixa qualidade no segundo turno. Baixaria pura. A campanha nivelada por baixo. O marketing baiano mostrou a que veio e os golpes projetados só valiam da cintura pra baixo.

 

NIVEL II

Até que ponto esse tipo de programa mostrado na televisão e no rádio está contribuindo para a avaliação dos candidatos? Até que ponto esse estilo de comunicação está contribuindo com a democracia? A Justiça Eleitoral deverá se prevenir para as próximas campanhas eleitorais.

 

PESQUISAS

Em razão de sua influência junto ao eleitorado e o comportamento de alguns institutos que "fabricam" resultados por encomenda deseus contratantes, é bastante provável que a justiça eleitoral tome algumas providências com relação ao uso dessa ferramenta nas próximas campanhas eleitorais.

 

PESQUISAS II

E nesta sexta-feira (24) uma nova pesquisa do IBOPE - medindo a preferência do eleitorado entre Robinson e Henrique -é aguardada com grande expectativa. A pesquisa foi contratada pela InterTvGabugi e deverá ser anunciada no jornal RN TV - 2ª edição.

 

MUNICIPALIZAÇÃO

Em vários municípios norte-rio-grandenses a eleição para a escolha do Governador, no segundo turno, transformou o pleito em disputa municipal. O exemplo maior é o município de Pau dos Ferros. Caso a maioria de Robinson aumente em relação ao 1º turno, o prefeito Fabricio consolida sua liderança. Em Henrique alcançando vitória naquele município, a liderança do ex-prefeito Leonardo Rêgo vai comprometer a reeleição do atual prefeito. É aguardar.

 

ELEIÇÕES

O Brasil segue dividido entre Dilma e Aécio, com ligeira vantagem para a atual presidenta e o Rio Grande do Norte também segue dividido entre Robinson e Henrique, com vantagem para o ex-presidente da Assembleia Legislativa do RN. Quem estiver envolvido emocionalmente nessas eleições enfrentará, sem dúvida, um grande teste para as coronárias.

 

MULTA

A indústria da multa de trânsito voltou a campear por toda Natal, especialmente aonde os "amarelinhos" atuam com suas imperdoáveis canetadas. Setores, até, que mereciam campanha antecipada de orientação aos motoristas, se transformam em disputa entre os guardas.

 

ESTACIONAMENTO

O município de Natal passa a ter uma política de incentivo para quem desejar construir edifícios-garagens e estacionamentos subterrâneos, graças ao Projeto de Lei de autoria dos vereadores Paulinho Freire e Rafael Mota. Com certeza, irão aparecer empresas do setor interessadas em investir nesses tipos de estacionamentos, apesar dos olhares "atravessados" dos ambientalistas.

 

BLITZ

As constantes fiscalizações realizadas nas madrugadas em pontos diversificados em Natal com o objetivo de minimizar o risco de quem dirige sob efeito de álcool já registram um decréscimo na apreensão de infratores. Mesmo assim, ainda tem levado alguns incautos a pagar fiança para se libertarem da prisão.

 

AJUDA

A campanha eleitoral terminou, o RN já vai conhecer o seu novo governante e as ajudas prometidas pelo governo federal para minimizar o sofrimento da população de Mãe Luiza não chegaram. Foi muito alvoroço pra pouca ação. E enquanto isso parte da população daquele bairro continua enfrentando o perigo de suas casas desabarem.

 

ASSEMBLEIA

Embora tenha conhecimento de que o deputado estadual mais votado do RN Ricardo Mota reúne plenas condições em disputar a permanência na presidência da Assembleia Legislativa, o deputado eleito Álvaro Dias já esboçou os primeiros movimentos paratentar retornar à presidência do legislativo, mas recuou após reação de seus companheiros de bancada.

 

17 de Outubro de 2014 às 11h25

LICÕES DA POLÍTICA


Bosco Afonso - Interino 

boscoafonso@tvmetropolitano.com.br


 

A política no Rio Grande do Norte entrou o ano de 2014 com uma série de indefinições para a escolha de seus candidatos ao Senado e ao Governo do Estado. Os primeiros dois/três meses do ano foram decorrendo com  uma série de dúvidas, mas uma coisa era certa: a viabilidade da candidatura de Wilma de Faria (PSB) ao Governo do Estado. Naquele momento, páreo para a ex-governadora somente o ministro-senador Garibaldi Filho que relutava bravamente em deixar o Ministério da Previdência para se aventurar a uma candidatura. 

Wilma desfilava garbosamente como futura governadora em todas as pesquisas efetuadas naquele momento. Enquanto isso, Henrique Alves começava uma costura ampla para viabilizar o seu desejo em governar o Estado, a governadora Rosalba Ciarlini lutava nas entranhas de seu partido, o DEM, para construir sua candidatura à reeleição, apesar de seu alto índice de reprovação administrativa e Robinson Faria, isolado, buscava alternativa para consolidar a sua candidatura ao Governo do Estado. Isso em se tratando das chamadas forças políticas tradicionais.

Mesmo com todas as indicações - naquele momento - de que teria uma candidatura vitoriosa a ex-governadora Wilma de Faria cedeu aos encantos de seus mais ferrenhos detratores, Henrique e Garibaldi, que associados ao presidente nacional do DEM, senador José Agripino, eliminaram de uma só vez as pretensões de Wilma e de Rosalba em nome de uma Força para Mudar. Enquanto a ex-governadora acalentava o sonho de disputar uma vaga no Senado Federal, amparada por todo um arsenal de forças políticas, Rosalba Ciarlini teve que enfrentar o ostracismo e se recolheu à condição de apenas concluir o seu mandato sem qualquer chance de construir um discurso para justificar à população os efeitos negativos de sua administração, pois o seu partido, o DEM, lhe negara o direito de disputar a reeleição em nome da defesa de uma composição política magistral em torno do nome de Henrique Alves. 

No outro lado, em nome de seu próprio partido, o PSD, e contando com a parceria do PT, Robinson Faria foi construindo gradativamente a sua candidatura ao Governo do Estado ao lado de Fátima Bezerra que disputaria a vaga do Senado Federal diretamente com a favorita Wilma de Faria, agora amparada por quase duas dezenas de partidos.

O quadro político, em junho passado definia, aos olhos dos experts da política local, a vitória inconteste de Henrique e de Wilma.

Mais tarde, o final do primeiro turno ficara evidenciado que o resultado da união de quase duas dezes de partidos capitaneados pelas principais lideranças políticas do Estado não tinham sido benéficas àquelas candidaturas, pois a população escolhera deixar a favorita Wilma de Faria sem mandato ao eleger Fátima Bezerra para o Senado, enquanto que o isolado Robinson Faria se aproximara muito do favoritíssimo Henrique Alves, enquanto que os chamados partidos nanicos, com a participação decisiva de Robério Paulino (PSOL), viabilizaram a realização do segundo turno nas eleições, antes nunca imaginado.

Agora, a menos de dez dias do pleito é aguardar o comportamento do eleitorado norte-rio-grandense que, segundo as últimas pesquisas, já apontam Robinson Feria como o favorito para vencer contrariando, assim, todas as expectativas.

 

 

 

INFLUÊNCIA

Os marqueteiros de Henrique ainda não conseguiram definir o que mais colaborou para a queda do candidato ou a subida de seu adversário na preferência do eleitorado. Continuam na dúvida se foram:  o alto índice de rejeição; a participação de Lula na campanha de Robinson; as denúncias contra Henrique no escândalo da Petrobrás; ou a rejeição ao acordão.

 

PROMESSA

Ao que parece, o governo federal repete com Carlos Eduardo Alves as promessas de liberar recursos para obras em Natal sem serem cumpridas. O buraco em Mãe Luiza continua aberto e incomodando a população sem que venha uma prata sequer, de Brasília. Isso também aconteceu com a administração passada.

 

PERDA

Apesar de já registrar negócios acima de 2 milhões de reais, a movimentação dos leilões de animais na Feira do Boi não está dentro da previsão dos otimistas. É a crise brasileira?

 

ILUMINAÇÃO

Criticada por deixar as luzes dos prédios do Centro Administrativo acesas até às 20h, agora a prefeitura daquele centro enfrenta críticas por estar mandando apagar as luzes logo após às 18h. Durma-se com uma escuridão dessas!!!

 

ACUSAÇÕES

As acusações têm sido a marca registrada de ambos os candidatos durante a propaganda gratuita no programa eleitoral, sendo que os marqueteiros de Robinson Faria disponibiliza de um arsenal muito maior para desconstruir a imagem do seu adversário Henrique Alves (PMDB)

 

LULA

O  apoio do ex-presidente Lula (PT) ao candidato Robinson Faria (PSD) ainda vai dar muito pano pra manga depois que o ministro Garibaldi Filho ameaçou deixar o Ministério da Previdência. Depois de muito disse-me-disse, Garibaldi tratou de botar panos de molho.

 

LULA II

E se os marqueteiros de Robinson voltarem a utilizar a imagem de Lula pedindo votos para Robinson - o que não será impossível - será que Garibaldi irá mesmo deixar o Ministério?

 

ELEIÇÃO

Antes mesmo de se saber quem será o governador do Rio Grande do Norte para o quadriênio 2015/2019, já começam os primeiros movimentos entre os deputados eleitos para a escolha do próximo presidente da Assembleia Legislativa. Mesmo afirmando que não se envolverá na escolha, o próximo governante vai mexer com os pauzinhos para conduzir à presidência aquele de sua preferência e confiança.

 

NOVATO

O deputado eleito Carlos Augusto Maia (PT do B) surpreendeu o mundo político com a expressiva votação obtida, principalmente no município de Parnamirim. Com essa situação, o atual vereador parnamirinense já se credencia para disputar o cargo de primeiro mandatário do município que anteriormente era denominado de Eduardo Gomes.

 

PESQUISA

Se anteriormente já se registrava um número considerável de adesões ao governadorável Robinson Faria, com o resultado da pesquisa do IBOPE, publicada quarta-feira (15), aumentou substancialmente o volume de novos optantes por votar no candidato do PSD. Nesta sexta-feira(17) uma nova pesquisa será divulgada, agora a cargo da inquestionável Certus.

 

 

02 de Outubro de 2014 às 11h49

Quadro indefinido

Chegamos ao fim da atual campanha eleitoral no Rio Grande do Norte apresentando alguns quadros de absoluta certeza, algumas convicções e muitas incertezas. O pleito que ao longo destes três últimos meses não recebeu por parte do eleitorado potiguar o engajamento que os candidatos esperavam, pois a cada dia a demonstração de insatisfação do povo com a classe política só cresce, vai para o dia de votação, segundo uma análise sintética dos números apresentados pelos institutos de pesquisa, apresentando estas situações.

No Rio Grande do Norte a eleição presidencial não trará qualquer surpresa. A presidenta Dilma Rousseff manterá uma grande distância sobre seus principais concorrentes, a ex-senadora Marina Silva e o senador Aécio Neves. A candidata do PT deve ultrapassar os 50% de votos apurados enquanto a representante do PSB deve se posicionar na faixa dos 20 pontos percentuais, o tucano não deve chegar aos 10% do eleitorado potiguar.

Na disputa proporcional para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa também não deve haver grandes surpresas. Das oito cadeiras da representação potiguar na Câmara dos deputados, seis são consideradas certas. Fábio Faria, Walter Alves, Zenaide Maia, Felipe Maia Rafael Motta e Betinho Segundo deverão tomar posse em Brasília no próximo mês de fevereiro. A luta de restringe aos candidatos Sandra e Fafá Rosado, Rogério Marinho e Antônio Jácome por uma coligação e Adriano Gadelha por outra.

Também para a Assembleia Legislativa, segundo observadores mais atentos a renovação vai ser muito pequena. O agrupamento liderado pelo deputado Henrique Alves pode fazer entre 16 a 17 deputados, enquanto os adversários puxados pela candidatura de Robinson Faria entre cinco a seis representantes. As duas outras cadeiras restantes podem ficar para nomes indicados por partidos nanicos.

A disputa entre as candidatas Fátima Bezerra e Wilma de Faria pela cadeira do RN no Senado Federal, segundo a grande maioria das pesquisas, não trará surpresas. Embora a atual vice-prefeita de Natal tenha começado a campanha à frente de sua concorrente, nos últimos dias, a candidata do PT a ultrapassou numa margem que a tem mantido tranquila. Mesmo tendo o Ibope desta semana mostrado números que indicam um empate técnico entre as duas.

O nó mesmo fica por conta da disputa pelo governo do Estado. Henrique Alves que navegava em mar tranquilo, nesta reta final viu seu adversário se aproximar não só a ponto de ameaçar-lhe a esperada vitória no primeiro turno, como também, segundo os mais otimistas defensores do vice-governador, vislumbrando a possibilidade de ganhar já no próximo domingo. A incerteza quanto a esta questão; se dará Henrique, segundo turno ou Robinson nós vamos ter que esperar a abertura das urnas.  

 

 

 

Cobertura

A TV Metropolitano apresentará no domingo um programa especial de cobertura das eleições. Vários profissionais estão envolvidos para levar ao ar, ao vivo, tudo que vai ocorrer durante o dia nas variadas zonas eleitorais do Estado, bem como o acompanhamento das apurações pelo TRE. No Studio da Metropolitano estarão vários convidados para comentar todos os aspectos do dia e os desdobramentos da atual campanha. O programa Eleições 2014, começará às 17 hs e se estenderá até o término das apurações no Rio Grande do Norte.

 

Resultado

O Tribunal Regional Eleitoral promete para as 18hs a divulgação do primeiro boletim de totalização dos votos e a expectativa é que as 21 horas o pleito esteja 100% apurado. 

   

Empate individual

O candidato do PMDB ao governo do Estado conseguiu, segundo o Ibope, um fato inédito nestas eleições. Chegar à reta final do pleito empatado consigo mesmo. Detém o mesmo número de preferência como de rejeição do eleitorado. De acordo com entendidos na matéria não é um bom sinal, caso prevaleça, a tendência de segundo turno.

 

Manifestação

E a poucos dias para irmos às urnas, a governadora Rosalba Ciarlini resolveu anunciar  publicamente suas preferências nestas eleições. Declarou votos em Dilma (presidente) Fátima (senadora) e Betinho Rosado para deputado federal. Manteve o silêncio em relação a governador e deputado estadual.

 

Mas

Segundo alguns "rosalbistas", a governadora ainda pode, de hoje para amanhã, confirmar sua preferência pelo nome do candidato do PSD Robinson Faria para sucedê-la.

 

Alerta

Uma nota na coluna "Roda Viva" do jornalista Cassiano Arruda no Novo Jornal, esta semana, serve de alerta para os candidatos a poucos dias das eleições. Nela o analista de pesquisa Antônio Lavareda, garante que agora não se deve mais correr atrás de novos votos e sim segurar os que já se tem, pois a alienação eleitoral em todo Brasil é de 11% (branco/ nulo/ não sabe), mas ele prevê que com abstenção, chegue a 25%, pois os candidatos nesta fase correm o risco de perder votos.

 

Justificativa

E a greve dos bancários se tornou  um grande "alívio" para muitos candidatos. Quando procurados por lideranças do interior em busca de "cumprimento de compromissos" justificam a impossibilidade dos acertos pela falta de dinheiro em função do fechamento das agencias bancárias.

 

Ausência 

O deputado Raimundo Fernandes que luta pela reeleição está fora da "batalha diária" nesta reta final em função do acidente que sofreu no último final de semana. Sai sem sequelas, mas por recomendação médica vai ficar de "molho" por alguns dias.

 

Presença

Todos os candidatos majoritários desde ontem centralizam suas ações nestes três últimos dias em Natal e região metropolitana na busca pelo voto "indeciso" que continua muito grande. Beirando os 30%. 

 

Presidenciais

Caso realmente se confirme a realização de 2º turno entre Henrique Alves x Robinson Faria no Rio Grande do Norte e Dilma Rousseff x Marina Silva na eleição do Brasil, como ficarão os palanques no Estado em relação à disputa nacional? Esse é um tema que vem sendo discutido entre os apoiadores do candidato do PMDB.

 

Posição

Depois da posição da cúpula nacional do PT em defesa da candidatura de Robinson Faria, Henrique Eduardo já teria dito que não pretende manter, mesmo silente, o apoio à reeleição da Presidente, embora essa tenha como companheiro de chapa o peemdebista Michel Temer, líder de Alves no PMDB.

 

Apostas

No rol de apostas, há uma que vem se destacando: Quem será o campeão de votos entre os candidatos a uma cadeira no Palácio José Augusto? Os mais citados são, pela ordem, Ricardo Motta, Ezequiel Ferreira e Nelter Queiróz.

 

Futuro

Caso vença as eleições para o Senado, o nome da deputada Fatima Bezerra já vem sendo comentado como provável postulante ao governo do Estado, daqui há quatro anos.

 

26 de Setembro de 2014 às 13h29

A FORÇA DAS PESQUISAS

Está constatado que o resultado apresentado por pesquisa eleitoral tem o seu efeito perante o eleitor, principalmente em estando a campanha política vivenciando momentos de emoções. Como emoção não é ingrediente constatado nessas disputas para o Governo do Estado e para eleger representante para o Senado Federal aqui no Rio Grande do Norte, certamente os mais diversificados resultados de pesquisas eleitorais que circulam pelos vários veículos de comunicação não estão influenciando para favorecer candidato de tal ou qual coligação. Imaginando que esses resultados "pesquisados" venham influenciar o eleitor, candidatos e candidatas aos pleitos majoritários têm contratado os mais desconhecidos e descompromissados "institutos" que forjam situações convenientes aos seus contratantes. E aí é que representa o perigo. O perigo para descredenciar pesquisas; perigo para descredenciar institutos que ao longo dos anos preservaram o profissionalismo e a ética; perigo para candidatos; e o perigo maior para o eleitor menos informado.

Nesta eleição, no Rio Grande do Norte, se constata o surgimento de "institutos" que surgiram do nada e recebem apoios de candidato(a)s para entrar no mercado, embora já comece pagando o preço alto da subserviência aos resultados encomendados. Pior ainda são os veículos de comunicação que se submetem às parcerias para divulgar os números combinados levando aos seus leitores, ouvintes e/ou telespectadores informação que já sabem não ter credibilidade.

Esse quadro que hoje é constatado até mesmo pelos incautos torna-se prejudicial aos verdadeiros institutos de pesquisas que mantêm em seus quadros profissionais comprovadamente capazes e éticos, contribuindo, inclusive, para que - a exemplo do que ocorreu com os showmícios e distribuição de brindes como força do poder econômico - a justiça eleitoral entenda que a ferramenta esteja sendo prejudicial ao certame e decida pela sua proibição eliminando, assim, a força das pesquisas. 


 


ELEIÇÕES

Faltando apenas 10 dias para o pleito eleitoral, o quadro sucessório ainda é indefinido. Não se sabe se os eleitores norte-rio-grandenses terão que comparecer uma ou duas vezes às urnas. Até o momento o quadro é favorável a Henrique Alves se eleger no 1º turno, mas com Robinson Faria em crescente viabilizando decisão apenas em 26 de outubros.

 

DILMA

O Partido dos Trabalhadores está anunciando a vinda da candidata a reeleição Dilma Rousseff ao RN. A data prevista é 29, segunda-feira, mas ainda não anunciaram a programação quando da presença da candidata a Natal. Resta saber se Henrique e Robinson Faria estarão no mesmo palanque de Dilma, confundindo a cabeça do eleitor.

 

URNAS

Técnicos do Tribunal Regional Eleitoral concluíram a fase de preparação das urnas para as cinco zonas da Capital, no Centro de Operações da Justiça Eleitoral.

 

SIMONE

A candidato ao Governo do Estado pelo PSTU, Simone Dutra aproveitou o horário eleitoral para abandonar o seu discurso de desprezo aos ricos e de solidariedade aos pobres para centrar seu espaço em denúncias contra o governadorável do PMDB, Henrique Eduardo Alves. O PSTU denunciou envolvimento de Henrique com a Construtora Camargo Correia na construção da BR-101, trecho do RN. 

 

ROBÉRIO

E o candidato do PSOL ao Governo, Robério Paulino continua questionando os números das várias pesquisas que são publicadas. Ele garante que todos os institutos estão errando as pesquisas. E sem dizer qual a empresa que contratou para fazer a sua pesquisa, Robério assegura que está com mais de 12% na preferência popular.

 

HENRIQUE

Dos programas eleitorais que são exibidos no horário gratuito, o programa de Henrique Alves é, de longe, o mais bem produzido plasticamente. Isso, inclusive, tem sido uma avaliação registrada quando da realização de pesquisas qualitativas.

 

ARAKEN

Depois de perder o seu candidato ao Senado na presente eleição, o PSL segue bravamente com a campanha para o Governo do Estado com Araken Farias cumprindo com seus compromissos de campanha, não perdendo nenhum dos debates programados.

 

ROBINSON

O Ex-deputado Robinson Faria que comprovadamente vem crescendo nas pesquisas eleitorais tem demonstrado todo o seu entusiasmo com a provável realização do 2º turno. Um dos objetivos do candidato já foi alcançado que era passar à frente de seu principal adversário, Henrique Alves, em Mossoró que é o segundo maior reduto eleitoral do Estado.

 

WILMA

A ex-governadora Wilma de Faria aloprou. Em razão dos resultados negativos alcançados nas ultimas pesquisas, a candidato ao Senado pelo PSB declarou que as pesquisas são mentirosas. Enquanto isso, por precaução, pede empenho de toda a militância que dá sustentação à candidatura de Henrique Alves, em favor de sua campanha.

 

REIS MAGOS

Construído em 1965, fechado há quase 20 anos e impedido de ser demolido sob a alegação de tombamento, o destino do Hotel Reis Magos está agora nas mãos da Procuradoria Geral do Município de Natal. O Grupo Pernambuco S.A., proprietário da imóvel deu entrada com pedido de demolição na SEMURB e esta encaminhou para avaliação jurídica na PGM. Ao que se sabe, o processo de tombamento do Hotel Reis Magos não chegou a ser concluído.

 

SEBRAE

Salvo acontecimento drástico, a ampla reforma no prédio-séde da SEBRAE vai acontecer até o final de outubro. Os trabalhos já estão na fase final e o cronograma está sendo cumprido à risca.

 

CRISE

Não é somente a falta de vitórias - o time não vence a nove rodadas na série B - que está levando o América a uma crise interna. Bastou uma frase do presidente Gustavo Carvalho e o ex-presidente Jussier Santos pediu a sua retratação, pois se sentiu atingido com as insinuações do deputado-presidente.

 

PETROBRAS

Segue até o próximo dia 20 o período de inscrições para o concurso da Petrobras. São 663 vagas, entre níveis médio e superior, que deverão ser preenchidas, com salários que variam entre R$ 2.821,96 a R$ 7.501,06. Sem as vantagens.

 

IMPASSE

E o lenga-lenga entre os permissionário do sistema de transporte opcional e a prefeitura de Natal continua, com previsão de muita conversa pela frente. Já na 5ª reunião e as partes não se entendem, para desespero do usuário natalense.

 

PESQUISAS

Um fato é que em todas as pesquisas - todas mesmo - o número de eleitor na classificação de indeciso e nenhum é considerado muito alto. Os índices beiram os 30%. Enquanto isso as equipes de marketing dos principais candidatos vão se desdobrando em busca de conquistar parte desse público.

 

 

 

19 de Setembro de 2014 às 12h00

HERANÇA BENDITA


Bosco Afonso - Interino 

boscoafonso@tvmetropolitano.com.br


 

 

Enquanto a governadora Rosalba Ciarlini amarga uma avaliação completamente desfavorável à sua administração, a próxima gestão deverá reservar os primeiros 365 dias em ações objetivando a organização das finanças do Estado viabilizando que a arrecadação saia do declínio e, aí, passar a desfrutar da herança deixada. É que, vencendo isso, o próximo governador tem tudo para deslanchar administrativamente uma vez que encontrará mais de 2 bilhões de reais à disposição para aplicar nos vários setores da administração, principalmente o saneamento básico.

Em que pesem as promessas mirabolantes na atual campanha eleitoral e que certamente muitas serão esquecidas no decorrer dos anos, o próximo governo vai mesmo disponibilizar de recursos financeiros que serão aplicados nos três anos seguintes. E isso só será possível graças ao desempenho da governadora Rosalba Ciarlini que, após sanear as finanças estaduais no inicio de sua administração com isso viabilizando a competência do Estado em contrair empréstimos superiores a 2 bilhões de reais, enfrentou o declínio da receita e assim termina o seu mandato sem o capital necessário para apresentar as contra partidas que cada investimento necessita impossibilitando, assim, a implantação dos projetos que fez nascer e vai ver florescer nas mãos de um outro.

 Para viabilizar a concretização desses empréstimos junto aos vários organismos a governadora sacrificou a sua administração nos dois primeiros anos de mandato com a expectativa de desfrutar de suas ações nos dois últimos anos. Apesar de viabilizar empréstimos superiores a 2 bilhões de reais - que tem carência de quase 5 anos - a gestora não conseguiu completar o seu dever de casa e como castigo, além de conviver com a queda de arrecadação transferida pelo governo federal, teve que conviver com o declínio da arrecadação estadual.

Com recursos financeiros em abundância para um Estado pobre como o nosso, mas sem ter como fazer deslanchar os inúmeros projetos que nasceram em suas mãos,a governadora Rosalba Ciarlini, mesmo amargando um desgaste politico-administrativo imensurável, deixa para o seu sucessor uma herança bendita. 

 



EMOÇÃO

Continuam os questionamentos em torno das lágrimas da ex-governadora Wilma de Faria na atual campanha eleitoral. O discurso já foi acessado por mais de 10 mil internautas, mas ainda não se chegou à conclusão se as lágrimas foram mesmo derramadas pela real emoção ou foi mais uma jogada do marketing.

 

PENURIA

É de penúria financeira o restante da administração da governadora RosalbaCiarlini. Depois de vários "cortes", servidores estaduais se surpreenderam com o corte do servidor da internet em alguns organismos e recentemente faltou selo de averbação na Junta Comercial. Faltou o básico.

 

CAMPANHA

Faltando apenas 15 dias para a eleição, a campanha eleitoral no Rio Grande do Norte entrou numa fase de frisson, principalmente em relação às peças produzidas para os programas televisivos como forma de conquistar novos eleitores. Enquanto isso, alguns políticos no interior do Estado continuam analisando as propostas de cada candidato.

 

HENRIQUE

O peemedebista Henrique Eduardo Alves soube muito bem capitalizar o título de "governador da segurança pública", embora o tema sempre fora uma constante entre as propostas de seu adversário Robinson Faria. Desde pretenso candidato ao Governo em 2010, o então deputado e presidente da Assembleia Legislativa defendia vigilância constante na segurança pública do Estado apontando, inclusive, soluções práticas.

 

ARAKEN

Além das dificuldades naturais de uma candidatura a Governador sem a devida estrutura, Araken Farias (PSL) enfrenta agora uma dissidência dentro da agremiação partidária. O candidato ao Senado pelo seu partido, Roberto Ronconi, ameaçou abandonar o pleito e apoiar Henrique Alves e Wilma. Isso fez com que o seu suplente, Ricardo Bezerra homologasse a desistência de sua candidatura junto ao TRE.

 

ROBERIO

O candidato a Governador pelo PSOL tem questionado, em peças publicitárias na televisão e no rádio, a honestidade de Henrique Alves. Robério Paulino tem falado abertamente no possível envolvimento de Henrique no escândalo da Petrobras, baseando-se nas informações da revista Veja. A reportagem da revista será parte integrante de sua defesa Robério em processo que o peemedebista move contra ele junto ao Tribunal Regional eleitoral.

 

SIMONE

Radicalizou. Como se buscasse conquistar o eleitorado mais radical, a candidata ao Governo do Estado pelo PSTU, Simone Dutra, aposta em discurso que coloca ricos contra pobres no atual pleito eleitoral. Não se sabe até onde esse discurso poderá conquistar votos.

 

ROBINSON

Com a certeza de que vai mesmo disputar a eleição de Governador num segundo turno, Robinson Faria (PSD) concentra esforços nos principais redutos eleitorais acompanhado de Fátima Bezerra (PT), enquanto que um exército de candidatos a deputado se desdobram pelos municípios menores convencendo aos eleitores indecisos. 

 

NATAL

A prefeitura já está anunciando a contratação de artistas para o evento NATAL EM NATAL. Zé Ramalho, Fagner e Zeca Baleiro serão algumas das atrações do evento que tem se constituindo uma atração à parte durante os festejos natalinos. Em breve, a prefeitura irá anunciar outras atrações e a contratação de artistas locais.

 

BATALHA

Tem se transformado numa verdadeira batalha campal a questão da bilhetagem eletrônica para o transporte público emNatal. As empresas de ônibus e os permissionários de transporte alternativo travam a batalha publicamente e isso trás transtornos para a população, a partir da paralisação das Vans. Enquanto isso, a STTU (antiga SEMOB) busca um culpado para o atraso da implantação da bilhetagem eletrônica.

 

MAGOA

Em conversa reservada com amigos, Carlos Augusto Rosado cravou o questionamento: "eu não sou inimigo de Henrique, nem de Robinson Faria. Não sei se posso dizer o mesmo em relação a Zé Agripino".

 

TRÂNSITO

O trânsito continua matando mais do que muitas doenças. E já que está se vivendo a Semana do Trânsito seria oportuno que cada um dos motoristas buscasse obedecer as leis do trânsito. Só com isso poderia se evitar um numero incalculável de acidentes de trânsito nas estradas e nas cidades. Não esquecendo que os motociclistas são os maiores causadores de acidentes na zona urbana.

 

TELEFONE

Enquanto cresce o número de reclamações contra as operadoras de telefonia móvel no Estado, com os PROCONs elegendo o setor em primeiro lugar, a Oi garante que vai investir cerca de 20 milhões de reais ampliando acesso à banda larga no RN.

 

SECA

A perspectiva de regularidade no abastecimento d'água de vários municípios norte-rio-grandenses não é nada boa. Os açudes há tempo que já secaram, as barragens estão ficando abaixo do limite mínimo e os poços começam a ficar comprometidos, tudo por conta da estiagem que já chega ao terceiro ano, na região. Desta vez, o Nordeste não está sozinho. O Sudeste também reclama da estiagem.

 


 


 


 

12 de Setembro de 2014 às 13h19

PLANEJANDO O ESTADO


Bosco Afonso - Interino 

boscoafonso@tvmetropolitano.com.br


 

 

A região Nordeste deu um salto substancial no seu desenvolvimento econômico e social nos últimos 20 anos, mas ao que parece o Rio Grande do Norte não conseguiu acompanhar o ritmo e foi ficando na poeira das estradas carroçáveis ainda existentes nos seus rincões. Quando olhamos para os Estados da Bahia, de Pernambuco, do Ceará e até mesmo da Paraíba constatamos que o Rio Grande do Norte tem perdido espaços significativos que comprometem o nosso futuro, o futuro de gerações.

Mas o que é que tem faltado mesmo para que o nosso RN acompanhe o ritmo de crescimento dos nossos vizinhos se dispomos de igual ou superior potencial que eles? É válido lembrar que a cadeia produtiva potiguar tem oferecido a sua contribuição ao poder público em busca de encontrar caminhos não conflitantes para alcançar o nosso pleno desenvolvimento, mas ao que parece isso não tem sido suficiente ao intento. A FIERN e a FECOMERCIO são exemplos de que a cadeia produtiva tem demonstrado com afinco a busca permanente de alternativas para que encontremos o caminho da competitividade, o caminho do crescimento econômico e social para nos igualarmos ou até, quem sabe, sobrepujarmos os nossos vizinhos.

Não é por falta de estudos, de projetos, de propostas que o nosso Rio Grande do Norte não consegue acompanhar o ritmo de crescimento dos cearenses, dos pernambucanos e dos baianos. Ao que parece - e isso os próprios técnicos dos organismos públicos podem constatar - é que a falta de continuação aos projetos por parte das administrações estaduais prejudica o desempenho. O que precisamos é de um planejamento contínuo e a execução de medidas com foco na competitividade para alcançarmos o nível de crescimento dos nossos vizinhos que já nos ultrapassaram. A ordem agora é planejar o Estado seriamente.

 

 

MARQUETEIROS

Tem sido uma constante a vigilância nas pesquisas qualitativas encomendadas pelos profissionais de marketing nas principais campanhas eleitorais do RN. Embora considerada uma ferramenta indispensável, os novos fatos e as denúncias justificam mais ainda a permanente vigilância no comportamento do eleitor através das pesquisas qualitativas.

 

DEFENSIVA

O candidato Henrique Eduardo Alves tem ocupado grande parte de seu espaço televisivo para se defender das acusações de seus adversários. Mas não se constata a solidariedade de seus correligionários que disputam cadeiras no Senado, na Câmara dos Deputados, nem muito menos dos que pleiteiam vagas na Assembleia Legislativa.

 

FOCO

Depois de alcançar numero satisfatório de alunos em seus vários cursos nas unidades de Natal, a Faculdade Estácio de Sá está com o foco na contratação de professores mais qualificados e vem investindo fortemente no setor. A meta é se transformar em Universidade.

 

FERIADÃO

Está criada uma expectativa sobre o comparecimento do eleitor às urnas no dia 5 de outubro próximo. É que o dia 3, 6ª feira, que antecede as eleições, é feriado no Estado em homenagem aos Mártires de Cunhaú e Uruassú, formando aí um final de semana mais longo. Apropriado para viagens a passeio.

 

FERIADO

Por falar em feriado, os vereadores natalenses derrubaram o veto do prefeito Carlos Eduardo anulando o feriado dedicado ao Dia da Consciência Negra. No caso, a Câmara Municipal revogou o que o Prefeito de Natal estava revogando.

 

FANTASMAS

Enquanto o vereador Marcos Antônio (PSOL) utiliza o seu espaço  televisivo como candidato a deputado estadual para denunciar "funcionários fantasmas" na Câmara de Natal, o presidente Albert Dickison (PROS), usa a imprensa para desmentir o denunciante. Vai haver apuração de denúncia?

 

RENOVAÇÃO

Com exceção das quatro cadeiras, cujos titulares (Gilson Moura, Gesane Marinho, Fábio Dantas e Antônio Jácome) não tentam a reeleição, experts acreditam que a renovação na Assembleia Legislativa aqui no Estado será diminuta. Estão cotados para subir os degraus do Palácio José Augusto os candidatos Galeno, Albert Dickison e Álvaro Dias.

 

AUMENTO

Enquanto não vem o aumento na gasolina, etanol e diesel, o preço do gás de cozinha, que atinge todos os brasileiros, vai ter aumento de 12%. O preço do botijão de 13 quilos deverá ficar entre R$ 45,00 e R$ 50,00 no Estado, apesar de o produto ser produzido no RN, no município de Guamaré.

 

DEFICIT

O candidato ao governo do Estado Robinson Faria vai ter que se exercitar bastante para cobrir o déficit financeiro de sua campanha eleitoral que é superior a 6 milhões de reais. A fila de doadores de campanha tem diminuído muito, principalmente depois da divulgação dos escândalos da Petrobras.

 

ANORC

A Associação Norte-rio-grandense de Criadores em intensa movimentação para a realização da 52ª Festa do Boi, no Parque de Exposição "Aristófanes Fernandes", em Parnamirim.  Para muitos, é a retomada do maior evento do setor no Rio Grande do Norte, apesar da crise que a pecuária e a agricultura vêm sofrendo.

 

TEATRO

Com capacidade para abrigar 550 pessoas, o Teatro Municipal de Parnamirim será inaugurado no próximo dia 25. A programação de inauguração vai contar com a participação de artistas convidados e a chamada "prata de casa", por recomendação do prefeito Mauricio Marques. Entrando em funcionamento, o novo teatro vai revitalizar o setor no município.

 

SECA

É preocupante a estiagem que vem se registrando no RN. A falta de chuvas na quase totalidade dos municípios norte-rio-grandenses tende a se agravar, pois a situação leva a faltar água para a população. Enquanto os candidatos a cargos eletivos evitam discutir a situação como responsabilidade de todos, a população fica aflita diante da perspectiva sombria. O problema caiu no colo da governadora Rosalba Ciralini.

 

REGRESSIVA

Faltam apenas 24 dias para as eleições majoritárias e proporcionais no Brasil. É o exercício da democracia.

 

 

29 de Agosto de 2014 às 12h47

Rumo da Campanha

Até esta semana se encerram mais duas novas pesquisas eleitorais, e o atual momento da campanha no Rio Grande do Norte serão divulgadas e podem revelar novos comportamentos no sentimento popular. Mas, com base nos números apresentados pelo instituto Consult, na última quarta-feira, já pode dizer que a campanha ruma para um grande acirramento entre os principais concorrentes, tanto para o governo do Estado (Henrique Alves x Robinson Faria) como para o Senado Federal (Wilma de Farias x Fátima Bezerra) podendo chegar ao dia 05, com uma generalizada incerteza quanto aos eleitos.

Segundo a Consult, o candidato do PMDB, Henrique Alves, que em outros levantamentos beirava os 40 pontos percentuais de preferênciasofreu uma considerável queda e hoje tem pouco mais de 35%, enquanto seu principal opositor, Robinson Faria, que estava na casa dos 22%, subiu, ultrapassando os 25%, diminuindo, consequentemente, sete pontos na distância que o separa do líder.

Para o Senado, o quadro é ainda para embaralhado. Wilma de Faria e Fátima Bezerra estão tecnicamente empatadas na faixa dos 33 pontos percentuais de preferência.

Os resultados postos, tanto para o governo como pra o Senado, sugerem que os próximos dias serão decisivos para os representantes da coligação "Liderados pelo Povo". Se Robinson e Fatima, conseguirem se manter na escalada de subida, provocarão o surgimento de uma fato novo no quadro eleitoral, já que, desde o inicio da campanha,  se tinha como certas as eleições de Henrique Alves e Wilma de Faria.

Mas, já hoje, tanto na capital como no interior, o clima começa a mudar e já não há mais certezas quanto ao resultado. O acirramento, neste mês de setembro deve se acentuar. E isso talvez provoque junto ao eleitor um maior interesse para com o pleito, embora até o momento esse continua apático com o assunto.

 

 

Senado Federal

Com a divulgação dos números das últimas pesquisas, o acirramento na campanha pela cadeira no Senado Federal começa a ganhar novos contornos. A atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, que iniciou o pleito, certa da vitória, foi surpreendida pelo rápido crescimento de sua concorrente, Fatima Bezerra, e agora tenta montar um exército para frear a petista. Além de Henrique Alves, cuja bandeira é defender o voto casado, outros dois Alves são peças chaves na estratégia. Garibaldi Filho no interior e Carlos Eduardo na capital. Mas, por enquanto, não há resultado positivo.

 

Perdas e ganhos

De Mossoró nos chega a informação das perdas e ganhos da candidata Fátima Bezerra ao Senado Federal, no segundo maior colégio eleitoral do Estado. Se de um lado, ela não vem tendo o apoio que esperava do prefeito Francisco José Silveira Junior, de outro, começa a contabilizar considerável apoio dos eleitores ligados à governadora Rosalba Ciarlini, reconhecidamente, maior liderança política da cidade. Embora, até o momento, a governadora não tenha se manifestado publicamente, em favor da petista.

 

Câmara Federal

Em todas as estatísticas feitas por cientistas políticos, o resultado da eleição para Câmara Federal apresenta-se uniforme. A coligação "União pela Mudança", composta por cerca de vinte partidos, deve eleger seis representantes, contra dois dos partidos liderados pelo candidato Robinson Faria.

    

Assembleia Legislativa

Já na Assembleia Legislativa os números oscilam entre 16 a 18 em favor dos partidos comandados por Henrique Eduardo Alves, dois ou três pelo PSD e o mesmo número por representantes do PT. Tanto a nível federal, como para a AL ,não devem surgir muitas surpresas com nomes desconhecidos do quadro político. 

 

Lideranças

De acordo com os números que apresentam as duas coligações, os candidatos que devem disparar na liderança de votos são os deputados Walter Alves, do PMDB, e Fabio Faria pelo PSD. Ambos devem ultrapassar fácil, a barreira dos 200 mil votos.

 

Força de Marina

Apesar do crescimento da candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, que segundo as últimas pesquisas já "encostou" na presidenta Dilma, por aqui ainda não se tem sinal de quem poderá lucrar eleitoralmente com a ascensão da presidenciável, tão pouco, se ela virá ao Estado, mesmo sendo a segunda colocada na preferência do eleitorado potiguar.

 

Pergunta

Com o patamar conquistado por Marina Silva no Rio Grande do Norte, beirando os trinta pontos percentuais, uma pergunta não pode deixar de ser feita: Um candidato a presidente precisa de lideranças locais para alavancar seu nome? 

 

Troca-troca

Dia sim, dia não, há troca de prefeito em Baraúna. Essa semana foi a vez de Antônia Luciana, assumir, novamente, a prefeitura da cidade. Decisão do Ministro Luiz Fux do Tribunal Superior Eleitoral.

 

Ausência

Vem sendo notada a ausência, até o momento do senador José Agripino na propaganda eleitoral no rádio e na televisão e até mesmo nos palanques pelo interior. Fato atribuído às suas atividades como coordenador da campanha do presidenciável, Aécio Neves.

 

Novos Secretários

O prefeito Maurício Marques deu posse esta semana a dois novos secretários. Eduardo Lincolm na pasta de Trânsito e Transportes e Glênio Castro na Secretaria de Serviços Urbanos.

 

Novo horário

As sessões da Câmara Municipal de Parnamirim desde esta semana ocorrem em novo horário. Às segundas, terças, e quartas-feiras no período da manhã.

 

TV Metropolitano

Na próxima terça, as 20 horas, a TV Metropolitano apresenta o programa Eleições 2014 - O RN em Debate, com entrevista ao vivo com o candidato do PMDB, Henrique Eduardo Alves, ao governo do Estado. 

 

Natal

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE divulgou esta semana estudo sobre a população das cidades brasileiras. Natal foi apontada como a 19. Cidade mais populosa do país. 

 

22 de Agosto de 2014 às 16h48

Olho Vivo

Não muito diferente de campanhas anteriores, mas de forma mais acentuada, a campanha eleitoral deste ano, atravessa uma fase onde, sua maior característica, é a "conversa de pé de ouvido", entre candidatos e líderes políticos nos municípios interioranos. Neste contesto o papo é um só: "matricular-se", ou seja, acertos financeiros antes de tudo. E, é com este "Detalhe" que o Ministério Público Eleitoral está atento, nos últimos dias. Segundo informações do promotor eleitoral Manoel Onofre Neto, a compra de voto que é uma prática que infelizmente persiste, deve ser combatida com energia pelos órgãos de fiscalização, pois podem gerar uma situação que desequilibra o pleito.

"O MPE tem atenção e tem obrigação de fiscalizar. Mas é uma situação relativamente difícil. Por isso contamos com o apoio da sociedade e dos próprios candidatos, para que essas informações cheguem ao nosso conhecimento e a gente possa apurar, investigar e ajuizar a ação correspondente", disse o promotor, ao participar, nesta manhã, de um encontro promovido pela 3ª Zona Eleitoral de Natal.

Na atual fase da campanha várias irregularidades foram notificadas pela Justiça Eleitoral, no tocante à propaganda. O promotor alerta que diversas condutas irregulares estão sendo detectadas no campo da propaganda, como colocação de faixas, cartazes e banners em prédios públicos, ou estruturas públicas, como pontes, viadutos, árvores, ou colocação excessiva de cavaletes em via pública, que é uma das poucas alternativas de propaganda autorizadas, desde que removível até às 22h. 

Outra questão que vem merecendo atenção do MP é que o acúmulo de infrações, e o grau de infringência poderá resultar em abuso de poder político e econômico, que poderá resultar, no futuro, em perda de mandato, pois a eleição não pode ser viciada.

 

 

Igual

Iniciada a temporada de propaganda eleitoral no rádio e na televisão, a expectativa dos candidatos de que o tempo na mídia pudesse atrair a atenção dos eleitores, ainda não aconteceu. O distanciamento do povo para com o mundo político continua. Parece uma verdadeira aversão.

 

Notificações

No entanto, o Tribunal Regional Eleitoral não para de trabalhar. Nestes cerca de 40 dias de campanha a justiça já registrou 44 notificações de propaganda eleitoral irregular.

 

Pesquisa

Depois de um bom período sem se divulgar resultados de pesquisas, inclusive com a suspensão do resultado do IBOPE, que teria sido realizado antes da morte do presidenciável Eduardo Campos, motivo pelo qual os seus patrocinadores teriam suspendido sua divulgação, eis que hoje vamos conhecer os números do Seta Instituto de Pesquisa que fez levantamento em Natal, nos dia 16 e 17 para o Portal Nominuto.Com 

 

Pesquisa II

O mesmo Instituto também promete divulgar os números coletados em Mossoró, segundo maior colégio eleitoral do Estado. A divulgação ficará a cargo do Jornal Gazeta do Oeste, contratante do trabalho.

 

Posição

Muito já se especulou sobre qual a posição que vai tomar a governadora Rosalba Carlini nestas eleições. Primeiro, logo após ter rejeitada a possibilidade de se candidatar à reeleição, Rosalba manifestou-se dizendo que mesmo naquela situação, não ficaria distante do pleito. À época, o vice-governador Robinson Faria informava desejar seu apoio. O tempo passou, Robinson mudou de posição e agora a governadora já não pode sequer subir em seu palanque.

 

Férias

Diante disto, não restou outra alternativa à chefe do executivo, se não manter distancia, muito distância, do pleito. Assim, Rosalba Ciarlini, que desde o primeiro ano do seu mandato, pretendia tirar férias e viajar ao exterior, mas nunca pode realizar essa viagem para não entregar o governo ao vice, decidiu, e deve, nos próximos dias, comunicar à Assembleia Legislativa, um pedido de licença para viagem de caráter pessoal.

 

Sucessor

Ao se afastar, a governadora deve passar o comando do executivo ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Adécio Silvino, já que o vice-governador Robinson Faria, por ser candidato, está impedido de assumir, provisoriamente, a cadeira de governador, para não ficar inelegível. A mesma coisa acontece com o presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, segundo, na hierarquia sucessória.  

 

Tropa Federal

O presidente do TRE, Desembargador Amilcar Maia encaminhou ao TSE pedidos feitos por 17 Juízos Eleitorais, representando 36 municípios solicitando a presença de forças federais no dia 05 de outubro.

 

Reposição

Os servidores do Poder Judiciário no Rio Grande do Norte começaram ontem, quinta-feira, uma greve por tempo indeterminado, tendo como reivindicação reposição salarial. Estão intitulando o movimento de "Apagão Geral".

 

Macha Ré

Depois do deputado democrata, Getúlio Rego, anunciar o apoio do seu grupo à chapa encabeçada pelo candidato Henrique Alves, chegou a vez do seu liderado, Fabrício Torquato, prefeito de Pau dos Ferros, puxar uma dissidência e anunciar apoio à candidatura de Fátima Bezerra, ao Senado Federal. Com ele, seguiram na mesma direção vários vereadores, o que deve garantir à candidata do PT uma expressiva votação saída da esferado DEM.

 

Parnamirim

Outro grande colégio eleitoral onde a candidata Fatima Bezerra espera ter uma votação muito expressiva é Parnamirim. Em 2010, na busca por sua reeleição na Câmara Federal, Fátima obteve quase 15 mil votos. Contanto com o apoio do prefeito Maurício Marques, a deputada petista espera agora conquistar sua segunda maior votação, abaixo apenas para Natal. 

 

Entrevista

Seguindo sua programação de entrevistas especiais com os candidatos à governador do Estado, a TV Metropolitano apresenta, ao vivo, na próxima terça-feira, às 20 horas, o Programa "RN em Debate" tendo como participante o candidato do PSD, Robinson Faria que será sabatinado por três jornalistas.

 

Aécio em N atal

O presidenciável Aécio Neves (PSDB), esteve ontem no RN. O tucano veio ao Estado acompanhado do senador José Agripino. 

08 de Agosto de 2014 às 12h38

Novos números

Após uma semana da divulgação de uma pesquisa eleitoral realizada pelo instituto Consult, que apresentou números amplamente favoráveis à chapa liderada pelo deputado Henrique Eduardo Alves para o governo do Estado e pela vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, para o Senado da República, eis que agora surgem os números do instituto carioca GPP, trazendo um quadro complemente diferente.

Quem entende um pouco de pesquisa eleitoral diz que não se deve fazer comparações entre dois trabalhos de empresas diferentes, pois essas têm todos os motivos do mundo para apresentarem quadros diversos. Portanto, longe daqui, qualquer análise comparativa das duas situações.

De acordo com a pesquisa protocolada com o número 011/2014, cujo trabalho de campo foi registrado entre sexta e segunda feira passadas, contratados e divulgados pela Rádio Cidade 94 FM Natal, a eleição majoritária no Rio Grande do Norte caminha para uma disputa acirradíssima, tanto entre Henrique Eduardo contra Robinson Faria, pelo Governo, como a disputa pela cadeira de Senador, entre Wilma de Faria e Fátima Bezerra.

Segundo o trabalho do GPP que ouviu 600 pessoas, e cuja margem de erro é de 4%, se a eleição para governo fosse hoje o deputado Henrique Eduardo Alves (PMB) teria 28,2% dos votos contra 26,4% do candidato Robinson Faria (PSD). Robério Paulino (PSOL) somaria 2% e os candidatos Simone Dutra (PSTU) e Araken Faria (PSL) 0,3% respectivamente. Os nulos e brancos seria 21% e 20,8% do eleitorado não sabe ou não respondeu. 

Para o Senado a tendência de indefinição se mantém, embora o quadro fuja um pouco de empate técnico identificado na disputa anterior. A professora Wilma de Faria (PSB) soma 34,5% do eleitorado contra 28,9% dados à deputada Fatima Bezerra (PT), cabendo aos outros nomes na disputa cerca de 3% dos votantes.

Como se vê, e diante no enorme contingente que ainda não se decidiu (apresentado tanto numa pesquisa como na outra) há de se considerar que a poucos dias do início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, a eleição no Rio Grande do Norte, continua aberta e com a população mantendo-se praticamente alheia ao processo. 

 

 

Fora

A semana termina mal para dois políticos de Mossoró. O deputado federal Betinho Rosado e o ex-deputado estadual Francisco José tiveram as suas postulações indeferidas pela justiça eleitoral. Tanto Chico José, como Betinho, decidiram não recorrer da decisão.

 

Substituto

No caso do parlamentar federal, o substituto natural será o seu filho, Betinho Segundo, que resistia, até ontem, a possibilidade de uma candidatura à Assembleia Legislativa.

 

Perda

A saída do páreo de Betinho acaba se transformando numa grande perda para o grupo liderado pela governadora Rosalba Ciarlini, que tinha no cunhado a única e real chance de manutenção de cargo na nova composição política do Estado apartir da próximo ano. A eleição de Betinho Filho é considerada por todos como muito pouco provável. 

 

Ganho

Embora indiretamente, quem ganha com a ausência na campanha de Betinho e Francisco José, são as candidatas à reeleição Sandra e Larissa Rosado. A primeira, à Câmara Federal e a segunda, ao Palácio José Augusto.

 

Grana

O TRE forneceu os números da primeira parcela de prestação de contas dos candidatos ao governo do RN. São os dados que demonstram quanto arrecadaram e quanto gastaram os postulantes à cadeira de governador. Eis os dados: Henrique Eduardo: Receita: 3 milhões. Despesas: pouco mais de 3 milhões. Robinson Faria: Receita: 1 milhão e 35 mil. Despesas 4 milhões e 856 mil. O que significa dizer que a campanha do PSD começa no vermelho. Os outros candidatos arrecadaram muito pouco e também gastaram muito pouco. 

 

Reforma

O projeto de Reforma Administrativa do Prefeito Carlos Eduardo começou a ser votado esta semana na Câmara Municipal. Foram apresentadas 35 emendas pelos edis natalenses. No primeiro dia de discussões, cinco propostas de mudanças foram rejeitas.

 

Gordinho

O Tribunal Regional Eleitoral deferiu a candidatura pelo PRTB a deputado do empresário Alexandre Azevedo, mas ao mesmo tempo proibiu o seu maior trunfo. O empresário pretendia registrar sua candidatura como "Gordinho do Mercato" e tirar proveito eleitoral do episódio ocorrido meses atrás que envolveu um desembargador do TJ/RN e que teve muita repercussão nas redes sociais, tornando o "gordinho" uma celebridade. O TRE, apoiado em decisão do TSE que proíbe a vinculação do nome de candidato a uma empresa, negou-lhe a possibilidade.

 

Corrida

O presidente da Fiern, Amaro Sales, reuniu-se, ontem, com a imprensa no Café da Manhã, oportunidade em que apresentou a programação da sexta edição da Corrida Noturna do Sesi.

 

Restituição

A partir das 09 horas de hoje a Receita Federal libera o terceiro lote de restituição do imposto de renda deste ano.

 

Debate

Causou ótima repercussão o "Programa Eleições 2014" apresentado pela Tv Metropolitano na última terça-feira. Uma série de entrevistas com os candidatos ao governo do Estado iniciada com o candidato Araken Farias e apresentado pelo jornalista Gerson de Castro com a participação especial dos colegas Aluízio Lacerda e Danilo Sá. Terça feira, às 20hs, vai ao ar nova entrevista.

 

Derrota

A prefeita eleita de Areia Branca sofreu nova derrota na justiça eleitoral. O TER não aceitou o pedido de reconsideração feito por seus advogados e presidente da Câmara, Sandro Góis, assume provisoriamente o comando do município.

 

Situação

Diante de tantas especulações sobre a situação financeira da Secretaria Estadual de Saúde, segundo as quais, o quadro é de pessimismo, o secretário Luiz Roberto Fonseca vai explanar sobre o tema hoje pela manhã diante audiência pública promovida pelo Fórum Estadual em Defesa da Saúde Pública.

 

Titulo

O presidente da Federação do Comércio, Marcelo Fernandes, recebeu ontem em Mossoró, o titulo de cidadão mossoroense, na Câmara de Vereadores, que deu inicio ao Projeto" Câmara Empreendedora", um trabalho proposto pelo presidente Francisco Carlos que visa dar oportunidade para que pessoas que tenham experiências no campo do empreendedorismo possam levar suas histórias à população daquela cidade. 

 

18 de Julho de 2014 às 12h17

FPM VAI VIRAR TEMA DA CAMPANHA


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com

 


 

Uma comissão especial da Câmara dos Deputados, instalada em maio por iniciativa do presidente da Casa, deputado Henrique Alves, do PMDB, discute, ou pelo menos tenta, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n. 406/2009. A PEC estabelece elevação de 2 por cento nos recursos destinados ao Fundo de Participação dos Municípios, principal fonte de recursos de boa parte das mais de 5.500 prefeituras brasileiras. A ideia inicial era concluir o exame da PEC até junho. Em julho, por iniciativa do deputado petista Pedro Uczai, de Santa Catarina, a matéria saiu de pauta por causa do pedido de vista. Estratégia do governo federal para atrasar a votação.

Sem o aumento do FPM, composto pela arrecadação do Imposto de Renda e Imposto sobre Produto Industrializado (IPI), os municípios brasileiros terminarão 2014 do mesmo jeito ou pior do que começaram o ano: no vermelho. Negociações já sendo feitas há meses, coordenadas, do lado dos prefeitos, pela Confederação Nacional dos Municípios.

A Comissão Especial da Câmara voltará a se reunir no próximo dia 6 de agosto. O relator da PEC, Danilo Fortes (PMDB-CE) se comprometeu em alterar o seu relatório desde que isso viabilize a votação e aprovação da matéria. O deputado federal João Maia, que preside a comissão, tem buscado o entendimento. 

Enquanto a Comissão Especial da Câmara ainda discute a matéria, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou o aumento de 1% no FPM ao longo de dois anos. A PEC 39/2013, de iniciativa da senadora Ana Amélia (PP-RS) será votada em dois turnos pelos senadores. A senadora gaúcha propôs 2%, mas o relator, Armando Monteiro (PTB-PE) acolheu emenda do colega Humberto Costa, do PT de Pernambuco, reduzindo o aumento para 1% em dois anos. 

O governo da presidente Dilma Roussef, que este ano sequer compareceu à Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios, alega dificuldades financeiras para bancar o aumento de 2%, o que reforçaria o caixa das prefeituras ou, pelo menos, reporia as perdas de recursos acumuladas nos últimos anos enquanto a União apresentava sucessos recordes de arrecadação.

A relação do governo Dilma com os prefeitos e suas entidades está longe de sua melhor fase. Os prefeitos apontam a diminuição dos recursos federais como um dos fatores da crise. Já tem prefeito indo às redes sociais para dizer que o governo federal está massacrando os municípios, como foi o caso de Genilson Maia, prefeito de São Fernando, da região do Seridó potiguar. 

O aumento do FPM pode até não chegar ao horário eleitoral gratuito que começa em agosto, mas vai dominar as conversações nos bastidores da campanha presidencial, com respingos nas campanhas estaduais. Quem viver, verá. 

 

 


OFENSIVA

A cidade de Mossoró começará a ser alvo das ações de campanha dos principais candidatos a governador do Estado. O vice-governador Robinson Faria, candidato pelo PSD, começou sua ofensiva nesta quinta-feira, 17, prosseguindo até a sexta, tendo como base o trabalho da militância coordenada pelo grupo do prefeito Francisco José Silveira Júnior, também do PSD. A campanha de Henrique Alves já enviou seus emissários para estudar o terreno e começar a planejar as primeiras ações. Resta saber como se comportará o grupo e a militância de Rosalba e Carlos Augusto Rosado.

 

ADUTORA

Nesta segunda-feira, 21, o projeto da adutora que vai levar água da Barragem Armando Ribeiro de Gonçalves, em Assu, para a cidade de Currais Novos, será reapresentado aos dirigentes da Caern e representantes da diretoria do DNOCS. O projeto teve que sofrer alterações porque a ideia original era fazer uma adutora de engate rápido a partir da adutora Serra de Santana, que abastece outras cidades do Seridó. Com as mudanças, a adutora terá como ponto de captação a barragem de Assu.

 

ADUTORA II

O movimento em prol da adutora, lançado pelo ex-prefeito Zé Lins e pelo deputado Ezequiel Ferreira com amplo apoio de entidades e da população de Currais Novos, tem acelerado os entendimentos e até a elaboração do projeto graças à intervenção do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Alves, do PMDB. A corrida é contra o relógio, uma vez que Currais Novos depende do açude Gargalheiras, em Acari, que está com volume pouco acima de 8 por cento de sua capacidade de armazenamento.

 

ADUTORA III

Por iniciativa do presidente da Câmara dos Deputados, dirigentes da Caern e do DNOCS, cujos técnicos elaboraram o projeto inicial, já se encontraram em Brasília. Com as alterações propostas pela empresa potiguar, o projeto será reapresentado ao ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira. Com população superior a 40 mil habitantes, Currais Novos acompanha e torce para que o projeto ganhe celeridade. 

 

PASSE LIVRE

Candidata ao Senado pelo PSB, a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria se comprometeu em apresentar, caso seja eleita, projeto de lei que institui o passe livre para todos os estudantes de instituições públicas de ensino do País. A proposta é uma das propostas do Movimento do Passe Livre, apresentadas nas manifestações de rua que tomaram conta do País no ano passado. Para que vire realidade, Wilma teria de convencer seus pares e o governo federal. Tarefa difícil.

 

AFASTAMENTO

O prefeito Benes Leocádio, de Lajes, afastou-se do cargo no último dia 15. Leocádio, que é presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, licenciou-se por 90 dias para poder se dedicar à coordenação da campanha do deputado Henrique Alves a governador do Estado. Em entrevista à jornalista e blogueira Thaísa Galvão, o prefeito e dirigente municipalista garantiu, no entanto, que o coordenador geral da campanha é o ministro e senador licenciado Garibaldi Filho. 

 

RECESSO

A Câmara Municipal de Parnamirim realizou na segunda-feira, 14, a última sessão do primeiro semestre legislativo. Na terça, os vereadores iniciaram o recesso legislativo que vai até o dia 18 de agosto. Na última sessão, os edis discutiram, em tom de indignação, a decisão da empresa Trampolim da Vitória de retirar a linha de ônibus que servia a área do antigo aeroporto Augusto Severo. A decisão, acompanhado pelo transporte InterBairros, deixou os moradores da área sem opção de transporte coletivo. 

 

ASSALTOS

Os moradores de Barro Vermelho, bairro da região central da capital, estão assustados com a onda de assaltos que vem tomando conta da comunidade. Várias ocorrências foram registradas nos últimos dias. Numa delas, um ladrão abordou uma mulher que chegava em casa em companhia de sua mãe. Fingindo estar armado, o meliante convenceu a mulher a lhe entregar a chave do carro. Como não sabia usar a chave tipo "canivete", o desconhecido ainda desceu do carro para perguntar à vítima como faria para ligar o carro. Tudo registrado em vídeo. E a polícia? Nada!

 

CONSELHO

O juiz federal e professor Ivan Lira de Carvalho tomou posse como membro do Conselho Estadual de Cultura e prometeu trabalhar pelo fortalecimento da instituição e do patrimônio cultural do Estado. Indicado pela unanimidade dos integrantes do colegiado, Carvalho fez uma homenagem aos que o antecederam no cargo, citando Câmara Cascudo, Veríssimo de Melo, Américo de Oliveira Costa, Alvamar Furtado e Onofre Lopes. Na solenidade de posse, o magistrado foi saudado pelo presidente do Conselho de Cultura, médico Iaperi Araújo.

 

SAÚDE

Prefeitos de oito municípios das regiões Potengi e Agreste, secretários de Saúde e representantes do Parlamento Comum da Região do Potengi se reuniram na última quarta-feira, 16, na sede da Associação dos Municípios do Litoral Agreste Potiguar (AMLAP). Em pauta, assuntos como a cogestão do hospital regional de São Paulo do Potengi, a montagem de consórcio intermunicipal e a implantação do SAMU. Na área da Saúde, a situação nas duas regiões é motivo de preocupação cada vez maior.

 

11 de Julho de 2014 às 12h18

o fim da copa e a necessidade de mudanças


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com

 


 

A Copa do Mundo já acabou. Oficialmente, somente neste domingo, 13 de julho, quando Alemanha, que eliminou impiedosamente o Brasil pelo placar de 7 a 1, e a nossa arquirrival Argentina disputarão a final no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Mas o campeonato mundial de futebol, que galvaniza a atenção de milhões e milhões de brasileiros, já acabou duas vezes. A primeira vez quando a Alemanha derrotou o Brasil e nos fez adiar o sonho da conquista do hexacampeonato. A segunda, quando a Argentina superou a Holanda e garantiu um lugar na final. E acabará de vez para os brasileiros se os hermanos liderados por Lionel Messi e Javier Mascherano conquistarem o terceiro título, dentro da casa do seu maior adversário.

Se a Argentina se sagrar campeã em pleno Maracanã, patrimônio do futebol mundial e território sagrado para os amantes do futebol brasileiro, a Copa do Mundo 2014 azedará, no seu desfecho indesejado, o humor da nação verde-amarela. Talvez seja um mal necessário. Talvez seja isto o que falte para que os brasileiros acordem de vez para o que vem acontecendo com o futebol do País e com a administração da Seleção Brasileira. A seleção é um patrimônio dos brasileiros, mas é administrada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), sempre às voltas com polêmicas e questões como enriquecimento ilícito, favorecimentos e falta de transparência.

No Congresso Nacional - veja nota abaixo intitulada "Gol Contra", muito já se tentou investigar as atividades da CBF. Sem sucesso. Existe no Parlamento brasileiro uma espécie de "bancada da bola", formada por deputados que se esforçam em minar qualquer esforço para jogar luz sobre as ações da entidade que dirige o futebol canarinho. 

A eliminação de forma vexatória e humilhante causou vergonha aos torcedores brasileiros que jamais imaginavam ver a seleção brasileira sofrer, na semifinal contra a Alemanha, a maior derrota de toda a sua história, que completará 100 anos no próximo dia 21. A história da eliminação e uma conquista do título pelos argentinos se somariam para unir a indignação com a vontade de exigir explicações sobre o que está acontecendo com o futebol brasileiro e com a seleção.

Mas, independentemente do vencedor, quando soar o apito final no estádio Maracanã no final da tarde ou início da noite deste domingo, 13, uma nova etapa deverá ser aberta na história do futebol brasileiro, cinco vezes campeão do mundo. E seria bastante salutar, para o futebol e para a dignidade deste Pais, que esta nova fase fosse pautada pela transparência e pela honestidade. Chega de arrumadinhos, salvadores da pátria e  da bancada da Bola.

 

 

 

CANCELAMENTO

A pedido do superintendente estadual do Departamento Nacional de Transportes e Infraestrutura, Walter Fernandes, a Câmara Municipal de Parnamirim cancelou a audiência pública que seria realizada na última quinta-feira, 10. A reunião discutiria o projeto de mudanças estruturais na BR-101, no trecho que corta o município. Com o pedido de Fernandes, a audiência não tem nova data para acontecer.  Os vereadores de Parnamirim convocaram o DNIT para explicar o que vai ser alterado com as obras anunciadas e que também não tem data para ser iniciadas.

 

FPM 

De acordo com previsões da Secretaria do Tesouro Nacional, órgão do Ministério da Fazenda, o Fundo de Participação dos Municípios, principal fonte de recursos de boa parte das prefeituras potiguares, sofrerá oscilações entre julho e setembro. O Tesouro estima que em julho, o FPM sofrerá uma redução de 11 por cento em relação a junho. Em agosto, está previsto crescimento de 21 por cento na comparação com julho e em setembro, haverá nova queda, de 14 por cento, em relação a agosto. No início de cada mês, a STN deverá confirmar ou alterar estas estimativas.

 

FPM II

As previsões do Tesouro Nacional e as interpretações feitas por alguns veículos de comunicação, inclusive blogs a respeito do comportamento do FPM nos próximos três meses obrigaram a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) a se pronunciar sobre o assunto. É que as interpretações geraram intranquilidade aos prefeitos e gestores públicos. O pronunciamento da FEMURN foi anunciado para a tarde da última quinta-feira, 10.

 

REDES SOCIAIS

As mídias sociais terão um papel decisivo na mobilização e também na contra-propaganda durante a atual campanha eleitoral. É o que preveem especialistas e comunicadores que atuam no setor. E no Rio Grande do Norte, a guerra já começou. O perfil @DepCopadoMundo, no microblog Twitter, foi alvo de uma ação da assessoria jurídica da campanha do deputado Henrique Alves, candidato a governador pela coligação União pela Mudança.

 

REDES SOCIAIS II

O perfil @DepCopadoMundo tem carregado nas tintas com ironias sobre atuação do deputado e candidato a governador pelo PMDB. Em um dos seus posts, o perfil traz a informação de que o deputado se reuniu com Miguel Mossoró para receber dicas de mais promessas a serem feitas aos eleitores. O pedido da assessoria jurídica de Henrique Alves para retirar o perfil do ar foi negado pela Justiça Eleitoral. E o efeito disso é que muita gente que não tinha conhecimento passou a saber da existência do perfil. Esta guerra promete.

 

GOL CONTRA

De acordo com a coluna Painel, da Folha de São Paulo, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, negou o pedido do deputado Romário para afastar a chamada "Bancada da Bola" das votações que envolvem interesses da CBF. O ex-jogador queria anular o voto de sete colegas que, em maio último, livraram a entidade da obrigação de prestar contas de seus gastos e reservar 5 por cento da receita para a formação de novos atletas. Na véspera da eliminação do Brasil pela Alemanha, Henrique Alves, sem qualquer alarde, arquivou o pedido feito por Romário.

 

CENTRAIS

A interrupção no atendimento de duas centrais do cidadão em Natal levou o deputado Kelps Lima, do Solidariedade,  a apontar, no plenário da Assembleia Legislativa, que o episódio não é algo isolado. "Seria uma eventualidade, um problema comum, não fosse somente a consequência de uma questão mais profunda, que é a falência absoluta do Rio Grande do Norte na prestação dos serviços públicos e da ausência de políticas públicas que viabilizem o funcionamento da administração do Estado", afirmou o deputado. 

 

CENTRAIS II

Na quarta, 9, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) divulgou nota informando a retomada, a partir da manhã da quinta-feira, dos serviços da internet nas centrais do Cidadão localizadas na Zona Norte e no Shopping Via Direta, na capital. Segundo a nota, a contratação de um link via telefone foi a saída emergencial para garantir a normalização dos serviços. O sinal de internet ficou instável desde a queda de uma torre responsável pela distribuição do link via rádio usado nas unidades.

 

ASSEMBLEIA

A Assembleia Legislativa, acatando decisão da Justiça Federal, afastou o deputado Gilson Moura, do PROS. Em nota, a AL comunicou que a decisão da JFRN estabelece que o deputado deverá ficar afastado enquanto durar a fase de instrução do processo. Como o suplente só pode ser convocado em caso de renúncia, falecimento ou perda do mandato, afastamento por licença superior a 120 dias ou para assumir outro cargo, a Assembleia não convocará suplente para o lugar de Gilson.

 

AEROPORTO

O comando da Aeronáutica assume no próximo dia 31, oficialmente, a administração da área e instalações do Aeroporto Internacional Augusto Severo. Enquanto isso, dirigentes de diversas entidades, como Fiern, Fecomércio, Sbrae, além do Governo do Estado discutem com autoridades militares a possibilidade de utilização do antigo terminal. Novas reuniões serão marcadas, mas os militares já sinalizaram quse não concordariam com a instalação de uma Ceasa ou terminal rodoviário na área do antigo aeroporto.

 

CAMPANHA

O ex-governador Eduardo Campos, candidato a presidente pelo PSB, agendou visita a Natal nesta sexta-feira, 11 de julho.

 

27 de Junho de 2014 às 13h10

POLÍTICA E FUTEBOL, UMA ANALOGIA


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com

 


 

Fazendo uma analogia com o futebol, é preciso dizer a você, eleitor, que, assim como na Copa do Mundo, a fase de grupos acabou. Na pré-campanha, assim como na fase inicial do maior evento esportivo mundial, erros são admitidos e nem sempre são fatais ou insuperáveis. Se a seleção brasileira inicia neste sábado uma série de partidas eliminatórias, em que o vencedor segue adiante e o perdedor dá adeus ao sonho do título, longe dos estádios a campanha política começa de direito e de fato. Até o próximo dia 30, os partidos políticos registrados no País devem realizar suas convenções para escolher os candidatos e homologar alianças e coligações.

Se nos estádios, a seleção brasileira de futebol já está definida, com sua escalação conhecida, onde alguns titulares são questionados e reservas aclamados, na política começa a fase de definição dos candidatos. Os partidos vão apresentar seus candidatos a presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. Em julho, começa a fase da campanha de rua, em que os candidatos poderão visitar e conversar com seus eleitores. 

E em seguida vem a temporada de propaganda gratuita no rádio e na televisão. Gratuita em termos, porque os veículos de comunicação, se por um lado não recebem dos partidos políticos para veicular a propaganda, do outro têm direito à isenção fiscal pelo que deixaram de faturar com publicidade e propaganda. Ou seja, de uma forma ou de outra, a propaganda é custeada pelos cofres públicos. Resumo da ópera: é o contribuinte quem paga a conta.

No futebol, em jogos eliminatórios, do tipo mata-mata, o erro custa caro. A eliminação de um mundial só poderá ser consertada quatro anos depois, em outro mundial. Na política é mais ou menos parecido. Um voto errado só poderá ser consertado quatro anos depois, com a realização de uma nova eleição. Isso para presidente, governador, deputado federal ou estadual. No caso de senador, o buraco é mais embaixo: o mandato é de oito anos. Uma vida. Ou uma geração para o futebol.

Então, meu caro amigo eleitor, preste muita atenção em que você já escolher ou pretende votar. Saiba que tão importante quanto votar para presidente ou governador é também eleger deputados federais, estaduais e senadores. Os parlamentares elaboram, propõem e aprovam leis que regem nossas vidas, desde as regras para as eleições ao tratamento legal dado à questão do aborto, passando pelo lanche que é servido aos nossos filhos e netos na escola.

Não adianta ficar apenas pegando no pé do técnico Luiz Felipe Scolari. A Copa vai passar, independentemente de conquistas e derrotas. É preciso ficar atento aos políticos e questionar muito sobre suas propostas, idéias, promessas e compromissos. Para não ficar reclamando ou se arrepender depois.

 

 

 

PESQUISA

Alguns números da pesquisa do Instituto Certa, registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o nº 00004/2014 são expressivos e falam por si. Na pesquisa espontânea, nada menos 51,3 por cento dos 1.500 eleitores consultados disseram não saber em quem votar. Outros 20,2 por cento disseram estar dispostos a votar em branco ou anular o voto. Na pesquisa espontânea, em que os entrevistados não apresentam os nomes dos candidatos, o contingente dos indecisos ou dos que não pretendem votar em ninguém soma 71,5 por cento.

 

PESQUISA II

Quando a pesquisa é estimulada - nesta  modalidade, os entrevistadores apresentam um disco com nomes dos pré-candidatos, o cenário se modifica mas não tanto. Para governador, a soma dos que pretendem votar branco ou anular o voto chega a 28,8 por cento. E o contingente dos que não souberam ou não quiseram responder é de 16,1 por cento. Os dois grupos totalizam 44,9 por cento. Quase a metade dos eleitores entrevistados.

 

REJEIÇÃO

A pesquisa do Instituto Seta também expôs o que candidato nenhum gostaria de ter: os índices de rejeição. Para o governador, o candidato de maior rejeição é o deputado federal Henrique Eduardo Alves, do PMDB, que aparece com 20,3 por cento. O seu principal oponente, o vice-governador Robinson Faria, do PSD, aparece com 11,8%, o menor índice dos principais candidatos às eleições majoritárias de outubro.

 

REJEIÇÃO II

Entre os candidatos ao Senado, a vice-prefeita de Natal e ex-governadora Wilma de Faria é rejeitada por 23,7 por cento dos eleitores consultados na pesquisa do Instituto Seta, enquanto a deputada federal Fátima Bezerra aparece com 18,7 por cento. Tanto para o Governo quanto para o Senado os candidatos de menor expressão eleitoral também são aqueles que apresentam baixos índices de rejeição, mas superiores aos índices de intenção de voto.

 

DE VOLTA

Decisões do Tribunal Regional Eleitoral colocaram de volta no cenário político estadual dois nomes mossoroenses. A deputada estadual Larissa Rosado (PSB), que havia sido considerada  inelegível pelo Tribunal Regional Eleitoral, teve a sentença reformada por cinco ministros do Tribunal Superior Eleitoral. O julgamento ainda não terminou porque houve pedido de vistas ao processo, mas a deputada, que amargou em maio o insucesso na disputa pela Prefeitura de Mossoró, poderá pleitear, sem problemas, a renovação do mandato.

 

DE VOLTA II

Outro nome salvo por decisões do TSE foi o deputado federal Betinho Rosado, que enfrenta processo de perda de mandato por desfiliação não autorizada. O processo é movido pelo Democratas que não aceita a decisão de Betinho de se transferir para o PP. Esta semana, a ministra Luciana Lossio, do TSE, pediu vistas ao processo e como o caso só deverá voltar à pauta de julgamentos em agosto, Betinho poderá também pleitear a renovação do mandato. O problema dele, agora, é firmar uma coligação que lhe dê condições de se reeleger.

 

CURRAIS NOVOS

Uma comissão de Currais Novos liderada pelo deputado Ezequiel Ferreira e pelo ex-prefeito Zé Lins foi recebida no final da tarde desta quarta-feira (25), pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. Na pauta, providências para agilizar a construção da adutora de engate rápido para abastecer Currais Novos e Acari, na região Seridó. O açude Gargalheiras, que abastece os dois municípios está com 9,3% de sua capacidade.

A  campanha pela instalação de uma adutora que garanta a normalização do abastecimento já levou às ruas de Currais Novos milhares de moradores do município.

 

CURRAIS NOVOS II

Henrique vai se reunir, na próxima terça-feira (1), em Brasília, com o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, para tratar do projeto da adutora de engate rápido. A obra é uma medida emergencial para minimizar a seca na região, a maior das últimas décadas. Ele espera que já possa apresentar ao ministro o resultado de uma reunião entre técnicos do DNOCS e da Caern, a ser realizada nesta sexta-feira (27), definindo a participação dos dois órgãos na execução da obra.

 

CONTENÇÃO

A Prefeitura do Natal, por intermédio da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, divulgou que daria início nessa quinta-feira, 26, à implantação de um muro de contenção com sacos de areia geoforma flexível, tipo big e bag, para evitar novos deslizamentos na rua Guanabara, em Mãe Luiza. É o início do trabalho de reconstrução de uma área de grande instabilidade por se tratar de ocupação de terreno formado por dunas. 

 

20 de Junho de 2014 às 13h39

ROMPIMENTO, UMA QUESTÃO DE TEMPO


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

A convenção do partido Democratas, realizada no último dia 15, representou bem mais do que uma decisão partidária em que convencionais sepultaram o projeto de reeleição da governadora Rosalba Ciarlini. Repetindo o que havia feito na reunião do diretório estadual, a governadora foi à convenção e discursou, pedindo o direito de ser candidata para poder defender sua administração. A partir da orientação do senador José Agripino Maia, presidente nacional e estadual da legenda, os convencionais votaram contra o projeto de reeleição e optaram pela coligação com o PMDB nas eleições proporcionais.

Estava sacramentado assim um acordo eleitoral envolvendo os dois partidos que já foram grandes adversários no passado. E esse acordo começou a ganhar forma quando o PMDB decidiu desembarcar do governo de Rosalba Ciarlini no segundo semestre do ano passado. O acordo envolve claramente dois pontos: o rompimento seria com Rosalba Ciarlini, já em queda livre nos índices de popularidade e de aprovação de sua gestão, e não com o DEM. O acordo levaria à coligação proporcional o que significaria minar qualquer chance de Rosalba Ciarlini ser candidata à reeleição. Tendo uma candidatura ao governo, o DEM não poderia se coligar nas eleições proporcionais com outro partido, no caso o PMDB, que também apresentaria candidato ao governo.

Construído o acordo, o senador José Agripino tratou de arregimentar deputados e os integrantes da executiva e do diretório estadual do DEM. Rosalba resistiu e foi até à convenção. Sabia que estava derrotada por antecipação, mas levou o projeto até o fim, tentando sair do episódio como vítima da incompreensão. No seu discurso, lembrou o longo período de parceria e a fidelidade política ao senador José Agripino. De nada adiantou.

A decisão dos convencionais - pelo placar de 121 a 63 votos - tem o efeito de um rompimento político, a separação de uma das mais sólidas alianças políticas já feitas no Estado e que já perdurava há quase quarenta anos. Resta saber que comportamento adotará Rosalba Ciarlini e o seu marido, ex-deputado Carlos Augusto Rosado, em relação aos interesses do partido, leia-se José Agripino, no Oeste do Estado. O rompimento formal parece ser uma questão de tempo.

 

 

 

PESQUISA

A primeira pesquisa de intenções de voto oficialmente registrada para divulgação trouxe um componente polêmico. A pesquisa, realizada pela Consult, competentemente pelo estatístico Paulo de Tarso Teixeira, apresentou as intenções de voto para governador, senador e também presidente da República no Rio Grande do Norte. Os números apontam o deputado Henrique Alves (PMDB) à frente do vice-governador Robinson Faria (PSD) e a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria (PSB) à frente da deputada federal Fátima Bezerra (PT) na disputa pelo Senado.

 

PESQUISA II

A polêmica ficou por conta da não apresentação de um dado comum a todas as pesquisas de intenção de voto: os índices de rejeição a cada candidato. Os argumentos divulgados pelo diretor da Consult, segundo os quais a medição da rejeição provocaria um desequilíbrio na pesquisa em razão da inclusão do nome da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) como possível candidata à reeleição, o quesito não foi avaliado.

 

PESQUISA III

O fato é que a não inclusão do quesito rejeição foi entendida como uma forma de preservar alguns candidatos que teriam problemas com rejeição de parte do eleitorado. Os índices de rejeição são dados importantes porque mostram os limites de crescimento do potencial de votos de cada candidata. Quanto maior a rejeição, menor as chances de conquistar a preferência dos eleitores. 

 

CPI DA PETROBRAS

Em entrevista ao site Congresso em Foco, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) argumenta que o governo conseguiu ganhar tempo e agora, com a realização da Copa do Mundo de Futebol início da campanha eleitoral, só resta à Oposição manter o assunto vivo na mídia e estimular o Judiciário a investigar. O assunto que a Oposição pretende manter "vivo" é a Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga irregularidades na administração da Petrobras.

 

PREFERÊNCIA

Chamou a atenção de muita gente, principalmente na área de comunicação, o amplo espaço dado pela Rede Globo de Televisão à convenção do PSDB que indicou o senador Aécio Neves, de Minas Gerais candidato à Presidência da República. A reportagem trouxe um longo perfil do senador e ex-governador tucano, enaltecendo o fato de ser neto de Tancredo Neves, considerado uma espécie de "mártir" da Nova República brasileira.

 

FOLGA REMUNERADA

Matéria publicada no jornal O Globo mostra que os senadores e deputados federais pouco trabalharão nos meses de junho e julho. E mesmo a pauta de sessões e reuniões deliberativas elaborada para este período de Copa do Mundo deverá ser cumprida. Segundo o jornal carioca, senadores trabalharão apenas três em dias em junho; os deputados federais, quatro. Isso dará R$ 8,9 mil por dia trabalhado para os senadores e R$ 6,76 mil para os deputados. 

 

INQUÉRITO

Os promotores públicos das áreas do Meio Ambiente e Cidadania da comarca de Mãe Luiza estão dispostos a instaurar inquérito civil público para investigar as causas do grave acidente ocorrido na rua Guabanara com repercussão na praia de Areia Preta. A decisão não teria agradado muito ao secretário de Obras Públicas e Infraestrutura da Prefeitura do Natal, Tomaz Neto, que foi avisado na véspera do interesse dos integrantes do Ministério Público.

 

INQUÉRITO II 

O secretário estava em meio a uma vistoria de técnicos da Prefeitura, da UFRN e do Governo Federal, na tarde de terça-feira, 17, quando recebeu um telefonema de um dos promotores públicos. A reação não foi das mais amistosas, tendo o secretário de de Infraestrutura questionado a razão da vistoria em virtude de o assunto já estar investigado por uma equipe técnica. 

 

INQUÉRITO III

Chegaram ao conhecimento do Ministério Público declarações de moradores da área dizendo que houve negligência por parte da administração pública para evitar o que se transformou numa tragédia para dezenas de moradores. Depoimentos publicados nas redes sociais indicam que os moradores identificaram vazamentos na tubulação, alertaram a Prefeitura, mas nada foi feito. Resta saber de quem é a responsabilidade. Se da Prefeitura do Natal ou da Caern.

 

TURISMO

A secretária estadual de Turismo, Gina Robinson, esteve na quarta-feira, 18, no Press Point da UFRN, montado para atender aos jornalistas brasileiros e estrangeiros que cobrem a Copa do Mundo em Natal. Uma parceria montada pela Setur e secretarias municipais de turismo, com a participação da UFRN, garantiu dois ônibus para o transporte das equipes interessadas em produzir matérias sobre os atrativos turísticos do litoral potiguar.

 

ADICIONAL 

A Câmara Municipal de Natal aprovou em sessão ordinária realizada na terça-feira, 17, projeto de lei de autoria do Poder Executivo que implanta uma gratificação para os servidores da Prefeitura que trabalham em serviços relacionados à realização dos jogos da Copa do Mundo de Futebol em Natal. A gratificação atende pelo nome de Adicional de Serviço Extraordinário e beneficia guardas municipais, integrantes do SAMU e funcionários da Urbana. 

 

DÉCIMO-TERCEIRO

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante anunciou para a quinta-feira, 19, a antecipação de 50% do 13° salário dos servidores municipais. O salário extra vai injetar cerca de R$ 2,5 milhões na economia do município.  

13 de Junho de 2014 às 12h47

DEBATE TARDIO MAS NECESSÁRIO


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

Que o aeroporto internacional Governador Aluizio Alves veio pra ficar, disso ninguém dúvida. Pensado na década de 1990, quando o governador era Garibaldi Filho e o presidente da República o sociólogo Fernando Henrique Cardoso, o aeroporto de São Gonçalo do Amarante nasceu da concepção de um equipamento intermodal, capaz de abrigar passageiros e cargas e em condição, devido à sua posição estratégia, de diminuir as distâncias que as importações e exportações percorrem entre as Américas do Sul e do Norte e também a Europa.

Muito se noticiou sobre o andamento e as ameaças de paralisação e suspensão das obras. Até a pista teve que ser redefinida. E muito se comemorou quando o governo federal decidiu pela concessão à iniciativa privada. O aeroporto de São Gonçalo nasceu, assim, privado e por isso mesmo sua inauguração era ansiosamente aguardada como resultado de uma ação competente de um grupo empresarial.

Não é bem isto que os natalenses, potiguares e visitantes tem visto. Os acessos não ficaram totalmente prontos. Os serviços já instalados no aeroporto estão longe de exibir a eficiência necessária e ainda pairam dúvidas, dentro das aeronaves, para desespero de passageiros e tripulantes, sobre o aeroporto de destino no Rio Grande do Norte. Falta iluminação, falta melhor sinalização. E sobra desinformação. O que leva à insegurança.

Mas tudo isso promete ser normalizado. Os transtornos serão passageiros e a qualidade dos serviços prestados certamente vai melhorar. Nem que seja pela força da pressão das reclamações dos passageiros e usuários do novo aeroporto.

Mas há algo que incomoda: a falta do debate necessário em torno do futuro das instalações do aeroporto Augusto Severo. Anos se passaram sem que se discutisse, de forma efetiva, o destino de uma estrutura que consumiu milhões de reais somente na última reforma, há menos de dois anos. Parnamirim não pode prescindir de uma estrutura como a do Augusto Severo. O contribuinte pagou por elas. Merece continuar usando.

O debate tardio, ainda que pareça oportunista, é necessário.

 

 

 

MÍDIAS SOCIAIS

A ministra Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral, participa nesta sexta-feira, em Natal, do evento “Quinta Jurídica”, promovido pela seção da Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Ao lado do juiz federal Marco Bruno Miranda e do advogado e professor Erick Pereira, Lóssio falará no painel sobre o tema “A propaganda eleitoral e o papel das mídias sociais”. A ministra Luciana Lóssio estará disponível para entrevistas a partir das 18h30 no prédio-sede da Justiça Federal do Rio Grande do Norte.

 

PROPAGANDA

Marco Bruno Miranda é o juiz responsável, no pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, pela fiscalização da propaganda nas eleições deste. É da lavra dele a sentença que condenou o deputado Henrique Alves, a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria e o também deputado João Maria por propaganda eleitoral antecipada, no caso do processo sobre o lançamento das pré-candidaturas às eleições de outubro.

 

ANIVERSÁRIO

O vereador Júlio Protásio, do PSB e líder da bancada do prefeito na Câmara Municipal de Natal, comemorou seu aniversário, nesta quinta-feira, com uma missa em ação de graças, celebrada na Igreja de Bom Jesus, no bairro da Ribeira, zona leste da capital. Vice-presidente da Câmara, Júlio Protásio, por intermédio de sua assessoria, convidou amigos e correligionários.

 

PLEITOS

A governadora Rosalba Ciarlini foi recebida, na última quarta-feira, 4, pelo ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi. Com o ministro, a governadora revisou o cronograma de medições das obras do projeto Pró-transporte, em execução na Zona Norte e em fase de preparação na avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul. Acompanhando Rosalba, apenas a secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto, e o deputado federal Betinho Rosado (PP). Bem diferente de tempos atrás, quando muitos políticos faziam questão de participar das audiências.

 

KARATÊ

Cento e quinze atletas carentes de Natal e cidades vizinhas, integrantes da Federação Estadual de Karatê Amigos da Escola Norte-Rio-Grandense (FEKAEN), participam no próximo sábado (7) da 2ª Fase dos Jogos Interclubes de Karate Esportivo. O campeonato será realizado no Ginásio Esportivo da Faculdade Maurício de Nassau, a partir das 8h30. 

 

QUÓRUM

Por falta de quórum foi adiada a prestação de contas que a Secretaria Estadual de Saúde Pública faria na Assembleia Legislativa na última quarta-feira. Da Comissão de Finanças e Fiscalização apenas o deputado Tomba Farias, do PSB, compareceu à sessão em que seriam ouvidos o secretário de Saúde, médico Luiz Roberto Fonseca e a coordenadora de Planejamento da Sesap, Tereza Rego.

 

INAUGURAÇÃO

O site do Palácio do Planalto confirma para esta segunda-feira, 9, a visita da presidente Dilma Rousseff ao Rio Grande do Norte para inaugurar oficialmente o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves. Como será a primeira visita presidencial após anúncio das alianças eleitorais, há uma expectativa dos observadores da cena política quanto ao comparecimento de políticos do Estado. Principalmente dos antigos aliados que agora ameaçam virar adversários, por conveniências pessoais ou projetos eleitorais.

 

Prognóstico

O ex-deputado Ney Lopes de Souza abriu o verbo contra a decisão do diretório democrata de não permitir a candidatura à reeleição de Rosalba Ciarlini. O alvo principal das críticas é o comandante do DEM, senador José Agripino, cuja liderança Ney Souza passou a questionar. 

 

SILÊNCIO

É incompreensível a decisão do secretário de Obras Públicas e Infraestrutura da Prefeitura do Natal, Tomaz Neto, de não querer atender a imprensa até a conclusão das obras de mobilidade urbana, ainda em andamento na capital. É como se a sociedade, e os contribuintes que pagam a conta, não tivessem o direito de ficar informados sobre a execução das obras e o cumprimento, ou não,  do cronograma dos serviços.

 

SILÊNCIO II

O silêncio de um ocupante de função pública e encarregado de coordenar o processo de execução de obras que tem alterado a rotina da população não condiz com o processo de transparência. E lança dúvidas sobre o cumprimento de metas e o andamento de serviços. Em vez de preservar a imagem da Prefeitura, desgasta sua relação com o seu cliente final, que é o cidadão, ávido por saber quando se livrará dos transtornos causados por obras que são bem vindas.

 

SILÊNCIO III

O silêncio do secretário titular da Semopi alcança também as obras de recuperação do Viaduto do Baldo, construído há décadas e que ficou sem manutenção ao longo de todo esse tempo. O viaduto só virou notícia depois que a Justiça determinou o seu fechamento e a interdição de trechos das avenidas Rio Branco e Deodoro, as duas principais vias de acesso ao centro antigo da capital. Nada mais natural, portanto, que a imprensa e a sociedade queiram saber o que está sendo feito por lá. A isso se dá o nome de interesse público. O silêncio do secretário revela indiferença ou desprezo a opinião pública. 

23 de Maio de 2014 às 11h55

Semana Decisiva

O tempo para definir a posição do Partido Democratas em relação às eleições de outubro, no Rio Grande do Norte, está exíguo. Praticamente se expirando. A agremiação deve anunciar, oficialmente, nas próximas horas, qual o caminho vai seguir. Se "fecha" coligação com o PMDB e demais partidos, apoiadores da candidatura do deputado Henrique Eduardo Alves ao governo do Estado, ou se, numa hipótese remota, se reunifica em torno da candidatura à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini.

Esta semana o deputado Felipe Maia, em nome do seu pai, Senador e presidente Nacional do DEM, José Agripino, se reuniu com a governadora e o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Carlos Augusto Rosado, dando início nas negociações em torno dos interesses conflitantes dos dois gruposdemocratas. Comunicou à Rosalba que o partido decidira priorizar as candidaturas proporcionais em detrimento da majoritária, segundo ele, com pouca viabilidade eleitoral, e, para isso, estaria soltando uma nota de convocação da Comissão Executiva para deliberar sobre o assunto.

Rosalba pediu que retardasse o comunicado oficial enquanto teria uma conversa final com JA. Reunião neste sentido estava marcada para acontecer ontem (quinta-feira) em São Paulo.

Já se sabe, no entanto, que o presidente do DEM não está disposto a retroceder de sua posição em defesa da união ao PMDB. Mas Rosalba e seu marido vão fazer de tudo para convencer José Agripino do contrário, inclusive, para tanto, apresentando-lhe números de pesquisas que indicam queda acentuada nos índices de rejeição de seu governo.

Caso não demovam o presidente do DEM de sua posição (o que é mais provável de acontecer) restará a Rosalba e seu grupo a última cartada para tornar viável sua candidatura a reeleição. Mesmo que a Executiva do DEM recomende a coligação com as forças pró Henrique Alves, divergir da direção do partido e apresentar seu nome à Convenção partidária submetendo sua pretensão aos delegados que compõem o colegiado máximo do diretório regional. Ai nos próximos trinta dias se travará uma batalha do salva-se quem puder". Ou seja, tudo pode acontecer, já que muitas jogadas serão postas ao tabuleiro, nem sempre muito nítido, dos bastidores política tupiniquim. 

 

 

 


Gravação

A governadora Rosalba Ciarlini gravou mensagem para o programa do DEM que vai ao ar hoje pela TV. Defenderá, obvio, o seu governo e o direito à reeleição. E o partido? O que dirá?

 

Remanejamento

A Assembleia Legislativa aprovou o aumento na margem de remanejamento do Governo do Estado. O governo queria 15 por cento. Os deputados apresentaram emenda com percentual de 9% que foi aprovado.

 

Expectativa

Os bastidores da política estão fervilhando com números de recentes pesquisas eleitorais sobre a disputa de outubro. Pelo que se apresenta no momento o pleito tende a ser bastante acirrado, tanto para o governo como o Senado da Republica. Isso, sem considerar a participação da governadora Rosalba Ciarlini, na condição de candidata. Colocando Ciarlini na contenda pode haver significativa alteração do quadro.

 

Infraestrutura

A deputada Fatima Bezerra informa que solicitou ao diretor geral do Dnit, Jorge Fraxe a inclusãodo RN nos projetos de infraestrutura do PAC 3. Entre os projetos contemplados no Plano está a duplicação da BR 406 incluindo a contorno de Ceará Mirim. Um pleito antigo daquela comunidade.

 

Visita

Ontem quem esteve por estas bandas foi o presidenciável e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Concedeu entrevista coletiva e participou, em Santa Cruz, da festa da Padroeira, Santa Rita de Cássia.

 

Insatisfação

Apesar de ser consenso no PDT a possibilidade do fim das divergências com o PMDB quanto a transferência de bases do deputado Henrique ao candidato Sávio Hackradt, os ânimos no partido trabalhista contrários a postura de Henrique vêm se acirrando muito nos últimos dias.

 

Repercussão 

Indagações estão sendo feitas nos bastidores da política local quanto a possibilidade de haver repercussão na política provinciana o fato do PSD, a nível nacional, haver trocado o apoio à Dilma Rousseff pelo do candidato Aécio Neves. Como ficará agora a sintonia dos discursos de Robinson Faria e Fátima Bezerra. 

 

Mulher

A Câmara de Natal que analisa a reforma administrativa encaminhada pelo Prefeito Carlos Eduardo resolveu manter a Secretaria da Mulher dentro da estrutura do Poder Executivo municipal. A Alimentar, outra parte da reforma que o prefeito quer extinguir, será acatada pelo Poder Legislativo.

 

Aeroporto

O prefeito de Mossoró, Francisco José Junior foi recebido esta semana pelo presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, oportunidade que discutiram a construção do novo aeroporto de Mossoró. Henrique informou ao chefe do executivo que a construção do novo terminal já foi autorizada pela Secretaria de Aviação Civil.

  

Visita II

Quem esteve ontem visitando o Estado foi a ministra da Cultura, Marta Suplicy. Prestigiou a solenidade de instalação da Incubadora RN Criativo.

 

Lixo

O juiz Madson Ottoni anulou o convite para contratação direta de empresas para serviços de limpeza publica de Natal. A urbana abriu a modalidade de Convite depois que as duas empresas que concorreram à licitação foram desclassificadas. Os contratos do lixo são da ordem R$ 333 milhões.

 

Reações

A montagem de uma ampla aliança eleitoral centrada no PMDB e PSB, começa a provocar reações. Em Caicó, o presidente do PDT já avisou que não vota em candidato do PMDB. E tem gente que não aceita que Wilma seja candidata ao Senado e não ao governo.

25 de Abril de 2014 às 13h03

Greve de policiais militares é brincar com fogo


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

A paralisação de policiais militares e bombeiros na última terça-feira, 22, revelou mais do que uma simples quebra de disciplina nas organizações que traz sérias ameaças à segurança do cidadão e a possibilidade de aumento da violência. O movimento dos policiais e bombeiros militares revelou um quadro de insatisfação generalizado que conta com o apoio de oficiais das duas corporações e pode, no futuro próximo, produzir graves consequências.

O movimento das associações de policiais militares mostra que as autoridades do sistema de segurança da atual administração estadual não deram a devida atenção ao que acontece no dia a dia de organizações que são indispensáveis e fundamentais para garantir a segurança da população potiguar.

Ao assinar um documento em que se compromete a encaminhar o atendimento para a maior parte das reivindicações, o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, general Eliéser Girão Monteiro Filho, tornou-se fiador das promessas do governo do Estado. No documento, exaustivamente discutido pelos policiais militares na assembleia que decidiu pela suspensão da paralisação, o governo se compromete a se sentar à mesa de negociações. E uma nova data foi marcada: 5 de maio. Dois dias depois, os policiais e bombeiros militares voltam a se reunir e ameaçam voltar a cruzar os braços se não houver progressos.

Se o momento exige bom senso e capacidade de discernimento às lideranças das categorias de policiais e bombeiros é igual recomendável às autoridades do Estado que não menosprezem nem subestimem a capacidade de união de homens e mulheres insatisfeitos. Preservar ao máximo o estado de normalidade é o mínimo que o Governo do Estado pode garantir ao cidadão norte-riograndense, já bastante assustada com o aumento da criminalidade.

Policiais militares não podem nem devem, por lei, fazer greve. Mas fazer de conta que eles não estão insatisfeitos, é igualmente brincar com fogo.

 

 

PREFEITURA

A viagem do prefeito Carlos Eduardo Alves à Espanha e a falta de definição de um substituto legal viraram objeto de um processo judicial. Acionada pelos vereadores Maurício Gurgel (PHS) e Fernando Lucena (PT), a Justiça Estadual descobriu que a vice-prefeita Wilma de Faria (PSB) e o presidente da Câmara, vereador Albert Dickson (PROS) se ausentaram da cidade para não serem obrigados a assumir o comando da Prefeitura.

 

PREFEITURA II

Wilma de Faria é pré-candidata ao Senado e Dickson a deputado estadual. Substituta do prefeito, a vice se ausentou sem comunicar à Câmara. Se assumir o cargo por qualquer tempo antes das eleições de outubro, Wilma estará inelegível. Pela mesma razão, Albert Dickson não pode assumir o comando do Poder Executivo. Resta saber o que acontecerá até 7 de outubro caso o prefeito Carlos Eduardo Alves precise se ausentar do Estado ou do País.

 

PREFEITURA III

O prefeito Carlos Eduardo retorna da viagem à Espanha neste domingo, 27 de abril. Com isso, cessam os problemas que deram causa ao processo judicial e que levaram o juiz Luiz Alberto Dantas a notificar a vice-prefeita, o presidente e o primeiro vice-presidente da Câmara. Júlio Protásio foi o único a ser encontrado e notificado. Os dois primeiros estão em local não informado à Justiça. Estariam fora do Estado. 

 

MOSSORÓ

Começou o período da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão na campanha para a eleição suplementar de prefeito e vice-prefeito de Mossoró, marcada para 4 de maio. As decisões dos juízes Herval Sampaio Júnior e Ana Clarisse Arruda desagradaram gregos e troianos, provocando muitas reações e críticas principalmente nas redes sociais. A Associação dos Magistrados do RN (Amarn) teve que vir a público e emitir uma nota em que hipoteca “irrestrito apoio” aos magistrados.

 

INIMIGO ÍNTIMO

Dirigentes do PSD do vice-governador Robinson Faria, pré-candidato a governador, identificaram no presidente estadual do PT, vereador Eraldo Paiva, de São Gonçalo do Amarante, um sério obstáculo à proposta de aliança entre os dois partidos, tanto para as eleições majoritárias quanto proporcionais. Paiva defende a candidatura própria do PT ao governo do Estado. E em matéria de eleições proporcionais, tem muito petistas que não querem nem ouvir falar em aliança com o PSD. Alguns temem servir apenas de “esteira”.

 

ERRO MÉDICO

O advogado Raul Canal, especialistas em Direito Médico, lançará em Natal, em meio à programação do 1º. Curso de Perícia Médica, que será realizado neste final de semana, o livro “Erro Médico e Judicialização da Medicina”. A obra apresenta um panorama de crescimento do volume de processos judiciais provocados por erros médicos. O Rio Grande do Norte ocupa a oitava posição no ranking de processos desta natureza, respondendo por 2,23 por cento dos casos que tramitam ou tramitaram no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

INTERDIÇÃO

A interdição de trechos das avenidas Rio Branco e Deodoro sob o viaduto do Baldo levou o caos ao trânsito no centro da cidade. E se transforma numa maldade com os trabalhadores, estudantes, comerciantes e servidores públicos que precisam, diariamente, transitar pela região central da cidade, livre das obras de mobilidade urbana. É de esperar que as obras de revitalização do Viaduto do Baldo sejam iniciadas e concluídas o mais rápido possível.

 

RECURSOS I

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados acolheu a tese de constitucionalidade da Proposta de Emenda Constitucional de n. 341/2013, que aumenta em 2 pontos percentuais a destinação de recursos do IPI e Imposto de Renda para o Fundo de Participação dos Municípios. Com isso, a Câmara instalará Comissão Especial para discutir o tema. A PEC não precisa de sanção presidencial. Basta a aprovação pelo Congresso. A proposta é de iniciativa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e entidades municipalistas.

 

RECURSOS II

A CCJC da Câmara dos Deputados também deu parecer favorável à PEC 406/2009 que propõe o aumento da parcela da arrecadação do ICMS e do IPI para os Municípios. No caso do ICMS, os Estados teriam que aumentar de 25% para 30% a parcela da arrecadação transferida às prefeituras. No caso do IPI, a PEC estabelece que a União aumente de 48% para 50% a parcela destinada a Estados e Municípios.

 

APOIE O MEU...

A decisão do prefeito Jaime Calado (PR) de apoiar o correligionário George Soares jogou terra nas pretensões do PMDB de São Gonçalo do Amarante que sonhava com o apoio do prefeito para reconquistar a cadeira perdida na Assembleia Legislativa. O ex-deputado Alexandre Cavalcanti, disse que o apoio de Calado a um nome de São Gonçalo era esperado como um gesto de reciprocidade.

 

...QUE EU APOIO O SEU

Cavalcanti, que atualmente é vereador em São Gonçalo, disse que o PMDB topa apoiar a candidatura da médica Zenaide Maia à Câmara dos Deputados. Zenaide é mulher de Calado e irmã do deputado federal João Maia.  

17 de Abril de 2014 às 13h33

2012, O ANO QUE AINDA NÃO TERMINOU

As recentes decisões judiciais que praticamente tiraram da disputa a prefeita afastada de Mossoró, Cláudia Regina, e a deputada Larissa Rosado, pré-candidatas ao pleito suplementar marcado para 4 de maio, aumentaram ainda mais o clima de incerteza em torno da escolha para prefeito no segundo maior colégio eleitoral do Estado.

Cláudia Regina e Larissa Rosado foram protagonistas, em 2012, de uma campanha acirrada, com troca de acusações sobre prática de abusos. Acusações que terminaram no âmbito judicial e resultaram no afastamento da prefeita e na condenação da deputada. A disputa chamuscou também a imagem da governadora Rosalba Ciarlini e resultou na sua condenação, por duas vezes, no Tribunal Regional Eleitoral. A governadora permaneceu no cargo por força de liminar obtida junto ao Tribunal Superior Eleitoral.

Com a convocação da eleição suplementar, as duas contendoras de 2012 voltaram à cena na condição de candidatas. E novas decisões judiciais as alcançaram, impedindo, por enquanto, que possam ser candidatas ao pleito.

A longa guerra jurídica trouxe inquietação, incertezas e aumentou o clima de radicalismo político em Mossoró. Se conseguir se manter longe destas batalhas e troca de acusações, o prefeito em exercício, vereador Francisco José Silveira Júnior, pode se transformar no maior beneficiário. Terá que ter habilidade, equilíbrio e convencer os eleitores mossoroenses de que é preciso seguir em frente.

Como resta muito pouco tempo para a eleição suplementar é de se esperar que os colegiados eleitorais decidam rápido e confirmem quem pode e quem não pode ser candidato. O eleitorado de Mossoró, uma das cidades que mais crescem no Nordeste, não pode ficar refém, por muito, dessa indefinição política. Para os mossoroenses, 2012 ainda não terminou. E para o bem da cidade e de seu povo, é preciso que termine.

 

 

Mossoró

Como este canto de página antecipou na semana passada. A eleição suplementar em Mossoró ganha novos e imprevisíveis contornos. As candidatas Larissa Rosado e Cláudia Regina tiveram seus registros negados pela justiça eleitoral. A primeira já recorreu a ultima instância (TSE) e perdeu. Não poderá concorrer o pleito. A segunda, perdeu em primeiro e segundo grau, e ainda tem direito ao recurso em Brasília, mas tudo leva a crer que também estará fora do pleito.

 

Mossoró II

Assim, os grupos políticos comandados pela governadora Rosalba Ciarlini e Sandra Rosado terão que encontrar nas próximas horas novos candidatos. Nomes com densidade eleitoral estão escassos.

 

Mossoró III

Livre, leve e solto e com um sorriso de um canto a outro da boca está o prefeito interino e candidato do PSD, Francisco José Silveira Júnior. Sua candidatura já vinha em fase de ascensão e agora com Larissa e Claudia fora do páreo a sua recondução ao cargo de chefe do executivo mossoroense fica mais fácil.

 

Novo nome

A engenheira Katia Pinto Secretária de Infraestrutura do Estado deve ser exonerada hoje para ter seu nome homologado como substituta de Claudia Regina às eleições.

 

Novo nome II

O vereador Layre Rosado Filho deve ser ungido à condição de candidato do PSB, em substituição à irmã Larissa.

 

Renovação

Diante do quadro político que se desenha para estas eleições, um fato inusitado deve ocorrer. A renovação na Câmara Federal será muito grande, podendo beirar os 100%. Saem do páreo Henrique Alves, Fatima Bezerra e João Maia, porque disputarão outros cargos e Paulo Wagner que não vai concorrer. Os outros quatro nomes Betinho Rosado, Felipe Maia, Sandra Rosado e Fabio Faria, terão enormes dificuldades a superar para retornar à Brasília na próxima legislatura.

 

Renovação II

O deputado Betinho Rosado está isolado com o seu Partido Popular. Não está encontrando "brecha" para se coligar e garantir o coeficiente eleitoral. Se continuar nesta situação, o parlamentar já confidenciou a amigos que sairá do pleito. Situação parecida está vivenciando o colega Felipe Maia, do Democratas. A coligação desenhada por seu pai, senador José Agripino, com o grupo liderado pelo PMDB pode não acontecere prejudicar sobre maneira o politico do DEM que também já pensa em desistir da disputa.

 

Renovação III

Os dois parlamentares restantes ( Fabio Faria e Sandra Rosado) lutam para superar dificuldades particulares. A mossoroense do PSB tem que vencer uma batalha judicial no TSE onde responde por processo de ilegibilidade e o representante do PSD precisa garantir uma coligação proporcional com o PT e outros partidos pequenos para assegurar a o seu terceiro mandato.

 

Cumprimentos

Deputado José Adécio Costa (DEM) vem sendo muito cumprimentado pela sanção governamental de seu projeto que permite o uso de bebidas alcóolicas na Arena das Dunas. O parlamentar havia apresentado, antes, outro projeto, e tinha sido vetado pelo poder executivo.

 

CEI

Definida a composição da CEI da bilhetagem na Câmara Municipal de Natal. O vereador Hugo Manso do PT foi escolhido presidente, Haroldo Alves (PSDB) vice e George Câmara do PC do B relator.

 

Reforma

O Tribunal Regional Eleitoral reformou sentença de cassação do mandato do prefeito de Extremoz Klauss Rego feita em primeira grau, assegurando ao político cumprimento do mandato conquistado nas urnas.

 

Justiça

O deputado Hermano Morais foi reconduzido como presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa.

 

DEM

As atenções do mundo político, após Semana Santa, se voltarão para as definições de candidaturas no DEM às próximas eleições. A Comissão Executiva Regional deverá se reunir para tomar uma decisão. 

11 de Abril de 2014 às 12h28

Dia D em Mossoró

Passadas as convenções partidárias que homologaram as seis candidaturas à prefeitura de Mossoró, a cidade, vive, nesta sexta-feira, 11,o primeiro grande momento do pleito eleitoral. Termina hoje o prazo para a justiça eleitoral aceitar ou não os registros dos candidatos. Se tudo correr como o previsto, dificilmente, o representante do Tribunal Regional Eleitoral mossoroense ratificará os nomes de Claudia Regina, candidata do DEM e de Larissa Rosado do PSB, já que ambas, em decisões anteriores do mesmo magistrado, tiveram seus direitos políticos suspensos. Certamente uma impugnará, além de ações promovidas pelo Ministério Público Eleitoral. 

Mas tanto Claudia como Larissa, devem estar com suas assessorias jurídicas prontas, para, amanhã, já entrarem no Tribunal Regional com seus recursos eleitorais a ponto de não impedirem de iniciar a campanha, já a partir de amanhã. Neste caso, elas passam a ser candidatas sub judice, podendo seus processos terem que ser decididos a nível de Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.

Assim, a campanha de ambas, além de curta, pelos prazos de eleição suplementar, deve enfrentar momentos de insegurança jurídica. Mais um atropelo que as duas mulheres da campanha terão que superar.

Neste sábado acontecem os primeiros comícios e a partir dai, começa a se desenhar o quadro da eleição, diante de tantas mudanças ocorridas na cidade no último ano. Pelo que se pode perceber antes dos sinais das ruas, três candidatos têm chances de obter êxito. São exatamente Claudia Regina e Larissa Rosado e mais o prefeito em exercício, vereador Francisco José Junior. Até o momento nenhuma pesquisa eleitoral foi registrada, mas nos bastidores há informações de que o pleito, mais uma vez, será de árduas e radiais batalhas. Os blocos entram no salão sem grande ensaio e com enredos desconhecidos, qual deles vai puxar mais gente, só os próximos dias dirão.  


 


Tensão

Apesar da aparente tranquilidade causada pela definição das candidaturas de Henrique Alves e João Maia, a governador e vice, por uma das chapas de oposição ao governo do Estado, o clima no âmbito da grande coligação que envolve quase vinte partidos é de tensão e a temperatura de graus altíssimos, não estando descartada a possibilidade de explosão a qualquer momento. É muita gente junto, com enormes interesses divergentes.

 

Tensão II

O foco atual das divergências concentra-se no DEM. O senador José Agripino, presidente da legenda fechou aliança com Henrique Alves para se coligar com o PMDB, mas os deputados estaduais peemedebistas não aceitaram o acordo, obrigando o DEM a tentar se coligar apenas com o PROS e com o PR. Assunto que ainda não está cem por cento resolvido.

 

Tensão II

Mas ai as reações dos liderados de Agripino começam a pipocar. No final de semana passada os democratas se reuniram no apartamento do líder e o clima esquentou ao ponto de dois deputados presentes afirmarem não ter a mínima condição de votar na chapa defendida por JA. Durante a semana, novas conversas aconteceram, mas o clima continua fervendo. O deputado Getúlio Rego chegou a sugerir o seu nome como candidato ao Senado, ao lado da governadora Rosalba Ciarlini. É o segundo nome que surge para o cargo, jáque o ex-deputado Ney Lopes já declarou que também topa a parada. O líder democrata não gostou nada da ideia.

 

Contas

Os últimos passos no condomínio democrata pode levar a governadora Rosalba Ciarlini decidir "bater chapa" na convenção, para ter seu nome aprovado à disputa pela reeleição.

 

Saúde

Deputado Betinho Rosado que se encontrava no Estado cuidando da renovação de seu mandato, viajou às pressas a São Paulo com problema de saúde. Só após análise clínica define se voltará à batalha eleitoral, que aliás, apresenta-se, com pouca possibilidade de êxito.

 

Fim

A ex-governadora, Wilma de Faria resolveu por fim às especulações que indicavam a possibilidade de sua candidatura ao governo do Estado. Em entrevista a uma rádio de Caicó, Wilma anunciou oficialmente sua candidatura ao Senado e inconteste aliança com o PMDB, no apoio ao deputado Henrique para o Governo. Seu suplente, indicado pelo PMDB, empresário Flavio Azevedo.

 

Estadual

De Mossoró chega a informação que o ex-deputado Carlos Augusto Rosado decidiu que seu grupo terá um candidato da terra à uma vaga na Assembleia Legislativa. Será o ex-secretário municipal Betinho Rosado Segundo. Vai chegar como um "trator" nas bases do conterrâneo Leonardo Nogueira, depois que esse, surpreendentemente, anunciou apoio ao candidato do PSD, Francisco José Junior, nas eleições suplementares de Mossoró.

 

China

O presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves dá uma folga nas articulações para a formação da maior aliança política da história recente da politica potiguar e vai respirar os ares do Oriente. Junto com seis deputados, realiza a partir de hoje visita oficial de sete dias à China.

 

Saneada

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, visitou esta semana, as obras da Estação de Tratamento de Esgotos do Distrito Industrial e anunciou que, após concluídas as duas fases das obras do Saneamento Básico da cidade, no próximo ano, Parnamirim será a primeira cidade do Nordeste a ser totalmente saneada. Parabéns à população, pelo grande trabalho da prefeitura.

 

Câmara Federal

O presidente da Federação das Indústrias do RN, empresário Amaro Sales, na condição de Presidentedo Conselho Temático da Micro e Pequena Empresa, discursou na última quarta-feira no plenário da Câmara Federal defendendo os interesses das pequenas e médias industrias brasileiras.

 

Encontro

O partido dos Trabalhadores no Estado realiza amanhã encontro da Executiva Regional para definir os nomes da agremiação para as disputas na chapa proporcional. O foco das discussões será a coligação com o PSD do governadorável Robinson Faria. O PT está dividido quanto ao assunto, e, segundo informações do PSD, caso os petistas não aceitem a coligação, a união entre os dois partidos poderá ser desfeita. 

 

Homenagem

A Assembleia Legislativa realizou na última quinta feira Sessão Solene para "devolução dos Mandatos" dos Suplentes da 5. Legislatura Cesário Clementino, Luiz Maranhão e Floriano Bezerra que tiveram seus direitos políticos cassados pela Revolução de 64. Justa homenagem.

 

14 de Março de 2014 às 13h01

MUDANÇA NECESSÁRIA

Algumas vozes, autorizadas ou não, já especularam que a troca de comando na Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) não passou de uma espécie de intervenção do Governo Federal.  Contribuíram para isso o anúncio ter sido feito no dia em que o ministro da Justiça, José Antônio Cardozo ter se reunido, em Natal, com a governadora Rosalba Ciarlini e autoridades do setor para discutir o planejamento e a atuação durante a Copa do Mundo de Futebol.

Contribuiu também o fato de o novo secretário, general de brigada da reserva remunerada do Exército Eliéser Girão Monteiro Filho, ter um vasto currículo que inclui atuação pela Presidência da República e o posto de adido militar na Embaixada do Brasil na Polônia.

Embora possa parecer, a chegada de Monteiro não foi uma intervenção. Mas se pode afirmar que foi uma mudança necessária. Após três anos no cargo, o delegado da Polícia Federal Aldair da Rocha, já manifestava insatisfação com os rumos de sua gestão. Enquanto os números da violência explodiam no Rio Grande do Norte, o policial federal deixava bem claro que a Sesed não receba, por contingenciamento ou falta de recursos, as verbas necessárias para enfrentar o avanço da criminalidade. A frustração era inegável e indisfarçável na despedida de Aldair da Rocha.

Cabe agora ao general Monteiro Filho, um oficial superior de larga experiência, provar que reúne as condições necessárias para articular ações conjuntas que possam dar resposta ao clima de insegurança que o norte-riograndense vive há anos. Se o enfrentamento da violência exigiu que o Estado aceitasse um nome indicado pelo Governo do Estado, e se isso representa apoio, articulação e condições de trabalho, então que se pague o preço. Se a Sesed recuperar seu poder de ação. E a violência for enfrentada como se deve, poderemos dizer que a troca – ou suposta intervenção – terá valido a pena. 

 


CHAPA

28 de março. Essa é a data em que o PMDB espera tornar pública a aliança com o PSB da vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria. Peemedebistas dão com certa a candidatura de Wilma ao Senado e a do deputado Henrique Alves ao Governo. Mas integrantes do PSB ainda alimentam a esperança de que a ex-governadora se lance candidata à sucessão estadual. Wilma havia dito nos quatro cantos do Rio Grande do Norte que somente tomaria uma decisão no mês de abril.

 

CHAPA II

Esperar abril chegar seria um grande problema para o PMDB. É que o partido, depois de não ter convencido as bases a aceitarem a candidatura do ex-senador Fernando Bezerra a governador, teria que correr para convencer o senador e ministro Garibaldi Filho a aceitar a missão de disputar o governo estadual. Tarefa não muito fácil, em razão de problemas de saúde e pressões familiares. E Garibaldi teria que deixar o Ministério da Previdência Social até 5 de abril.

 

VISITA

O novo secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, general Elíéser Girão Monteiro Filho, fez na tarde da quarta-feira, 12, uma visita técnica ao Comando do Corpo de Bombeiros Militar. Recebido pela cúpula de oficiais superiores, Girão quis saber das ações, das metas e de tudo relacionado à corporação. Uma das principais preocupações diz respeito ao funcionamento e atuação durante a primeira fase da Copa do Mundo.

 

FRUSTRAÇÃO

Se a chegada de um general de brigada da reserva do Exército para exercer o cargo de secretário de Segurança é cercada de grande expectativa quanto à sua atuação, a saída do delegado Aldair da Rocha, da Polícia Federal, foi marcada pelo sentimento de frustração. Aldair se disse frustrado e mostrou-se chateado por não ter conseguido, em três anos, realizar o que pretendia à frente da Sesed. Deixou para trás o legado do aumento da criminalidade em todo o Estado.

 

CONVOCAÇÃO

Se depender da deputada Márcia Maia, do PSB, o novo secretário de Segurança Pública deverá comparecer à Assembleia Legislativa para falar de suas metas de trabalho à frente da Sesed. A deputada protocolou requerimento para que o Legislativo convoque o general Monteiro Filho. Márcia lembrou, em seu requerimento, que o RN contabilizou, somente nos dois primeiros meses de 2014, nada menos que 274 homicídios. No ano passado, foram mais de 1.600.

 

SEM REUNIÃO

O Conselho de Desenvolvimento Metropolitano da Grande Natal, formado também pelos prefeitos dos municípios da região, vai completar quatro anos sem uma única reunião para discutir as soluções para os problemas. A informação é do presidente do Parlamento Comum da Região Metropolitana, vereador George Câmara, do PCB. Na opinião dele, a falta de reuniões prejudica o planejamento das ações em uma região onde os problemas se agravam a cada ano.

 

DESEMBARQUE

Em Mossoró, o deputado Leonardo Nogueira (DEM) confirmou que ele e sua mulher, a ex-prefeita Fafá Rosado, desembarcarão em definitivo do grupo político da governadora Rosalba Ciarlini e de seu marido, o ex-deputado Carlos Augusto Rosado. Nogueira, que há muito se tornara crítico do governo, apesar de correligionário da governadora, disse que faltou apoio dela aos seus projetos políticos. Fafá Rosado, que foi eleita com o apoio de Rosalba, voltou no ano passado ao PMDB.

 

CRISE

Apertem os cintos que o dinheiro sumiu. Esse bem que poderia ser o alerta da Secretaria do Tesouro Nacional ao divulgar os índices de correção do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e dos Estados (FPE) para os meses de março, abril e maio. Em relação a fevereiro, a receita de março deverá cair em torno de 40,7%. Em abril, na comparação com março, haverá aumento de 29% e para maio, na comparação com abril, está projetado um aumento de 22%.

 

CRISE II

Para não azedar de vez o humor de governadores e prefeitos, a STN divulgou também o comparativo com as transferências de FPE e FPM realizadas em 2013. De acordo com a STN, este mês de março terá 7,6% a mais de recursos do que o mesmo mês do ano passado. Para os meses de abril e maio, é estimado um crescimento de 29,4% e 9,8% em relação ao ano passado. 

 

ESTILO

Na visão de um experiente integrante da Câmara Municipal de Natal, os assuntos de interesse do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) transitam com tranquilidade pelos corredores e gabinetes do Legislativo Municipal, apesar do barulho do plenário. Segundo o calejado edil, enquanto a “oposição raivosa” brada e grita, o prefeito consegue aprovar quase tudo que deseja. 

 

TIROTEIO

O lançamento dos editais do Programa RN Sustentável, feito pela governadora Rosalba Ciarlini nas regiões de Assu/Mossoró, Pau dos Ferros e Apodi, incomodou a ex-governadora Wilma de Faria. Ou pelo menos as declarações feitas pela governadora a respeito do empréstimo contraído junto ao Banco Mundial. Wilma usou o microblog Twitter para questionar algumas afirmações feitas por Rosalba. 

 

INCÊNDIO

As labaredas do incêndio que envolvem o PMDB da Câmara dos Deputados e o Palácio do Planalto ameaçam queimar até o vice-presidente da República, Michel Temer. Segundo o site Congresso em Foco, já tem peemedebista acusando Temer de ser “um falso interlocutor” do partido e estar agindo apenas para se manter na chapa de reeleição da presidente Dilma. 

07 de Março de 2014 às 11h19

2014, UM ANO DE AGENDA CHEIA


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

Com um carnaval na primeira semana de março e uma Copa do Mundo de Futebol entre junho e julho, 2014 será, sem sombra de dúvidas, um ano atípico e muito curto. Os primeiros a sofrer os efeitos desse ano diferente estão sendo os alunos de escolas públicas e privadas, que tiveram férias mais curtas para poder curtir alguns dias a mais de folga no meio do ano.

Para completar a agenda atribulada, 2014 ainda terá, no segundo semestre, uma campanha eleitoral em que estarão em disputa os cargos de presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador, deputado federal e estadual.

A campanha promete ser disputada. Estão em jogo a continuidade de um projeto político do Partido dos Trabalhadores, implantado há dez anos, e as esperanças dos principais partidos da Oposição de buscarem uma alternativa que receba o apoio da maioria dos descontentes.

A economia está em processo de desaceleração, o que é normal se levarmos em conta o cenário internacional de crise que nos cerca há alguns anos. O País avançou e muito nas últimas duas décadas graças à estabilidade econômica e à melhoria dos mecanismos institucionais. Mas a maioria dos brasileiros quer mudanças. E quer mais. Mais saúde, mais Educação, mais segurança e menos violência.

O maior desafio para os atuais e futuros governantes e parlamentares é saber interpretar o que os eleitores, cada vez mais cidadãos e contribuintes, desejam para si mesmos e para o País. 

 

 


TENSÃO

A tensão que domina as relações entre a bancada do PMDB na Câmara dos Deputados e o Palácio do Planalto pode contribuir decisivamente para o afastamento entre peemedebistas e petistas nos Estados. E se o Rio Grande do Norte ainda é considerado viável para uma aliança eleitoral, o fato é que os petistas potiguares alegam que foi o PMDB quem bateu a porta e encerrou as conversações. O PMDB devolve a acusação, dizendo que foi o PT que anunciou o distanciamento.

 

TENSÃO II

Na volta do feriadão de carnaval nos Estados, o deputado Henrique Alves, presidente da Câmara e do PMDB do Rio Grande do Norte, terá uma dupla e árdua missão. Primeiro, encontrar um nome do partido que aceite ser candidato a governador e, segundo, debelar o incêndio que atinge as relações entre PT e PMDB em nível nacional. Mas, Henrique tem problemas pela frente.

 

TENSÃO III

Em Brasília, petistas e ocupantes do Palácio do Planalto dizem que ele está por trás das estratégias de deputados do PMDB que resolveram enfrentar a presidente Dilma Rousseff. Em Natal, os petistas, que insistem na candidatura da deputada Fátima Bezerra ao Senado, garantem que foi o PMDB quem excluiu o PT da chapa majoritária. Tanto em Brasília quanto em Natal, Henrique Alves vai precisar de muito jogo de cintura para apagar as chamas sem se queimar.

 

PRESENÇA

Candidatíssimas às próximas eleições majoritárias, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB) e a deputada Fátima Bezerra (PT) brilharam praticamente sozinhas em alguns dos festejos de carnaval mais movimentados do Estado. Fátima esteve em vários lugares acompanhada do vice-governador Robinson Faria (PSD), pré-candidato a governador. Se a presença em festas de carnaval garantem simpatia e voto, os três partiram na frente. E outro carnaval agora só no ano que vem.

 

REDINHA

No concorrido e popular carnaval da Redinha, o vereador Rafael Motta (PROS), presidente regional da legenda e pré-candidato a deputado federal, também marcou presença. Fotógrafos registraram o encontro de Rafael com Wilma e Fátima Bezerra. O apoio do PROS é importante para qualquer candidato às eleições majoritárias, mas Rafael brincou, sorriu, distribuiu simpatia, mas não revelou quem o PROS apoiará para o Senado: Wilma e Fátima. Folia é folia, votos à parte.

 

ADUTORA

O ex-prefeito de Currais Novos, Zé Lins (PMDB) lançou o movimento “Currais Novos: Adutora Já!”, que começa a ganhar forças nas redes sociais. Com 45 mil habitantes, o município tem apenas duas fontes de abastecimento d’água: o açude Dourados, que está seco, e uma pequena adutora que traz água do Açude Gargalheiras, no vizinho município de Acari. Se não voltar a chover nos próximos três meses, a cidade enfrentará o colapso total no abastecimento.

 

ADUTORA II

Reuniões já foram realizadas com integrantes da bancada do Estado no Congresso Nacional e também com o Governo do Estado. A proposta do movimento é que seja elaborado um projeto para implantar uma adutora capaz de garantir o abastecimento de Currais Novos. A ideia é captar água na Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu. Zé Lins garante que o movimento veio para ficar porque Currais Novos precisa de uma solução definitiva.

 

LAJES

Vários municípios do Rio Grande do Norte suspenderam ou cancelaram gastos públicos na promoção de festejos de carnaval. Em Lajes, administrada por Benes Leocádio, que também é presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, encontrou-se uma solução interessante: uma parceria entre empresários locais garantiu os festejos em local fechado, com acesso gratuito. Foi a forma encontrada para que a população não ficasse sem os festejos.

 

AGENDA NATAL

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Natal lançou uma página no Facebook denominada Agenda Natal, na qual os interessados podem encontrar os eventos de arte (shows musicais, teatro e circo) e também de lazer, incluindo passeios, recreação e oficinas. Na Agenda Natal, também podem ser vistas as atrações já garantidas para o Fifa Fan Fest. Em breve, a Agenda Natal ganhará site próprio e aplicativo para rodar nas plataformas Android e iOS.

 

LIVRO

O advogado e professor Ricardo Duarte Jr. lança às 19 horas do próximo dia 13, na Livraria Saraiva, do shopping Midway Mall, o livro “Agências Reguladoras, Poder Normativo e Democracia Participativa – uma questão de legitimidade. A obra pretende facilitar a compreensão do exercício da democracia participativa na administração pública brasileira no presente século.

 

AIDS

A comprovação, feita por estudo nacional, de que o Rio Grande do Norte experimentou entre 2002 e 2012 um crescimento da ordem de 177 por cento em mortes decorrentes da contaminação pelo HIV, transmissor da Aids, acendeu um sinal alerta entre as autoridades de Saúde. O crescimento é preocupante e revela que um comportamento mais cuidadoso em termos de prevenção, tendência dos anos 90, foi abandonada aos poucos. Falta conscientização e sobram comportamentos de risco.

 

MOBILIDADE

O vereador Giovani Júnior (PSD), de Parnamirim, participou, antes do carnaval, do evento de abertura das propostas de empresas que concorrem na licitação das obras de mobilidade urbana na BR-101, entre o acesso a Cajupiranga e o bairro de Neópolis. Serão construídos cinco viadutos e dois túneis. Uma solução para o caótico trânsito entre as duas cidades.

28 de Fevereiro de 2014 às 00h00

DEM PROCURA UMA SAÍDA


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

O Partido Democratas (antigo PFL) vive um dos momentos mais difíceis de sua história no Rio Grande do Norte. Pouco mais de três anos depois de conseguir eleger a então senadora Rosalba Ciarlini para o Governo do Estado, o partido comandado regional e nacionalmente pelo senador José Agripino Maia enfrenta uma crise inimaginável em 2010. Por diversos fatores, o auge do partido foi também o início de sua descida lenta e gradual.

A governadora amarga índices impressionantes de impopularidade que nem as boas ações e intenções do governo no campo do desenvolvimento conseguem reverter ou amenizar. Os problemas nas áreas de Saúde e Segurança e até mesmo o mau humor despertado em parcelas cada vez maiores da população com os investimentos públicos na construção de obras para a Copa do Mundo de Futebol conseguem suplantar qualquer ação positiva.

A renhida batalha pela Prefeitura de Mossoró em 2012 rendeu inúmeros processos contra a governadora e a prefeita eleita e empossada Claudia Regina, que terminou afastada do cargo. Rosalba já foi condenada por duas vezes, pelo TRE-RN, por crime eleitoral, mas conseguiu permanecer à frente do governo por força de liminares concedidas pelo TSE.

Sem opções de candidatura ao governo, o DEM se vê obrigado a buscar alianças que priorizem a renovação dos mandatos de um deputado federal e três estaduais. E isso implica o não lançamento de uma candidatura própria ao governo. No caso, a de Rosalba Ciarlini em busca da reeleição.

O silêncio reina absoluto no partido. Mas o tempo está passando. E se aproxima o momento de o DEM fazer o seu acerto de contas interno. Impossível prever o que poderá acontecer depois. Mas uma coisa é certa: o partido caminha, sob risco de esfacelamento, para o final do período de governo que tanto sonhou em reconquistar. 


 



MOSSORÓ

Pelo menos três chapas já estariam definidas para disputar a eleição suplementar para prefeito de Mossoró: A deputada Larissa Rosado (PSB) tem como vice um nome do PMDB, o prefeito em exercício Francisco José Silveira Júnior (PSD), com um nome do PT e Kátia Pinto, do DEM, tendo como companheiro de chapa um indicado pelo PP. A governadora Rosalba Ciarlini tem pela frente o desafio de acomodar os interesses da prefeita afastada Cláudia Regina, que não desistiu ainda de ser candidata.

 

MUDANÇAS

Conhecida com um verdadeiro chapão, a corrida para deputado federal poderá enfrentar sérias mudanças este ano, se confirmadas candidaturas de Henrique Alves, João Maia e Fátima Bezerra às eleições majoritárias. Juntos, eles obtiveram mais de 500 mil votos nas eleições de 2010. Para quem migrariam estes votos? Os de Henrique para uma possível candidatura de Walter Alves, os de Fátima Bezerra para Fernando Mineiro e os de João Maia em parte para Felipe Maia, do DEM.

 

MUDANÇAS II

Além da possível saída de três deputados, a mudança no quadro seria ainda maior com a situação difícil do Betinho Rosado, que deixou o DEM e se transferiu para o PP. Para se reeleger, precisaria garantir uma boa aliança. Com o DEM, Betinho estaria batendo esteira para Felipe Maia. Outros partidos grandes, como o PMDB, não querem nem ouvir falar.

 

MUDANÇAS III

Nesse novo cenário poderão ser candidatos com chances de eleição o deputado estadual Walter Alves, o também deputado Fernando Mineiro e o vereador Rafael Motta. Sandra Rosado, Felipe Maia, Fábio Faria tem boas chances, dependendo da coligação, de renovar o mandato. Atrás de duas vagas estariam Fafá Rosado, Paulo Wagner, Sávio Hackradt, Rogério Marinho e Abraão Lincoln.

 

AEROPORTO

Que soluções serão dadas para os trabalhadores que atuam na área de prestação de serviços (incluindo taxistas) no Aeroporto Augusto Severo, cuja desativação está bem próxima. O assunto tem motivado debates na Câmara Municipal de Parnamirim mas, curiosamente, não parece estar preocupando os órgãos públicos. A questão é importante não só para Parnamirim mas também para o desenvolvimento da região Metropolitana da Grande Natal.

 

AEROPORTO II

Para o deputado Hermano Morais, do PMDB, é lamentável que muitas coisas estejam acontecendo na Grande Natal sem que o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana, integrado também pelos prefeitos, não seja convocado. São assuntos de interesse comum, como trânsito, transporte, saúde, educação e segurança pública. E agora, a desativação do Augusto Severo e ativação, prevista paa abril, do Aeroporto Internacional Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante. 

 

MINISTROS

O presidente da Confederação Brasileira de Pesca e Aquicultura, o potiguar Abraão Lincoln, anunciou que dois ministros do governo da presidente Dilma Roussef confirmaram presença no 5º. Grito da Pesca, marcado para o dia 22 de março em Natal. Marcelo Crivela, da Pesca, e Manoel Dias, do Trabalho e Emprego, estarão em Natal para o evento convocado pela entidade que Lincoln preside pelo segundo mandato consecutivo.

 

CADÊ?

O Sindicato dos Policiais Civis do RN quer saber onde foi parar a minuta do projeto de lei que cria o Estatuto dos Servidores e a Lei Orgânica do Itep. Concluída há meses pela Consultoria Geral do Estado, aprovada pela categoria dos servidores, foi protocolada no Gabinete Civil, de onde deveria ser encaminhada à apreciação da Assembleia Legislativa. Mas, virou uma espécie de Conceição. Ninguém sabe, ninguém viu.

 

SAÚDE 

A unidade móvel do programa Sesc Saúde da Mulher chegou no último 25 à cidade de Lajes onde permanecerá pelos próximos 60 dias. Durante esse período, a unidade deverá realizar mais de 5 mil atendimentos, sendo 1.200 exames preventivos, 600 mamografias, 300 ultrassonografias e mais de 3 mil atendimentos em saúde básica feminina. São serviços gratuitos. 

 

MEIO AMBIENTE

O Fundo Nacional sobre Mudanças do Clima tem R$ 380 milhões para investir em iniciativas que visem à proteção ambiental e redução dos gases do efeito estufa. Estados, municípios, institutos, universidades e organizações da sociedade civil que tiverem interesse poderão apresentar proposta ao Ministério do Meio Ambiente para financiamento de projetos ambientais. A data limite é 15 de março próximo. São dois editais disponíveis. O resultado sairá no dia 15 de abril.

 

CARNAVAL

O que os políticos vão fazer durante o Carnaval? José Agripino viaja para a Europa, mesmo destino de Fernando Bezerra, que deixou o sossego da vida empresarial e voltou à baila como pré-candidato a governador pelo PMDB. Henrique Alves segue para os Estados Unidos. Wilma de Faria permanece no Rio Grande do Norte e vai ao interior. A deputada Fátima Bezerra permanece em Natal.  Parece coisa do tipo: quem quer fica, quem não quer vai. 

 

PARA TODOS

Aos leitores desta coluna e do Jornal Metropolitano, nossos sinceros votos de um carnaval com saúde e paz. Uma boa dica: Se for para exagerar, que seja na alegria.

21 de Fevereiro de 2014 às 12h40

UM PROJETO PARA O RN

Há muito tempo que as páginas políticas de jornais e de sites e portais de informação geral dão amplo espaço para a discussão em torno da escolha de candidatos a cargos majoritários – governador e senador – e às eleições proporcionais – deputados federais e estaduais. É fato que o debate sobre arranjos partidários com vistas às alianças eleitorais está em curso e faz muito tempo. É natural do processo político.

Mas é bom que os partidos e as lideranças políticas também se preocupem em apresentar propostas concretas que possam ir muito além da troca de declarações e impressões sobre viabilidade eleitoral de candidato A ou B. Os cidadãos estão preocupados com a solução de problemas sérios em áreas como Saúde, Segurança, Educação e oferta de empregos.

Até agora nenhum partido ou liderança política que pretende se candidatar às próximas eleições apresentou pelo menos um esboço do que pretende fazer a partir de 2015 para ajudar a resolver problemas enfrentados pelo povo do Rio Grande do Norte. Podem argumentar que a época própria para isso será a campanha eleitoral, que possibilita a exposição de ideias na televisão e no rádio, além dos encontros nas ruas.

É bom que os políticos saibam que o perfil do eleitor brasileiro está mudando. Temos hoje cidadãos cada vez mais exigentes e preocupados com soluções para problemas do seu dia-a-dia. O clientelismo e o assistencialismo já não atraem tanto um boa parcela do eleitorado. Para cativar esse eleitor e receber o seu voto, é preciso apresentar um projeto viável para o Rio Grande do Norte. Mãos à obra, então. 

 

 


SALVE FELIPE

Está em curso, dentro do Partido Democratas do Rio Grande do Norte, uma operação que bem que poderia se chamar “Salve Felipe”. Coordenada pelo senador José Agripino Maia, presidente nacional e maior liderança regional do partido, a operação visa assegurar uma coligação partidária para viabilizar a renovação do mandato do deputado federal Felipe Maia, filho do senador. A aliança eleitoral deverá reunir o DEM e o PMDB do deputado Henrique Alves.

 

SALVE FELIPE II

Deputados estaduais do DEM sabem da operação e conhecem suas estratégias, que passam pela negativa do partido a um pedido de apoio da governadora Rosalba Ciarlini a um possível (mas considerado improvável) projeto de reeleição. Os deputados continuam em silêncio porque acham que a operação Salve Felipe pode ajudar também a viabilizar a renovação de seus mandatos. A estratégia é trabalhar em silêncio e deixar o tempo correr. Até junho.

 

ENFIM, A ZPE

A Zona de Processamento e Exportação de Macaíba começa a sair do papel. Nesta sexta-feira, às 11 horas, na Escola de Governo, será assinado o contrato de construção, que ficará a cargo da empresa Unihope Imobiliária, Administração e Construção Civil Ltda, que explorará a ZPE por 25 anos. A empresa paulista ficará responsável pela infraestrutura, administração e captação de indústrias para o empreendimento que começou a ser falado e prometido no Estado há pelo menos 26 anos.

 

QUEROSENE

A deputada Márcia Maia (PSB) apresentou à Mesa Diretora da Assembleia requerimento a ser encaminhado à governadora Rosalba Ciarlini (DEM). A parlamentar oposicionista propõe que o governo do Estado reduza de 25% para 12% a alíquota do ICMS sobre o querosene de aviação. A medida, segundo Márcia, ajudaria a captar mais voos para o Rio Grande do Norte. Como se trata de matéria tributária, a iniciativa da redução só pode ser proposta pelo Governo.

 

COPA

Gente para vender bebidas e alimentos durante os quatro jogos da Copa em Natal é o que não vai faltar. A empresa CSM Brasil vai selecionar 1.000 pessoas com idades acima de 18 anos para atuar na Arena das Dunas. A empresa não exige experiência e oferecerá treinamento a partir do mês de maio. A remuneração será por meio de pagamento de diárias. Quem estiver a fim, basta acessar o site www.querovestiracamisa.com, onde estará publicada a documentação necessária.

 

ESTRATÉGIA

A presença da deputada Fátima Bezerra no almoço de homenagem à vice-prefeita de Natal Wilma de Faria e declarações feitas pelo presidente municipal do PT de Natal, ex-vereador Juliano Siqueira, foram entendidas como parte de uma estratégia para avisar ao PMDB que há alternativas eleitorais que podem não incluir o maior partido do Estado. Os meios políticos e analistas apontam que se Wilma sair candidata ao Governo e Fátima Bezerra ao Senado, todos os demais projetos políticos perderiam força e viabilidade eleitoral.

 

ESTRATÉGIA II

Para completar o elenco de mensagens políticas, voltada ou não para potenciais aliados e adversários, a deputada Fátima Bezerra postou no seu perfil no microblog Twitter um registro de sua participação na reunião com a Executiva Nacional do PT. Escreveu, com todas as letras, que o projeto petista continua sendo disputar o Senado, manter a vaga na Câmara dos Deputados e ampliar a representação na Assembleia Legislativa.

 

MENSAGEM

A governadora Rosalba Ciarlini viveu no último dia 17, na Assembleia Legislativa, uma das mais tumultuadas aparições públicas do seu mandato. Ela quase não consegue fazer a leitura da tradicional mensagem anual ao Legislativo. Teve de abrir mão da revista às tropas e entrar no Palácio José Augusto por um acesso lateral, restrito aos deputados. Manifestantes ocuparam a praça Sete de Setembro e as galerias, tumultuando o evento.

 

MENSAGEM II

No breve encontro com os jornalistas, a governadora Rosalba Ciarlini garantiu que não é de desistir e que participará da campanha eleitoral deste ano. Mas não respondeu de forma concreta se será candidata ou não à reeleição. Rosalba argumentou que tomará uma decisão depois da Copa. Aqui vai uma pista: depois da Copa já terá passado o prazo para realização das convenções partidárias, que escolhem os candidatos. Se Rosalba quer ser candidata, terá que decidir antes da Copa.

 

CAMPANHA

“Viva o seu Município. Você nasceu aqui. Não o deixe morrer”. Este o lema da campanha que a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e suas entidades estaduais apresentarão aos brasileiros a partir deste dia 23 de fevereiro. A ideia é sensibilizar a população a participar da campanha em defesa dos municípios, às voltas com enormes dificuldades financeiras. Para 11 de abril está marcado o protesto dos prefeitos e fechamento de portas de todas as prefeituras.

 

VIOLÊNCIA

O deputado Vivaldo Costa ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa esta semana para manifestar sua preocupação com o avanço da violência nas pequenas e médias cidades do interior do Estado. Ele afirmou que estudos sociológicos apontam que o fenômeno da migração para o interior é um fenômeno recente. E disse que a principal causa dessa transferência é o avanço das drogas, principalmente do crack, que causa imediata e enorme deficiência entre os jovens.

 

TELHADO

A julgar pelos movimentos realizados pelo comando e pelas bases peemedebistas nas últimas duas semanas, o projeto de candidatura do ex-senador Fernando Bezerra a governador do Estado, pelo PMDB, subiu no telhado. 

31 de Janeiro de 2014 às 11h14

JUNTOS E MISTURADOS


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

Pelo andar da carruagem, o PMDB caminha a passos céleres para formar uma ampla aliança eleitoral, reunindo o PSB de Wilma de Faria, o PROS de Ricardo Motta, o PR de João Maia, o PV de Paulo Davim e o DEM de José Agripino, dentre outros. Para consumo interno, o objetivo é viabilizar a candidatura própria ao Governo, possivelmente com o lançamento do nome do empresário e ex-senador e ex-ministro Fernando Bezerra. Para consumo externo, o discurso é a aliança em prol do Rio Grande do Norte e a necessidade de dar novo direcionamento à administração estadual.

Pelos nomes e siglas relacionados acima, você, leitor, perceberá facilmente, que ficam faltando alguns. De fora, logo de cara, ficam a governadora Rosalba Ciarlini, seu marido Carlos Augusto e o grupo deles. Trata-se de uma exclusão natural. Afinal, a mudança no comando do governo é o atrativo do PMDB para arregimentar tanta gente e partidos.

De fora também, por efeitos colaterais, ficam o PSD do vice-governador Robinson Faria e o PT, que tem Fátima Bezerra como candidata ao Senado. Com a opção pela “Aliança Ampla”, que muitos preferem chamar de “Acordão”, o PMDB se prepara para reunir os contrários na eleição presidencial.

O PT já deixou claro que não subirá em palanque que tenha o DEM e o PSDB. E incluiu, por motivos óbvios, o PSB de Wilma de Faria, que terá como candidato à Presidência da República o governador pernambucano Eduardo Campos.

O PT não aceita fatiar o palanque de Dilma. O PMDB, pelo visto, não se importa tanto assim. Em 2010, já promoveu algo parecido. 

 

 

 


REELEIÇÃO

Os aliados da governadora Rosalba Ciarlini começam a se mobilizar na defesa de um possível projeto de reeleição. Sentindo que o comando do Democratas trabalha para negar a legenda à governadora, o deputado federal Betinho Rosado (PP) declarou que pelo apoio que o grupo de Rosalba sempre emprestou ao líder democrata merece a retribuição na forma de apoio à campanha da reeleição. Betinho Rosado é cunhado de Rosalba e preside o PP, cujo comando tomou do deputado Ricardo Motta.

 

REELEIÇÃO II

Outro que soltou a voz em defesa de Rosalba foi o ex-deputado federal Ney Lopes de Souza. Ele disse acreditar que o Tribunal Superior Eleitoral reformará as duas sentenças do Tribunal Regional Eleitoral que decretaram a inelegibilidade da governadora. Disse também que as ações do governo avalizam o projeto de reeleição. Ex-vice-prefeito de Natal, Ney Lopes é pai de Ney Lopes Júnior, coordenador estadual do Procon.

 

REELEIÇÃO III

Enquanto isso, o senador José Agripino, que na semana passada reuniu os deputados estaduais do DEM na casa de Leonardo Nogueira-Fafá Rosado, na praia de Tibau, trabalha para que a decisão partidária de priorizar as candidaturas a deputado seja tomada pelo Diretório Estadual. Caso a estratégia dê certo, a decisão partidária não soaria como um rompimento do próprio José Agripino com o casal Rosalba Ciarlini-Carlos Augusto Rosado. Democratas dentro e fora de governo vivem clima de ansiedade e angústia. A decisão está muito próxima.

 

DILEMA

Decidido a manter a candidatura da deputada federal Fátima Bezerra ao Senado, o PT vai procurar o comando do PDT no Estado, cujo presidente é o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves. Contando com amplo apoio do PT e do Governo Federal, Alves terá uma difícil escolha pela frente. Ou apoia o projeto dos primos Henrique e Garibaldi Filho de formarem uma aliança ampla ou apoia a candidatura de Fátima Bezerra. Ou seja: terá que escolher entre a vice Wilma de Faria e a aliada Fátima.

 

JUVENTUDE

A Juventude do PMDB tem atormentado o presidente regional do partido, deputado Henrique Alves. Na última quarta, 29, véspera da reunião da Executiva, os principais nomes da JPMDB promoveram uma espécie de “rolezinho virtual”, defendendo a candidatura de Henrique a governador. A jornalista e blogueira Laurita Arruda, mulher do atual presidente da Câmara dos Deputados, elogiou a postura aguerrida dos jovens peemedebistas.

 

JUVENTUDE II

As principais lideranças da JPMDB se articulavam para marcar presença na sede do Diretório Regional, no bairro do Tirol, na tarde da quinta-feira, 30. A Juventude não tem assento na Comissão Executiva, que se reuniria para tratar das eleições deste ano, e alguns dos seus líderes reclamam que sequer tiveram o direito de conhecer a composição do Diretório. Dependendo do encaminhamento da reunião da Executiva, a Juventude do PMDB prometia fazer muito barulho. Mesmo do lado de fora da sala de reunião.

 

REUNIÕES

Na reunião da Comissão Executiva Regional do PMDB, de acordo com fontes do partido, o deputado Henrique Alves pretendia definir um calendário de reuniões – seis ao todo – a serem realizados em dois finais de semana em diversas regiões do Estado. Seriam três reuniões em cada final de semana. Os objetivos: discutir o projeto de candidatura própria ao Governo do Estado e aproveitar para apresentar o empresário, ex-senador e ex-ministro Fernando Bezerra, às bases partidárias.

 

ORDEM DE SERVIÇO

O professor e vereador de Parnamirim Giovani Rodrigues Júnior participou na última terça-feira (28), juntamente com o prefeito Maurício Marques, da solenidade de assinatura da Ordem de Serviço da Pavimentação asfáltica das ruas Antonio Lopes Chaves, Domingos A. Queiroz, Joaquim Lopes Pereira, Antônio Lopes Filho e Rua dos Cajueiros, todas elas localizadas em Nova Parnamirim. Além do vereador Giovani Júnior, outras autoridades estiveram presentes, além dos secretários da atual administração municipal.

 

CASA DA CIDADANIA

Projeto idealizado por Giovani Júnior, a Casa da Cidadania, retoma suas atividades já na primeira semana de fevereiro. A primeira reunião da Casa da Cidadania será na primeira quinta-feira do mês, dia 6, em local ainda a ser definido. A Casa da Cidadania tem como objetivo visitar todos os bairros de Parnamirim, para que o vereador conheça de perto dos problemas de cada comunidade.

 

MINHA CASA...

Os contemplados com os imóveis dos residenciais Terras de Engenho 1 e Terras de Engenho 2, em Parnamirim,  foram chamados esta semana pela Caixa Econômica Federal para assinar o contrato. Esta será a última etapa antes da entrega dos imóveis, prevista para o início de fevereiro. Os dois conjuntos residenciais foram construídos no bairro Santa Tereza.

 

...MINHA VIDA

Os dois conjuntos residenciais estão situado a três quilômetros do centro de treinamento do América Futebol Clube e a dez minutos do centro de Parnamirim. Com os imóveis dos residenciais Terras de Engenho 1 e 2, chega a 3.728 o número de apartamentos, distribuídos em oito empreendimentos do Minha Casa Minha Vida para famílias de baixa renda no município.

 

DENGUE

A Secretaria Estadual de Saúde Pública recepcionará no período de 10 a 14 de fevereiro, em Natal, uma equipe do Ministério da Saúde que ministrará uma oficina para a elaboração do Plano de Contingência da Dengue no Rio Grande do Norte. O plano objetiva sistematizar ações e procedimentos para enfrentar a dengue no Estado. Diversos setores da Sesap estarão envolvidos, incluindo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

24 de Janeiro de 2014 às 11h13

A Arca de Henrique

Instalado diante do belo mar de Jacumã, no litoral norte do RN, fonte inesgotável de inspiração, o presidente da Câmara dos Deputados e do diretório estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, vem sendo o centro de todas as discussões sobre a política estadual neste início de ano. É quem articula tudo e quem tem o poder de falar, não só por seu partido, mas por todo um agrupamento de políticos e de legendas no desenho do mapa eleitoral de 2014. É o centro absoluto do poder e da busca por mais poder.

E é nesta condição, que o parlamentar planeja montar o maior arco de alianças politicas já visto para uma eleição no Rio Grande do Norte, superando o pai, estrategista e um dos maiores líderes do RN, Aluízio Alves, quando  surpreendeu o Estado juntando-se a Jessé Pinto Freire, seu então inimigo político.Pretende Alves, agora, juntar gregos e troianos com um só objetivo e montar uma verdadeira Arca de Noé, tal a diversidade dos participantes do "pacto".

PMDB, PR, PROS, PDT, DEM, PSB, PMN, e PSDB, além de outras legendas sem maior expressão estão dentro do arco de visão do peemedebista. Para compor este arco íris de cores e desejos, egos de então esquecidos são massageados, reavivados;concorrentes atropelados sem pudor e sem sacrifício; aliados de outras lutas, desprezados. Promessas e compromissos pagáveis ou não, assumidos. Tudo em nome de se formar um grande time para "reconstruir o Estado", e compor para as chapas proporcionais da Câmara Federal e Assembleia Legislativa, praticamente antecipando o resultado das urnas.

Barrados desse planejamento, apenas alguns gatos pingados. Rebeldes que não se amoldaram às convicções da cabeça pensante, fadados ao insucesso antecipado, se pretenderem caminhar isoladamente. 

Será "acordão" ou não, mas o fato é que devem estar em um só palanque, figuras que até bem pouco tempo não se imaginavam juntas. Henrique Alves, Garibaldi Filho, Fernando Bezerra, Wilma de Faria, José Agripino, João Maia, Ricardo Motta, Rogério Marinho, Carlos Eduardo Alves.

As oito vagas da Câmara Federal, definidas. Divididas. Contemplados: Henrique Alves, João Maia, Sandra Rosado, Felipe Maia, Rafael Motta, Rogerio Marinho, Antônio Jácome, e, se resolverem "se enquadrar", Fátima Bezerra e Fabio Faria. Nove nomes para oito vagas. Se ficarem de fora, entram os "suplentes", Savio Hackradt e Paulo Wagner.

Para Assembléia, o desenho segue o mesmo raciocínio. 

Nadando em águas mansas. Fernando Bezerra (governo) e Wilma de Faria (senado). Mais cômodo, impossível. Só falta agora combinar com o povo. 


 



Dilma

A presidenta Dilma Rousseff, em companhia da governadora Rosalba Ciarlini, inaugurou quarta-feira o estádio Arena das Dunas. Solenidade simples, sem discursos, em ano de eleição e de protestos, a fim de não criar problemas. Tudo milimetricamente organizado pelo Cerimonial da Presidência da República.

 

Presidente

O presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, se reúne, hoje, no Hotel Monza, em Natal, com o diretório regional da sigla para traçar os rumos petistas nas eleições deste ano. Na pauta, as possíveis coligações que o partido pretende fazer. Maior discussão será a aliança com o PMDB. Os últimos desdobramentos indicam enorme dificuldade na coligação com os bacurais que se manifestam publicamente por uma aliança com a ex-governadora Wilma de Faria, potencial concorrente da Fátima Bezerra pela cadeira do Estado no Senado. 

 

Plano B

Caso não consigam "sensibilizar" os líderes do PMDB para uma coligação encabeçada pelo empresário Fernando Bezerra (governo) e a deputada Fátima Bezerra (Senado), o PT pretende procurar imediatamente o vice-governador Robinson Faria para firmar aliança com PSD.

 

Plano C

Em último caso, se não houver avanço com o partido liderado pelo vice-governador Robinson Faria em uma coligação que envolveria também partidos de esquerda, como PC do B e de centro, entre os quais, PROS, Partido da Solidariedade e o PDT do prefeito Carlos Eduardo, há dentro do PT um grupo que defende o retorno da candidatura do deputado Fernando Mineiro ao Governo do Estado, ficando a deputada Fátima Bezerra como candidata a reeleição para o seu quarto mandato federal. 

 

Troco

Por outro lado, sendo obrigado a "fechar" com Robinson, em função da rejeição do PMDB, ou tendo que retirar o nome de Fátima da disputa pelo Senado, como deseja toda a cúpula do partido em nível nacional, o PT do Rio Grande do Norte deve ensaiar um "troco" a Henrique Alves. Defenderá um nome do Partido para presidente da Câmara, a fim de contrapor a possível candidatura de Alves à reeleição no comando da Câmara Federal.

 

Mossoró

Contando como certa a aliança DEM/PMDB em outubro, o Senador José Agripino, presidente dos democratas no Estado, estaria tratando, nos últimos dias, da aliança dos dois partidos também em Mossoró, na possível eleição suplementar. Segundo uma fonte que vem acompanhando as conversas nos alpendres do litoral norte de Natal, JA teria prometido a Henrique Alves que o Democrata não lançaria candidato à sucessão mossoroense, decidindo por apoiar um nome indicado pelo PMDB.

 

Patrimônio

E a moeda que fortalece o Senador e Presidente Nacional do DEM nas conversações com o PMDB, segundo uma fonte bem postada junto aos democratas, é o patrimônio eleitoral superior a 300 mil votos que foi contabilizado na última eleição para chapa proporcional. O líder do DEM afirma que os três deputados estaduais do partido (Getúlio Rêgo, José Adécio e Leonardo Nogueira) somam um cacife superior a 120 mil votos enquanto ele, junto com o filho, Felipe Maia, detém, no mínimo, mais 200 mil votos no Rio Grande do Norte. "O PMDB não teria coragem de desprezar este potencial". Teria confidenciado JA, a um interlocutor.

  

Diretório

O problema para isso acontecer é que o controle do Democratas em Mossoró está nas mãos do presidente local da agremiação. O chefe da Casa Civil do governo do Estado, ex-deputado Carlos Augusto Rosado, que vem ficando a margem de todas as negociações. Ai, uma pergunta que não quer calar: Teria o senador José Agripino coragem de fazer uma intervenção no diretório de Mossoró. Sinais de muitas labaredas no ar.

 

Reação

A governadora Rosalba Ciarlini também resolveu reagir às declarações do presidente do PMDB, na imprensa, segundo as quais, demonstra ser o "pai" de obras federais no Rio Grande do Norte. A governadora, em Mossoró, foi direta sobre o tema "é mais fácil ser mãe sozinha, do que pai".

 

Quarta Prefeita

E mesmo a margem dos grandes encontros dos líderes políticos do Estado, neste veraneio, o grupo liderado pela governadora Rosalba Ciarlini, resolveu mostrar que ainda é a maior força eleitoral em Mossoró. Esta semana, começou por sua terra a implantar uma "agenda positiva", visitando e inaugurando obras e em todas levou a tiracolo sua secretária de Infraestrutura, engenheira Kátia Pinto que será sua candidata à prefeita, caso se confirma a realização de uma eleição suplementar na segunda maior cidade do Estado. Depois dela, Rosalba, Fafá e Cláudia Regina, poderá ser a quarta mulher a disputar, pelo grupo da situação, à prefeitura de Mossoró.

 

Atrasados

De acordo com informação do TRE mais de 80 mil eleitores ainda não fizeram o recadastramento biométrico em Natal. Terão até o dia 07 de maio para fazê-lo, sob pena de serem impedidos de votar nas próximas eleições.

 

Almoço

Amanhã, sábado, o prefeito Maurício Marques recebe colegas da imprensa para o já tradicional almoço com os jornalistas, no restaurante Paçoca de Pilão, em Pirangi. Traçará as metas que pretende imprimir este ano, o segundo do segundo mandato.

 

10 de Janeiro de 2014 às 10h38

Porque o Senado precisa de Educação

A deputada federal Fátima Bezerra, professora por formação profissional, é uma das vozes mais ativas de todo o País quando o assunto é Educação Pública. Essa paraibana de Esperança, radicada no Rio Grande do Norte onde construiu uma trajetória vitoriosa no meio sindical que a levou ao plano político, é convidada sempre que o assunto em questão são os rumos, os problemas e as soluções para a Educação Pública brasileira.

Essa referência foi conquistada ao longo de anos de atuação na Câmara dos Deputados, onde Fátima Bezerra se transformou, de forma digna e combativa, em uma voz permanente em defesa do sistema educacional mantido pelos cofres públicos.

Por causa da atuação de parlamentares como Fátima Bezerra, a Educação tem lugar permanente na ordem do dia da Câmara dos Deputados, onde já foi aprovada Emenda Constitucional que garante a transformação dos royalties do pré-sal na área em investimentos educacionais, sem os quais nenhum país consegue prosperar e consolidar o caminho para o desenvolvimento.

Depois de várias eleições para a Câmara dos Deputados, o PT, tanto em nível estadual quanto nacional, aposta no nome de Fátima Bezerra para ocupar, de forma inédita, no Rio Grande do Norte, uma cadeira no Senado Federal. O trabalho e atuação da deputada justificam o projeto. Atuação que transcende os limites da Educação e tem levado benefício a inúmeros municípios do Estado com ações, projetos e serviços em outros setores.

Se o trabalho da deputada federal Fátima Bezerra é merecedor do aplauso do eleitor norte-riograndense - mesmo os que não votaram nela reconhecem o seu bom desempenho - é preciso então que esse mesmo eleitor analise e reflita sobre o projeto de levar essa educadora ao Senado, que anda precisando, mesmo, de mais vozes ativas em defesa da Educação.  

 

 

 


Coração

Internado há alguns dias no Hospital do Coração, em Natal, o professor João Faustino Ferreira Neto, ex-deputado Federal em vários mandatos, suplente de Senador e candidato ao governo do Estado, numa campanha que o denominou como"João do Coração", não resistiu a complicações cardíacas e  faleceu na madrugada de ontem, quinta-feira. Um homem de bem que vinha sofrendo por acusações que lhe foram impostas, até o momento sem qualquer nvel de prova.

 

Chapa Fechada

Do litoral norte chegam informações segundo as quais, a chapa da coligação liderada pelo PMDB, para as eleições de outubro, já está praticamente fechada. O empresário e ex-senador Fernando Bezerra, aceitou o convide dos peemedebistas e assume, em fevereiro, a posição de pré-candidato a governador. Seu companheiro de chapa, deverá ser o atual deputado estadual Agnelo Alves e a única vaga ao Senado deve ser ocupada pela ex-governadora Wilma de Faria, que terá como suplente o empresário Flavio Azevedo.

 

Concretizar

Para concretizar essa arrumação um único ponto precisa ser resolvido pelos líderes do PMDB, Henrique Eduardo e Garibaldi Filho. Como convencer a deputada Fatima Bezerra e a cúpula nacional do PT de desistirem na postulação para a Alta Câmara. Fatima há meses vem trabalhando seu nome como candidata ao Senado e a cada dia vem conquistando expressivos apoios à sua luta. Tirá-la do páreo não será tarefa fácil, até porque sua candidatura é uma exigência do PT em nível nacional que pretende aumentar sua bancada naquela casa legislativa. 

 

Reação

Os primeiros sinais de reação à tentativa do PMDB de isolar Fátima Bezerra na disputa pelo Senado, a fim de mantê-la na posição de candidata à reeleição, já foram dados pelo deputado Estadual Fernando Mineiro que numa entrevista disse, de maneira direta e certeira, que Wilma de Fariae o PSB são adversários do PT e que o partido da Presidenta Dilma não cogita qualquer vínculo com os socialistas e nem aceita que o PMDB, um aliado umbilical, também se una a turma de Eduardo Campos. O barulho está formado.  

 

Bons de bola

Políticos não entendem  só de política, mas também de futebol. Prova disto aconteceu esta semana. Na última quarta-feira, o suplente de deputado federal Rogério Marinho assumiu a diretoria executiva e financeira do ABC. Ontem foi a vez do deputado estadual Gustavo Carvalho, tomar posse na presidência do América Futebol Clube, cargo para o qual foi eleito por aclamação no mês de dezembro.

 

Evangélico

Mais um evangélico vai disputar com chances reais de êxito, às eleições deste ano no Rio Grande do Norte. Trata-se do jornalista Herbeth de Souza que durante muito tempo militou na imprensa potiguar, e agora disputará uma cadeira na Assembleia Legislativa. Herbeth ocupa no momento importante cargo na estrutura da Igreja Mundial, cujo apóstolo é o conhecido Valdemiro Diniz.

 

Coadjuvante

Em Mossoró, o Partido dos Trabalhadores já tomou decisão quanto à possível eleição suplementar. Não terá candidato ao pleito e apoiará a já certa candidatura do prefeito interino Francisco José Junior. Aliás o partido já definiu também que participará da atual gestão, indicando nomes para o primeiro escalão.

 

Barriga

Alguns veículos de comunicação de Natal deram uma "barricada" ao informar sobre decisão judicial proferida ontem por um juiz de Mossoró, condenando alguns vereadores e ex-vereadores por improbidade administrativa e inelegibilidade. Segundo se noticiou o prefeito interino de Mossoró, vereador Francisco José Junior estaria no rol dos condenados, mas não é verdade. A sentença do juiz em relação ao atual prefeito é imputando-lhe multa no valor de pouco mais de R$ 10 mil. Silveira Junior, declarou através de Nota de Esclarecimento, que este valor, inclusive já foi ressarcido aos cofres públicos.  

 

Secretários

É esperado para hoje o anuncio dos novos titulares do primeiro escolão do governo do Estado, em substituição aos demissionários Rogério Marinho (Desenvolvimento Econômico), Leonardo Rego(Recursos Hídricos) e Aldair Rocha Segurança e Defesa Social. É possível também que seja divulgado o nome do substituto de Renato Fernandes, na Secretaria de Turismo. Todos os titulares que estão saindo de suas pastas, deverão ser candidatos nas eleições deste ano.

 

IPTU

A prefeitura de Parnamirim adiou para o dia 20 de fevereiro o prazo para pagamento da cota única ou da primeira parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Os contribuintes em dia com os tributos municipais terão descontos de 20%. 

 

Vetos

O governo, de uma tacada só vetou dois projetos polêmicos e distintos, de autoria de um fino correligionário e finíssimo adversário. De autoria do deputado José Adécio, vetou o projeto que previa a "autorização e regulamentação da venda de bebidas alcoólicas em estádios e arenas desportivas" e de Fernando Mineiro, que previa a criação da "Politica Estadual de Combate e Prevenção à Desertificação no Estado".

 

Convocação

Esta marcada para o início da próxima semana reunião entre o prefeito Carlos Eduardo, presidente da Câmara de Natal, vereador Albert Dickson e o líder do executivo na Casa, vereador Júlio Protásio, para definirem sobre a convocação extraordinária da Câmara a fim de apreciar vários projetos, entre os quais o que concede reajuste salarial aos servidores municipais.

 

Licitação

O Ministério Público estadual se manifestou através de Nota à Imprensa sobre a suspenção pelo Tribunal de Contas do Estado, de licitação que contrataria trituradores de papel para a instituição. Diz o órgão ministerial que não há irregularidades no certame. O TC pensa diferente.

 

 

03 de Janeiro de 2014 às 12h15

Por que acreditar em 2014


Gerson de Castro - Interino

gersondecastrojornalista@gmail.com

 


 

O escritor Ariano Suassuna, conhecido tanto pela criatividade e genialidade de sua obra quanto pelo senso de humor, costuma dizer que não se considera otimista nem pessimista, mas se autodefine como um “realista esperançoso”. O estado de espírito de quem mantém os pés no chão da realidade, mas não deixa de acreditar na mudança positiva é perfeito para todos os norte-riograndenses neste início de 2014.

O Rio Grande do Norte tem bons motivos para acreditar que 2014 será, de fato, um ano melhor do que 2013. Há problemas sérios na administração pública e a instabilidade política andou rondando alguns dos principais centros de poder durante quase todo o ano que passou. Verdade absoluta e inegável.

Mas o Rio Grande do Norte caminhou e terá passos decisivos a dar neste ano que parece vir sob o signo da mudança.  As obras de mobilidade urbana da capital, que vive atravancada dia e noite por conta de uma frota veículos que aumenta a cada dia, vão se tornar realidade.

O aeroporto de São Gonçalo do Amarante será inaugurado e abrirá, apesar dos problemas iniciais envolvendo o acesso, um novo período de crescimento na região do seu entorno e novas oportunidades de negócios e investimentos na Grande Natal e no litoral norte.

O terminal marítimo de passageiros de Natal se tornou realidade, fechando uma lacuna inaceitável numa cidade com tanto apelo turístico. O Estádio Arena das Dunas está pronto para receber os jogos da Copa do Mundo e certamente se tornará parte da rota de shows internacionais que já acontecem no País e em cidades próximas como Recife e Fortaleza.

Esses fatos, dentre muitos outros, são suficientes para se acreditar que 2014 será um ano de mudanças, de retomadas, de consolidação de projetos. Um ano que terá, no segundo semestre, eleições para presidente, governadores, senadores, deputados federais e senadores.

Apesar dos problemas e dos interesses de quem pensa somente no próprio umbigo, o Brasil caminha na direção de dias melhores. E o Rio Grande do Norte pode se beneficiar enormemente dessa caminhada. Em 2014, fará 50 anos do golpe militar de 1964 que instaurou um período de 21 de governos autoritários. Chegaremos também aos 28 anos de um período de normalidade democrática, um marco na história dessa jovem Democracia.

Problemas existem. E não são poucos. Mas eles existem para ser enfrentados. O Rio Grande do Norte precisa querer acertar e não permitir que projetos bons sejam deixados de lá apenas por conta da mudança deste ou daquele governante.

 


CANDIDATO

O empresário Renato Fernandes, filiado ao Partido da República (PR) e agora ex-secretário estadual de Turismo, já deixou claro que está à disposição do partido para disputar a eleição suplementar para prefeito de Mossoró.  A suspensão do pleito, por decisão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, fez renascer alguns projetos de candidaturas. E o PR também se animou para participar da campanha.

 

MUNICÍPIOS

Números que mostram o comportamento do ICMS e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), divulgados pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FPM) junto aos prefeitos potiguares, mostram que há algo precisa ser urgentemente modificado na forma de distribuição do bolo tributário brasileiro.

 

ICMS EM ALTA

O Imposto sobre Circulação de Mercadorias, que é um tributo cobrado pelos estados e que tem 25 por cento  de sua arrecadação rateada entre os municípios, aumentou 28,29 por cento em 20123 na comparação com o ano anterior.  Na comparação entre a arrecadação prevista e efetivamente realizada, 2013 foi bem melhor que 2012: a frustração foi 1,08 por cento contra 9,38 por cento do ano anterior.

 

FPM EM BAIXA

Se a arrecadação do ICMS, mesmo um pouco abaixo do previsto, alegrou muitos gestores municipais, não se pode dizer o mesmo do comportamento do Fundo de Participação dos Municípios, que cresceu apenas 1,5 por cento, descontada a inflação do período. Enquanto o aumento do FPM foi pífio, o salário mínimo foi reajustado em 6,78 por cento e o piso do magistério terá aumento de 8,32 por cento. Os prefeitos não param de fazer contas. E os números de receitas e despesas não fecham.

 

DE NOVO

Por mais que se esforce, o prefeito Carlos Eduardo Alves não consegue deixar de ter seu nome lembrado quando o assunto é a sucessão estadual deste ano. O prefeito da capital tem dito e repetido que não pretende deixar o comando da administração municipal para se lançar candidato a governador. Mas a cada pesquisa publicada, o nome de Carlos Eduardo aparece como alternativa.

 

SUCESSÃO

O fato é que o PMDB ainda não definiu nem emplacou o seu candidato, a ex-governadora Wilma de Faria ainda não deixou claro se é candidata ao Governo ou ao Senado, ou mesmo a deputada federal. E o projeto político eleitoral da governadora Rosalba Ciarlini ainda está envolto em completa indefinição. Definido mesmo apenas o projeto do vice-governador Robinson Faria, que luta para atrair apoios e firmar alianças.

 

PROJETO

Ainda que alguns dos seus auxiliares e correligionários vejam em 2014 uma ótima oportunidade para disputar o Governo, Carlos Eduardo sabe que precisará de muito mais tempo para resolver alguns dos problemas enfrentados pela capital. Para ser candidato, o prefeito teria de deixar o cargo no final de março.  Não há tempo suficiente e por isso ele já anunciou que ficará na prefeitura e que seu projeto é disputar a reeleição. Desse jeito, o projeto para governador fica para 2018.

 

PROS

Na análise de projeções eleitorais e projetos de candidaturas para 2014 é bom levar em conta o tamanho e o comportamento do Partido Republicano da Ordem Social, que atende pela sigla de PROS. A legenda tem o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, e a maior bancada da Casa, com cinco integrantes. Tem também a maior bancada municipal de Natal, também com cinco integrantes.

 

PROS II

O PROS é presidido, no Rio Grande do Norte, pelo vereador Rafael Motta, novato na vida pública e provável candidato a deputado federal nas eleições de outubro. Motta já deixou claro, em várias oportunidades, que o PROS quer ser ouvido durante o processo de montagem de alianças eleitorais para a disputa das eleições. Mais claro, impossível.

 


REVEILLON

O deputado Henrique Alves, presidente da Câmara Federal e do PMDB no Rio Grande do Norte, fez questão de divulgar sua presença na festa de réveillon na casa do empresário e ex-senador Fernando Bezerra. Só não disse se Bezerra já deu sua resposta acerca da sondagem para ser candidato do PMDB a governador. Derrotado nas eleições de 2006 e 2010, o também ex-ministro ainda resiste ao convite. Os problemas administrativos do RN e o desafio de resolvê-los não ajudam muito na hora da definição.


 

 

20 de Dezembro de 2013 às 14h11

JUSTIÇA ELEITORAL VIRA CAMPO DE BATALHAS


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

O Rio Grande do Norte vive há algum tempo um período de intensas batalhas jurídicas, notadamente no campo da Justiça Eleitoral. Diversos prefeitos eleitos em 2008 tiveram seus diplomados anulados e mandatos cassados. O mesmo vem acontecendo com os gestores municipais eleitos em 2012. Mandatos foram cassados e eleições suplementares para a escolha de novos prefeitos foram determinadas pelo Tribunal Regional Eleitoral. Municípios como Baraúna, Carnaubais, Marcelino Vieira, Caiçara do Rio dos Ventos e muitos outros viveram ou estão vivendo esta situação.

O caso mais rumoroso é o de Mossoró, segunda maior cidade do Estado e de grande relevância econômica, social, cultural e política para o Rio Grande do Norte. Depois de ser palco de uma verdadeira guerra nas eleições de 2012, em que estava em disputa o comando administrativo da cidade que é o principal reduto eleitoral da governadora Rosalba Ciarlini, Mossoró voltou seu foco para os gabinetes de juízes eleitorais e o plenário do TRE-RN.

Cláudia Regina colecionou sentenças condenatórias que cassam o seu mandato. Foi afastada por duas vezes da Prefeitura e conseguiu voltar por força de recursos, mas não resistiu ao terceiro afastamento, desta vez pelo TRE. Pela terceira vez, o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco José Silveira Júnior, exerce o cargo de prefeito em exercício. Como a eleição suplementar já foi marcada para 2 de fevereiro, Silveira Júnior já mexeu na equipe de secretários e trabalha para ser candidato às eleições na campanha eleitoral mais curta a que Mossoró já assistiu.

Além de Mossoró e diversas outras cidades, também a administração do Estado vive dias de instabilidade. Ao confirmar mais uma cassação de Cláudia Regina, o TRE-RN estendeu a cassação à governadora Rosalba Ciarlini que teve de ir ao TSE para obter liminar e assim permanecer no cargo, pelo menos até o julgamento do mérito do Recurso Eleitoral

As inúmeras decisões de juízes e do plenário do Tribunal Regional Eleitoral deixam a nítida impressão de que as campanhas eleitorais são apenas parte da disputa pelo comando de gestões municipais. A batalha final está reservada às decisões da Justiça Eleitoral. O que não deixa profundamente lamentável. 


 


 



MOSSORÓ

Mossoró vive dias de intensa expectativa. A tensão, causada pela instabilidade de ordem administrativa e política, é indisfarçável. A prefeita Cláudia Regina, cassada por decisão do Tribunal Regional Eleitoral, entrou com recurso junto ao TSE. Dia e noite, muitos acompanham a movimentação em Brasília na expectativa de que ela consiga retornar ao cargo.

 

MOSSORÓ II

Enquanto isso, o TRE-RN já elaborou um novo calendário eleitoral para Mossoró. De 2 a 5 de janeiro, poderão ser realizadas as convenções partidárias para escolha de candidatos a prefeito na eleição suplementar, marcada para 2 de fevereiro. O prefeito em exercício, Francisco José Silveira Júnior, pretende ser candidato. Estrategicamente, tem procurado administrador mas adota cautela quando o assunto é a campanha eleitoral que se aproxima.

 

MOSSORÓ III

A cautela tem uma explicação: ao mesmo tempo em que trabalha para firmar a imagem de um administrador capaz e à altura de Mossoró, Silveira Júnior não quer, nem de longe, parecer que está ansioso de ver Cláudia Regina pelas costas. Mesmo que continue cassada e impedida de participar do pleito eleitoral, Cláudia terá sua influência. Seus eleitores estão órfãos e poderão decidir a eleição. É de olho nesse espólio eleitoral que o vereador-prefeito está de olho.

 

EFEITOS

A condenação do advogado Lauro Maia, filho da ex-governadora Wilma de Faria, no processo da Justiça Federal para apurar o caso denominado Operação Hígia, abre um novo período de expectativa na área política. Políticos e analistas se dedicam agora à tarefa de medir os efeitos da condenação sobre o desempenho da atual vice-prefeita de Natal nas pesquisas de intenção de votos. Wilma continua candidata. Ao Governo ou ao Senado. Muitos querem saber se a condenação de Lauro a 16 anos de reclusão vai afetar o cacife eleitoral da mãe.

 

SENTENÇA

A sentença do juiz Mário Jambo, da Justiça Federal, veio em um momento em que Wilma aparecia, com bastante desenvoltura, cumprindo compromissos políticos e sociais em todas as regiões do Estado. Apesar de exercer um mandato eletivo na capital, Wilma passou de vidraça a estilingue, principalmente no interior do Estado, onde é costumeiramente saudada como candidata a governadora em 2014.

 

DISCURSO

No último dia 12, ao se reunir com jornalistas e donos de alguns poucos veículos de comunicação, a ex-governadora disse ter cumprido, ao longo de 2013, a missão de fazer uma oposição responsável, defendeu a união dos políticos e partidos de oposição, independentemente do afastamento ou não da governadora Rosalba Ciarlini. Fez um discurso de pré-candidata. Somente o caso de Lauro Maia seria capaz de estragar o bom humor (e desempenho) da ex-governadora.

 

SUFOCO

O ano legislativo chega ao fim no Congresso Nacional sem que deputados e senadores garantam algo concreto para tirar prefeitos de todo o País do sufoco financeiro em que se encontram. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que pretendia votar a PEC 261, que propõe aumento do Fundo de Participação dos Municípios, teve a pauta obstruída pela base do governo. E a obstrução começou pelo Partido dos Trabalhadores.

 

MOBILIZAÇÃO

Os prefeitos e suas entidades não se dão por vencidos. Novas reuniões já estão marcadas para a primeira semana de janeiro, logo após os festejos de fim de ano. E as mobilizações deverão mudar de tom. Os integrantes do Congresso Nacional serão alvos de mobilizações que os prefeitos pretendem realizar, convocando também a população. A ideia é exigir mudanças em troca de apoio político. Do tipo sim ou não. Votos e gestos concretos em lugar de discursos.

 

PISO SALARIAL

De acordo com o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, prefeito Benes Leocádio, de Lajes, há possibilidade de o Ministério da Educação mudar o cálculo do reajuste do piso salarial nacional dos professores a ser implantado em janeiro. O MEC poderá levar em consideração os efeitos da frustração de receitas ao longo de 2013. Se não houver mudanças, o reajuste será superior a 19%.  

 

VISITA

A visita do deputado federal Henrique Alves, presidente da Câmara dos Deputados, à sede da Associação dos Municípios do Litoral Agreste Potiguar (AMLAP), em Natal, anteriormente prevista para o último dia 16, foi remarcada para 9 horas da próxima segunda-feira, 23. Alves vai se reunir com prefeitos das três regiões para anunciar o detalhamento de investimentos federais em áreas como tratamento e destino final de resíduos sólidos e equipagem de Unidades Básicas de Saúde.

 

VISITA II

Para os prefeitos das três regiões, as notícias não poderiam ser melhores: Henrique Alves anunciará que conseguiu R$ 40 milhões para investimentos em 30 municípios para compra de caminhões compactadores e implantação de estações de transbordo que darão o tratamento e destino adequados ao lixo, pondo fim aos lixões. Um detalhe: legislação federal determina o fim dos lixões no segundo semestre de 2014. Outros R$ 3,5 milhões serão investidos em Saúde.

 

ASSEMBLEIA

O ambiente da Assembleia Legislativa deverá começar o ano de 2014 da mesma forma como está terminando o ano de 2013: muito difícil para a governadora Rosalba Ciarlini. O governo está em franca minoria e o relacionamento com o presidente da Casa, deputado Ricardo Motta (PROS), que controla uma bancada, não é dos mais amistosos, apesar da aparente normalidade. Motta e seus liderados ainda se ressentem da tomada do PP pelo deputado Betinho Rosado. Para eles, o desembarque do irmão de Carlos Augusto na legenda não passou de um golpe.

 

HORIZONTE

As previsões para o início do ano apontam para chuvas e trovoadas. A Assembleia mexeu na proposta de Orçamento para 2014 e a governadora não terá forças políticas nem apoio no plenário para fazer valer eventuais vetos. E a palavra "impeachment" é usada com normalidade e frequência cada vez maiores. Deputados do PT e do PSD já falam abertamente. O combustível da insatisfação já existe. Só falta alguém de uma bancada maior - PROS ou PMDB - riscar o fósforo.

 

13 de Dezembro de 2013 às 13h01

Momento de Indefinição

O Rio Grande do Norte, notadamente suas instituições e repartições administrativas vivem momento de perplexidade e ansiedade diante do contexto de indefinição do quadro politico que se desenha após a decisão do Tribunal Regional Eleitoral - TRE, em afastar a governadora Rosalba Ciarlini do cargo e torná-la inelegível por oito anos, impedindo-a, assim, de disputar a reeleição. 

Sem a publicação do acórdão pela Corte eleitoral,que estava programada para sair ontem no Diário Oficial, mas até o fechamento desta edição não havia ocorrido, tanto a governadora que já contratou um renomado escritório jurídico de Brasília para defender seus interesses junto ao TSE, quanto o vice-governador Robinson Faria, a quem o TRE determinou tomar posse, através de ato da Assembleia Legislativa, vivem em compasso de espera e indecisão. A esses juntam-se também líderes e estruturas partidárias distintas, mas para cujos interesses, são umbilicalmente unidos.

Qualquer que seja a decisão do Tribunal Superior, em caráter liminar, provocará radicais mudanças no quadro político e eleitoral, com vistas às eleições de 2014.

Anjos poderão se tornar demônios e atuais demônios, verdadeiros cordeiros de Deus. De ontem para hoje o tempo de tensão serviu também para se armar estratégias de defesa e de ataque diante dos fatos recentes e dos futuros, fazendo com que a próxima eleição ganhe contornos totalmente inesperados. Pois, se o quadro sem esse novo ingrediente, já era de incertezas, agora, com ou sem Rosalba na cadeira de governadora, mas distante da disputa que se avizinha, tudo se multiplica para baixo em se tratando de decisões. O jogo sucessório fica totalmente zerado. 


 



Hipocrisia

Está sendo vista como pura hipocrisia a manifestação de solidariedade de algumas figuras à governadora Rosalba Ciarlini, após o seu afastamento pelo TRE. Isso porque nas salas palacianas a posição da Corte eleitoral, além de controvérsias jurídicas, está sendo traduzida como um nítido recado de que fortes agrupamentos políticos à decisão da governadora de se candidatar à reeleição. O time que quer Rosalba fora da eleição do próximo ano é forte e a cada dia aumenta, em número e prestígio de poder. É a velha máxima de "quem pode, pode".

 

Festa

O deputado Fernando Mineiro termina a semana tendo o que comemorar. No mesmo dia em que recebeu o troféu concedido pelo Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa como o parlamentar do ano, o diretório nacional do PT reconheceu como válida a vitória do seu aliado Eraldo Paiva para a direção regional do partido. Mineiro está bem na fita.

 

Grana

Enquanto o TRE afastava a governadora de suas funções, na esquina à frente, chegava à Assembleia Legislativa o pedido de autorização de empréstimo no valor de R$ 850 milhões, enviado pelo executivo. O financiamento será feito junto ao Banco do Brasil e poderá cair no colo do vice-governador Robinson Faria, caso Rosalba Ciarlini não consiga reverter, no TSE, o seu afastamento. Ou seja: presente duplo para Faria, que nem o melhor papel Noel conseguiria dar.

 

Declaração

Sábia a declaração do decano jornalista Agnelo Alves, do alto de sua cadeira no Palácio José Augusto: "Nunca vi, nos meus 60 anos de jornalismo, situação parecida. Muda tudo. Na sucessão estadual, nada do que estava posto ficará de pé".

 

Indústria

Foi aberta na quarta-feira passada e prossegue até hoje a primeira Feira Potiguar da Indústria promovida pela Fiern. O evento tem o objetivo de abrir espaço para as pequenas e médias fornecedores possam negociar com grandes compradores. A abertura foi bastante concorrida e animou os dirigentes do setor. O presidente da Federação, empresário Amaro Sales, cobrou mais apoio para as empresas locais.

 

Aniversário

O município de Parnamirim, nossa cidade sede, comemora aniversário no próximo dia 17. A prefeitura planeja alguns atos inaugurais e uma grande festa das crianças. A Tv Metropolitano exibirá naquele dia um documentário contado a história da cidade e participará, ao vivo, da programação da prefeitura.

 

Centros

Natal e Parnamirim ganharão no próximo ano Centros de Iniciação ao Esporte - CIE. A solenidade que determinou as cidades planejadas ocorreu na última terça-feira em Brasília e contou com a presença da deputada Fátima Bezerra, que pode ser considerada a "mãe" dos novos CIEs.

 

Machado

Em meio à decisão das cassações da Prefeita de Mossoró, Claudia Regina e da governadora Rosalba Ciarlini, o Tribunal Regional Eleitoral ainda encontrou tempo para manter o "machado" sobre a cabeça de outro eleito. O prefeito de Pedra Preta, Luiz Antônio Bandeira, do PSDB também foi cassado pela Corte eleitoral que determinou a realização de nova eleição na cidade do Mato Grande.

 

Impeachment

O deputado Fernando Mineiro, do PT, pôs mais lenha na fogueira que arde no governo Rosalba. Declarou que se o TSE não mantiver a decisão do TRE em relação ao afastamento da governadora ele vai entrar com um pedido de impeachment contra a titular do executivo potiguar.

 

Reforma

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo encaminhou à Câmara de Vereadores proposta de Reforma Administrativa. Atitude antipática mas necessária para manter a saúde financeira do erário. Vai extinguir secretários e reduzir cargos comissionados. Ponto para o chefe do executivo. 

 

Baixa

Em meio a toda essa celeuma com as cassações de Rosalba Ciarlini e Claudia Regina, um detalha não pode passar despercebido. Eleitoralmente quem sofre um grande abalo é o deputado Felipe Maia que perde o apoio da prefeita de Mossoró e sua grande estrutura.

 

Mudanças

De Mossoró chegam informações das primeiras (das muitas)mudanças na estrutura da prefeitura municipal no governo interino de Francisco José Junior. Sabedor das enormes dificuldades de Claudia Regina em voltar à prefeitura, Júnior monta sua equipe preparando-se para disputar o mandato de prefeito, como titular do Palácio da Resistência.

 

Aluízio

O Senado Federal aprovou esta semana, a unanimidade de seu plenário, o projeto de lei encaminhado pela Câmara Federal que denominou de "Governador Aluízio Alves" o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante.

 

Esperança

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados deve definir até terça, 17, o destino da PEC 261, que trata do aumento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). É a última esperança dos prefeitos e das entidades municipalistas.

 

Emenda

Nesta segunda, 16, o deputado federal Henrique Alves visita a Associação dos Municípios do Litoral Agreste Potiguar (Amlap). Vai anunciar emenda para a toda a região. 


 

22 de Novembro de 2013 às 14h17

GENOÍNO, O OCASO DA ESTRELA

Um dos símbolos do Partido dos Trabalhadores juntamente com a estrela e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o deputado federal José Genoíno, ex-presidente nacional do PT, vai entrar, definitivamente, para a história política brasileira. Primeiro por ter sido um dos primeiros petistas a conquistar espaço no Parlamento e ter realizado um trabalho notável de construção e consolidação partidária, além da articulação política com as demais forças da Oposição.

Mas o capítulo final da trajetória de Genoíno é bem menos digna de nota. Condenado pelo Supremo Tribunal Federal por corrupção ativa e formação de quadrilha, o deputado é portador de cardiopatia grave e já pediu a aposentadoria por invalidez. O problema é que ele entrou de licença médica e pediu a aposentadoria apenas 11 dias antes de ter a prisão decretada pelo presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa. Genoíno já recebe da Câmara R$ 20 mil mensais pela aposentadoria proporcional aos anos de mandato na Câmara. Pedido que fez em 2005, no mesmo ano em que estourou a denúncia do Mensalão.

Dizendo-se inocente e sentindo-se injustiçado e humilhado, o antes altivo José Genoíno afirma ser um preso político. Nessa argumentação, tem a companhia do ex-todo-poderoso José Dirceu, que já presidiu o partido, já foi ministro-chefe do Gabinete Civil do governo do então presidente Luiz Inácio da Silva e também deputado. A diferença é que Dirceu sempre agiu nos bastidores enquanto Genoíno personificou a caminhada petista.

Nada é mais dolorido, para os petistas, do que ver seu ex-presidente por detrás das grades. E correndo risco de morte em razão de problemas cardíacos. A Câmara dos Deputados vai submeter seu processo de cassação ao plenário da Casa, como fez com Natan Donadon. O PT articula para que o processo só se inicie depois de concluída a licença médica.

Não será surpresa se a prisão de Genoíno virar motivo para uma nova batalha entre a Câmara dos Deputados e o Supremo Tribunal Federal. Para os petistas, a batalha maior será salvar o que resta do brilho de uma das suas maiores estrelas, que se diz preso político da Democracia que ajudou a construir. 

 


 

Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 


ESTREIA

Estreia na próxima segunda-feira, na TV Metropolitano, o programa “RN em Revista” ancorado pelo jornalista Rodrigues Neto. Será um programa dinâmico, versátil que de forma inteligente e solta, discutirá temas do cotidiano, tendo sempre um convidado especial. Já na primeira semana o RN em Revista contará com as presenças especiais da ex-governadora Wilma de Faria, (segunda-feira), da atual governadora Rosalba Ciarlini (quarta) e do senador Paulo Davim (sexta-feira). Pelo nível dos convidados, dar para perceber que será um programa de grande aceitação. o RN em Revista entra no ar sempre às  16h30m. 

 

ÉTICA OU PAZ?

A Comissão de Ética da Câmara Municipal nunca foi acionada. As manifestações de protesto e o projeto do Passe Livre para estudantes fizeram aumentar o tiroteio verbal entre vereadores que são diferentes na postura ideológica mas muito parecidos quando se trata de violência verbal. Sobram qualificativos pesados e falta mediação para o fim dos embates. Além de uma Comissão de Ética, a Câmara anda precisando mesmo é de uma Comissão de Paz.

 

DOIS PALANQUES

Arranhados no plano nacional com as prisões decorrentes do Caso Mensalão, os petistas do Rio Grande do Norte arranjaram mais um motivo para protagonizar uma briga pública: a eleição do diretório estadual. Vencedores e vencidos não se entendem e o racha é iminente. Os contendores tem pouco tempo para se entender. Do contrário, Dilma Roussef vai precisar, na campanha presidencial, de dois palanques. Um para cada grupo.

 

DILEMA

Crítico do governo que nunca apoiou, o deputado Hermano Morais (PMDB), relator do pedido de abertura de processo de impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini, está vivendo um dilema. Baseado em argumentos exclusivamente legais e constitucionais, terá que defender ou rejeitar a abertura de um processo inédito na história do Estado. Se for favorável, o PMDB será acusado de cuspir no prato que comeu.

 

DILEMA II

Se o parecer de Hermano Morais for nega não admissibilidade constitucional do pedido de impeachment, também baseado em argumentos única e exclusivamente constitucionais, colocará o PMDB sob o fogo das críticas de setores mais exaltados da Oposição. Hermano Morais conta pelo menos com uma atenuante: a decisão final será coletiva, começando pela Comissão de Constituição e Justiça e terminando no plenário da Assembleia.

 

PROCESSOS

A julgar pelo volume de processos de cassação por prática de ilícitos eleitorais, os atuais prefeitos e futuros candidatos precisam, urgentemente, montar equipes de campanha que contem com uma forte assessoria jurídica. Os processos em primeira instância e os recursos no Tribunal Regional Eleitoral levam muito tempo e estão criando uma onda de alta rotatividade no cargo e no comando das administrações municipais.

 

MILÊNIO

Prefeitas e prefeitos da região Oeste do Estado participaram na próxima terça-feira, 26 de novembro, na Estação das Artes, em Mossoró, do Seminário de Municipalização Sobre os Objetivos do Milênio. O evento contará com a apresentação do programa ODM, a cargo do coordenador nacional, Luiz Alberto Vieira, da Secretaria Geral da Presidência da República. A coordenadora do núcleo estadual, Socorro Almeida, também falará no encontro.

 

GREVE

O Sindicato da Polícia Civil e a Associação dos Servidores do Instituto Técnico Científico de Polícia (ITEP) realizam assembleia geral conjunta na próxima quinta-feira, 26 de novembro. A preocupação dos dirigentes das duas categorias é com a possibilidade, bastante concreta, de que se decida pela retomada da greve que durou mais de 60 dias e foi suspensa depois que a governadora apelou para a retomada do diálogo e das negociações. Que não conseguem avançar.

 

SOS MUNICÍPIOS

O movimento SOS Municípios, lançado pela Federação dos Municípios (Femurn), Federação das Câmaras Municipais e Assembleia Legislativa, terá mais uma etapa: na próxima segunda-feira, 25 de novembro, prefeitos de todo o Rio Grande do Norte tem reunião marcada com senadores e deputados federais do Estado. O evento tem início previsto para 9h no auditório da Fiern, em Natal. A Femurn sugere que o encontro reúna exclusivamente os parlamentares federais e os prefeitos.

 

SECA

O deputado Vivaldo Costa (PROS) apresentou, na tribuna da Assembleia Legislativa, uma sugestão ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, seu correligionário. O "papa" quer que o Legislativo Estadual crie uma comissão permanente de acompanhamento dos efeitos da seca. Vivaldo alega que os prefeitos, deputados, trabalhadores e órgãos de classe precisam se mobilizar diante das perspectivas sombrias de mais um ano de seca no Estado.

 

PMN

O Partido da Mobilização Nacional promoveu nesta quinta-feira, 21 de novembro, na Assembleia Legislativa, o encontro estadual do partido, evento convocado pelo presidente estadual da legenda, deputado Antônio Jácome. Na pauta do encontro, as propostas, prioridades e o planejamento para 2014. Jácome é candidato a deputado federal nas próximas eleições.

 

COPA LEGAL

De olho na entrada de turistas estrangeiros que serão atraídos ao Brasil pela Copa do Mundo 2014, a Frente Parlamentar Estadual em Defesa da Criança e do Adolescente, presidida pela deputada estadual Márcia Maia (PSB) lançou na última quarta-feira, 20 de novembro, o Selo Copa Legal. O selo é conferido a empreendimentos dos setores do Turismo, Comércio, Serviços e Entretenimento que se comprometam a realizar ações para prevenir e combater casos de abuso e exploração sexual.

 

14 de Novembro de 2013 às 12h49

Henrique na Cabeça

O presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves lidera o ranking do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) dos dez mais influentes do Congresso Nacional. Informação neste sentido foi divulgada, esta semana, pelo jornal Valor Econômico e outros veículos de comunicação. Alves que já integrou a lista de Diap várias vezes, agora, pela primeira vez, aparece na liderança do grupo.

Os eleitores dos dez mais do Diap são os 100 parlamentares que conduzem o processo decisório das duas casas do Congresso: Câmara e Senado Federal. São os chamados "Cabeças do Congresso", escolhidos por critérios que vão desde reputação até os projetos que cada uma consegue aprovar.

No Rio Grande do Norte figuras sempre presentes nos 100 mais, foram o ex-deputado Ney Lopes e o senador José Agripino, e Henrique Alves, nos últimos anos, mas só agora um potiguar surge como o homem mais influente do Congresso Nacional e isso, aliado ao fato de que é também Alves o presidente da Câmara dos Deputados coloca o Rio Grande do Norte em posição privilegiada na política brasileira, fazendo-nos crer que é chegada a hora da união de toda a classe política em torno de objetivos comuns, podendo começar pela excelente bandeira da defesa dos nossos municípios, cujo grito de SOS chegou esta semana ao Palácio do Planalto, ocupado, coincidentemente, pelo próprio Henrique Eduardo Alves.

Alves está com a faca e o queijo na mão. Só não fará algo importante e inovador em prol do Rio Grande do Norte se não quiser.

 

 

Alternativa

Análise feita por quem conhece profundamente o comportamento eleitoral da família Alves: "Diante da atual situação do grupo no Rio Grande do Norte e no país, não restará ao PMDB, outra alternativa, que não a candidatura do ministro Garibaldi Filho ao governo do Estado". E Complementa: "Garibaldi pode resistir com todas as suas forças, mas uma força maior o vencerá: Walter Alves". 

 

Companheira

E, na cabeça deste intérprete bacurau só uma companheira de chapa é cem por cento aceita pelo grupo: Fátima Bezerra, com as bênçãos do ex-presidente Lula e do Palácio do Planalto. Eleita senadora, Fátima asseguraria o compromisso do ex-presidente à luta pela reeleição à frente da Câmara Federal, do deputado Henrique Alves.

 

E Wilma?

E quanto à vice-prefeita Wilma de Faria a tese é que a socialista não teria "disposição" para enfrentar Garibaldi e nem recursos suficientes para encarar de frente o "rolo compressor" que vai ser a campanha de Fátima Bezerra.

 

Prefeito

Até porque se tiverem que optar entre Fátima e Wilma, a ex-prefeita sabe desde já, que os prefeitos de Natal, Carlos Eduardo Alves e de Parnamirim, Mauricio Marques líderes do primeiro e terceiro maiores colégios eleitorais, respectivamente, ficam com a parlamentar do PT.

 

Racha

Mas antes de se tornar a candidata preferencial do grupo Alves a deputada Fátima Bezerra terá que vencer um obstáculo interno, no PT, surgido esta semana. Apesar de seu grupo ter vencido a eleição para o novo diretório regional, agora presidido por Olavo Ataide, que superou o candidato do grupo comandado pelo deputado Fernando Mineiro por apenas nove votos, o partido saiu do pleito notadamente rachado. A missão de Fátima agora é unir a agremiação em torno do seu nome, convencendo todos os companheiros da importância da aliança com o PMDB, mesmo se este não abrir mão de coligar-se com o DEM, liderado pelo senador José Agripino.

 

Coligação

Aliás, a respeito de coligação proporcional, o DEM que tem a garantia do deputado Henrique Alves para se juntar ao PMDB, mas que não pode confiar cegamente na palavra de Alves já assegurou a coligação com o PROS, PS, PMN e PP. Seguro morreu de velho.

 

Inelegível

O Procurador Regional Eleitoral, Paulo Sérgio Rocha apresentou parecer contrário à aceitação do recurso movido pela governadora Rosalba Ciarlini em processo de cassação da prefeita de Mossoró, Claudia Regina. O procurador sustenta em sua tese que a governadora perdeu o prazo para o recurso contra a decisão da juíza da comarca de Mossoró, Ana Clarisse Arruda e assim estaria inelegível para participar das próximas eleições.

 

De Pai pra filho

O deputado estadual Antônio Jácome (PMN) que já decidira sair candidato à Câmara Federal no próximo ano, tomou outra decisão importante nos últimos dias: o vereador Jacó Jácome, seu filho, vai tentar assumir a cadeira que ocupa hoje na Assembleia Legislativa. Será o terceiro candidato com bandeira evangélica na disputa por uma vaga no Palácio José Augusto.

 

De filho pra pai

Já entre o deputado federal Fábio Faria e o seu pai, Robinson, vice-governador, a situação inverteu-se: Diante das dificuldades encontradas por Robinson para viabilizar sua candidatura ao governo do Estado, contando com o respaldo do grupo de oposição, o deputado ofereceu ao vice-governador à sua vaga na Câmara Federal, dizendo que abriria mão da disputa em nome do pai. Robinson que não tem plano "B" recusou a proposta do filho e será, mesmo sem grandes apoios partidários, candidato à sucessão da governadora Rosalba Ciarlini.

 

Votação

Deputados estaduais aprovaram ontem lei que concede aumento de 6,7% retroativo a agosto aos servidores do Ministério Público. O aumento certamente evitará futuros movimentos de greve que vinham sendo programados pela categoria.

 

Inauguração

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, asinou na última terça-feira, ordem de serviço de construção de sete novas unidades de saúde para alguns bairros de Natal. Na solenidade ocorrida no auditório da Prefeitura, completamente lotado, o prefeito falou também sobre outras importantes obras do município, entre as quais o saneamento básico que vai atender praticamente toda cidade.

 

TRE

Os próximos dias serão de muita movimentação no Tribunal Regional Eleitoral. De hoje até a semana que vem ocorrerá o julgamento de mérito de vários processos de cassação de prefeitos no Estado. Serão quase uma dezena, dentre os quais, o mais importante, da prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, que terá pelo menos dois processos julgados.

 

CPI

O deputado estadual Nelter Queiróz não arreda o pé nas suas críticas ao governo do Estado. Terça-feira em discussão acalorada com o líder do governo, Getúlio Rego, defendeu a instalação de uma CPI para investigar o atraso no pagamento do funcionalismo.

 

08 de Novembro de 2013 às 12h18

SOS MUNICÍPIOS: O COMEÇO DO FIM


Gerson de Castro - Interino 

gersondecastrojornalista@gmail.com


 

 

Ignorado por muitos, criticado por outros, o movimento em defesa das prefeituras, denominado SOS Municípios, está longe de ser apenas "choradeira" de prefeitos. Os gestores municipais são vistos com desconfiança por grande parte da população que não acredita na falta de recursos financeiros. 

E o grande desafio do movimento, lançado dia 21 de outubro passado, em Natal, com a participação da bancada federal e dos presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, Renan Calheiros e Henrique Alves, é convencer a população de que a crise é real e pode produzir efeitos muito negativos para os serviços públicos.

No Rio Grande do Norte, a situação dos pequenos municípios, que são cerca de 150 de um total de 167, é particularmente preocupante e está prestes a se tornar vexatória. A maioria já não recebe verbas federais suficientes para pagar os professores. Há muito tempo os recursos do Fundeb já não cobrem as despesas com pessoal, sem contar que já não existe dinheiro disponível para investimento na rede de ensino.

Às voltas com precatórios, dívidas herdadas de gestões anteriores, os prefeitos viraram alvos prediletos de ações da Justiça do Trabalho e estão na mira do Tribunal de Contas do Estado. Com as despesas em ascensão e as receitas em queda, o limite de gastos com pessoal, estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, está sendo ultrapassado por quase todas as prefeituras potiguares. E o resultado é o enquadramento por crime de improbidade administrativa que representa a inelegibilidade, ou seja a suspensão dos direitos políticos. Além de pesadas multas. É a morte.

Com a crise batendo à porta, os prefeitos já começaram a demitir. Primeiro os cargos comissionados e contratados. Logo, se não houver solução, chegará a vez de ocupantes de cargos efetivos. Aí será o fim. Ou o recomeço da administração pública. 


 



GREVE

A greve dos policiais civis e servidores do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) poderá ser retomada. O motivo seria a falta de avanço nas negociações e nos pontos pendentes. Os servidores reclamam que o diálogo prometido pela governadora Rosalba Ciarlini para conseguir a suspensão da greve não está sendo cumprido por seus assessores. Reuniões foram marcadas e depois desmarcadas. O clima não é dos melhores.

 

PEDRA PRETA

A cidade de Pedra Preta, epicentro de uma longa e preocupante sequência de abalos sísmicos, poderá receber ajuda do Governo Federal. A promessa foi feita pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB-RN) que recebeu o prefeito Luiz Antonio na última quarta, 6. Alves pediu ao prefeito que apresente um relatório técnico e detalhado sobre a situação. 

 

PEDRA PRETA II

A promessa de Henrique Alves de acionar a Defesa Civil Nacional é louvável, mas o Governo Federal não precisaria ser convocado pelas vias políticas para somente depois agir. A situação de Pedra Preta já se tornou pública e é notícia nacional há semanas. A Defesa Civil do Governo Federal já deveria estar presente no Rio Grande do Norte.

 

CRÍTICAS

O deputado Fernando Mineiro (PT) conseguiu irritar muitos prefeitos ao usar o microblog Twitter para tecer críticas ao Movimento SOS Municípios. Na noite da última terça-feira, 5, Mineiro comentou que o fechamento das portas das prefeituras, como protesto contra a crise financeira, daria muito mais resultado se "os prefeitos abrissem as contas e dessem expediente".  As rugas do deputado petista não são de hoje. 

 

CRÍTICAS II

Mineiro já disse aos prefeitos que foram à Assembleia Legislativa em 2009 para conseguir a redistribuição de 5% da arrecadação do ICMS que não precisa de prefeito para se eleger. Suas críticas, no entanto, atingem até companheiros de partido, como é o caso do professor Francisco, o Francisco do PT, prefeito de Parelhas e dirigente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte.

 

IMPASSE

A votação do projeto Passe Livre, nos termos apresentados pelo prefeito Carlos Eduardo depois de vetar o projeto de autoria da vereadora Amanda Gurgel (PSTU), aprovado por 28 votos e derrubado pelos próprios vereadores, é considerada decisiva para os rumos da Câmara Municipal de Natal neste final de semestre legislativo. Se restar impasse, a Câmara corre sério risco de não conseguir cumprir sua pauta de trabalhos até o final do ano.

 

COMISSÃO GERAL

Prefeitos do Rio Grande do Norte deverão participar nesta terça-feira, 12, na Câmara dos Deputados, da reunião da Comissão Geral que debaterá a crise financeira dos municípios. O evento foi anunciado pelo deputado Henrique Alves, presidente da Câmara, e formalizado por iniciativa do também deputado Fábio Faria, segundo vice-presidente da Casa. Prefeitos de todo o País estarão presentes a Brasília neste dia atendendo a convocação da Confederação Nacional dos Municípios.

 

AUMENTO DO FPM

Uma das principais reivindicações dos prefeitos e suas entidades para se livrar do sufoco financeiro é o aumento do Fundo de Participação dos Municípios, que passaria de 23,5% para 25,5% da arrecadação federal com o Imposto de Renda e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Uma das propostas em discussão no Congresso é aumentar 1% em 2014 e mais 1% em 2015. Só resta convencer o ministro Guido Mantega. O Governo Federal não quer nem ouvir falar no assunto.

 

COGESTÃO

Sem dinheiro para pagamento de todas as despesas da Prefeitura de São Tomé e às voltas com pedidos de explicações feitos diariamente pelo Ministério Público sobre a aplicação de verbas públicas, o prefeito Gutemberg Pereira tomou uma decisão: forneceu as senhas ao representante do MP, que passou a ter acesso a toda a movimentação financeira da prefeitura. Antes de ser prefeito, Gutemberg exerceu três mandatos de vereador.

 

DESAFIOS

Num primeiro momento, Rosalba Ciarlini teria o desafio de azeitar a máquina administrativa e acelerar a implantação de programas e obras capazes de tirá-la do atoleiro da impopularidade. E, nos primeiros meses de 2014, o maior desafio será convencer o presidente do DEM, senador José Agripino Maia, a lhe garantir a legenda para que possa disputar a reeleição. A corrida contra o relógio já começou.

 

MOSSORÓ

Com sete condenações em 15 ações impetradas junto à Justiça Eleitoral, a prefeita Claudia Regina, de Mossoró, tem tudo para entrar na história política do Estado como a gestora com mais processos no primeiro ano de mandato. Claudia Regina, que é bem avaliada pela população mossoroense, está longe de conseguir se livrar da ação de seus adversários da campanha eleitoral de 2012.

 

MOSSORÓ II

O empenho para afastar a prefeita mossoroense é tão grande que a mesma acusação foi objeto de várias ações impetradas em áreas distintas da Justiça Eleitoral. A presença da governadora Rosalba Ciarlini e o uso do avião do Governo para poder visitar Mossoró durante a campanha resultaram, por exemplo, em quatro processos distintos, dois na 33ª. Zona Eleitoral e outros dois na 34ª. Zona Eleitoral, ambas de Mossoró. Todas com o mesmo objetivo: cassar o mandato de Claudia Regina.

 

FÔLEGO

Depois de assinar o contrato de financiamento com o Banco Mundial no valor de R$ 360 milhões de dólares para implantação do programa RN Sustentável e iniciar uma série de ações em diversos setores da vida do Estado, a governadora Rosalba Ciarlini parece ter ganho fôlego novo. Tanto é assim que até mesmo adversários já admitem que a governante poderá se fazer presente na campanha eleitoral do ano que vem. Como candidata à reeleição, sem, obviamente, precisar deixar o cargo.

 

 

01 de Novembro de 2013 às 12h18

Um retrato sem retoques

Gerson de Castro - Interino

 

 

A solenidade de lançamento do projeto RN Sustentável, que conta com recursos da ordem de 360 milhões de dólares do Banco Mundial, ocorrida na terça-feira, 29, é um retrato 3x4, sem retoques de como funciona a política potiguar. Com a popularidade em baixa, em litígio com órgãos como o Poder Judiciário, Ministério Público e Ministério Público por conta de cortes no orçamento 2013, a governadora Rosalba Ciarlini estava praticamente só. Nenhum deputado federal, senador ou liderança estadual de peso compareceu. Ninguém.

A solenidade era importante. O projeto RN Sustentável é importante. Não somente para Rosalba Ciarlini e sua gestão tem no financiamento do Banco Mundial a última carga de munição disponível para alavancar ações capazes de tirar ambas do atoleiro da impopularidade.

O RN Sustentável é o terceiro grande investimento do Banco Mundial no Rio Grande do Norte em 15 anos. E isso foi dito pela diretora que a instituição enviou a Natal. O investimento contempla diversas áreas, incluindo Educação, Saúde e Segurança.

Mas a classe política, com algumas exceções, desdenhou a solenidade. Somente compareceram o presidente do TCE, conselheiro Paulo Roberto, o presidente da Femurn, Benes Leocádio, e os deputados Getúlio Rego e José Adécio, este representando o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta. 

A solenidade esvaziada do ponto de vista político contraria o discurso de que todos se unem quando está em jogo o interesse do Rio Grande do Norte. A solenidade foi uma fotografia 3 x 4, sem retoques. E em branco e preto. 


 


 



PROS (E CONTRAS)

A movimentação do PROS comandado no Estado pelo vereador Rafael Motta e que tem como principal liderança o deputado Ricardo Motta, presidente da Assembleia Legislativa, tem chamado atenção e despertado ciumeira. Prefeitos e vereadores de diversos partidos estão sendo convidados a ingressar na nova legenda. Em Macaíba, o prefeito Fernando Cunha e oito vereadores aceitaram e já foram anunciados como novos integrantes do PROS.

 

CAMINHOS

De um agripinista muito bem posicionado vendo a cena política: "Rosalba só tem dois caminhos: ser candidata à reeleição ou permanecer no cargo até o final do mandato". Ao não aproveitar a janela aberta para transferências partidárias, a governadora Rosalba Ciarlini sinalizou claramente que não deixará o DEM. Mesmo reclamando do tratamento que tem recebido, decidiu ficar em sua trincheira. Talvez à espera de que o quadro melhore. Muita gente não acredita.

 

EXCLUSÃO

A candidatura do governador pernambucano Eduardo Campos à Presidência da República e sua aliança com a ex-senadora Marina Silva são argumentos usados para tentar excluir a vice-prefeita de Natal e ex-governadora Wilma de Faria de uma chapa majoritária. A desculpa é que não cabe alguém  do PSB no palanque dos partidos da base aliada de apoio à reeleição da presidente Dilma Roussef.  Detalhe: Wilma já deixou claro que não aceita esse argumento, não.

 

SUSPEITAS

Uma longa nota publicada dias atrás pela jornalista Thaisa Galvão em seu blog chamava a atenção do prefeito Carlos Eduardo para a movimentação de um auxiliar que estaria exibindo sinais de riqueza. Segundo a jornalista, estaria ocorrendo um fenômeno da riqueza repentina. A nota pedia que o prefeito desse uma olhada nas redes sociais.

 

SUSPEITAS II

A nota falava em valores superfaturados no pagamento de prestadores de serviço e também na arrecadação de multas. Nenhum nome colocado, nenhum fato concreto. Apenas suspeitas e indícios de irregularidades sem ao menos citar os órgãos em que estariam ocorrendo. Tem gente que arquivou a nota para acompanhar a movimentação de alguns nomes e órgãos. A conferir.

 

AUSÊNCIAS

Chamaram atenção dos prefeitos e demais participantes do Movimento SOS Municípios as ausências de alguns parlamentares. O deputado João Maia, atual coordenador da bancada federal, não apareceu nem justificou ausência. A deputada Fátima Bezerra enviou assessor para dizer que estaria presente a uma reunião da Executiva Nacional do PT. O deputado Fernando Mineiro foi um dos poucos estaduais que também não deram ar de sua graça.

 

PROTESTO

Mais de cem prefeitos reunidos pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) na última terça-feira, 29, decidiram pela realização de um protesto contra a crise financeira que atinge a maioria absoluta das prefeituras. Nos dias 5 e 6 de novembro, as sedes das prefeituras serão fechadas e sinalizadas com faixa preta e mensagens à população.

 

PROTESTO II

Uma comissão de prefeitos, liderada pelo presidente da FEMURN, Benes Leocádio, irá a Brasília para procurar, um a um, todos os deputados federais e senadores do Estado. Pretendem arrancar o compromisso de voto a favor das principais reivindicações dos municípios. Argumentam que a hora é essa. Se nada mudar, 2014 vai ser medonho para prefeituras e prefeitos.

 

MEDIDAS

Prefeitos relataram, na reunião da FEMURN, que estão fazendo de tudo para tentar amenizar a crise. Demissão de comissionados, de contratados e até antecipação do final do ano letivo. Vale tudo para tentar diminuir o descompasso entre receitas e despesas. Muitos deles já foram notificados pelo Tribunal de Contas por ter ultrapassado o limite prudencial dos gastos com pessoal, estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

CIDADANIA

Saiu do forno a cartilha do Programa Brasileiro de Educação Cidadã, idealizado pela advogada Lígia Limeira e o juiz Jarbas Bezerra, parceiros há quase dez anos na produção de manuais práticos das eleições. "Cidadaniza de A a Z" é o título da cartilha. Nascido e registrado no RN, o PROBEC deverá ser lançado em outros estados do País. Conversas neste sentido já foram iniciadas. Uma ótima iniciativa.

 

TIROTEIO

A troca de declarações envolvendo membros do Governo do Estado, do Ministério Público e do Poder Judiciário Estadual mostra que as dificuldades de diálogo em torno do orçamento 2013 estão longe do fim. O mais grave é que a discussão em torno do orçamento 2014 está apenas começando. E as divergências tendem a aumentar. Uma velha máxima popular diz que "em casa que falta pão..."

 

PRESENTE DE GREGO

Retroescavadeiras, pás carregadeiras e caminhões doados pelo Governo Federal aos municípios devem ter feito a festa da indústria que certamente faturou alto com a produção e comercialização destes veículos. O outro lado da moeda é que esses veículos, que poderiam servir, sob a forma de consórcio, a vários municípios, viraram uma grande dor de cabeça. O custo de manutenção é alto e há registros de veículos parados à espera de consertos que custam até R$ 60 mil.

 

BEBIDAS

O projeto de lei de autoria do deputado José Adécio (DEM) que autoriza e regulamenta a venda de bebidas alcoólicas em estádios e arenas desportivas do Rio Grande do Norte merece ser visto com isenção e sem hipocrisia. De que adianta proibir a venda de bebida dentro dos estádios e arenas se do lado de fora o comércio rola solto sem nenhuma organização e restrição? 

 


 


 

25 de Outubro de 2013 às 12h25

Questão de Credibilidade

Sinceramente penso que ninguém em sã consciência possa acreditar na tese levantada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte de que o Poder Executivo estadual, chefiado por Rosalba Ciarlini, teria dinheiro em caixa, mas mesmo assim, resolveu, deliberadamente, atrasar a folha de pagamento dos servidores estaduais do mês de setembro e que deverá repetir a decisão, de forma mais abrangente, agora no mês que está findando.

O levantamento da questão deu-se depois de um brilhante trabalho publicado pelo O Jornal de Hoje, de Natal, mostrando que os números das principais fontes de receita do Estado, bateram recordes de arrecadação, mas o governo justificando "frustação de receitas" viu-se obrigado a atrasar os salários de parte de seus servidores. Diante de informações tão conflituosas, o órgão ministerial quer que o governo explique melhor esses números, apresentando informações a respeito das despesas e das receitas para confirmar se realmente houve superávit financeiro.

O procurador Jovino Pereira é o autor do inquérito civil público que vai apurar a aplicação do orçamento e a legalidade do atraso salarial. Segundo dados levantados até agora pelo procurador, através de informações fornecidas pelo Tribunal de justiça, Assembleia Legislativa e Tribunal de Contas, os números apresentados pela equipe do Poder Executivo não se confirmaram, daí, a desconfiança que haja inverdade nas questões do executivo.

Daqui, deste canto de página, reafirmo: prefiro crer que a equipe de Rosalba esteja correta, afinal seria de uma irresponsabilidade com consequências inimagináveis pensar que tais autoridades usariam artifícios dessa natureza para escamotear a verdade e ferir de formal letal a credibilidade de um governo que passa por toda sorte de dificuldade mas que ainda tem como marcas a seriedade e a probidade no trato da coisa pública.  

 

 


Plano B

Engana-se quem pensa que o vice-governador Robinson Faria tem embaixo da manga um "plano B" como alternativa à sua candidatura a governador em 2014. Faria que esteve na TV Metropolitano na última quarta-feira, onde concedeu entrevista ao vivo ao programa "Primeira Página", assegura que qualquer outra hipótese que não seja disputar a cadeira ocupada hoje por Rosalba Ciarlini está fora de cogitação. "Serei candidato a governador e ponto." Diz sem meias palavras, Robinson Faria.

 

Acordão

A propósito das declarações de Robinson Faria, continuam as costuras para a composição de uma chapa que pode ser o maior "acordão" dos últimos tempos da política potiguar. Envolveria, PMDB, PT, PSB, PROS, DEM, PR e outros partidos nanicos. Nele, haveria acomodação para Fernando Bezerra, Fátima Bezerra e João Maia, na chapa majoritária e na proporcional, grandes "puxadores de votos" tais como: Henrique Alves, Wilma de Faria e Rafael Motta. Os deputados Felipe Maia, e Sandra Rosado, além de um nome do PT (Fernando Mineiro) complementariam a fortíssima chapa. Tudo muito bonito, só falta combinar com "russos", no caso, o povo potiguar.

 

PT/DEM

O PT nacional já definiu que lutará com todas as suas forças para fazer da deputada Fátima Bezerra candidata ao Senado. Terá todo o prestígio do Planalto para o pleito. Mas um ponto precisa ser esclarecido: A presença do DEM neste bloco. Como ficam os discursos de Fátima em relação ao DEM e do senador Agripino em relação ao PT?

 

Reação

Diante dessa crescente possibilidade, o vice-governador Robinson Faria reagiu: " Se houver um acordão dessa natureza, posso sair sozinho, mas vou me contrapor à essa armação. Caminharei em todos os municípios levando nossa proposta, e vamos ver o que vai dar".

 

Cedeu

Segundo fontes credenciadas, o ex-senador Fernando Bezerra que vinha recusando a qualquer custo a possibilidade de uma nova candidatura, mudou de postura nos últimos dias e já admite o retorno à vida pública para ser o tão procurado candidato do PMDB ao governo do Estado. 

 

Chapas

Concretizando-se as articulações dos últimos dias, sobra para o Presidente do DEM, senador José Agripino, a decisão de convencer a governadora Rosalba Ciarlini da inviabilidade de sua candidatura à reeleição. No seio do Rosalbísmo muitos garantem que o presidente Democrata não obterá êxito em tal tentativa.

 

Presidente

Deputado Gustavo Carvalho já decidiu e será candidato a presidente do América Futebol Clube em dezembro próximo. Tem tudo para ser o único postulante do cargo, haja-visto o grande trabalho que desenvolve em defesa do clube há muito tempo.

 

Grana

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo participou quarta-feira de audiência no Ministério do Turismo em Brasília, onde por intermédio do presidente da Câmara, Henrique Alves, obteve a liberação de R$ 10 mi para ações de drenagem, pavimentação e recapeamento asfáltico de vários bairros da capital.

 

Dois lados

Enquanto a governadora Rosalba Ciarlini admite que atrasar os salários dos servidores públicos, prometendo para a próxima semana a apresentação de novo calendário, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, resolveu fazer o inverso. Antecipou para hoje o início do pagamento em homenagem ao dia do servidor público segunda-feira.

 

13º Terceiro

Outra notícia desagradável para os servidores públicos estaduais, é o quase certo atraso também do décimo terceirosalário. Na quarta-feira passada, o secretário de Planejamento, Obery Rodrigues admitiu na Assembleia Legislativa que o governo ainda não conseguiu viabilizar recursos necessários para o pagamento dos 60% que restam da folha.

 

Lacuna

O secretário de Turismo do Estado, ex-vereador mossoroense Renato Fernandes pensa em ocupar a lacuna hoje aberta em Mossoró e disputar o mandato de deputado Estadual. Mossoró nas últimas eleições tem conseguido eleger entre dois e três deputados estaduais. O grupo comandado pela governadora Rosalba Ciarlini, até o momento não apresentou nome para a disputa.

 

Colapso

É grave, gravíssima a situação do abastecimento d'água do interior do Rio Grande do Norte. Cerca de vinte municípios das regiões Oeste e Seridó estão sem uma gota d'água em seus reservatórios. Cidades como Pau dos Ferros e Currais Novos entre tantas outras menores estão em colapso total. Há famílias cuja disponibilidade do precioso líquido é de 30 litros por semana. Caos total. A Assembleia Legislativa, embora que de forma tardia, trouxe o assunto para a ordem do dia. Providências urgentes precisam ser tomadas, a começar pela união de toda classe dominante do Estado em defesa dessa população necessitada. 

 

18 de Outubro de 2013 às 10h32

Resposta ao estilo Ravengar

Ainda repercute a dura, muito dura, a declaração prestada pela governadora Rosalba Ciarlini em entrevista ao jornal Valor Econômico em relação ao seu correligionário e presidente do DEM, senador José Agripino. Segundo a governadora, quando questionada sobre a falta de entusiasmo do presidente do partido para com sua candidatura à reeleição ela foi enfática: "Construí minha candidatura ao governo do Estado, em 2010, sozinha e se for preciso deixar o DEM para manter essa trajetória, o farei de cabeça erguida e mãos limpas". Complementando, Rosalba Ciarlini, arrematou: "Na hora que ele (Agripino) não me quiser, vou tomar o meu rumo", sinalizando para uma maior aproximação como governo petista da presidenta Dilma.

O desabafo da governadora deu-se em meio a permanente especulação sobre a intensão do presidente democrata em priorizar a chapa proporcional do partido ante ao seu desejo de uma nova candidatura ao governo do Estado.

José Agripino embora tenha negado publicamente o seu desinteresse na candidatura de Rosalba,segundo interlocutores vem deixando claro que não trabalhará pelo fortalecimento da tese da reeleição, pois sua prioridade é coligar o DEM com o PMDB e neste,  de acordo com um dos seus principais líderes, o ministro Garibaldi Filho, a ordem é manter distância de Rosalba. Assim, entre encaixar o partido numa coligação que assegure a renovação do mandato de seu filho, deputado Felipe Maia, na Câmara Federal e dos liderados deputados estaduais e lutar pela possibilidade "remotíssima" de uma nova gestão para Ciarlini, ele não pensaria duas vezes e seguiria com o foco na chapa proporcional.

Paralelo à decisão do senador, a governadora resolveu não se render e animada pela chegada de muitos recursos ao governo, vislumbra recuperar-se do desgaste político que enfrenta e já colocou o bloco na rua visando à reeleição, tendo ou não ao seu lado o presidente democrata. A primeira resposta a José já foi dada, e a partir de agora novos desdobramentos à duradoura aliança entre ambos podem surgir a qualquer momento. Tudo ao peculiar estilo de Ravengar.

 

 

 

Governador

O deputado Ricardo Motta, presidente da Assembleia Legislativa assumirá, no próximo mês, o governo do Estado. Será na oportunidade da viagem da governadora Rosalba Ciarlini à Alemanha, mesmo tempo em que o vice-governador Robinson Faria também estará em viagem ao exterior, visitando a Arábia Saudita. Motta permanecerá na governadoria por vinte dias e será o responsável pelo envio ao Poder Legislativo de mensagem solicitando autorização de um empréstimo de R$ 850 milhões, com os quais a governadora pretende alçar voo de sua gestão assegurando a renovação de seu mandato.



Mudança

Nos meios políticos já se nota uma mudança no comportamento de alguns políticos cujo discurso de oposição já estava repetidamente ensaiado e agora parece tentado a cair no esquecimento. Seria o cheiro verde do jardim da rosa que pode florescer.



Costura

Diante do fato novo gerado pelo PSB com a filiação de Marina Silva e o integral distanciamento dos socialistas com o PT, a deputada Fátima Bezerra resolveu antecipar as costuras de alianças para levá-la ao Senado Federal. Conversou terça-feira com o ministro Garibaldi Filho. Pelo que se sabe, a conversa não gerou grandes resultados. O ministro é defensor de uma aliança do PMDB com Wilma de Faria, concorrente da petista na disputa pela cadeira na Alta Câmara.



Costura II

Quem também andou costurando esta semana o tecido eleitoral foi o vice-governador Robinson Faria que juntamente com o filho, deputado Fábio estiveram reunidos em Brasília com o presidente da Câmara e do PMDB potiguar, Henrique Eduardo. Discurso unificado de "abrir portas". Todos conversam com todos e as definições só quando o ano novo chegar.



Posição

O deputado José Adécio(DEM) foi escalado para marcar a posição atual do partido com vistas 2014 e cumpriu com maestria a missão: O Democratas está aberto ao diálogo com qualquer partido, inclusive os de oposição ao governo do Estado, a exceção, é claro, do PT. As conversas entre Democratas e Pemedebistas visando uma coligação na chapa proporcional continuam, embora o senador Garibaldi Filho venha declarando que não aceita o DEM se esse continuar no palanque da governadora. A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, líder das pesquisas para o governo do Estado e para o Senado, se desejar, pode se aproximar do DEM, pois a hostilidade que havia antes desapareceu. E por fim, a governadora, cujo desgaste atual é reconhecido por todos, na visão do deputado, demonstra recuperação. O parlamentar falou sem medo e acertou na mosca.O jogo ainda está zerado.



Encontro

Amanhã, sábado, o PMDB do Oeste se reúne em Patu para discutir estratégias visando 2014. O presidente do partido no Estado, Henrique Alves e o ministro Garibaldi Filho são presenças asseguradas.



SOS

Promete ser bastante concorrido o Encontro dos Municípios que a Femurn promoverá na próxima segunda-feira na sede do América em Natal. Terá a presença de toda a bancada federal e também do presidente do Senado Renan Calheiros. Segundo Benes Leocádio, presidente da Femurn, estarão no evento delegações de todos os municípios do RN e vários Estados do Nordeste. São esperados, em média, mil participantes.



Presidência

Na Câmara de Natal, passada esta fase de discussões sobre o "passe livre", vereadores vão se voltar para discutir a antecipação da eleição da nova Mesa Diretora. Dois blocos estão sendo formados. Um liderado pelo atual presidente, Albert Dickson, e o outro pelo deputado Paulinho Freire. Caso o atual presidente seja candidato à reeleição, o mais cobiçado na chapatende a ser o de vice-presidente, haja-vista a grande possibilidade de Dickson se eleger deputado estadual. Assim, o vice automaticamente assume a cadeira presidencial.



Passe Livre

Depois de vetar a lei aprovada pela Câmara criando o passe livre por considerá-la inconstitucional, o que foi reconhecido pelos próprios vereadores que acataram o veto, o prefeito Carlos Eduardo está encaminhando hoje um novo projeto sobre o assunto. Está criando o passe livre apenas para os estudantes do ensino fundamental da rede municipal de ensino, modelo já adotado na vizinha João Pessoa. Ponto para o prefeito.



Saúde

Se de um lado o prefeito pode acalmar os estudantes pela criação parcial do "passe livre", por outro, terminou a semana enfrentando problemas causados pela deflagração da greve unificada dos servidores de várias categorias do funcionalismo municipal.



Relator

O deputado José Dias (PSD) foi designado pela Comissão de Finanças para ser o Relator do Orçamento Geral do Estado para o próximo ano. Ele já apresentou o cronograma de trâmite da matéria que terá que ser apreciada pelo plenário até o dia 15 de dezembro. Será o grande teste do governo junto à Assembleia onde agora não tem mais maioria parlamentar.

 

TV Metropolitano

Prego batido, ponta virada. O sinal da TV Metropolitano chega em meados de novembro à cidade de Mossoró através da TCM e também em Currais Novos, via sistema cabo da Sidys Comunicações. Serão cerca de 30 mil novos domicílios onde vocês pode massistir a nossa programação que também em novembro terá a grade ampliada com novos programas.



Pesar

A coluna informa com pesar o falecimento esta semana do advogado Hélio Vasconcelos, ex-presidente da OAB/RN. Uma figura impar no Estado. Nossa solidariedade à família.

 

11 de Outubro de 2013 às 11h25

SOS MUNICÍPIOS

Gerson de Castro - Interino

 

 

Prefeitos e vereadores de todo o Rio Grande do Norte se reúnem no próximo dia 21 de outubro na sede social do América Futebol Clube, em Natal. O evento, denominado SOS Municípios, deverá reunir deputados federais e senadores, deputados estaduais e conta, ainda, com a presença da governadora e de presidentes das Federações de Municípios de todo o Nordeste e dirigentes da Confederação Nacional dos Municípios.

Liderado pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), o encontro será uma espécie de lançamento de uma nova etapa do movimento municipalista no Estado. Tem prefeito disposto a “chutar o pau da barraca”. Sufocados pela perda de recursos e aumento de encargos e responsabilidades, os prefeitos já não aguentam mais: estão na mira do Tribunal de Contas por conta dos limites de gastos com pessoal previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal. Também são alvo de ações do Tribunal Regional do Trabalho por conta das dívidas de gestões passadas com pagamento de pessoal.

Sem poder sonhar com a redistribuição dos royalties do petróleo - que se encontra judicializada depois da aprovação pelo Congresso - os prefeitos querem aumento de 2% no Fundo de Participação dos Municípios. E querem maior participação do Governo Federal nos programas desenvolvidos nos municípios.

Para as entidades envolvidas, o SOS Municípios é mais do que um pedido de socorro. É um grito pela salvação. "A hora é essa", garantem.

 

 

 

ORÇAMENTO

O deputado José Dias (PSD) será escolhido relator da proposta de Orçamento do Estado para o exercício de 2014. A decisão já foi tomada pelo presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização, Luiz Antônio "Tomba" de Farias. A outra alternativa seria o deputado Raimundo Fernandes, que estava no PMN a caminho do PP e terminou migrando para o PROS sob a liderança do presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta.



ORÇAMENTO II

Se é verdade que José Dias, notório opositor do governo Rosalba Ciarlini, não vai aliviar na discussão do Orçamento, também é verdadeiro afirmar que a gestão estadual ganhou mais fôlego e capacidade de argumentação com a decisão do STF, em caráter liminar, de reconhecer a legalidade do corte de 10,74% no orçamento do Estado em 2013. O corte representa R$ 142 milhões a menos nas transferências para os tribunais de Justiça e de Contas, Assembleia Legislativa e Ministério Público Estadual.



ORÇAMENTO III

Com os Poderes Executivo e Judiciário e Ministério Público em pé de guerra por conta dos cortes no orçamento de 2013, a relatoria da proposta orçamentária para 2014 cresce em importância por causa de um detalhe muito importante: a diferença entre os gastos projetados pelo Governo do Estado e o pedido de orçamento dos demais poderes e órgãos como TCE e MP, para 2014, é de nada menos que R$ 230 milhões.

 

MINORIA

O fim do período para troca de partidos e o atual cenário político estadual criaram algumas situações curiosas na Assembleia Legislativa. Na formação do bloco da minoria no parlamento estadual se juntaram Fábio Dantas, do PCdoB, Kelps Lima (Solidariedade), George Rosado (PR) e Fernando Mineiro, do Partido dos Trabalhadores. O líder é o deputado petista que já avisou que não vai abrir mão de tramitação normal de matérias de interesse do governo.



CIDADES DIGITAIS

Os municípios de Baía Formosa, Frutuoso Gomes, Ipanguaçu, Jaçanã, Lajes, Portalegre, Riacho de Santana e Santana do Matos foram selecionados no projeto Cidades Digitais, com financiamento do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC2). Os prefeitos foram convocados pelos Ministérios do Planejamento e das Comunicações para um encontro em Brasília nesta segunda-feira, 14.



REAPROXIMAÇÃO

A inclusão da vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria entre os políticos condecorados com a Medalha Assembleia Nacional Constituinte Ulysses Guimarães é considerada perfeitamente normal.. Mas, as imagens de Wilma recebendo a honraria das mãos do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB) ganharam uma conotação política. Há quem enxergue nelas um certo clima de reaproximação política. Com direito a acordo eleitoral.



IMPASSE

Não tem jeito. Se depender da análise da Procuradoria Geral do Município, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) vetará o projeto do Passe Livre para estudantes nos transportes coletivos da capital. O parecer da PGM não deixa pedra sobre pedra quando analisa os problemas jurídicos do projeto da vereadora Amanda Gurgel aprovado por 28 dos 29 vereadores.



IMPASSE II

Para a Procuradoria, o projeto do Passe tem vício de iniciativa (caberia ao Executivo e não ao Legislativo) não indica fontes de financiamento, interfere no princípio da divisão funcional entre os poderes públicos e até mesmo na ordem econômica, quando avança sobre a participação das empresas permissionárias do sistema de transporte coletivo de passageiros.



TERRA DE POTI

Com a viagem do prefeito Jaime Calado para Pequim como integrante da Missão Potiguar na China, o seu vice-prefeito, Francisco Potiguar Cavalcanti Neto (Poti Neto) tornou-se o terceiro político da família Cavalcanti a assumir o comando da gestão municipal de São Gonçalo do Amarante. E com uma coincidência: os dois anteriores foram seu avô Francisco Potiguar Cavalcanti e seu tio Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior.



JUVENTUDE

Representantes da Juventude do PMDB do Rio Grande do Norte participarão, no próximo dias 22, em Brasília, do encontro de representantes da Juventude de todo o País a Executiva Nacional do partido, com a presença do presidente nacional da legenda, senador Valdir Raupp e do vice-presidente da República, Michel Temer. No dia 23, os jovens peemedebistas se reúnem no Seminário sobre Políticas Públicas para a Juventude.



TROCA-TROCA

Depois de cidades como Macau e Guamaré, Mossoró entrou no rol das prefeituras atingidas por decisões judiciais que obrigam. Em menos de duas semanas, a segunda maior cidade do Estado teve nada menos que quatro prefeitos: Claudia Regina, o vereador Alex Moacir, o presidente da Câmara Municipal, Francisco José Júnior e, de novo, Claudia Regina. Como se trata de medida liminar, não será surpresa se ocorrerem novas mudanças.



BOLSA FAMÍLIA

As famílias inscritas no Programa Bolsa Família tem até o dia 13 de dezembro para fazer a revisão de seus dados. Basta para isso comparecer à qualquer unidade do Cadastro Único, Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) ou secretarias municipais de Assistência Social. No RN, mais de 29,6 mil famílias precisam fazer a revisão cadastral.  A não atualização dos dados implica perda do benefício.



ISOLAMENTO

Completamente esvaziado com saída do grupo político liderado pelo deputado Ricardo Motta, presidente da Assembleia Legislativa, o Partido Progressista está condenado ao isolamento. O deputado Betinho Rosado, que desembarcou na legenda para assumir o comando, terá que remontá-la. A tarefa de formar coligações com outros partidos não será nada fácil. 

 

04 de Outubro de 2013 às 12h02

Wilma na cabeça

A vice-prefeita de Natal e presidente estadual do PSB, Wilma de Faria já decidiu. Está abandonada de vez sua intensão de disputar uma cadeira na Câmara Federal e será sim, candidata a uma vaga nas eleições majoritárias do próximo ano. A dúvida que ainda existe é quanto ao cargo. Governador ou Senador.

E, para dissipar a questão, alguns pontos precisam ser detalhadamente discutidos entre os partidos que integrarão o grupo de oposição ao sistema governista. A primeira e mais relevante questão é quanto à posição a ser tomada pelo PMDB na chapa majoritária. Não restam dúvidas que caberá ao partido liderado pelo grupo Alves um lugar na cabeça de chapa e se o nome a ser levado pelo PMDB for o do ministro Garibaldi Filho, Wilma buscará a disputa pelo Senado, evitando uma "luta sangrenta", mesmo tendo que enfrentar a deputada Fátima Bezerra, caso PT e PMDB se aliem.

Já se o candidato a governador for o deputado Henrique Eduardo formando chapa com Fatima, a vice-prefeita de Natal optará por enfrentar o presidente da Câmara Federal. Restando a possibilidade do PMDB indicar ainda o deputado Walter Alves como candidato à vice-governador numa chapa com ela. Em Todos os casos, Wilma considera que terá o apoio do prefeito Carlos Eduardo, podendo ter ao seu lado também o líder do PSD no Estado, o  atual vice-governador Robinson Faria.

Uma coisa é certa: Wilma participará como candidata da chapa majoritária e segundo ela própria informou na última terça-feira em encontro promovido por seu partido em Natal essa definição será oficializada em janeiro quando a partir dai vai percorrer todo Estado conclamando aos correligionários para a nova batalha.

 

 

 

Pit Stop

A passagem da Presidenta Dilma pelo Rio Grande do Norte nesta quarta-feira foi como sua penúltima visita. Um verdadeiro pit stop. Do aeroporto Augusto Severo foi à Ceará-Mirim, fez um discurso inaugurando unidades dos Institutos Federais de Educação e, em seguida, retornou à Brasília.  

 

Condenação

A prefeita de Mossoró, Claudia Regina, recebeu mais uma condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral. A terceira desde que assumiu a prefeitura, em janeiro. Segundo conhecedores do direito eleitoral sua permanência à frente do executivo mossoroense fica cada dia difícil. A prefeita já teve seu mandato cassado em primeiro e segundo grau e por esta decisão está com os direitos políticos suspensos por oito anos. Os advogados da prefeita e do vice entram nas próximas horas com recurso junto ao TRE.

 

Saída

A saída do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, do governo federal é mais uma decisão que afasta os socialistas do PT e pode provocar novas mudanças. Mas no Rio Grande do Norte as líderes do PSB, vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria e deputada Sandra Rosado, garantem que nada muda na relação de ambas com o governo Dilma e que, portanto, os cargos indicados por elas na esfera federal no âmbito do Estado continuam como estavam.

 

Reação

Como ainda não é hora de "passar recibo", o presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta mantém cautela em suas declarações a respeito da futura relação que manterá com o governo.Afirma que o Partido Republicano da Ordem Social - PROS que presidirá, manterá uma postura de "independência" na Assembleia Legislativa. Sua bancada deverá contar com cinco ou seis deputados.

 

Menos um

O Democrata que vem sofrendo consecutivas perdas nos seus quadros pode, até amanhã, dia 05, sofrer mais uma. Trata-se do deputado estadual Leonardo Nogueira que diz nutrir enorme insatisfação no seu partido. Diz que está sendo discriminado e tendo em vista que sua esposa, Fafá Rosado, ter trocado o DEM pelo PMDB, por onde pretende sair candidata à deputada federal, ele, Leonardo, avalia trocar o Democratas pelo recém criado PROS.

 

Reunião

Para tratar das questões inerentes ao DEM no Rio Grande do Norte o deputado José Adécio esteve nesta terça-feira reunido com o presidente do partido, senador José Agripino, em seu gabinete no Senado Federal. Agripino promete para hoje, sexta, nova reunião aqui no Estado. Para tanto estão convocados também os deputados Getúlio Rego e Leonardo Nogueira que terá uma ótima oportunidade para definir sua situação na legenda. Ficando ou não.

 

Presidente

O deputado Kelps Lima, há dois meses sem partido, decidiu se filiar ao PS - Partido da Solidariedade. Será o primeiro presidente da legenda no Rio Grande do Norte e comporá o grupo de oposição ao governo federal. Para sua filiação se concretizar até os presidentes nacionais do DEM, JoséAgripino e do PSDB, Aécio Neves, foram acionados e compromissos foram assumidos.

 

Derrota

A ex-senadora Marina Silva pretensa candidata à Presidência da República à poucas horas para o final do prazo de filiação partidária, sofreu uma nova derrota no processo de legalização da legenda no Tribunal Superior Eleitoral o que deve inviabilizar sua intensão de ser candidata pela Rede. Novas legendas estão sendo consideradas pela ex-senadora, embora ainda lhe reste esperanças que o plenário da corte atenda aos pleitos da Rede.

 

Impeachment

Se juridicamente não há mecanismos para a tramitação de um pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini, e isso já vem sendo ratificado por renovados juristas, politicamente a oposição à governadora prefere desconsiderar a questão. Tanto é que o deputado Fernando Mineiro - PT, vem sugerindo aos defensores públicos do Estado, que assumiram a paternidade do tema, que encaminhem à Casa Legislativa os documentos  embasando  a instrução do processo que ele dará seguimento à proposta. Apesar do clima na Assembleia não ser nada bom em relação ao governo, não se cogita, ainda, tal medida tendo em vista a ausência de parâmetros constitucionais que precisam ser cumpridos.

 

Antecipação

Causaram mal estar entre aliados do prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, as últimas declarações do vereador Ricardo Gurgel, PSB, que foi eleito antecipadamente presidente do Poder Legislativo da cidade. O edil criticando os deputados estaduais da cidade, Gilson Moura e Agnelo Alves, antecipou em mais de três anos o debate sobre a sucessão municipal. Alguns aliados do grupo consideram que esse tipo de atitude tem efeito desagregador.

 

Animado

O vice-governador Robinson Faria que aparentemente andou mergulhado das discussões sobre 2014 nos últimos dias, declarou que está muito satisfeito com as recentes jogadas do xadrez político. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo assumiu publicamente lhe apoiar e outras manifestações de apoio estão sendo articuladas, inclusive dentro do PMDB.

 

Publicação

O Diário Oficial do Município de Natal publicou leis aprovadas pela Câmara Municipal autorizando a prefeitura contrair empréstimos de R$ 105 milhões para obras de mobilidade urbana. Natal pode se transformar num canteiro de obras. Bom para todos.

 

Aprovada

A PEC que põe fim ao voto secreto no âmbito da Assembleia Legislativa foi aprovada esta semana, por unanimidade, pela Comissão de Constituição e Justiça da Casa. A Emenda à Constituição estadual vem para assegurar mais transparência aos votos nominais dos senhores deputados.

 

27 de Setembro de 2013 às 12h34

Crise acentuada

O deputado Ricardo Motta, presidente da Assembleia Legislativa conseguiu junto com o colega Raimundo Fernandes a "justa causa" e se desfiliou do PMN prometendo formar ao lado de Vivaldo Costa, Kelps Lima e Gilson Moura uma grande bancada do Partido Popular - PP que é presidido no Estado por seu filho, o vereador Rafael Motta. A filiação de todos já está sendo preparada, com a certeza de que Motta passará a comandar a legenda no Rio Grande do Norte.

No entanto, ontem, quinta-feira, surgiu um fato novo que pode se transformar grande problema para Motta, que precisa superá-lo para que essas filiações possam acontecer. Como essa coluna anunciou, em primeira mão, o deputado Betinho Rosado que se desligou do Democrata esta semana, chegou ao Estado com a garantia dada pela presidência do partido a nível nacional de que o comando do PP lhe pertence e que se Ricardo Motta e os outros deputados estaduais quiserem realmente fazer parte da sigla, o farão sob sua liderança. Uma reunião entre os dois deputados aconteceria até o final da tarde de ontem e até o fechamento desta edição não se tinha a informação exata do resultado do encontro, mas esse novo cenário pode provocar uma mudança radical no rumo dos deputados estaduais que certamente não pretendem estar atrelados partidariamente ao deputado de Mossoró. 

O deputado Betinho Rosado sabe que sua decisão em assumir o controle do PP trará para sua cunhada, a governadora Rosalba Ciarlini, uma grande dor de cabeça, pois deve distanciar ainda mais o presidente da Assembleia do governo. As relações entre Rosalba e a Assembleia já não andam nada bem e briga pelo controle do PP pode estremecer de vez a convivência entre o executivo e legislativo.

O chefe da casa civil do governo do Estado, Carlos Augusto Rosado, irmão de Betinho e esposo da governadora sabe disto como ninguém e durante os últimos dias fez de tudo para demovê-lo da ideia de controlar o PP, considerando, inclusive que a decisão do parlamentar pode provocar uma crise política de consequências irrecuperáveis para o governo, chegando a declarar que o irmão ao assumir o PP estaria assinando o "impeachment" de sua mulher.

Carlos Augusto considera que a melhor alternativa para Betinho seria se filiar ao PTB, mas o deputado diz que não pode mais "se sacrificar" em nome da família e que sua decisão está tomada e é irredutível.

O final de semana promete ser recheado de muito barulho nos bastidores da política. 

 

 


Preocupação

A preocupação da governadora Rosalba Ciarlini não se restringe a questão de mudança partidária do cunhado Betinho Rosado. Outro e grave problema está tirando o sono da titular da governadoria. Ela já não tem certeza que terá a legenda do DEM para disputar a reeleição. Na última quarta-feira teve uma demorada reunião com o senador José Agripino em Brasília quando lhe comunicou a decisão de concorrer ao novo mandato, mas não recebeu do presidente democrata a sinalização de que terá a legenda para a disputa eleitoral. 

 

Contrário

A interlocutores mais próximos o senador José Agripino tem confidenciado que o desejo de reeleição de Rosalba Ciarlini é um "suicídio" e que ele o seu DEM não vão embarcar numa "canoa furada".O líder do Democrata já fala em negar a legenda à correligionária se essa insistir na candidatura a reeleição.

 

Rompimento

Há claros sinais de rompimento a vista.

 

Fora

Aliás, o presidente do DEM, que enfrentou uma semana cuja tônica foi de "inferno astral" para o partido no Rio Grande do Norte, viajou ontem, quinta-feira, à Miami, onde participa de seminário de empresários do Brasil e Estados Unidos e tenta "esfriar a cabeça" para as novas batalhas que o DEM deve encarar a partir da próxima semana. Segundo fontes privilegiadas podem ser verdadeiros duelos.

  

PS

O TSE aprovou na última terça-feira o surgimento da 32. Sigla partidária do país. Trata-se do PS - Partido da Solidariedade, comandado nacionalmente pelo deputado federal Paulinho Pereira, líder da Força Sindical. Aqui no Rio Grande do Norte, por ser um partido novo, pode vir a ser uma alternativa para alguns políticos com mandato mudarem de legenda até o dia 05 de outubro. Apesar de está filiado ao PRB, por onde sairá candidato a deputado federal, o controle do PS fica nas mãos de Abrão Lincoln.

 

Orçamento

Na próxima quarta-feira a Comissão de Finanças e Fiscalização da Assembleia Legislativa começa discutir a proposta de orçamento para o próximo ano. Presidida pelo deputado Toma Faria a Comissão promete acalorados debates sobre o tema. O tema pode ser a senha que muitos desejam para mostrar a nova cara da Assembleia em relação ao governo.

 

Evento

Acontece hoje no Ocean Palace, em Natal, encontro do PSD para marcar a filiação de novos integrantes que pretendem disputar o pleito de 2014. A reunião será presidida pelo líder do partido no Estado, vice-governador Robinson Faria.

 

Secreto

A Câmara de Natal aprovou por unanimidade projeto do vereador Sandro Pimentel do PSOL acabando com o voto secreto naquela casa legislativa. Ponto para os edis natalenses. A Assembleia Legislativa devia seguir o exemplo.

 

Retorno

O vereador Júlio Protásio (PSB) confirmou o retorno à liderança do prefeito Carlos Eduardo. Protásio que havia deixado a liderança por problemas com o secretário de Saúde demonstra força no retorno à função.

 

Posição

De Mossoró nos chega a informação de um duro diálogo entre o Ministro Garibaldi Filho e ex-prefeita Fafá Rosado, após a solenidade que marcou sua filiação ao PMDB. O Ministro teria sido incisivo na cobrança de uma posição clara da nova correligionária em relação ao governo do Estado. "Todos que optarem pelo PMDB terão que fazer oposição ao governo do DEM, pois o partido não aceita posição dúbia a este respeito". Teria dito o ministro diante de uma silente Fafá.

 

Reunião

Todos os vereadores de Ceará Mirim, 13 no total, de todos os partidos se reúnem hoje, às 16 horas com a governadora Rosalba Ciarlini. Vão acompanhados dos deputados João Maia e José Adécio. O vice-prefeito José Praxedes, do DEM, também vai estar presente.

 

TV Metropolitano

Intensificam os preparativos da TV Metropolitano para fazer chegar o seu sinal à cidade de Mossoró, através do TCM. Na segunda maior cidade do Estado, a TV Metropolitano pretende montar equipe jornalista.

 

20 de Setembro de 2013 às 12h22

PMDB: Muita encenação e nada de novo

A reunião promovida pelo diretório estadual do PMDB no Rio Grande do Norte, em um hotel de Natal, esta semana, esperada e festejada antecipadamente como um fato político histórico, na verdade, se vista por vários ângulos, não apresentou qualquer novidade. O partido que já se tornou conhecido por suas posições dúbias, continua craque no tudo falar sem nada dizer. Senão vejamos:

O presidente Henrique Eduardo, diante de uma plateia ansiosa que lotou o auditório, disse em seu discurso que o partido já não faz parte do governo Rosalba, sistema que apoiou até a exaustão e que a partir de agora decidiu que apresentará um candidato ao governo, pois, após dez anos sem ter o comando do Estado, está preparado e pronto para retomar o lugar de chefe do poder executivo do Rio Grande do Norte. E, com o olhar fito no primo Garibaldi, sentenciou que dali, daquela mesa, sairá o futuro governador do Estado. Alguma novidade em suas palavras? Não. Repetiu o que todos já sabiam ser sua vontade.

O Ministro e Senador Garibaldi Filho, maior liderança eleitoral do partido e considerado por todos os presentes como a melhor e quase imbatível alternativa para disputar a cadeira ocupada pela hoje adversária Rosalba Ciarlini, emocionado, repetiu que não deseja entrar na batalha e pediu para que os liderados esqueçam seu nome, pois seu tempo já teria passado e devolveu para Henrique a oferta de candidatura. Algo de novo? Não.

O deputado Walter Alves, terceiro líder do clã, cujo nome vem sendo lembrado para a disputa, disse-se candidatíssimo a reconquistar seu mandato como titular na Assembleia Legislativa e num ensaio tríplice, afirmou que o nome ideal para a disputa majoritária é Garibaldi ou Henrique. Ou seja, também choveu no molhado.

Diante de tudo isto e deconectados aplausos de uma plateia misto de euforia e decepção, a se perguntar: o partido tem outro nome fora deste quadrante?  Resposta que não precisa de meditação: Não. Assim, como acreditar que o PMDB apresente candidato a governador, se todos os potenciais candidatos não se dizem aptos a enfrentar a luta? Incoerência, ou apenas ensaio de um jogo de faz de conta. 


 


 


Destoante

Os primos e deputados Henrique Eduardo e Walter Alves falam idiomas diferentes em relação ao pleito do próximo ano. Walter confirma conversas com o vice-governador Robinson Faria a fim de atraí-lo para o partido,onde iria para ser seu candidato a governador. Henrique que é o presidente do partido, disse desconhecer o assunto e considera essa questão "desrespeitosa" a Robinson (e a ele também?).

 

Bloco na rua

A governadora Rosalba Ciarlini, que já decidira semana passada ser candidata à reeleição, resolveu adiantar sua intensão e já começou a botar o bloco na rua. Participou de maratona de visitas no alto oeste em estilo de campanha. Seu esposo e mentor, o chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, vem declarando: "quem pensa que Rosalba está morta, está muito enganado".

 

Teste

O primeiro teste da nova fase do governo na Assembleia Legislativa vai ser a apreciação do novo orçamento do Estado para o próximo ano. O executivo encaminhou proposta reduzindo os gastos do Tribunal de Justiça, do Poder Legislativo, do Ministério Público e do Tribunal de Contas. A matéria promete muita turbulência. 

 

Negativa

O TSE acatou parecer ministerial e negou, na última terça-feira,o direito a "justa causa" ao deputado Betinho Rosado para se desfiliar do DEM. Agora só resta ao parlamentar enfrentar o risco de perder o mandato se realmente pretende disputar às eleições do próximo ano por um novo partido. A interlocutores próximos Betinho tem garantido que este será seu caminho. Caminho, aliás, que poderá leva-lo ao PPou ao PTB.

 

Preferência

A preferência do parlamentar mossoroense é pelo Partido Popular, haja-visto sua estrutura em todo país. O problema é que Betinho diz que ao se filiar ao PP, assumiria o controle da legenda no Rio Grande do Norte "tomando" a sigla do deputado Ricardo Motta e isso representaria um grande problema para o governo do Estado junto à Assembleia Legislativa, cuja relação política já está bastante fragilizada.

 

Filiação

A ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado se filia na próxima segunda-feira ao PMDB em solenidade que vai acontecer na Câmara de Vereadores. A presença das maiores lideranças do partido no Estado está assegurada, podendo inclusive contar também com nomes do partido no cenário nacional.

 

Próximos

Estão cada vez mais próximos os primos Henrique Eduardo, Garibaldi Filho e Carlos Eduardo Alves. 2014 pode trazer nova configuração entre os três.

 

Região metropolitana

O vereador George Câmara, autor do projeto de criação da região metropolitana de Natal anda falando sozinho sobre o assunto. O edil informa que a cinco meses o comitê da região que discute os problemas comuns da área não se reúne.

 

Defesa

Finalmente surgiu um aliado da governadora Rosalba Ciarlini que resolveu defender a sua candidatura à reeleição. Foi o democrata José Adécio que em discurso na Assembleia Legislativa mostrou pontos positivos do governo e disse que Rosalba Precisa mostrar à sociedade o que tem feito pelo Rio Grande do Norte. 

 

Voto Aberto

O prefeito de São José do Mibipu, Arlindo Dantas (PMDB) não esconde o voto que pretender dar em 2014, para a chapa majoritária. Só não vota em Wilma de Faria se do outro lado da disputa estiver o senador Garibaldi Filho.

 

Assu

De Assu, chegam os dados de uma pesquisa realizada pelo instituto Mundial Marketing E Pesquisa entre 05 e 08 passados: na espontânea para o senado: Wilma 54,80% Fatima Bezerra 45,20%. Para Governo Wilma 38,00% João Maia, 10,154, Robinson Faria 9,35% e Rosalba Ciarlini 6,80%. Para a chapa de federal quem despontou foi o empresário Romildo Queiróz com 34,20% na estimulada.

 

Greve

Bancários do Estado entraram ontem, (quinta-feira), em greve por tempo indeterminado. Se esta situação se estender até o final do mês haverá grande problema com a folha do Estado, cujo pagamento vem sendo especulado, que pode correr risco de atraso.

 

Sinal

A Tv Metropolitano que leva seu sinal à Natal e Parnamirim através da Cabo Telecom chegará nos próximos dias também a outras cidades do Estado. Entendimentos neste sentido estão sendo mantidos pela direção da empresa.

 

 


 

13 de Setembro de 2013 às 10h43

Vida difícil

A situação da possível chapa proporcional do partido Democrata no Rio Grande do Norte com vistas às eleições do próximo ano não está nada animadora e vem deixando os partícipes desta conjuntura bastante preocupados. A cada dia surge nova informação segundo a qual o quadro tende-se a se agravar para aqueles que vão disputar o pleito. O DEM, que antes fechara questão vetando algumas possibilidades de coligação, agora vem sofrendo o "troco" e hoje vários partidos já manifestaram disposição de não se aliar ao partido presidido pelo senador José Agripino.

Assim, caso não reverta os sintomas que hoje sente na pele, o Democrata pode ir à eleição isoladamente e isso significará um desafio quase intransponível para aqueles que disputarão o pleito proporcional.

Para a deputação Federal, o DEM conta hoje, apenas com os nomes dos deputados Felipe Maia e Betinho Rosado. Este, no entanto, já confidenciou que seu desejo de abandonar a legenda é maior do que muitos imaginam e ele pode, inclusive, sair do partido até o dia 05 de outubro, independente do risco de perder o mandato, já que a justiça eleitoral lhe legou a justa causa.

Na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa o partido que conta hoje com três deputados, não tem grandes nomes que possam fortalecer a chapa. O auxiliar de governo Carlson Gomes, que seria o quarto melhor quadro na disputa, já declarou que não pretende entrar na luta e o deputado Leonardo Nogueira, cuja esposa, ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado, está trocando o DEM pelo PMDB onde concorrerá (segundo Leonardo) a uma cadeira na Câmara Federal, está na incômoda e insustentável situação de "agradar a gregos e troianos" e fontes ligadas ao casal já asseguram que o mais provável será Fafá descer na chapa e disputar a cadeira hoje ocupada pelo marido.

Assim, restariam apenas os deputados Getúlio Rego e José Adécio mais "alguns gatos pingados", ameaçando sobremaneira a possibilidade de retorno de ambos. Diante de tudo isto, a palavra empenhada pelo presidente da legenda de que mesmo tendo rompido com o go-verno do Estado, a segurança de aliança com o PMDB está mantida. Mas, no contrapeso da palavra do democrata está a recente afirmação do ministro Garibaldi Filho que não aposta uma "moeda furada" na coligação DEM/PMDB.  

Vida difícil a dos Democratas.  

 

 

 


Decidido

Se muitos ou poucos tinham dúvidas, essas não existem mais: a governadora Rosalba Ciarlini, cujo governo enfrenta dificuldades em quase todas as áreas de atuação, resolveu em caráter decisivo: será candidata à reeleição de qualquer jeito. Tem a prerrogativa legal e a disposição para encarar uma nova batalha eleitoral. "Os opositores que venham para o ringue" teria confidenciado a um íntimo interlocutor, a chefe do Executivo.

 

Posição

O deputado Getúlio Rêgo líder do governo na Assembleia Legislativa declarou à imprensa esta semana que se a eleição fosse este ano não acreditaria numa candidatura a reeleição de Rosalba. A governadoria garante: a eleição será no próximo ano e até muita água correrá por debaixo da ponte.

 

Decidido II

Em reunião acontecida esta semana, o PSB no Estado decidiu que buscará uma candidatura em chapa majoritária. Isso significa que a ex-governadora Wilma de Faria já não pensa numa cadeira de deputada federal, como antes afirmara e cresce a cada dia a possibilidade de sua candidatura ao governo do RN. A questão a ser superada chama-se Robinson Faria que já declarou não abrir mão de sua candidatura para o mesmo posto. 

 

Reunião

O PMDB, já completamente rompido com o governo e iniciando ações junto aos partidos de oposição ao governo estadual se reúne nesta segunda-feira, pela manhã no Praia Mar Hotel, em Ponta Negra. Prefeitos, vices, vereadores e presidentes da legenda nos municípios, discutirão o novo momento do partido. Tudo sob a coordenação de Henrique, Garibaldi e Walter Alves.

 

Forte

O partido Popular pode vir a ser a segunda maior bancada da Assembleia Legislativa nos próximos dias. Deve contar com a presença dos deputados Ricardo Motta, Raimundo Fernandes, Kelsp Lima Vivaldo Costa e Gilson Moura. Mas, paralelemente a este fortalecimento, cujo DNA pertence ao presidente da Casa, Ricardo Motta, pode surgir também uma disputa pelo comando da legenda. Deputado federal Betinho Rosado garante ter cartas na manga e pode assumir o controle do PP.

 

Obras

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, assinou esta semana, a ordem de serviço para obras de mobilidade urbana do entorno do Arena das Dunas. Serão construções de túneis, viadutos e passarelas de pedestres que prometem, segundo a prefeitura, resolver o problema de trânsito nas imediações do estádio.

 

Fifa

Aliás, o prefeitoCarlos Eduardo participou ontem no Rio de Janeiro de uma reunião com o Comitê Organizador da Copa do Mundo onde apresentou a programação da Prefeitura no "Fifa Fan Fest" um festival que ocorrerá na Praia do Forte, nos dias de jogos da copa em natal.

 

Presidência

O vereador Ricardo Gurgel, PSB, foi eleito esta semana, a unanimidade, novo presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, para o biênio 2015/2016. O vereador é integrante da bancada que apoia o prefeito Maurício Marques, mas seu nome não contava com a simpatia de parte do grupo governista.

 

Comunista

O deputado Fabio Dantas que se desfiliou, com autorização do TRE do PHS no últimos dias, assina, segunda-feira, ficha no PC do B, partido pelo qual disputará a novação do seu mandato. A cúpula nacional da legenda promete prestigiar o evento.

 

Desprestigio

O vice-prefeito de Ceará Mirim Francisco Praxedes não anda nada satisfeito com o comportamento do titular do executivo Antônio Peixoto. O prefeito viajou ao exterior pelo período de 14 dias e não transferiu o poder a seu substituto legal. O tempo (14 dias) foi propositadamente programado para não cair na esfera legal (15 dias) para passar o bastão a Praxedes.

 

Grana

Emfim uma boa notícia para os prefeitos potiguares. O governo Federal promete depositar hoje, 13/09, metade dos 3 bilhões de reais da Ajuda Financeira Emergencial. Muitas cidades do RN serão comtempladas.

 

Fica 

O deputado federal Paulo Wagner que tinha tudo acertado para trocar de legenda, transferindo-se do PV para o PS - Partidoda Solidariedade  comandado pelo deputado Paulinho Pereira da Força Sindical, resolveu desistir da mudança e deve permanecer onde estar.

 

Relator

O deputado Agnelo Alves foi designado pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa para relatar a Proposta de Emenda Constitucional - PEC, que vai definir o teto remuneratório no Rio Grande do Norte. Seu parecer deverá ser apresentado na próxima terça-feira. 

 

06 de Setembro de 2013 às 11h51

A GOVERNADORA NÃO JOGA A TOALHA

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A governadora Rosalba Ciarlini ainda não se dá por vencida na questão da disputa da sua reeleição em 2014, apesar do quadro de desgaste que enfrenta o seu governo. Não jogo a toalha, muito pelo contrário. O que se fala é que o Chefe da Casa Civil e marido da governadora, o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, ainda acredita que há tempo para Rosalba reverter o quadro e entrar na disputa até mesmo em condições de vitória.

Já assim haveria uma expectativa de que com a liberação dos 5 milhões de dólares do empréstimo do Banco Mundial, o governo teria condições amplas de executar importantes ações na Capital e interior e, com  isso, convencer a população de que a crise enfrentada não é de gestão, mas, sim, de falta de recursos financeiros, em conseqüência da queda da arrecadação.

Convenhamos, é uma aposta arriscada, mesmo partindo de quem vivencia bem a política do Rio Grande do Norte, que é Carlos Augusto. Agora, dentro do próprio governo, há quem acredite que a situação é complicada e a governadora terá que se desdobrar muito, trabalhar intensamente, porque 2014 está chegando e o tempo é curto. 

Mas do que nunca, após o rompimento do PMDB, o governo terá que juntar os cacos e se apegar com a sua base na Assembléia Legislativa para que seus projetos não sofram derrotas e nem muito menos haja por lá uma oposição mais consistente, fortalecida pela bancada do PMDB, que nunca foi simpática ao governo. Terá de se articular muito bem com a mídia para que as ações que forem executadas sejam do conhecimento público. 

Não poderá o governo, jamais, continuar em confronto com o Tribunal de Justiça, Ministério Público e Tribunal de Contas, no que concerne às transferências dos duodécimos. O confronto é prejudicial e o acordo entre as partes envolvidas seria o caminho. E mais do que isso ainda, deve o governo resolver com urgência a questão dos servidores públicos, pois o Estado está praticamente paralisado e muito mais para Rio GREVE do Norte. É bem verdade que os servidores têm reivindicações muitas vezes justas, mas o governo também tem suas limitações da Lei de Responsabilidade Fiscal. A situação não é fácil e caso perdure o atual quadro de crise, não tem jeito que dê jeito! 


 



BANCADA

O senador José Agripino, presidente regional do Democratas, pretende se reunir com a bancada do seu partido na Assembléia Legislativa, integrada pelos deputados Getúlio Rego, José Adécio e Leonardo Nogueira. O objetivo do encontro é avaliar o atual quadro político do Estado e tirar uma proposta uníssona do governo. Cabe ressaltar que Rosalba Ciarlini é a única governadora do Democratas.

 

PREOCUPAÇÃO 

Há quem diga que a bancada do DEM na Assembléia Legislativa estaria vivendo momentos de preocupação. O partido terá de ter força e votos em 2014 para reeleger os atuais parlamentares e até mesmo ampliar os seus quadros. Porém, a crise e o desgaste do governo e a incerteza de que a governadora Rosalba Ciarlini disputará a reeleição estariam causando preocupação nos parlamentares quanto ao futuro.

 

REVOLTA

Em Parnamirim, o vereador Clênio José dos Santos, que está no seu segundo mandato pelo PV já antecipa que em nenhuma hipótese pedirá votos para a reeleição do presidente do partido, deputado estadual Gilson Moura. Alega o vereador que Gilson teria sido mentor, ao lado de outros aliados, na tentativa frustrada na Justiça de cassar o seu mandato. Clênio Santos já teria inclusive comunicado esta sua  decisão ao presidente regional do PV, senador Paulo Davin. O desejo maior de Clênio seria deixar o partido alegando “justa causa”.

 

ALIANÇA

E por falar em Paulo Davin, o que se comenta nas rodas políticas é que o Partido Verde caminha para repetir em 2014 a aliança com o PMDB. E vai para onde o PMDB for. Não custa lembrar que Paulo Davin é suplente do senador licenciado Garibaldi Filho e ganhou o mandato de mão beijada, quando dizia que não queria mais nada com a política. E vem fazendo um bom trabalho no Senado.

 

REDE NÃO SAI

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou o pedido da Rede Sustentabilidade de que as assinaturas de apoio à criação da legenda fossem validadas pelos cartórios eleitorais sem a checagem da veracidade dos dados apresentados. A Rede é o partido que a ex-senadora Marina Silva tenta montar para disputar o Palácio do Planalto em 2014. Correndo contra o tempo para que Marina possa se candidatar pelo partido - isso só é possível se ele for criado até o dia 5 de outubro deste ano.  Caso não consiga montar seu partido a tempo, ela tem como opção, se filiar a outra legenda até o dia 5 de outubro.

 

REFORMA

A Prefeitura de Natal tem a expectativa de que até o final de outubro ou início de novembro terá em mãos uma proposta de reforma administrativa. O trabalho está sendo realizado por uma empresa de consultora técnica (Falconi).  A idéia básica do prefeito Carlos Eduardo Alves é implementar uma redução da máquina administrativa com a extinção de secretarais e cargos comisisonados.

 

NÃO ROMPE

O deputado federal João Maia, presidente do diretório estadual do PR, cancelou a reunião marcada para o dia 14. O encontro estava marcado para decidir o posicionamento da legenda em relação do ao Governo Rosalba. Depois da nomeação de Shirley Targino para Secretaria do Trabalho, Habitação e Bem-Estar Social, João Maia considerou importante a presença do PR no governo. A Sethas é uma das pastas de maior visibilidade  da atual gestão. Depois, o PR rompe...

 

VIGILANCIA

Durante todo o período que antecedeu e pós-encontro do PMDB realizado na sexta-feira (30), a oposição integrada pelo PSB, PSDD, PDT e PT esteve em vigilânacia avaliando o quadro político do RN. Os partidos mais uma vez chegaram ao consenso de que a união será mais do que importante. Também, foi formada uma comissão para procurar conversar com o PMDB, na tentativa de atrair o partido dos bacuraus para um projeto de recuperação do Estado. 

 

COM O PMDB

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, pré-candidata ao governo, em sua peregrinação pelo Estado, esteve reunida na última semana com aliados na cidade de São José de Mipibu. Do encontro participaram o prefeito Arlindo Dantas, que é do PMDB, e seu filho deputado estadual Fábio Dantas (PHS).

 

EMPRESÁRIO

Uma idéia que cresce no seio do PMDB, disseminada pelo ex-governador Geraldo Melo, é a da candidatura própria, já que Garibaldi Filho, Henrique e Walter Alves não desejam postular o cargo. Assim, o partido iria buscar uma candidatura ao Governo do Estado em 2014 no seio do empresariado, capaz de por sua competência administrativa, tirar o Estado da crise generalizada.  Já há até nomes sendo consultado. 

 

ILEGALIDADE

O rompimento do PMDB, pelo que disse o presidente da legenda no Rio Grande do Norte, deputado Henrique Alves, não foi com o DEM. Somente só, com o governo Rosalba Ciarlini. Segundo Henrique, as alianças no interior não serão afetadas. O que significa que, em Mossoró, onde a prefeita Cláudia Regina é do DEM e o vice Wellington Filho é do PMDB, os caciques do PMDB continuarão unidos no palanque  que é o mesmo de Rosalba.

 

ALINHADO

O PMDB participou dos governos Wilma de Faria, Iberê Ferreira, Micarla de Sousa e agora, mais recente, do governo Rosalba Ciarlini. É aliado do Governo Federal, em Brasília, e ainda aliado do DEM no Rio Grande do Norte. Entenda!

30 de Agosto de 2013 às 13h14

O ROMPIMENTO DO PMDB COM O GOVERNO

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A semana foi de notícias as mais diversas sobre a decisão do PMDB de pular fora do Governo Rosalba Ciarlini, com entrega dos cargos. O PMDB se sente altamente contaminado pelo desgaste do governo. Já está marcada inclusive uma reunião extraordinária do Diretório Regional, convocada pelo presidente Henrique Eduardo Alves. Esse encontro, que até seria desnecessário, ocorrerá na sede do partido, a partir das 15 horas desta sexta-feira (30). A esmagadora maioria do partido defende o rompimento.

E o que pode acontecer a partir do rompimento do PMDB? Ninguém pode negar que há uma verdadeira hecatombe no governo, que está espatifado. Primeiro,  o PMDB leva à tira colo o PR, do deputado federal João Maia, que também deverá entregar os cargos no governo, a partir da Secretaria Estadual de Turismo que é comandada pelo ex-vereador mossoroense Renato Fernandes. Depois, até mesmo o DEM, do senador José Agripino, está “lavando as mãos”.

Essa posição do PMDB pode causar uma reviravolta no quadro sucessório para 2014. É bem verdade, que partido não tem nomes de peso - fora Garibaldi e Henrique - para se aventurar em uma candidatura própria ao Governo. E nem muito menos bandeira, já que uma candidatura laranja, a exemplo do que aconteceu nas eleições municipais de 2012 em Natal, seria uma prática suicida. E isso não seria nada bom para os deputados do partido que irão pleitear a reeleição. Assim, dizem os analistas políticos, a saída para o partido é mesmo se abancar na oposição.

E o governo Rosalba Ciarlini? Não restam dúvidas de que está esfacelado e vai, a partir de agora, ficar ainda mais isolado. Por uma questão de sobrevivência, a oposição terá que ocupar mais espaço e mostrar os erros do governo.  Na Assembléia Legislativa, até mesmo os deputados do DEM - a exemplo do mossoroense Leonardo Nogueira - já não acreditam mais em qualquer reação do governo que possibilite a candidatura à reeleição da governadora. Já se fala até em nomes para substituí-la dentro do partido, que seria o senador José Agripino. E o senador está calado, mas dizem que não quer nem ouvir falar nesse assunto. É este o quadro! 

 

 


BOI NA LINHA

O PMDB faz questão de ressaltar que o afastamento do Governo do Estado não significa que o partido caia imediatamente nos braços da oposição, mas, sim, vai trabalhar para ter candidatura própria em 2014. Se Henrique Alves, Garibaldi Filho e Walter Alves não aceitam disputar o cargo, quem seria o nome peemedebista? Tem boa na linha! 

 

ROMPIMENTO

O presidente nacional do DEM, senador José Agripino Maia, comentou que fez o que pode pela gestão da governadora Rosalba Ciarlini, no sentido de manter o arco de alianças que sustentam o governo.  Provocado então para detalhar o que teria feito que estava a seu alcance, Agripino constatou que a informação é pública. "Há quatro meses, fizemos uma indicação conjunta, o DEM, o PMDB e o PR. Você não se lembra? Isso é público", acrescentou elucidativo. Confirmadas as saídas do PMDB e PR, o DEM terá apenas o PSDB, histórico parceiro, em seu governo.

 

Monte Alegre

Depois de ter seu mandato cassado no dia 20 passado por decisão do juiz eleitoral Marcos Sampaio, o prefeito de Monte Alegre, Severino Rodrigues da Silva (PMDB) e seu vice Kléber Maciel de Souza, reassumiram suas funções na segunda-feira (26). Foi concedida liminar pelo TRE em decisão monocrática do relator-juiz Nilson Cavalcanti, determinando que o prefeito reassumisse suas funções até o julgamento final do feito ou outra decisão judicial.

 

PLANOS

Para a deputada estadual Márcia Maia (PSB), os planos de cargos e salários dos servidores estaduais aprovados na administração passada, que tanto o governo reclama de que estariam comprometendo as finanças do Rio Grande do Norte, foram aprovados na Assembléia Legislativa inclusive com o apoio dos deputados que hoje apóiam o governo. "O problema do governo é de incompetência", complementa a deputada.

 

CONTAMINAÇÃO

Para o deputado e jornalista Agnelo Alves (PDT),  "o PMDB está fortemente contaminado pela rejeição recorde da governadora Rosalba Ciarlini". Para Agnelo, isso ocorre apesar da fase excepcional dos seus três principais líderes, o deputado Henrique Eduardo, presidente da Câmara Federal, o senador Garibaldi Filho, ministro da Previdência Social e o deputado estadual Walter Alves, líder do partido na Assembleia Legislativa.

 

BLOQUEIO

A Primeira Câmara Cível manteve sentença da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal na qual foi determinado o bloqueio de valores suficientes ao pagamento de todo o período em atraso, no montante de R$ 379.510,40, a ser feito na conta do Município de Natal para atendimento às Instituições de Longa Permanência que cuidam de idosos. A sentença judicial foi confirmada na Segunda Instância. O bloqueio objetiva garantir o cumprimento da obrigação assumida mediante Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), feito entre o Município e o MP. 

 

INTERLOCUÇÃO

A OAB/RN decidiu formar comissão para discutir com o Governo problemas no Estado. Mas, ao ser recebida, a comissão perde todo o seu tempo, pois o secretário do Planejamento, Obery Rodrigues, apenas mostra os números do governo constante no portal da transparência. E ponto final! A verdade mesmo é que o Rio Grande do Norte está quebrado.

 

MINHA CASA

A Prefeitura do Natal anunciou que vai buscar recursos para o financiamento de mais 2 mil apartamentos via Programa Minha Casa, Minha Vida. Conforme dados da Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe), o número de inscritos, em agosto, no programa Minha Casa, Minha Vida chegou a 80.498 pessoas. O secretário Homero Grec viajou esta semana a Brasília para a homologação do contrato do Condomínio Village da Prata, que será construído no bairro Guarapes, na zona oeste, e ofertará 2.048 novos apartamentos, a um custo de R$ 125 milhões. 

 

PR FORA

Já tem data marcada para o rompimento do PR com o governo Rosalba Ciarlini. O presidente do partido, deputado federal João Maia, reunirá o Núcleo Político Central de Decisões no dia 14 de setembro, em Natal. João vai consultar o partido sobre a posição  de deixar o governo. Nem precisava.

 

CURSO DE DIREITO

Ampla mobilização vem sendo feita em toda região do Seridó para salvar o Curso de Direito da UFRN em Caicó. A Ordem dos Advogados do Brasil está sendo convocada para encampar a luta. O curso tem importância para toda a região. Recentemente a imprensa repercutiu o apelo dos estudantes solicitando à reitora da UFRN melhorias na estrutura do curso.

 

SECRETARIADO

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, reuniu o secretariado, no último dia 22, para avaliar as atividades desenvolvidas no primeiro semestre do ano. Aproveitou para apresentar os números relativos às finanças do município, onde as despesas com a folha de pessoal chegam a 53,82% do Orçamento.  Os gastos com a folha do magistério chegam a 87,35% dos recursos do Fundeb. Com o aumento de 2,5%, oferecido pela Prefeitura aos professores em greve, esse percentual aumentará para 91,8%,

 

FINCA-PÉ

Corre à boca pequena a informação de que o secretário  estadual  de Agricultura,  Júnior Teixeira, que é filiado ao PMDB e foi indicado para o cargo pelo deputado federal Henrique Alves, estaria fincando o pé para a permanecer no governo.

 

23 de Agosto de 2013 às 10h49

UM NOME PARA TIRAR O RN DA CRISE

Acrise financeira, administrativa e política que atravessa o Rio Grande do Norte é praticamente generalizada. Por conta disso, as forças políticas e empresariais, que desejam o bem desse Estado, já começam, com bastante antecedência, a conversar na busca de caminhos e alternativas para, de forma consensual, se buscar um nome capaz que salva o estado da situação em que se encontra. É praticamente consenso que não se pode alimentar mais a possibilidade de reeleição do governo de Rosalba Ciarlini (DEM).

Hoje, nem mesmo os seus aliados de primeira hora acreditam mais na recupe-ração do governo de forma que a governadora possa se fortalecer para disputar a reeleição em 2014. O que se fala a toda hora é se encontrar um nome com livre trânsito. Esse nome passaria por alguns predicados, tais como capacidade administrativa, experiência em todas as áreas políticas e livre trânsito nas esferas federais capaz de poder governar o RN. 

O que se comenta nos bastidores políticos é que um nome com tais condições poderia ser o do presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves ou mesmo o senador-ministro Garibaldi Filho, ambos do PMDB. Porém, os dois sinalizam não estar dispostos a disputar o cargo. Garibaldi é ainda mais incisivo quando afirma que "o meu tempo já passou", enquanto Henrique deseja continuar em Brasília pela projeção que alcançou na política nacional.

Falam-se também em alguns nomes que poderia sair do seio empresarial - Fernando Bezerra e Flávio Rocha, por exemplo. Mas, como bem diz o ex-deputado federal Ney Lopes de Souza, hoje afastado da política, nem sempre o bom empresário tem o traquejo político para comandar a administração pública, assim como muitos políticos não têm a capacidade empresarial. O próprio Ney Lopes destaca que "o ideal seria um político de experiência, capacidade e livre trânsito em todas as esferas". Isso parece difícil. Por enquanto, todos os pré-candidatos seguem com o desejo de governar o Estado.

Porém, o certo é que o Rio Grande do Norte terá obrigatoriamente de sair dessa crise e o seu futuro administrador adotar uma nova postura para o governo. A situação é grave e todos temos a obrigação de dar uma parcela de contribuição. Sem egoísmos, é claro! 

 

 

 


PESQUISA

O deputado federal Henrique Eduardo Alves confirmou que o PMDB fará uma pesquisa qualitativa em todo o Rio Grande do Norte no mês de outubro deste ano e não em setembro como noticiamos na edição passada. O objetivo é saber a opinião do eleitor para entender o que é melhor para o partido nas eleições de 2014. Depois, acrescentou Henrique, reunirá o PMDB para tomar uma posição. 

 

ROMPIMENTO

Ainda, segundo o deputado Henrique Alves, tudo tem seu tempo. "Em outubro a pesquisa será feita, vamos discutir com todo o PMDB do RN nosso futuro. Nessa hora não vamos partir para a escolha de nomes. Vamos querer saber qualitativamente quais são as questões prioritárias, as dificuldades, as expectativas do povo do RN e a partir daí procurar nomes que venham e que tenham capacidade de resolvê-los", afirmou. Com essa declaração do presidente do PMDB, está sacramentado o rompimento com o governo Rosalba Ciarlini (DEM).

 

DAGÔ DO FORRÓ

O vereador de Natal, Dagô do Forró (DEM) deverá disputar uma vaga na Assembléia Legislativa em 2014. Dizem que a candidatura de Dagô do Forró é uma exigência do presidente nacional e regional do Democratas, senador José Agripino Maia. Dagô tentou várias vezes se eleger vereador até que conseguiu em 2012. Agora vem percorrendo todo o Estado fazendo o seu tradicional forró em vias públicas e deverá ser candidato a deputado estadual.

 

TRANSPARÊNCIA

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte disponibiliza a partir de agora o Portal da Transparência da OAB/RN para que os advogados, além do cidadão comum, possam acompanhar os gastos realizados pela Seccional Potiguar. Balanços financeiros, orçamentários e patrimonial, bem como demonstrativos e remuneração dos funcionários estão disponíveis em linguagem simples e podem ser acessados sem qualquer restrição. Para o advogado acessar o Portal da Transparência é simples: basta entrar no site, acessar o menu "Institucional" e clicar em "Portal da Transparência".

 

PROGRAMA DO LEITE

Os criadores que repassam sua produção leiteira ao governo do RN passaram a semana na bronca. Eles dizem que o Programa do Leite está com quatro quinzenas em atraso, deixando os fornecedores em situação difícil. Quem continua negociando o produto afirma está prestes a falir. Já há algum tempo o Programa do Leite já vem sofrendo drásticas reduções.

 

MAIS 200

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que havia solicitado da população um crédito de confiança por 200 dias, a partir da sua posse em janeiro passado, para poder tentar tirar a cidade do caos em que recebeu, já reconhece que o tempo foi insuficiente. Agora está pedindo mais 200 dias, ou seja, até o final deste ano. É evidente que até agora muita coisa melhorou, mas muito ainda precisa ser feito.

 

RESISTÊNCIA

E por falar em  Carlos Eduardo, quem conversa com o prefeito, sai com uma certeza: ele não topa a parada de disputar o governo do RN. Tanto Garibaldi filho quanto Henrique têm  conversado com frequência com Carlos Eduardo, oferecendo o apoio do PMDB para que ele seja o candidato à sucessão da governadora Rosalba Ciarlini. O pai de Carlos Eduardo, o deputado Agnelo Alves (PDT) é de opinião que o prefeito deve permanecer no cargo e levar à frente o seu projeto de  administrar Natal.

 

MOBILIZAÇÃO

Em Parnamirim, as forças políticas locais ligadas ao sistema do prefeito Maurício Marques já falam em uma concentração de forças em torno da reeleição do deputado estadual Agnelo Alves. Na eleição passada, Agnelo obteve pouco mais de 20 mil votos. Agora, a expectativa é aumentar essa votação. A oposição vai de novo com Gilson Moura (PV).

 

LIBERDADE

A executiva nacional do PSB, partido comandado pelo governador de PE, Eduardo Campos, age de forma diferente dos demais partidos. Não veta aliança com nenhuma agremiação partidária e deixa que cada situação seja discutida internamente entre o diretório estadual levando em consideração cada realidade local. Mesmo Campos optar por disputar a Presidência da República, os diretórios no País poderão fazer alianças com partidos em oposição a ele.

 

QUEIMAÇÃO

Quem primeiro queima o nome do deputado estadual Walter Alves (PMDB) ventilado como possível candidato do partido ao Governo do Estado foi o seu próprio pai, o senador-ministro Garibaldi Filho. Quando alguém fala sobre o assunto com Garibaldi, houve dele a afirmação: "Ainda não é tempo para Walter. Defendo que ele deve continuar no Legislativo". Com isso, fica difícil o PMDB trabalhar a candidatura de Walter.

 

TÁ FORA

Esta semana, o próprio deputado Walter Alves cuidou de esclarecer que o seu projeto político para 2014 é disputar a reeleição na Assembléia Legislativa e não o Governo do Estado. Isso após uma conversa com o seu pai, o senador-ministro Garibaldi Filho.

 

NOVO FÓRUM

Será inaugurado nesta sexta-feira (23), às 17 horas, na cidade de Nova Cruz, o Fórum Eleitoral "Ney Aranha Marinho", com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), desembargador João Batista Rodrigues Rebouças, advogados, familiares e amigos do homenageado. Ney Marinho foi um conceituado advogado do Rio Grande do Norte, além de ter sido deputado estadual na década de 50. 

 

 

16 de Agosto de 2013 às 08h01

A CRISE FINANCEIRA É PREOCUPANTE

Embora o governo de forma contraditória prefira dizer que o Rio Grande do Norte não está quebrado, a situação financeira é das mais preocupantes. A presença do secretário de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues, na semana passada para esclarecer a situação financeira na Assembléia Legislativa, desagradou a gregos e troianos.

A oposição fala em sonegação de informações ou mesmo o secretário não estaria preparado para ser o interlocutor do governo e, portanto, os esclarecimentos para a saída da crise não satisfez os deputados. As explicações limitaram-se a falar somente das medidas de contenção de gastos em 10% do orçamento dos três poderes - Legislativo, Executivo e Judiciário, além do Ministério Público e o Tribunal de Contas.

Para os deputados, seriam medidas ineficazes, principalmente se a crise for sistemática e não pontual. Há quem defenda a convocação da sociedade para discutir mais profundamente o assunto. O Governo não quer e de forma contraditória deseja mostrar para as pessoas leigas o outro lado do que está sendo feito contrastando profundamente com a situação de angústia que tomou conta do RN.

A oposição segue defendendo que o Governo, que se elegeu debaixo de tantas expectativas e de tantas promessas, tem que apontar saídas para esse descontrole do ponto de vista administrativo que se instalou no RN. Diz que cabe a governadora, seus secretários, sua base política na Assembleia Legislativa e os seus aliados políticos apresentem uma solução para os problemas que se acumulam, não apenas anunciar cortes no orçamento.

A verdade é que o Estado sinaliza estar  "quebrado" por ter perdido a condição de financiar os serviços públicos fundamentais. Fica a indagação: o que será da população até o final desse desastre? As greves estão aí em quase todos os setores da administração e até os servidores estão apreensivos tendo que  conviver com a ameaça do pagamento não ser feito "em dia". 

 Estamos caminhando para a metade do terceiro ano do mandato da governadora Rosalba Ciarlini e obras de infra-estrutura importantes como os acessos ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a duplicação e manutenção de estradas, obras hídricas e os parques eólicos podem estar ameaçadas. A crise é preocupante. 

 

 

 


DIFICULDADES

A Segunda colocada nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2014, e avançando cada vez mais na preferência do eleitorado, a ex-senadora Marina Silva enfrenta grande dificuldade para criar sua Rede Sustentabilidade. Para ser candidata pelo seu novo partido, nas próximas eleições, será preciso que a legenda seja registrada pelo Tribunal Superior Eleitoral até 5 de outubro, mas não será fácil. Marina acusa que os cartórios eleitorais não têm respeitado o prazo de 15 dias para validar as assinaturas de apoio que o partido apresenta. 

 

FESTIVAL DE PIPA

A famosa Praia da Pipa, um recanto paradisíaco do município de Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte, conta desde 2004 com as edições do Festival Gastronômico da Pipa, um acontecimento anual cheio de charme e sabor que já se configura como um dos atrativos do lugar. Este ano acontece sua nona edição no período de 4 a 12 de outubro. O objetivo é continuar a divulgar, promover e valorizar a gastronomia regional, bem como o aprimoramento de técnicas gastronômicas.

 

NOVO FÓRUM

Diante da crise financeira que atravessa o Rio Grande do Norte, com o corte no orçamento do Tribunal de Justiça, o município de Parnamirim deverá mais uma vez ser penalizado. Dificilmente, o novo Fórum Municipal prometido pelo TJRN sairá em 2014. A construção do fórum, que é uma necessidade premente, já se arrasta há anos.

 

PT DEBATE O RN

Políticos, gestores, dirigentes e a militância petista de todo o Agreste se reuniram no sábado (10), em Santo Antônio, no Seminário "O PT Debate o RN". Presença da deputada federal Fátima Bezerra, do deputado estadual Fernando Mineiro, e do presidente regional do PT, Eraldo Paiva. Durante o encontro foi enaltecida a avaliação positiva do governo Dilma Rousseff, assim como citado o caos em que se encontra o Rio Grande do Norte. A direção do PT saiu do encontro bastante animada...

 

DESTAQUE

Por seu bom desempenho em levar saúde aos apenados, o programa "PEP: Aqui tem SUS" - que oferece uma equipe de saúde prisional no Presídio Estadual de Parnamirim - foi o primeiro lugar na região Nordeste escolhido pelo Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems). O secretário Márcio César Pinheiro representou o município durante o encontro. A iniciativa de Parnamirim concorreu com outras 179 em nível nacional.

 

DENÚNCIA

O setor de carcinicultura do Rio Grande do Norte demonstra preocupação e denuncia um problema grave: projetos importantes na área têm suas licenças ambientais analisadas e emitido pareceres por estagiários do IDEMA. Tudo isso porque o órgão ambiental estadual não tem quadro de funcionários capacitado. A denúncia é feita pelo empresário Origenes Monte, presidente da Associação dos Carcinicultores do Estado.

 

PESQUISA

O PMDB do RN vai realizar em setembro próximo uma pesquisa entre seus filiados para saber a opinião sobre os destinos do partido nas eleições em 2014.  A pesquisa norteará a posição com relação ao apoio ao governo Rosalba Ciarlini e também a composição com o PT e partidos da base aliada da presidente Dilma. A empresa que fará a pesquisa já foi contratada.

 

NOVO RUMO

E por falar no PMDB, o partido praticamente já definiu que não terá candidatura própria ao governo do RN. O deputado Henrique Alves será mesmo candidato à reeleição, provavelmente repetindo a parceria com o PR do deputado João Maia. Porém, os horizontes peemedebistas estão abertos a outras possíveis coligações, inclusive com o PSB da ex-governadora Wilma de Faria e o PDT do prefeito Carlos Eduardo.

 

VACÂNCIA

Desde o dia 8 de julho de 2012 com a saída do bispo diocesano dom frei Manoel Delson Pedreira da Cruz, que foi transferido para a Diocese de Campina Grande, que a Diocese de Cacó está vacante, ou seja, encontra-se sem bispo e sendo administrada por um Administrador Paroquial. Os fiéis católicos já não entendem mais a razão de tanta demora para a nomeação do novo bispo por parte do Vaticano. Outras diocese nesta situação já tiveram seus bispos normados.

 

TREM DA CBTU

Moradores de Ceará Mirim e Extremoz estão reclamando da completa desorganização do horário de trem da CBTU. Dizem que os horários não são cumpridos e os passageiros ficam à espera nas estações entregues ao próprio destino. Com a palavra a superintendência da CBT/Natal.

 

ILEGALIDADE

A greve dos professores da rede estadual de ensino nem bem começou e a secretária de Educação, Betânia Ramalho, anunciou que vai pedir à justiça a ilegalidade do movimento. Segundo a secretária a greve é política e não tem sentido de existir. Os professores têm nove pontos em pauta de reivindicações ao Governo do Estado. Aulas já estão suspensas. 




CALDEIRÃO

O caldeirão político para 2014 está efervecendo. A cada final de semana a temperatura aumenta aqui no Rio Grande do Norte e em Brasília. O corre-corre é grande nos partidos grandes e tudo pode acontecer. Há quem diga que o jogo está zerado...Será?

 

REELEIÇÃO

O deputado estadual Agnelo Alves (PDT), que está muito bem de saúde, já decidiu que vai para a reeleição em 2014 para continuar representando Parnamirim.

09 de Agosto de 2013 às 11h38

ROSALBA AINDA ACREDITA NA "VIRADA"

Quem tiver a oportunidade de escutar uma entrevista da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) fica com a certeza que ela vai disputar a reeleição, apesar de todo o quadro de rejeição que o seu governo enfrenta e a oposição com "faca e o queijo percorrendo intensamente todos os recantos do Estado. A governadora, ao se referir às críticas aos cortes no orçamento e demais medidas de contenção de gastos na máquina administrativa como "injustas". E está confiante na "virada", ou seja, a reversão do quadro a seu favor.

É certo que a Constituição Federal de 1988 lhe dá poderes para fazer tais cortes. Aliás, é um dever premente de qualquer administrador público adotar medidas de adequação em casos extremos, realizando cortes e até demitindo servidores. Tudo dentro da lei.

A governadora está confiante que vai dar a volta por cima. É bem verdade que o seu governo, desde o primeiro momento e até hoje, limitou-se a crises sucessivas, cortes nos gastos, lamentações, pouquíssimos investimentos. Não teve um momento ínfimo de bonança. Até mesmo o tão propalado empréstimo do Governo do Estado ao Banco Mundial no valor de US$ 540 mi-lhões já não se fala mais.

E como a governadora Roslaba Ciarline poderá reverter esse quadro de agrura? Ninguém mais quer se arvorar a antecipar como isso poderia ocorrer. Já falou inclusive que com a chegada do dinheiro do BID a situação seria outra no RN. Agora, já não se fala mais. Nem mesmo a "mola mestre do governo", o Chefe do Gabinete Civil, ex-deputado Carlos Augusto Rosado - marido da governadora - está tão animado como antes. Em conversas com prefeitos e deputados da base governista, diante de qualquer pleito, tem sempre uma mesma resposta: "O problema é que nós não temos dinheiro".

Uma fonte que recentemente esteve conversando com o senador José Agripino, presidente regional e nacional do Democratas, ouviu dele palavras de preocupação sobre a situação financeira do Estado e o que pode acontecer daqui para frente. Assim, o que se pode deduzir é que o quadro é grave e a reversão da situação pró-Rosalba é ainda mais complicada. Mas, se a governadora está confiante, então ela sabe o que está fazendo, pois exepriência política não lhe falta. 

 

 

 


ARQUIVAMENTO

A juíza de Jardim do Seridó, Janaína Lobo da Silva Maia, determinou o arquivamento do Inquérito nº 0869/2012, instaurado contra o prefeito Jocimar Dantas de Araújo, Morvanildo Santos, Manoel Lúcio de Medeiros e Josimário Nunes do Nascimento, pela possível prática dos delitos durante as últimas eleições municipais. Segundo decisão da magistrada, o próprio Ministério Público solicitou o arquivamento do procedimento investigatório, sob o argumento de que "não existia indícios de autoria e materialidade suficientes para embasar a propositura da ação.

 

 "PÉ NA ESTRADA”

De olho em 2014, quando deve disputar uma vaga na Câmara Federal, o vereador de Natal, Rafael Motta (PP), filho do presidente da Assembléia Legislativa, Ricardo Motta (PMN) está colocando o pé na estrada e visitando diversos municípios do Rio Grande Norte. Na última semana esteve em São Paulo do Potengi, São Tomé e  Elói de Souza.

 

RECESSO

A Câmara Municipal de Parnamirim retomará seus trabalhos legislativos no dia 15 de agosto, mas as sessões ordinárias só ocorrerão a partir do dia 19. O Legislativo parnamirinense está de recesso desde o último dia 15 de julho. O presidente Rosano Taveira da Cunha (PRB) acredita que este segundo semestre será bastante intenso na discussão dos problemas do município. Também, a Câmara deve ir aos bairros discutir os problemas mais perto da população. 

 

DISTRITO NAVAL

O trabalho de defender a pátria nos mares dos estados do Nordeste, incluindo Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas está sob novo comando a partir desta segunda-feira (5). O Almirante Marcos Nunes de Miranda assumiu o 3º Distrito Naval, substituindo o trabalho do Almirante Bernardo José Pierantoni Gambôa, que se aposenta.

 

ABONO NA PB

Na Paraíba, o Governo do Estado anuncia um abono de final de ano, pago com recursos próprios, para famílias inscritas no programa Bolsa Família do Governo Federal. É uma espécie de décimo treceiro salário. Pergunta-se: se a Paraíba, diante da crise financeira nacional,  tem condições de arcar com tamanha responsabilidade social, porque o Rio Grande do Norte está quebrado?

 

ROMPIMENTO

Uma fonte bem informada nos garante que o comando do PMDB no Rio Grande do Norte - leia-se Henrique e Garibaldi Alves - já teria tomado a decisão, que falta apenas ser anunciada: o partido vai pular do barco e deixar o governo Rosalba Ciarlini (DEM). A partir de então, o passo seguinte será iniciar com as oposições conversas para integrar a formação da chapa para 2013. E o PMDB quer participação na chapa majoritária e já tem nome: Walter Alves (vice-governador). Segundo a mesma fonte, tanto o ministro Garibaldi quanto Henrique Alves já teriam chegado à conlusão que o governo não tem mais condições de se recuperar.

 

IMPROBIDADE

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte recebeu a ação de improbidade feita pelos procuradores do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) contra a ex-prefeita de Natal Micarla de Souza. Ela é acusada de ausência na prestação de contas de verba recebida, no ano de 2010, referente a R$ 6 milhões destinados ao Programa Nacional de Inclusão de Jovens.  O Juiz Federal Ivan Lira de Carvalho recebeu a ação de improbidade, mas negou o pedido liminar feito pelo FNDE para bloquear bens da ex-prefeita de Natal Micarla de Souza no valor equivalente a R$ 6.042.178,42. 

 

CASSAÇÃO

Mesmo tendo o mandato cassado por unanimidade do TRE/RN, a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina e seu vice Wellington Filho, ganhou o direito de permanecer no cargo durante a apresentação da defesa.

 

SAÚDE EM ALTA

Continua o impasse entre a Prefeitura de Parnamirim e o Governo do Estado sobre a  abertura da UPA de Nova esperança. Segundo o secretário de Saúde, Márcio Cézar Pinheiro, o problema reside no fato da licitação para compra dos equipamentos . Os recursos já estão na conta do Estado, mas o Governo quer que a Prefeitura faça a licitação. A Prefeitura diz que tal licitação deve ser feita por quem está com o dinheiro nas mãos. Assim, a UPA não será aberta nem tão cedo.

 

QUILOMBOLA

Saiu o decreto do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), através da Portaria 434, de 5 de agosto de 2013, que reconhece a comunidade remanescente quilombola de Capoeiras, localizada na zona rural de Macaíba. A área total é 912,9931ha.

 

APOSENTADOS

O Governo Federal vai antecipar o pagamento de metade do 13º salário aos aposentados e pensionistas do INSS nos benefícios referentes ao mês de agosto. Os pagamentos começam em 26 deste mês e vão até 6 de setembro. O decreto estabelecendo o adiantamento neste ano foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial desta segunda-feira (5). O texto determina que a segunda metade do benefício será paga com os benefícios do mês de novembro.

 

INDEPENDÊNCIA

Para o deputado estadual Hermano Morais (PMDB), diante do atual caos financeiro em que se encontra o RN vai ser muito difícil a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) reverter o quadro de desgaste do seu governo. Hemano ainda defende que o PMDB se afaste do governo e adotE uma posição de independência. “Seria melhor para o partido e para o governo”, diz.

 

 

Maciel Gonzaga - Interino


 

 

 

 

 

02 de Agosto de 2013 às 14h24

LIMITE DE RESPONSABILIDADE FISCAL

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), oficialmente Lei Complementar nº 101, tenta impor o controle dos gastos de estados e municípios, condicionado à capacidade de arrecadação de tri-butos desses entes políticos. Tal medida foi justificada pelo costume, na política brasileira, de gestores promoverem obras de grande porte no final de seus mandatos, deixando a conta para seus sucessores. A LRF também promoveu a transparência dos gastos públicos.

A  lei obriga que as finanças sejam apresentadas detalhadamente ao Tribunal de Contas (da União, do Estado ou dos Municípios). Tais órgãos podem aprovar as contas ou não. Em caso das contas serem rejeitadas, será instaurada investigação em relação ao Poder Executivo em questão, podendo resultar em multas ou mesmo na proibição de tentar disputar novas eleições.

Controle é uma finalidade normativa. O controle da despesa com pessoal efetuado pela LRF inicia-se a partir do seu art. 18. Este foi bastante exaustivo ao configurar como despesa de pessoal todas as espécies de gastos que tenham alguma relação com servidores públicos (ativos e inativos), empregados públicos e terceirizados.

Por esse país afora, os entes públicos estão sempre a falar em limite prudencial que, de acordo com a LRF, são os limites distintos para os gastos com pessoal no setor público: 50% da RCL para a União; 60% da RCL para Estados e Municípios. Assim, portanto, os gastos com a folha de pagamento de pessoal representam o principal item de despesas de todo o setor público brasileiro. A própria legislação determina que a gestão pública deve sair do limite em um período de dois quadrimestres. Para isso diz também o que deve ser feito: a extinção ou a redução dos valores pagos aos cargos comissionados.

No caso do Rio Grande do Norte, a prática do Governo Rosalba Cirlini (DEM) desacredita os argumentos sobre folha de pagamentos, mediante a constatação de que a folha de pessoal cresceu 19%. Isso mostra que a administração estadual não está interessada em aplicar as medidas previstas na Lei. Ora, se a folha de pagamento cresceu neste governo, de quem é a culpa? Só não é dos servidores. A verdade é que o governo parece pouco entender de finanças, está perdido e prefere culpar o limite prudencial. 


 


 



CONVOCAÇÃO

Os deputados estaduais Kelps Lima (PR) e Walter Alves (PMDB) estão propondo na Assembleia Legislativa a convocação formal dos secretários de Planejamento e Administração do RN para explicar a real situação das finanças e gerenciais do Estado. Segundo os parlamentares, a opinião pública tem sido bombardeada com várias informações a respeito de dados negativos que preocupam a economia e a perspectivas de futuro da sociedade e, neste momento, é essencial que haja uma explicação formal sobre o que se passa no Rio Grande do Norte.

 

CHAPA FORTE

A vice-prefeita de Natal e x-governadora Wilma de Faria, presidente regional do PSB do Rio Grande do Norte, é de opinião que uma candidatura forte para disputar o Senado só é viável se estiver completamente alinhada a uma chapa majoritária forte, com uma ampla coligação partidária. Wilma diz falar com experiência própria.

 

PRESSÃO

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, líder do PSB no Estado, destaca que vem sendo pressionada pela população para decidir por uma candidatura ao Governo do Estado nas eleições do próximo ano. "Não estou preocupada com candidatura agora, e estou fazendo o que sempre fiz, visitando as pessoas e dialogando sobre os problemas do nosso Estado", diz para em seguida justificar que preside um partido político e como tal tem que divulgá-lo em todo o interior do Estado.

 

TÁ FORA

O senador-ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), ao visitar a Feirinha de Sant'Ana, em Caicó, na última semana, deu um tranca no pessoal que o cercou querendo falar de política. Foi logo dizendo: "Só posso dizer que não serei candidato a nada em 2014", sentenciou.

 

ARQUIDIOCESE

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, anunciou a transferência de seis padres para novas funções. Entre as mudanças o Padre Gutemberg Simplício deixa a Área Pastoral de Guamaré e assumirá a Paróquia de Maxaranguape, no próximo dia 10 de agosto. O padre Fábio Pinheiro Bezerra deixa a Paróquia de Nísia Floresta e será substituído pelo padre Ajosenildo Nunes, que sai da paróquia de Touros

 

CÂMARA CRIMINAL

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, que se reúne todas as terças-feiras em sessões ordinárias, a partir das 8 horas, tem nova presidente. É a parnamiorinense, desembargadora Zeneide Bezerra. A Câmara conta também com os desembargadores Ibanez Monteiro e Glauber Rêgo.

 

CASSAÇÃO

O Ministério Público Eleitoral do Rio Grande do Norte (MPE/RN) emitiu parecer favorável pela cassação do prefeito e vice-prefeito de Ielmo Marinho, Germano  Patriota de Mederios e Francenilson Alexandre dos Santos, acusados de abuso de poder político e econômico.

 

MESMA LINHA

A consolidação da queda na avaliação do governo Dilma Rousseff fez mudar os planos do PT nos estados. Não existe mais prioridade para as candidaturas próprias, a meta agora é evitar qualquer dano a reeleição presidencial.  No Rio Grande do Norte, a leitura pode ser muito clara. PT, PMDB, PDT, PSB, PSD e PCdoB, por orientação do Planalto, devem caminhar na mesma direção. 

 

SAÚDE EM ALTA

A avaliação é do prefeito Maurício Marques. A saúde pública de Parnamirim está sempre em alta. Os municípios têm que investir obrigatoriamente 15% do seu orçamento em saúde. Porém, a saúde do município está sempre em alta: em 2009 foram investidos 29%; em 2010, 30%; em 2011, 31%; e em 2012, mais de 32%. O prefeito diz reconhecer que a cidade necessita de muito mais investimentos na saúde, "porque vem crescendo em média 6 mil habitantes/ano".

 

LIMPEZA URBANA

A empresa Líder Limpeza Urbana garante que no máximo até a próxima segunda-feira, dia 4 de agosto, a limpeza urbana de Parnamirim deverá estar solucionada. Um encontro entre a empresa e a Prefeitura acertaram os ponteiros e um mutirão vem sendo desenvolvido nas últimas horas para resolver o problema. A Prefeitura de Parnamirim havia dado um prazo a Líder para solucionar o problema até o dia 31 de julho.

 

NATIMORTO

A propalada candidatura do deputado estadual Walter Alves pelo PMDB parece já surgir morta. O próprio Walter nega esta pretensão; o seu pai, senador-ministro Garibaldi Filho (Previdência) diz que ele não tem experiência para disputar o Governo do Estado; e o presidente regional do partido, deputado federal Henrique Alves seria contrário. Não pode vingar!

 

MEDICINA

Diante da enorme demanda de médicos no país e no RN, conceituada faculdade da rede privada de Natal, em franca expansão, está ultimando gestões junto ao Ministério da Educação para implantar a partir de 2014 o seu Curso de Medicina. Será a segunda faculdade particular do Estado com o tão procurado curso. Uma boa!

 

INTERNET

O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado, vai requerer à Anatel a adoção de medidas contra empresas telefônicas, que não vêm cumprindo a meta de qualidade no acesso à internet móvel. Para ele, além do consumidor merecer um tratamento respeitoso, o progresso do país fica prejudicado sem uma internet de qualidade. No Rio Grande do Norte, todas as empresas deixam muito a desejar no quesito prestação de serviços.

26 de Julho de 2013 às 15h30

A REFORMA POLÍTICA QUE NUNCA CHEGA

Não é de hoje que se discute a implantação de uma reforma política no Brasil. Há pelo menos 25 anos, políticos da base e de oposição falam de suas necessidades, mas só da boca para fora. Esse tema, todos nós sabemos, já entrou e saiu da pauta do País por várias vezes. Se tem alguém que não quer a reforma política, estes são os políticos. Fogem como o diabo foge da cruz. 

A reforma política envolveria uma série de mudanças na configuração política e social do País. Mas por que ela ainda não saiu do papel nesse tempo todo? A idéia do Governo Federal é um pacto pela reforma política, que incluiria um plebiscito popular que autorize o funcionamento de um processo constituinte específico para fazer a reforma política que o país tanto necessita, além da inclusão da corrupção dolosa como crime hediondo. 

Seria então a construção de uma ampla e profunda reforma política que amplie a participação popular e amplie os horizontes para a cidadania. Porém, a maioria dos líderes da Câmara dos Deputados já decidiu na última semana descartar a realização do plebiscito para discutir uma reforma no sistema político brasileiro com efeitos para as eleições de 2014. A decisão foi tomada por líderes da base aliada e da oposição. O PT ficou isolado na defesa do plebiscito imediato, como o Planalto sugeriu ao Congresso.

Mas, o Governo não desistiu de fazer consulta popular sobre reforma política, mesmo após lideranças partidárias terem descartado a proposta. Para o Planalto, a proposta de um plebiscito e o debate sobre a participação popular na reforma política tem que ser mantido, mesmo que sejam necessárias outras alternativas. Tudo para responder às reivindicações populares apresentadas nas manifestações. 

Na Câmara, apenas o PT, o PCdoB e o PDT ainda apostam no plebiscito. Para tanto, os três partidos irão em busca das 171 assinaturas necessárias para propor um projeto de decreto legislativo. No entanto, mesmo que a proposta obtenha número suficiente de assinaturas para ser apresentada, dificilmente terá o apoio necessário para aprovação. Ou seja, os políticos não querem a reforma...E como quem discute e aprova a reforma política é o Congresso vamos continuar no impasse: a reforma é desejada, mas não será feita. 


 


 



DEVOLUÇÃO

O Governo do Rio Grande do Norte devolverá ao Ministério da Justiça R$ 2 milhões, dinheiro que havia sido liberado para convênios, mas já teve o prazo de execução expirado. No total, se enquadram nessa situação cinco convênios relacionados a projetos de polícia de bairro, reaparelhamento das Polícias Militar e Civil e ainda modernização dos processos de investigação. Os convênios foram firmados entre os anos de 2008 e 2010 e tinham como prazo de conclusão das atividades o ano de 2012. No total, R$ 2.028.849,89 devolvidos ao Governo Federal.

 

TERRENO

Um dos motivos para a devolução de parte desse dinheiro, que seria destinado à construção de uma delegacia modelo no bairro da Redinha - segundo anunciou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha - teria sido a falta de um terreno para tal construção. Isso é inadmissível. O Governo do Estado deveria  fazer uma completa reestruturação no comando do aparelho policial do Rio Grande do Norte. Do jeito que está não dá mais...

 

CAOS NA SEGURANÇA

Enquanto isso, a segurança pública do nosso Estado segue em caos total. No último final de semana, o prédio da secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) situado no Centro Administrativo, em Lagoa Nova, foi alvo de arrombamento. Os ladrões levaram um computador a aparelhos celulares. Até quando está situação de caos vai perdurar?

 

É E NÃO É...

Para o experiente jornalista Agnelo Alves, deputado estadual pelo PDT, diz que o atual momento político permite que "aquele que deseja ser candidato em 2014 evite dizer que é, mesmo sabendo que será...". Agnelo ainda complementa: "Eu tenho plena certeza que o cidadão chamado 'branco' será o mais votado em 2014".

 

ESPAÇO CULTURAL

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte, FIERN, inaugurou na última semana, no térreo do prédio da Casa da Indústria, o Espaço Cultural Candinha Bezerra, homenagem à fotógrafa e produtora cultural, com larga e rica folha de serviços prestados à cultura do Rio Grande do Norte. Da música às artes plásticas. Destaque para o Projeto Nação Potiguar e a Flipipa.

 

ACERTO

Os partidos de oposição no RN ainda não têm definição do nome que disputará o Governo do Estado em 2014. Por enquanto, seguem pré-candidatos o vice-governador Robinson Faria (PSD), a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, e quem mais se interessar. No início do próximo ano, quem tibver melhor se posicionado e aglutinar mais apoios será o candidato.

 

MEIA PASSAGEM

Os estudantes que fazem sucessivos protestos em Parnamirim esquecem de exigir o abatimento para a classe no sistema de transporte interbairros. Hoje, o estudante paga a passagem interira. Interessante é que nas manifestações ninguém fala isso. 

 

PRÊMIO SEBRAE

O Sebrae no Rio Grande do Norte lançará, no dia 8 de agosto, a oitava edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. A intenção é mobilizar os chefes do executivo dos 167 municípios potiguares em torno do prêmio, que incentiva os gestores públicos a implantarem políticas que favorecem os pequenos negócios. No VIII Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, seis categorias serão premiadas, além do grande prêmio que é o Melhor Projeto Estadual: Compras Preferenciais, Atendimento Legal, Pequenos Negócios no Campo, Lei Geral, Projetos Inovadores, Pequenos Negócios nos Eventos Esportivos.

 

REELEIÇÃO

Com pouco menos de sete meses de administração, o prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Titico Araújo (PMDB), afirmou que não será mais candidato a nenhum cargo público. Titico anunciou que vai apernas concluir o restante de seu mandado. "Não serei candidato à reeleição e a nenhum outro cargo público, vou apenas concluir meu mandato. Mas o grupo terá candidato, temos bons nomes como o vereador Cleudimar, dentre outros", frisou o prefeito.

 

PREFEITURAS

Em nota divulgada durante esta semana, a Secretaria Estadual de Saúde colocou a culpa no caos da saúde do nosso Estado exclusivamente nas prefeituras, inclusive na Prefeitura de Natal. É o cúmulo!

 

DENÚNCIAS

Desde que assumiu a presidência da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) tem que justificar a cada semana uma bronca pesada. Isso não é nada bom! O ex-deputado Severino Cavalcanti (PE), quando assumiu o mesmo cargo, entrou nesse processo de responder denuncias e mais denúncias e acabou sendo destituído do cargo. Henrique deve botar a barba de molho!

 

NOVO RUMO

O movimento "Tarifa Justa" de São José de Mipibu adota uma nova postura. Agora, está tentando agendar reunião coma direção do DER/RN para reivindicar a redução a passagem São José/Natal e a retirada das segundas catracas dos ônibus da empresa Barros. Os organizadores elaboram abaixo-assinado coletando assinaturas nas comunidades de Pau Brasil, bairro Novo, Tancredo Neves, Laranjeiras dos Cosmes, entre outros.  

 

ARRECADAÇÃO

Ao visitar esta semana a  TV Metropolitano, a vice-prefeita de Natal demonstrou preocupação com o fato de que, na sua avaliação, o Rio Grande do Norte está quebrado. “A arrecadação cresceu, mas o governo não tem competência para gerir a máquina”, comentou Wilma.

19 de Julho de 2013 às 12h20

MANIFESTAÇÕES: QUEM PERDE E QUEM GANHA?


Quem perde e quem ganha com as manifestações das ruas quem vêm ocorrendo reiteradamente em todo País? Pelas pesquisas até agora divulgadas, parece que muita gente perdeu espaço ou prestígio. Porém, acredito, todos ganham, mas, também, todos perdem.

Já está claro que o governo Dilma Roussef (PT) despencou nos índices de aprovação - talvez a maior queda já registrada. Quem perdeu também foram os políticos em geral: senadores, deputados, governadores, prefeitos, secretários, vereadores - todos agora estão correndo contra o tempo para minimizar os efeitos devastadores dos tsunamis populares que tomaram conta das ruas. O Senado acelerou a votação de projetos que estavam engavetados sem solução há anos. Deputados correm atabalhoados de um lado para outro tentando justificar suas omissões e reconquistar algum espaço político visando as próximas eleições. 

Mas, quem perdeu muito foi a economia, pois lojistas, jornaleiros e vários municípios que tiveram seus bens vandalizados, destruídos e saqueados - por hordas de delinquentes que se imiscuem às massas e aproveitam para descarregar seu ódio ou ainda cumprir ordens de partidos políticos que pugnam pelo "quanto pior, melhor".

Quem também perde são os policiais militares dos estados, que têm seus integrantes agredidos, xingados, atacados com coquetéis molotov e pedras, vários ficaram feridos, mas tiveram de manter-se dentro de limites para os quais não foram treinados, evitando repressões mais enérgicas e contundentes. 

Quem ganhou? Por enquanto, vitórias pífias dos manifestantes. Aqui e ali houve reduções em torno de R$ 0,20 nas passagens de ônibus urbanos; o Senado não aprovou a tal PEC 37; não há dúvidas de que a geração mais jovem pode conhecer a noção de reivindicação de cidadania em devesa de políticas públicas, como por exemplo as pessoas que cada vez pagam mais impostos serem atendidas decentemente em hospitais, pronto-socorros, escolas e transporte público, vendo respeitados seus direitos fundamentais.

A verdade é que mudanças não aconteceram a toque de caixa. Vai demorar muito para que o Brasil mude de cara do jeito proposto pelas manifestações de ruas. Mas, tudo tem sido válido...

 

 

 


TRANSPARÊNCIA

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) fará levantamento de quantos municípios do RN que ainda não lançaram o portal da transparência. No momento mais de 60 municípios poderão sofrer sanções como por exemplo ter todos os seus recursos bloqueados. O prazo para que todos os municípios com menos de 50 mil habitantes providenciassem seus portais de transparência encerrou no dia 27 de maio. A situação vem sendo acompanhada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte.

 

FEIRA POTIGUAR

O Sistema Fiern (Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte) fez o lançamento oficial da I Feira Potiguar da Indústria.  Durante o evento foi apresentada a programação da Feira, que será realizada no período de 11 a 13 de dezembro de 2013, no Centro de Convenções de Natal.

 

DOAÇÃO

A Promotora de Justiça Emília Matilde Zumba, da Comarca de Extremoz, está recomendando ao prefeito Klaus Rêgo que anule o ato de doação à Arquidiocese de Natal, Paróquia de São Miguel Arcanjo, do terreno para construção da Casa Paroquial de Extremoz, autorizada mediante aprovação pela Câmara de Vereadores. No entendimento do Ministério Público, a Arquidiocese de Natal não é órgão da Administração Pública nem mesmo encontra-se entre as exceções previstas em lei. Assim, o ato de doação é ilegal, por conseguinte, o imóvel deve permanecer no patrimônio municipal.

 

ASSESSORIA

Para uma maior interação com o Poder Legislativo, a Base Aérea de Natal (BANT) acaba de criar uma Assessoria Parlamentar, que terá como objetivo atuar de forma mais próxima e interativa com a Câmara Municipal de Parnamirim. Esse trabalho já existe em outras unidades do Ministério da Aeronáutica em várias cidades do País e tem desenvolvido um trabalho importante junto ao legislativo.

 

REVISÃO ELEITORAL

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) iniciou na quarta-feira (17), a terceira etapa do Projeto de Revisão Eleitoral com Coleta Biométrica, que acontecerá até às Eleições 2014. Nesta terceira fase, que vai até 14 de dezembro, serão revisados os eleitores das cinco zonas eleitorais de Natal, atingindo um contingente de pouco mais de 520 mil eleitores. Serão 4 etapas de cadastramento, seguindo-se, preferencialmente, a data de nascimento do eleitor.

 

DEFESA DE DILMA

O presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn), Benes Leocádio, sai em defesa da presidente Dilma Rousseff, alvo de vaia no encontro dos prefeitos em Brasília. Benes explica que os R$ 3 bilhões anunciados no dia 10 são, sim, verba para compensar as prefeituras pela desoneração de tributos de carros novos e eletrodomésticos da linha branca, benefícios adotados pelo Governo Federal nos últimos anos. Pelas contas da Femurn, as prefeituras de menor porte populacional do RN vão receber R$ 266 mil em duas parcelas da verba extra.

 

DESTINO EM ALTA

A Pesquisa nacional feita com empresas que vendem pacotes de viagem apontam Natal como o terceiro destino mais procurado no Brasil para as férias de julho. Natal está atrás somente de Gramado, no Rio Grande do Sul, e de Fortaleza. A pesquisa do Mundi contemplou as buscas por passagens aéreas realizadas entre março e junho, em seus mais de 50 mil destinos e 700 companhias aéreas cadastradas em todo o mundo. A pesquisa foi realizada pelo comparador para apontar os destinos mais procurados. E o trade turístico do RN ainda chora...

 

REFORMA

Os grandes partidos (PT, PMDB, PSD e PSDB) definiram que o primeiro tema a ser votado na Comissão da Reforma Política será emenda constitucional pelo fim das coligações nas eleições para deputado federal e estadual. A intenção é liquidar com uma dezena de partidos. Mesmo assim, o clima é de pessimismo, porque os pequenos e médios partidos votarão contra, para assegurar suas sobrevivências. 

 

DIA DE LUTA

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (Paulinho), classificou de "históricas" as manifestações do dia 11, Dia Nacional de Luta, organizada pelas centrais sindicais, por ter mobilizado milhares de pessoas em todo País. Uma nova mobilização deverá acontecer em agosto, em data a ser divulgada prosteriormente.

 

CONVITE

Delegado de carreira e ex-vereador de Natal, Heráclito Noé Ferreira é o novo chefe de gabinete da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante. O ex-vereador assumiu a pasta recentemente.  Heráclito Noé é competente e foi inclusive chefe de gabinete da prefeita Micarla de Souza.

 

OFICINA DO SEBRAE

 Incentivar empreendedores a melhorarem seus negócios, no que diz respeito ao planejamento financeiro, gestão empresarial e de equipes é o foco da Oficina Sebrae de Empreendedorismo. A atividade será desenvolvida em Parnamirim nesta segunda-feira (22), a partir das 9 horas, promovida pelo Sebrae/RN, em parceria com a prefeitura de Parnamirim. 

 

ALVO PRINCIPAL

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) é de opinião que as manifestações populares que explodiram em todo o País têm como alvo principal "muito mais o Congresso Nacional do que o Poder Executivo". Segundo Fátima Bezerra, as manifestações são justas e devem refletir no resultado do pleito de 2014. A deputada potiguar ainda justifica que o governo do PT avançou em todos os setores, enquanto o Congresso regridiu.


05 de Julho de 2013 às 12h29

PLEBISCITO & INCERTEZAS

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A minuta com as "balizas" que nortearão a convocação de um plebiscito para a reforma política já se encontra no Congresso Nacional. A presidente Dilma Rousseff propõe "linhas gerais" para a elaboração da consulta popular e não sugestão de perguntas. Para o governo priorizar a aprovação da proposta de plebiscito sobre reforma política seria uma das "portas de saída" para a atual crise de insatisfação popular num momento já de queda na sua aprovação por causa do desempenho da economia.

A convocação de um plebiscito sobre reforma política é uma idéia que  divide os partidos. Mesmo legendas governistas torcem o nariz para a proposta. O cheiro de queimado levou o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) a articular um "Plano B" - ou "carta de seguro", como ele prefere chamar.

Está sendo criado um grupo de trabalho para recolher sugestões e redigir, "no prazo improrrogável de 90 dias", um projeto de reforma política. Coisa inteiramente desvinculada do plebiscito proposto pela Presidência da República. Sabe Henrique o plebiscito só caminha se houver consenso. Basta que três ou quatro partidos fiquem contra para não andar.

E quais seriam as chances de o Congresso aprovar o plebiscito proposto por Dilma? Dizem que são pequenas. Além dos partidos de oposição (PSDB, DEM e PPS), divergem de Dilma - total ou parcialmente - pelo menos seis legendas governistas: PDMB, PP, PR, PTB, PSC e PSB. É o suficiente para impedir que a ideia da presidente obtenha os 257 votos necessários à sua aprovação no plenário da Câmara.

Há de tudo na base governista, menos unidade. Uma parte prefere o referendo ao plebiscito. Outra parte aceita o plebiscito, mas não admite que as novas regras vigorem nas eleições de 2014, como quer o governo. Um terceiro grupo acha que cabe ao Legislativo resolver a encrenca da reforma política -sem referendos nem plebiscitos. Nem mesmo o PMDB, partido do vice-presidente Michel Temer, vestiu a camisa do plebiscito. O partido está rachado. 

Contrário à proposta da presidente  Dilma Rousseff, o senador governista Francisco Dornelles (PP-RJ) considera que através de um plebiscito com apenas três ou quatro perguntas, como deseja o Planalto, equivaleria a "um golpe".  

 

 

 


PROFECIA

Um prefeito de importante cidade da Região Metropolitana de Natal comenta que as dificuldades financeiras porque passam os municípios brasileiros fazem com que em um futuro não muito longínquo, ninguém queira mais ser prefeito. Acho que vai ser difícil se concretizar essa profecia...

 

CONSULTA

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estima que a realização de uma consulta popular sobre a reforma política poderá custar cerca de R$ 500 milhões aos cofres públicos, caso a convocação ocorra ainda este ano. A previsão leva em conta números atualizados das últimas eleições municipais, realizadas em 2012, que custaram R$ 395 milhões, uma média de R$ 2,81 por eleitor. Além dos R$ 500 milhões estimados pela Justiça Eleitoral, há despesas também com a publicidade para esclarecimento do eleitorado nas emissoras de rádio e televisão, assim como na mídia impressa e online. 




DEPUTADO, NÃO

O cantor e compositor Amazan, que disputou na eleição de 20112 a Prefeitura do município de Jardim do Seridó pelo PSD, não cogita disputar uma vaga na Assembléia Legislativa. Segundo Amazan, a sua missão na política já foi cumprida e agora pretende mais do que nunca voltar a se dedicar à sua carreira de forrozeiro e cuidar de suas empresas. Amazan é proprietário da fabrica de sanfonas Leticce, uma das mais importantes do mercado brasileiro e mundial, com sede em Campina Grande.

 

TRIBUTOS

A Prefeitura de Monte Alegre decidiu fazer cumprir o que diz a legislação tributária e voltou a cobrar o ISS de 2% referente a serviço a todas as empresas que operam no município. A decisão não agradou a empresa Cageo, responsável pela construção dos imóveis do Minha Casa Minha Vida. Resultado: as obras estão suspensas e a população carente prejudicada. O detalhe é que essa empresa tem como sócio um dos filhos da ex-prefeita Graça Marques que perdeu a eleição em outubro passado.

 

RECESSO

A Câmara Municipal de Natal poderá voltar a se reunir em convocação extraordinária neste mês de julho. O mês de recesso dos vereadores pode ser usado para a realização de audiências públicas para discutir projetos importantes que tratam das obras de mobilidade e do sistema de transporte coletivo. Em Parnamirim, a Câmara Municipal só entra em recesso no dia 15 de julho.

 

ENGODO

Para o deputado estadual Kelps Lima (PR), que é especialista em transporte público, o projeto da CBTU de implantação do VLT (Veículos Leves sobre Trilhos) "é mais um engodo igual a ZPE de Macaíba, a fábrica de Barrilha de Macau e a Refinaria de Petróleo de Guamaré". O deputado disse que o VLT é um projeto inviável, "tanto é que o Governo Federal quer entregar a operação do sistema ao governo estadual e este, por sua vez, não aceita".

 

PROTESTOS

Médicos do Hospital Santa Catarina, em Natal, reclamam da sobrecarga de trabalho e falta de condições estruturais daquela unidade. A falta de profissionais para cobrir a escala de plantões, por exemplo, é uma realidade antiga e atinge todos os setores. Dizem os médicos que a situação no Santa Catarina é caótica...

 

GARIBALDI & WILMA

O senador-ministro Garibaldi Filho (PMDB) participava recentemente de uma solenidade no RN onde também estava presente a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria. Um jornalista se aproxima e indaga de Garibaldi: "Ministro, o senhor vai ou não disputar o governo em 2014?". Garibaldi reage: "De jeito nenhum!". Em seguida, aponta para Wilma e diz: "Agora, ela vai!". Wilma se aproxima, toma conhecimento das palavras de Garibaldi e reage: "Espero e vou trabalhar muito para ter o seu apoio, ministro". Em seguida, os dois se cumprimentaram efusivamente.

 

GREVE

Uma comissão de professores do município de Parnamirim representando a categoria que se encontra em greve foi recebida esta semana no Centro Administrativo para discutir suas reivindicações. Ficou acertado que  o município irá apresentar uma proposta para avançar na negociação. O documento será encaminhado ao Sindicado dos Servidores Públicos de Parnamirim. 

 

DESTAQUE

Fátima Bezerra é a única parlamentar do RN selecionada em votação do Congresso em Foco. Segundo os jornalistas que cobrem o Congresso, a deputada Fátima Bezerra integra o grupo de parlamentares que tem atuação destacada em defesa da educação. A votação, realizada pelo Congresso em Foco em conjunto com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal, é a primeira etapa do Prêmio Congresso em Foco, criado em 2006 para incentivar a população a acompanhar com mais atenção o desempenho dos congressistas.

 

DIVISÃO

O que se fala nos bastidores é que o PMDB caminha para tomar a decisão de não lançar candidato ao governo em 2014 e liberar seus filiados a tomarem o caminho que bem entender. Será a repetição do que aconteceu em 2010, onde Garibaldi ficou de um lado e Henrique Alves do outro.

 

PLEBISCITO

A presidente regional do PSB, Wilma de Faria, foi a Recife (PE) na segunda-feira (1º) onde participou de encontro do comando nacional da legenda. Ficou decidido que o PSB  concorda com a realização do plebiscito para a reforma política, mas só que em outubro de 2014.

28 de Junho de 2013 às 15h16

MANIFESTAÇÕES X VANDALISMO

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Estado democrático de direito é um conceito de Estado que busca superar o simples Estado de Direito concebido pelo liberalismo. Garante não somente a proteção aos direitos de propriedade, mais que isso, defende através das leis todo um rol de garantias fundamentais, baseadas no chamado "Princípio da Dignidade Humana".

As manifestações que eclodiram no País, a partir de Natal com o primeiro protesto organizado por estudantes contra o aumento das passagens de ônibus, são mais do que justas. A população tem o direito e o dever de se manifestar e cobrar o poder público as providências cabíveis para os problemas. O cidadão paga impostos e quer ver o dinheiro aplicado em benefício da coletividade.

Agora, o que não se pode conceber - e o Estado deve assumir o seu papel de garantidor da ordem pública - é o vandalismo exacerbado por parte de pseudos manifestantes ativistas - que acreditamos ser uma minoria - que depredam patrimônio público e privado, participam de distúrbios em confrontos com policiais militares, subvertem a ordem pública. Para esses, que jogam bombas (garrafão), pedras, pedaços de metal, chumbo, tijolos e latas contra os policiais, saqueiam lojas, etc., deve haver tolerância zero.

A imprensa, que tem um papel fundamental na divulgação dos fatos, vem sendo alvo dessa violência. Jornalistas de todos os órgãos de comunicação do Rio Grande do Norte, indistintamente, principalmente  de emissoras de televisão, são impedidos de trabalhar, ameaçados e até têm veículos destruídos, a exemplo do que aconteceu com uma viatura da Band/Natal.

A sociedade não pode fechar os olhos para a luta da maioria por conquistas importantes. Está na hora disso mesmo. Porém, precisa ser feito de maneira ordeira. Quando se protesta algo de alguém, a primeira coisa é ser diferente dela. Praticar atos de vandalismo não nos dá o direito de reivindicar.. Se vamos às ruas protestar por melhorias,como vamos destruir o que já nem temos direito? Qualquer cidadão reivindicar seus direitos é louvável e digno de respeito, pois tem que fazer isso mesmo. Agora, fazer baderna, isso é inconcebível. Somos cidadãos e já demos exemplos de fazermos manifestação pacífica com mais de 100 mil pessoas nas ruas sem nenhum tipo de baderna ou vandalismo. 


 



FIM DOS PARTIDOS

Em discurso no Senado, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) defendeu a extinção dos partidos políticos no Brasil. Ao comentar as manifestações que se multiplicam pelo País, Cristovam disse que para atender as reivindicações dos manifestantes é necessário abolir os partidos. "Talvez eu radicalize agora, mas acho que para atender o que eles querem nós precisaríamos de uma lei com 32 letras: estão abolidos os partidos, estão abolidos todos os partidos. Isso sensibilizaria a população lá fora", disse o senador.

 

COM ROSALBA

Presidente nacional do partido Democratas, o senador José Agripino Maia defende a reeleição da governadora Rosalba Ciarlini. Embora considere que ainda é necessária uma recuperação da popularidade, ele se mostra otimista e acredita que a partir do recente programa Sanear RN, lançado pela chefe do Executivo estadual que tem como objetivo ampliar para 80% a cobertura do saneamento no RN, a governadora poderá dar um novo impulso à administração.

 

CLIMA TENSO

Procuradores de Justiça do Rio Grande do Norte impetraram um mandado de segurança com liminar no Tribunal de Justiça do Estado com o objetivo de impedir que o procurador-geral de Justiça recém-empossado, Rinaldo Reis, faça mudanças na estrutura de cargos do Ministério Público Estadual. Rinaldo Reis defende a extinção dos 48 cargos de ajudantes dos procuradores, cuja remuneração é de R$ 7,5 mil. 

 

MÉDICOS

As entidades médicas nacionais divulgaram nota de repúdio ao anúncio de importação de médicos estrangeiros feito pela presidente Dilma Rousseff, durante pronunciamento em cadeia nacional no dia 21. "O caminho trilhado é de alto risco e simboliza uma vergonha nacional. Ele expõe a população, sobretudo a parcela mais vulnerável e carente, à ação de pessoas cujos conhecimentos e competências não foram devidamente comprovados", diz a Nota. O senador Paulo Davim (PV), que é medido, diz que não é contra a importação dos médicos.

 

CALENDÁRIO

Para votar no pleito de 2014, quem ainda não pediu a inscrição eleitoral tem até 7 de maio do próximo ano para procurar o cartório. Aqueles que já possuem o título, mas mudaram de residência também devem procurar o cartório eleitoral até essa data para pedir a transferência de domicílio. Dia 5 de outubro também é o último dia para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral especial. Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral pode ficar sujeito a alguns impedimentos.

 

COMPROMISSO

Em Manaus, um projeto de lei proposto na Câmara Municipal divide opiniões e tem dado muito o que falar na capital amazonense. O vereador Professor Bibiano (PR) quer que os políticos da cidade matriculem seus filhos na rede pública de ensino. Justifica que isso faria os pais se preocuparem mais com a educação oferecida.

 

AUMENTO

Os servidores da Saúde de Parnamirim, que atuam no PSF, foram surpreendidos pelo anuncio do prefeito Maurício Marques, de que estaria concedendo aumento na base salarial dos profissionais que integram o Programa Saúde da Família.. São beneficiados: médicos, odontólogos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e auxi-liares de consultório dentário. O aumento ainda vai ser aprovado pela Câmara Municipal.

 

REORMA POLÍTICA

Quem tem medo e não quer a reforma política? Fica claro que somente os políticos... Foram eles que protelaram até       agora a votação do projeto de reforma, criam empecilhos e devem apenas os seus interesses partidários. A sociedade não pode mais conviver com o atual sistema político, que está totalmente falido. Talvez o plebiscito para instalar uma Assembleia Constituinte exclusiva para discutir a reforma política seja mesmo a solução.

 

AEROPORTO

O ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, que visitou Natal no último dia 24, admitiu que o Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, poderia continuar funcionando e com outras atividades diferentes do novo Aeroporto de São Gonçalo. Com isso, surge uma esperança. Agora, vamos esperar pela força política que temos. Precisamos do Aeroporto de São Gonçalo e o de Parnamirim também.

 

META DO PRB

A direção nacional do PRB, partido comandado pelo senador-ministro Marcelo Crivella (RJ), vinculado à Igreja Universal do Reino de Deus, liderada pelo bispo Edir Macedo, tem uma meta para 2014. Em cada estado fazer um deputado federal e pelo menos dois deputados estaduais, inclusive no Rio Grande do Norte. É uma meta audaciosa.

 

DESPRESTÍGIO

A Câmara de Parnamirim realizou na terça-feira (25) uma audiência pública promovida para debater a LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - para 2014, promovida pela Comissão Permanente de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira. Não foi nenhuma novidade a falta da participação popular em um assunto de tamanha relevância. Também, poucos vereadores prestigiaram a audiência pública.

 

JULGAMENTO

A juíza Suiane de Castro Fonseca, da 50ª Zona Eleitoral, julgou improcedente o pedido de cassação de registro da chapa ou diploma do candidato à reeleição, Maurício Marques (PDT), formulado pela coligação Muda Parnamirim, liderada pelo deputado Gilson Moura (PV), que alegava prática de condutas ilegais durante a campanha do ano passado em Parnamirim.

21 de Junho de 2013 às 00h00

PARA ONDE VAI O PMDB?

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A verdade é que ninguém pode prevê qual o caminho do PMDB em 2014. O partido está confuso até demais. Já se falou que o PMDB seria a "bola da vez" na sucessão estadual. Ledo engano! Aliado do Governo Federal e até com expressiva força no Palácio do Planalto, aqui no Estado o PMDB está mais para uma aliança com o DEM do que com as oposições. Aliás, pode estar; mas também pode não fazer esta aliança.

O deputado federal e presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, que também é presidente regional do partido, sina-liza claramente para a manutenção da aliança com o DEM e, conseqüentemente, o apoio à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini. Agora, o ministro Garibaldi Filho (Previdência), que havia entregue os cargos no governo, revela  que o PMDB poderá apoiar a reeleição da governadora. Diz que o partido irá se reunir e decidir, no momento certo - provavelmente, no próximo ano - acatando proposta do presidente da legenda, Henrique Alves.

A declaração de apoio do ministro é de grata satisfação para o governo, pois, afinal, ninguém pode deixar de considerar a força do senador-ministro Garibaldi.  É um político de ponta do Rio Grande do Norte, tem capital eleitoral expressivo, exerce função administrativamente a nível federal, no primeiro escalão da República, além de ter governado o Estado duas vezes, foi senador três vezes, ministro, presidente do Congresso. Um currículo rico, o que o faz ter capital eleitoral expressivo. 

Mas, essa posição nova de Garibaldi ainda é confusa, pois uma hora ele admite apoiar a reeleição da governadora; logo em seguida sinaliza que pode não apoiar.

Ao mesmo tempo, deputados estaduais peemedebistas alertam que é preciso ouvir as bases do partido antes de qualquer definição em torno do apoio da legenda à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini. O deputado estadual Gustavo Fernandes, por exemplo, ressalta a influência dos líderes da agremiação, mas adverte que a decisão deveria ser dos filiados.  E Gustavo Fernandes ainda fala que há um anseio de filiados, militantes e simpatizantes do PMDB no sentido de que o partido aproveite o bom momento que vivem os seus líderes e, diante do desgaste administrativo do governo, dispute o governo nas eleições do ano que vem. É muita confusão! 


 



CANDIDATA

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) vai se recuperar do desgaste administrativo e se credenciar para disputar a reeleição em 2014. A tese é do deputado Getúlio Rego (DEM), líder do governo na Assembleia Legislativa. "Acredito que Rosalba dará a volta por cima e se credenciará para o debate eleitoral do próximo ano", declarou.

 

DEMISSÃO

Em sua terceira gestão como secretária de Saúde de Monte Alegre, a farmacêutica Maria do Rosário Oliveira Pereira foi exonerada de suas funções no último dia 12 em pleno clima de festejos do Dia dos Namorados. A saída da doutora Rosário já era esperada nos meios políticos da cidade. Foram apenas cinco meses e alguns dias à frente da Secretaria de Saúde do município, o tempo mais breve que passou em Monte Alegre, pois já havia sido secretária em gestões de Solon Ubarana e Graça Marques. Em Monte Alegre a pergunta é: o novo secretário será alguém de casa ou de fora?

 

GOVERNADORES

No início do próximo mês, Natal deverá receber a visita do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que deseja ser candidato a presidente da República. Campos, já em plena campanha eleitoral, vem dar o ar de sua graça na abertura do Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que se realizará no Centro de Convenções de Natal de 4 a 6 de julho. O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), que não é muito favorável à candidatura de Campos, também estará presente.

 

SENADORA

A cadeira de senadora para a deputada federal Fátima Bezerra (PT) parece estar mesmo  guardada. Depende do seu desejo e da união do seu partido. Fátima bate todos os concorrentes se as eleições fossem realizadas hoje conforme pesquisa divulgada pelo Instituto Consult. Tem 35,50% da preferência do eleitorado. Resta saber se o PT irá adotar uma postura em 2014 para ajudá-la e não lhe prejudicar.

 

NOVA FEIRA

Uma iniciativa piloto do Sebrae no Rio Grande do Norte será desenvolvida em Caicó nos próximos dias 5 e 6 de julho. Será a Feira do Empreendedor Individual, um novo formato de feira de negócios com o objetivo de fortalecer a marca de produtores e prestadores de serviços do Seridó que saíram da informalidade. A programação acontecerá durante a Semana do Empreendedor Individual (EI), uma mobilização nacional que visa capacitar os profissionais já formalizados e incentivar os trabalhadores que não têm nenhum tipo de registro. O evento foi idealizado por um grupo de empreendedores do Seridó.

 

CARGA HORÁRIA

A partir do segundo semestre deste ano, os professores da rede municipal de ensino de Parnamirim terão sua jornada reduzida em um terço. A redução segue a determinação da Lei nº 11.738/2008 - que também estabelece o Piso Salarial Profissional Nacional - e possibilitará aos profissionais um tempo fora da sala de aula para planejarem melhor as atividades que serão realizadas com os alunos.

 

CONVÊNIO

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal vai assinar convênio de cooperação com o BNB para oferecer linhas de créditos especiais voltadas para o comércio. O convênio vai contribuir para desenvolver a economia do Rio Grande do Norte e é muito importante para os empresários locais. Segundo o BNB, durante o ano de 2012 foram investidos 770 milhões no nosso seguimento através das linhas de crédito.

 

NOVA UPA

Ainda não há data definida para a inauguração da UPA de Nova Esperança, em Parnamirim. O funcionamento da unidade está emperrado no problema de recursos para compra de equipamentos. Tarefa que é de competência do Governo do Estado. A UPA está sendo construída em parceria entre os governos federal e estadual, além da Prefeitura local.

 

REAÇÃO

O deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) afirmou que a base aliada responderá as críticas feitas pela oposição à governadora Rosalba Ciarlini. Na última semana, o deputado Fernando Mineiro (PT) utilizou sua conta pessoal no twitter para desfazer o anúncio do Plano de Ação Sanear RN. O deputado governista considerou as críticas de Fernando Mineiro, como uma "manifestação gratuita, pois o PT vive de fazer critica, incitar e provocar". Leonardo afirma que a reação às críticas da oposição “virá à altura”.

 

NO PÁREO

Durante a festa de inauguração da TV Metropolitano, ocorrida no sábado (15) em Parnamirim, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, ao ser questionada por jornalistas se seria candidata ao governo, saiu pela tangente: "Este é um momento de festa. Não vamos falar em política. Isso quem decide é o povo". Ou seja, se levar em consideração as pesquisas, Wilma é, portanto, candidatíssima.

 

FORA DO PÁREO

Já o senador-ministro Garibaldi Filho (Previdência Social), ao responder a mesma pergunta foi mais claro: "Eu já disse que não; mas vocês insistem em me perguntar sempre a mesma coisa". Trocando em miúdos: Garibaldi não é candidato e nem muito menos tem interesse de ser. 

 

CONVERSAS

Depois da realização dos seminários com lideranças regionais, o PT deve iniciar um período de organização interna para discutir os rumos da oposição.  A partir de agosto o partido vai retomar o debate com os partidos aliados da base do Governo Federal. Segundo a deputada Fátima Bezerra, o PT deseja uma candidatura de oposição, "por isso o PMDB não tem feito parte dessas conversas, pois, até o presente momento, dá sustentação ao governo do DEM".

14 de Junho de 2013 às 11h58

CRISE NO TURISMO DO RN

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

O Rio Grande do Norte apesar de ser uma das maiores reservas em belezas naturais, está passando por uma das piores crises do Turismo nos últimos tempos. Aos poucos vai perdendo a condição de um dos principais destinos turísticos do país e já contabilizar prejuízos econômicos em um setor que há anos sempre foi o de maior participação na economia formal.

Dados da Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) mostram que o aeroporto Augusto Severo perdeu quase 60 mil passageiros no primeiro quadrimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2012. Também há desaceleração em outros estados, mas no RN o quadro é mais grave, sobretudo no que diz respeito ao turismo internacional.

As freqüentes quedas na ocupação turística, mês a mês, têm impactado diretamente nas 52 atividades econômicas que integram a cadeia produtiva turística, definida pela Organização Mundial de Turismo. A situação preocupa as autoridades ligadas ao setor que temem pelo futuro da atividade no Estado. Essa queda no fluxo não se deve a fatores macroeconômicos, mas a problemas locais. Faltaria divulgação.

O Estado precisa de uma discussão mais ampla, ativa e prática a respeito do turismo como atividade geradora de renda. É uma crise dominó, pois atinge restaurantes, hotéis e uma gama de atividades relacionadas que sustentam o setor. Há necessidade de criar não só no Estado, mas em todo o País, um planejamento sobre a atividade turística. No Brasil não há uma tradição de pensar o turismo como uma cultura de trabalho e crescimento. No RN, o resultado disso é a crise do setor que se instalou, com perda de turistas para outros estados do Nordeste e desprestígio da atividade.

     Com a ausência do turista, sofrem os mais diversos setores da cadeia produtiva, desde a sua chegada ao aeroporto até a sua saída da cidade. Perdem as lojas do aeroporto, as empresa de receptivo, os guias de turismo, as empresas de ônibus, locadoras de carro, bugueiros, taxistas, postos de combustíveis, rede hoteleira, fornecedores, restaurantes, bares, serviços bancários e financeiros; e na área de entrete-nimento, as casas de show, boates, bares, músicos, artesanato, além das compras no comércio local, farmácias, shoppings. Até o mercado imobiliário é atingido. 

 

 


PÉ NA ESTRADA

A ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, bota o pé na estrada e inicia maratona de visitas, a cada semana, a todas as regiões do Rio Grande do Norte. Dona Wilma está encantada com os resultados das pesquisas que lhes são altamente favoráveis em todo o Estado, sendo lembrada para o Governo do Estado. Quando alguém pergunta: a senhora é candidata ao Governo? A resposta de Wilma é: "Vocês são quem decidem!".

 

ABANDONO

No sistema do Tribunal Superior Eleitoral consta que o PTB no Rio Grande do Norte está sem diretório, já que o mandato do último foi encerrado no dia 4 de maio de 2013. Desde o ano passado o partido vive uma crise. Em 6 de novembro de 2013, o presidente nacional do PTB Benito Gama destituiu o deputado estadual Ezequiel Ferreira do cargo de presidente estadual e escolheu Fábio Rodamilians, então chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para assumir a presidência. Fábio retornou à Bahia e abandou o partido.

 

SÓ EM 2014

O presidente do PMDB no Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves, garante que o partido só deverá se posicionar com vistas a sucessão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) em 2014, ano da disputa eleitoral. A declaração de Henrique já ocasionou reações dentro do partido. Henrique também assume que seu projeto para o ano que vem será a reeleição para a Câmara dos Deputados.

 

TV PAGA

O Rio Grande do Norte é o estado com a maior densidade de assinaturas de TV paga do Nordeste. De cada 100 domicílios, 20 possuíam o serviço em abril, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e baseados em números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dos 27 estados brasileiros, o RN é o 13° com a maior densidade de assinaturas. A proporção de acessos de TV paga para cada 100 domicílios aumentou 21,2% em um ano. Em abril de 2012, a densidade do serviço no RN era de 16,5 assinaturas.

 

RELAÇÕES

A governadora Rosalba Ciarlini não vê necessidade de deixar o DEM para apoiar as ações administrativas da presidenta Dilma Rousseff. Ela afirmou que já apóia o Governo Federal e vai continuar com a mesma postura independente da filiação partidária. Resta saber o que o senador José Agripino, presidente nacional da legenda, pensa disso. Há quem diga que as relações entre os dois estão estremecidas e já não se falam há dias...

 

CONCURSO

A Fundação Carlos Chagas abriu no dia 10 de junho e vão até o dia 8 de julho as inscrições para o primeiro concurso público da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN). As inscrições só poderão ser feitas exclusivamente pelo site da FCC (http://www.concursosfcc. com.br). São oferecidas 85 vagas distribuídas entre os níveis médio e superior, com salário inicial que varia de R$ 2.609,48 a R$ 17.025,00.

 

CONSELHO

A reativação do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano de Natal - CDMN, por parte do Governo do Estado, é um pleito de prefeitos e câmaras municipais dos 10 municípios que integram a RMN. O órgão foi criado pela Lei Complementar Estadual nº 152/97 e tem por objetivo garantir maior interação na formulação de propostas e ações que promovam de forma articulada o desenvolvimento da área metropolitana da capital. Há mais de 2 anos que o órgão não se reúne e praticamente desapareceu. 

 

GANGORRA

Situação financeira delicada para os municípios potiguares. A primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios do mês de junho foi 35,41% menor em relação ao mesmo período do mês de maio. A preocupação aumenta já que a perspectiva é de continuidade da queda. É uma verdadeira gangorra. Na análise da primeira parcela de junho, houve um aumento em relação ao mesmo período do ano passado, com um reajuste de 11%. 

 

FEDERAL

O comunicador e vereador Luiz Almir (PV) recebeu convite do presidente regional do seu partido, o senador Paulo Davim, para disputar uma vaga de deputado federal em 2014. A proposta balançou Luiz Almir, que antes admitia que não disputaria mais nenhum mandato eletivo e encerraria sua carreira política. Ficou de dá uma resposta no menor tempo possível, mais pessoas ligadas a ele garantem que Almir é candidatíssimo.

 

DAGÔ DO FORRÓ

Flaviano Dagoberto Ferreira de Andrade, o Dagô do Forró, realizou o sonho: se tornou vereador em Natal. E, após seis meses de mandato, o Democrata revela colher os frutos da vitória nas urnas e não esconde o assédio, tanto dos políticos, pedindo para que ele mude de partido, quanto das pessoas, que querem dinheiro. Mas Dagô já pensa no futuro. Diante de tanta popularidade, projeta sua candidatura para deputado estadual em 2014.

 

AUDIÊNCIAS

A Câmara de Parnamirim vai realizar mais duas audiências públicas neste mês de junho. No dia 14, sob a responsabilidade da Comissão Permanente de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira, tratará da LDO; Dia 20, será debatida a questão da drogadição no município, por iniciativa da vereadora Elienai Dantas Cartaxo (PMDB). 

 

PREOCUPAÇÃO

Há uma grande preocupação das autoridades e do povo parnamirinense com relação ao projeto de duplicação da BR-101 que contempla apenas com duas passagens no perímetro urbano da cidade ligando o Centro à Zona Leste. O DNIT promete se reunir com os vereadores na segunda quinzena de julho para tratar do assunto. 

07 de Junho de 2013 às 16h13

A CAMPANHA ESTÁ SENDO ANTECIPADA

A campanha política de 2014 está começando cedo, antecipada em mais de um ano. Os pretensos candidatos já estão cumprindo verdadeiras maratonas de viagens a cata de votos. Os atuais deputados estaduais e federais não perdem tempo e visitam os municípios, fazem reuniões, conversas e acertos com lideranças de forma intensa. Ninguém pára!

No plano federal, a presidenta Dilma Rousseff viaja intensamente pelos estados levando bilhões de recursos. Fala ao povo e mostra, mesmo reconhecendo que enfrenta dificuldades, ações, obras, etc. Inegavelmente, é fortíssima candidata à reeleição. A oposição sabe disso.

No plano estadual, a oposição transita por todas as áreas do Estado levando a sua mensagem baseada em críticas ao desgaste do governo Rosalba Ciarlini. O vai-e-vem é intenso e ninguém se atreve a ficar parado. Nas reuniões os oposicionistas pregam a necessidade de união de forças em torno de um projeto para o Rio Grande do Norte. Mas, convenhamos, não será tarefa fácil.

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) também não perde tempo. Também tem viajado intensamente por todas as regiões do Estado, onde leva uma mensagem de confiança do seu governo, de que a partir de agora as coisas irão mudar em termos de investimentos e obras. Para os governistas, Rosalba tem amplas condições de reverter o quadro atual, que não seria irreversível. Basta que obras e investimentos cheguem ao interior do Estado e que as obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo de 2014 e muitas outras começem pra valer na Grande Natal.

O quadro é de muita confiança no governo. A própria governadora demonstra isso quando afirma que tem o apoio da Presidente da República - inclusive diz esperar esse apoio para a sua reeleição. Assim, Rosalba Ciarlini espera reverter o quadro até março ou abril do próximo ano e entrar para a disputa da reeleição em condições de vitória.

A disputa para a vaga do Senado também vai ser pesada. Ninguém pense que haverá moleza. Com certeza vamos ter pelo menos dois fortes candidatos buscando ocupar a única vaga em disputa. Vai ser uma campanha acirradíssima que, já começou com bastante antecedência! 

 

 

 


PROJETO DE DILMA

O que se fala nos bastidores é que um dos motivos da passagem da presidente Dilma Rousseff pelo Rio Grande do Norte foi aprofundar a conversa com o PMDB local procurando convencer o grupo liderado pelo deputado federal Henrique Alves em torno do projeto político de 2014 em todos os níveis - Presidência, Governo do Estado e Senado. Teria saído satisfeita com as conversas.

 

POLO DE GOIANINHA

O Governo do Estado acaba de fazer o lançamento do Polo Industrial Avançado do Agreste, obra de maior impacto socioeconômico da região Agreste e litoral sul. O município de Goianinha, localizado a 54 quilômetros da capital, irá abrigar o Polo Industrial com mais de 100 hectares de área para receber indústrias de diversos segmentos econômicos. A proximidade com o estado da Paraíba será um diferencial importante para atrair não apenas empresas do RN, mas também paraibanas.

 

INFIDELIDADE

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, presidente regional do PSB, está enfrentando um problemão. Em suas viagens ao interior tem encontrado muitas resistências de filiados do partido que querem apoiar deputados de outras legendas. O PSB, por sua vez, exige que o apoio tem que ser aos deputados da legenda. Até admite enquadrá-los na fidelidade partidária. O fato é que prefeitos, vereadores e lideranças já estão bastante acostumados a negociarem seus apoios de acordo com suas conveniências...

 

UNIÃO

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques (PDT) já está trabalhando junto à sua base aliada um projeto para 2014. Deseja que o maior número possível dos aliados esteja no mesmo lado, ou seja, apoiando os mesmos candidatos, diferentemente do que aconteceu na eleição 2010 onde a poluição em termos de apoios para deputados - federal e estadual - e até mesmo para o Sanado foi enorme. Dizem que agora Maurício vai ter mais cuidado...

 

PROPOSTA

Para negociar o fim da greve na rede municipal de ensino a prefeitura de Natal apresentou ao SINTE uma proposta de reajuste salarial de 10%, a partir do mês de agosto, como também a efetuação do pagamento dos atrasados referentes às promoções já implantadas que somam R$ 3,2 milhões de reais, nos meses de novembro e dezembro deste ano. A prefeitura também se comprometeu a implementar a progressão funcional dos professores da rede municipal na folha de pagamento do mês de setembro. 

 

CONVERSA

O prefeito Mauricio Marques (PDT) andou conversando com a vereadora Kátia Carvalho de Lima (DEM), sua adversária política na campanha de 2012. Os dois tiveram uma conversa "bastante amigável" na sede no executivo municipal. A prosa, da oposição com o governo, teria sido chancelada pelo presidente da Câmara, vereador  Rosano Taveira da Cunha (PRB). Kátia Carvalho já foi da base de Maurício.

 

METAS DO PT

A deputada federal Fátima Bezerra, que diz ter interesse em ser candidata ao Senado,  garante que as metas do PT para o pleito de 2014 já estão definidas: fazer três deputados estaduais, manter a vaga de deputado federal e lançar um nome ao Senado. Mas, quando o assunto é o Governo, a de-putada federal é mais cautelosa. Afirma que é preciso definir o candidato, que ela não descarta ser do PT, com base em critérios de densidade eleitoral e capacidade de agregar.

 

“DE OLHO”

Fátima Bezerra também tenciona escolher Parnamirim como uma de suas maiores bases eleitorais. Para isso, vai implantar um forte "QG" na cidade. Em abril de 2013, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Parnamirim possuía 105.774 eleitores, o que representa 4,48% do eleitorado do RN. A expectativa é que para 2014 esse número ultrapasse 120 mil eleitores.

 

AEROPORTO

Nesta sexta feira (7) será realizada no plenário da Câmara Municipal de Parnamirim, às 10 horas, a audiência pública, proposta pela vereadora Kátia Carvalho de Lima (DEM) para discutir e debater o destino das instalações do Aeroporto Internacional Augusto Severo, a partir de 2014, quando entra em funcionamento o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Há uma preocupação enorme com o fim das operações do Augusto Severo.

 

CONFIANÇA

A governadora Rosalba Ciarlini demonstra muita confiança no seu projeto de reeleição em 2014. Inclusive, de poder contar com o apoio da presidenta Dilma Rousseff (PT). Isso mesmo! Pode está sendo engendrada alguma articulação, que ninguém está sabendo. Dilma ao visitar o RN esta semana elogiou muito Rosalba.

 

JUSTA CAUSA

O deputado Federal Betinho Rosado confirmou que já entrou com um pedido junto a justiça eleitoral para deixar o DEM por justa causa. Betinho já teria inclusive conversado com o senador José Agripino sobre os motivos da sua saída. Caso Betinho Rosado consiga a desfiliação por justa causa, deverá se filiar ao PP, PTB ou PSC.

 

NA BASE

E por falar no deputado federal Betinho Rosado, o deputado federal foi presença marcante durante a visita da presidenta Dilma Rousseff ao RN na segunda-feira (3), transitando com largo sorriso entre os parlamentares da base governista -  senador Paulo Davim e os deputados federais  Henrique Alves, Fábio Faria, Fátima Bezerra, Sandra Rosado e João Maia. Betinho sinaliza que, se deixar o DEM vai mesmo para base governista.

 


 

24 de Maio de 2013 às 00h00

HENRiQUE DE UM LADO E GARIBALDI DO OUTRO

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Na campanha de 2010, todos devem se lembrar, o PMDB adotou uma postura dúbia com relação à disputa para o Governo do Estado. Uma ala do partido, liderada pelo deputado federal e presidente da agremiação, Henrique Eduardo Alves, ficou com o então governador Iberê Ferreira de Souza (PSB), que pleiteava a reeleição e foi derrotado. A outra ala peemedebista, liderada pelo senador Garibaldi Filho, que tentava a reeleição, achou mais conveniente ficar com a então senadora Rosalba Ciarlini (DEM), que acabou se elegendo governadora. Não houve problema nenhum durante a campanha por conta dessa posição dúbia dos dois.

Tão logo Rosalba Ciarlini assumiu, o PMDB de Henrique veio de corpo e alma para o governo. Recentemente, se esperneou e ganhou mais uma polpuda fatia, a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca (Sape), de porteira fechada.

Agora, para 2014, as pedras caminham para o inverso. O PMDB de Garibaldi sinaliza fortemente que deve sair do Governo e, possivelmente, tomará outro caminho já que ao que tudo indica o partido não terá candidato próprio. Essa história de dizer que os ventos sopram a favor do partido é utopia. O PMDB não tem quadros expressivos, somente os nomes de Garibaldi e Henrique e olhe lá, talvez só Garibaldi. E se o senador-ministro já disse em alto e bom som que não aceita disputar o governo, o partido fica órfão. E Garibaldi jamais topará lançar um candidato laranja ao Governo do Estado, sem o apoio de Henrique. 

O mais provável é Garibaldi e seu grupo se aliarem à oposição. E como não disputará nenhum mandato eletivo, irá trabalhar apenas a eleição de seus deputados.

Se o PMDB quisesse romper agora em maio, junho ou mais na frente, não teria se apossado da Secretaria de Agricultura e se comprometido ainda mais com o governo de Rosalba. Quanto a Garibaldi, se quisesse caminhar ao lado de Henrique, não teria entregue os cargos, como já disse que fez, nem muito menos o deputado Walter Alves assumiria postura crítica ao governo na Assembléia Legislativa.

A tendência mais provável para 2014 é Henrique e seu grupo ficarem com um candidato, enquanto Garibaldi marchará para o lado inverso. A mesma coisa de 2010. Depois, o candidato que se eleger governador terá o apoio dos dois. 

 

 


 


CÁLCULO

O prefeito Carlos Eduardo determinou à secretaria de Mobilidade Urbana, Elequicina dos Santos, que sejam feitos os cálculos para diminuição da tarifa de ônibus assim que o governo federal publicar a Medida Provisória que isenta da cobrança do Cofins e do PIS o sistema de transporte coletivo. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, Já confirmou que o governo federal vai adotar medidas para desonerar do PIS e da Cofins as passagens de ônibus, em mais uma das iniciativas para combater a inflação. 

 

ALVO DO PT

Os senadores do PT se reuniram em Brasília com o presidente do partido, Rui Falcão. Na agenda, o apoio a candidatos petistas para os governos estaduais. O partido quer se beneficiar dos governos Lula-Dilma para crescer. O Rio Grande do Norte está fora da pauta de disputa petista, onde a meta é alcançar a vaga no Senado com a deputada federal Fátima Bezerra.

 

OPOSIÇÃO

Na festa de aniversário da deputada Fátima Bezerra, que contou inclusive com a presença do senador-ministro Garibaldi Filho (PMDB), em todas as rodas a conversa era uma só: a sucessão de 2014. Ninguém negava que o PT também tem seus anseios junto ao PMDB. Mas, também, que o partido não tem como conversar com os peemedebistas que estão no governo Rosalba Ciarlini. Os petistas estavam animados e já consideravam provável a possibilidade do ministro Garibaldi Filho embarcar nos próximos dias no bloco da oposição.

 

TETO MÁXIMO

Portaria do secretário de Administração da Prefeitura do Natal, José Dionisio Gomes da Silva, está instituindo a criação de um grupo de trabalho para apurar a existência de servidores com salários que ultrapassem o teto máximo remuneratório fixado pela Constituição Federal. Deverá ainda o Grupo de Trabalho relacionar os servidores que se encontram na situação mencionada e que possuam decisão judicial. O GT terá até 15 dias para  apresentar relatório conclusivo.




EDITAL JUNINO

Com o fim de incentivar e resgatar as tradições regionais voltadas para os festejos juninos, a Fundação Parnamirim de Cultura lançou o II Edital Parnamirim Junino 2013, identificando e premiando os Arraiás de rua bem como às quadrilhas tradicionais ou estilizadas que mais tem se destacado no município. O objetivo é criar um roteiro junino, como incentivo à visitação aos bairros para que um maior número de pessoas tenha acesso aos festejos tradicionais típicos do mês de junho. 

 

QUEDA NO FUNDEB

O A receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) vem sendo menor do que os valores pagos aos educadores na maioria dos municípios brasileiros. Por causa dos baixos valores repassados, centenas de prefeitos têm buscado esclarecimento junto à área técnica de Educação. Para auxiliá-los a entidade fez um levantamento dos va-lores repassados, e pelos dados 90% tiveram menor repasse.

 

PROPOSTA

Para negociar o fim da greve na rede municipal de ensino a prefeitura de Natal apresentou ao SINTE uma proposta de reajuste salarial de 10%, a partir do mês de agosto, como também a efetuação do pagamento dos atrasados referentes às promoções já implantadas que somam R$ 3,2 milhões de reais, nos meses de novembro e dezembro deste ano. A prefeitura também se comprometeu a implementar a progressão funcional dos professores da rede municipal na folha de pagamento do mês de setembro. 

 

FALTA DE PROVAS

No que depender da Procuradoria Regional Eleitoral, o deputado estadual Kelps Lima permanecerá no PR. O posicionamento do procurador Regional Eleitoral, Paulo Sérgio Rocha, foi apresentado na segunda-feira (27) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e se baseia na falta de provas e de argumentos que comprovem a existência de causa justificadora da desfiliação. 

 

ALÉM DO TETO

O Procurador Geral do Estado, Miguel Josino, solicitou a Secretaria de Administração o corte do próprio salário e o estorno de qualquer eventual remuneração recebido por ele, a mais, nos últimos meses. Josino estava recebendo acima do teto estabelecido pelo Tribunal de Contas do Estado, no caso mais de R$ 37 mil. Um procurador recebe 90,25% do salário pago a um ministro.

 

PACIÊNCIA

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) perdeu a paciência e abriu o verbo contra o PMDB do Rio Grande do Norte. Disse que o partido está sendo "incoerente" quando apoia o governo do DEM no Estado e no plano nacional é aliado político do governo Dilma Rousseff. "Queremos que o PMDB reveja essa posição e some com os partidos de oposição", ressaltou a petista, reafirmando que deseja ser candidata à senadora nas eleições do próximo ano.

 

CAMPANHA

O Procon-RN vai lançar, em junho, o programa "Limpe seu Nome". Uma parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Banco do Brasil vai permitir que os consumidores que estiverem com o nome negativado no SPC ou Serasa possam financiar os débitos a juros abaixo do mercado com uma linha de crédito especial. 

 

ABSOLVIÇÃO

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ceará-Mirim, José Maria Alves de Oliveira, foi absolvido pela Justiça Federal no processo criminal que respondia por estelionato, onde o Ministério Público Federal o acusou de supostamente ter emitido uma declaração falsa para beneficiar uma mulher que tentava a aposentadoria como trabalhadora rural.  


17 de Maio de 2013 às 13h10

OS PLANOS DE WILMA PARA 2014

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Avice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, presidente regional do PSB, faz questão de dizer que nunca esteve tão motivada para uma eleição quanto agora. A ex-governadora sempre abre um largo sorriso quando lê na imprensa as sucessivas notícias dando conta de suas viagens pelo Estado, principalmente quando se aborda que ela estaria trabalhando para voltar ao Governo do Estado em 2014. Ressalta que "isso é uma prova de que o povo do RN está com saudade da nossa administração".

Mas, na verdade, quais seriam mesmo os planos de Wilma para 2014? Podem anotar: Governo do Estado, não; deputada federal, talvez. O que Dona Wilma mesmo deseja é disputar novamente a vaga no Senado. Ela nunca conseguiu engolir a derrota em 2010, quando saiu do governo para disputar uma das duas vagas e foi esmagada eleitoralmente pela dupla Garibaldi-Agripino, quando estava em uma situação de conforto eleitoralmente.

Na sua mais recente conversa com o presidente nacional do PSB, o presidenciável Eduardo Campos, a vice-prefeita de Natal fez questão de externar suas pretensões e, principalmente, o seu desejo de ser senadora. E quais seriam suas possibilidades? Muitas. O PT que se cuide! Se o partido comandado de forma dividida pela deputada federal Fátima Bezerra e pelo seu eterno rival o deputado estadual Fernando Mineiro continuar querendo apostar mais do que o seu potencial eleitoral representa atualmente, pode acabar ficando só.

Além de Fátima para o Senado, o PT   quer abrir as discussões para formar aliança com as legendas de oposição ao governo Rosalba Ciarlini (DEM) impondo o nome de Fernando Mineiro como pré-candidato a governador. Convenhamos, não será fácil um partido formar uma coligação forte no RN indicando os dois cabeças da chapa majoritária. Dentro do próprio PT há uma corrente que defende que se a legenda deseja um leque de apoios a Fátima para o Senado não pode impor o nome de Mineiro. Só Mineiro é quem não concorda com isso e acha que a votação obtida em 2012 para prefeito de Natal lhe garante o direito de disputar o governo.

Nesse contexto, Wilma de Faria segue trabalhando a sua volta ao Legislativo - ela foi a deputada constituinte mais votada do RN - mas de olho no Senado. Se o PT vacilar, Wilma é candidata. 

 


FPM EM ALTA

O Tesouro Nacional depositou no dia 9 nas contas-correntes das prefeituras do Rio Grande do Norte a primeira cota do Fundo de Participação do mês de maio. Natal ficará com a maior fatia: R$ 16 milhões, brutos, sem os descontos da Educação e da Saúde. Mossoró e Parnamirim vão receber, cada um, R$ 4,7 milhões, São Gonçalo vem em seguida com R$ 1,99 milhão. Os municípios com menos de 10.188 habitantes receberão 428.489,32. Descontada a inflação, o repasse é 3,5% maior em comparação com o do mesmo período do ano passado.

 

VIOLÊNCIA URBANA

O deputado José Adécio (DEM) apresentou projeto de lei na AL que proíbe a entrada ou permanência de pessoas utilizando capacete ou qualquer tipo de cobertura que oculte a face, nos estabelecimentos comerciais, públicos ou abertos ao público. Além disso, nos postos de combustíveis, os motociclistas deverão retirar o capacete antes da faixa de segurança para o abastecimento. O projeto também trata de multa ao infrator, no valor de R$ 250,00, que será aplicada em dobro em caso de reincidência.

 

SALÁRIO

Quem ocupa cargo comissionado no Governo do Estado deve ter um perfil técnico para assumir. Nenhum bom profissional quer assumir um cargo comissionado com os atuais valores que são pagos. Esse é o que pensa o deputado estadual Kelps Lima (PR) que, inclusive, fez  pronunciamento na Assembléia Legislativa do RN defendendo aumento salarial para os comissionados.

 

VIADUTO

A revolta é grande em Parnamirim. O projeto elaborado pelo DNIT (Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transporte) para construção do viaduto na BR-101de acesso à Avenida Maria Lacerda Montenegro, obriga os motoristas a entrarem na Cidade Satélite para, depois, seguir para Nova Parnamirim. A Câmara Municipal já está convidando o superintendente regional do DNIT, Ezio Gonçalves do Reis, para explicar o projeto. E promete protestar...

 

TRIBUNA LIVRE

É Lei. Mas pouca gente sabe. O cidadão natalense que desejar utilizar a tribuna da Câmara Municipal de Natal para levar algum tema a ser debatido pelos vereadores tem direito a usar 15 minutos no plenário da Casa. A lei de autoria do vereador Fernando Lucena (PT) não é praticada. Talvez, por falta de divulgação, as pessoas não procuram a Câmara para fazer uso de seus direitos.  O vereador Fernando Lucena faz um apelo à presidência da Câmara para fazer uma campanha para divulgar as leis existentes em Natal, principalmente esta que dá acesso à Tribuna Livre.

 

BASE ALIADA

Diferentemente da administração passada quando contava apenas com 10 vereadores, o prefeito de Parnamirim, Maurício Marques (PDT) agora tem uma base aliada de 15 vereadores, distribuídos em oito partidos (PDT, PSD, PMDB, PSB, PRB, PSDC, PTdoB e PSC). A cada dia surge um problema e o prefeito tem que reservar tempo na sua agenda para debelar o fogo...

 

DAVIM FORA

O senador Paulo Davin (PV) desautoriza qualquer notícia que envolva seu nome como candidato a governador em 2014. "Essa notícia não procede. Nós queremos fortalecer o partido, mas jamais discutimos em nenhuma instância essa possibilidade. Eu continuo com o desejo de não mais disputar nenhum cargo eletivo. Isso faz parte da especulação natural que acontece na imprensa", diz Davim.

 

GARIBALDI TAMBÉM

O ministro Garibaldi Filho continua afirmando que  não será candidato, nem o  seu  filho, deputado estadual Walter Alves. Segundo ele, a decisão do partido ter candidato ou não ao governo estaria nas mãos do deputado Henrique Alves. Mas, Garibaldi alerta que um possível rompimento do PMDB com o governo Rosalba Ciarline implicaria necessariamente no lançamento de uma candidatura própria.

 

OUTRA CONVERSA

Mas, em uma roda de bate papo durante a reunião do PMDB na sexta-feira (10), que serviu apenas para reconduzir o deputado estadual Hermano Morais à presidência do diretório municipal de Natal, uma conhecida figura do partido comentava abertamente o que pode ser a senha: "Nós defendemos que o partido tenha candidato ao Governo do Estado em 2014, mas não é necesariamente obrigado que esse nome seja um peemedebista". A conversa já começa a mudar...

 

UNIDADE

O vereador Gildásio Figueiredo (PSDB) acredita que dificilmente prevalecerá um entendimento de unidade na bancada da Câmara Municipal de Parnamirim em torno de um único nome da cidade para disputar uma vaga na Assembléia Legislativa. Isso é difícil e acho mesmo que é carta fora do baralho", diz o vereador. Setores da cidade defendem essa unidade, para que a votação da cidade Trampolim da Vitória não seja proliferada.

 

INVESTIGAÇÃO

O A OAB/RN designou Comissão Especial para acompanhar o inquérito da morte do advogado Antônio Carlos de Souza Oliveira. Integram a comissão os conselheiros: Daniel Alves Pessoa, Sebastião Rodrigues Leite Júnior e Marcos Vinicius Menezes da Costa. O  criminalista foi assassinado dia 9 no banheiro de um bar no bairro Bom Pastor com quatro tiros na cabeça.

 

APOIO DE HENRIQUE

O deputado federal Henrique Alves cogita apoiar a candidatura à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Henrique acredita que a governadora irá reverter os índices de desaprovação aferidos nas pesquisas e, assim, ela poderá conquistar um novo mandato para governar o Rio Grande do Norte de 2015 a 2019.

10 de Maio de 2013 às 11h38

FIDELIDADE PARTIDÁRIA MAIS AMPLA

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Para estas eleições de 2014 está se desenhando um quadro jamais visto na política partidária do nosso País e que pode ser muito bom para o fortalecimento dos partidos e da democracia, é claro! Trata-se da fidelidade partidária de forma ainda mais ampla, ou seja, os partidos se conscientizaram e estão dispostos a exigir de seus filiados algo que nunca se cobrou em eleições passadas. 

Cada partido se propõe a impor aos filiados a obrigação de que eles devem votar em candidatos da própria legenda. Algo que parece óbvio. Mas, na prática não era assim. O vereador ou prefeito se elegia por uma legenda partidária e na eleição estadual votava em candidatos de outras legendas, até mesmo inseridos em coligação majoritária adversária do partido. Era uma verdadeira salada.

A idéia central para estas eleições é acabar com o chamado "leilão", onde vereadores e prefeitos ofereciam o apoio para "quem dava mais". A partir de agora, pelo menos nas principais legendas - PMDB, DEM, PSB, PDT, etc. - quem foi eleito por esses partidos terão de votar em candidatos a deputados federal e estadual do partido, jamais em candidatos de outras legendas. Até ficam livres para escolher os nomes, mas dentro da lista partidária. Parece ser uma idéia pertinente para o fortalecimento dos partidos.

É inconcebível o que acontecia em eleições passadas. Aqui mesmo em Natal, há político que disputava um mandato eletivo pro uma legenda, mas votava e fazia propaganda em carros de som de um deputado federal de partido adversário na coligação majoritária ao seu. Depois, em uma reunião do partido, o político cobrou o apoio dos integrantes do partido á sua eleição e ouviu de um filiado: "Quem é você para cobrar fidelidade de nós, se você apóia um deputado federal de outra legenda adversária nossa". Teve que ficar calado!

Essa idéia de se cobrar a fidelidade partidária mais ampla é importante para o fortalecimento do partido. O PT, por exemplo, já faz isso há anos. Agora vamos ver como vai se comportar o eleitor, que é acostumado a votar não no partido, mas na pessoa do candidato. Será que o eleitor vai aceitar a imposição do nome pelo candidato que votou na eleição passada? É algo que ainda precisamos ver para crer. Mas, a idéia nos parece louvável. 

 

 

 


ALIANÇA-I

O PT e o PDT estiveram reunidos no último dia 2 para discutirem uma possível aliança em 2014. A deputada federal Fátima Bezerra (PT) esteve presente juntamente com o prefeito Carlos Eduardo e demais representantes das duas direções estaduais. Na ocasião, o PT levou ao PDT a sua resolução de buscar uma parceria política com os partidos que fazem parte da base da presidente Dilma e que fazem oposição ao Governo do DEM no RN. Sem vetos ou rejeições a outros partidos que venham a se somar no futuro, foi discutida a necessidade de maior articulação entre os partidos que tem uma relação histórica e afinidade programática.

 

ALIANÇA-II

Agora, o PT quer discutir aliança com o PSB. A deputada Fátima Bezerra não nega que trabalha o apoio do PSB da ex-governadora Wilma de Faria ao seu projeto e do PT, de disputar a cadeira no Senado. O PSB, por sua vez, está inclinado a reforçar sua bancada na Câmara Federal - com Sandra Rosado e Wilma de Faria - ao mesmo tempo em que está de olho na vaga de vice da chapa majoritária da oposição. O nome é o da deputada estadual Larissa Rosado. O vereador Lairinho Rosado seria candidato a deputado estadual.

 

NO PMDB

O ex-presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, Valério Mesquita, que se aposentou recentemente, deve se filiar em breve ao PMDB. Mas o partido em Macaíba, fica nas mãos da ex-prefeita Marília Dias.

 

REVIRAVOLTA

Continua repercutindo nos meios políticos a declaração surpresa do presidente regional do PMDB, deputado federal Henrique Eduardo Alves, ao se referir à governadora Rosalba Ciarlini (DEM) como "uma governadora ética, corajosa, humilde e trabalhadora". E mais: "A senhora (governadora) pode contar com o apoio do PMDB". As palavras de Henrique podem significar uma verdadeira reviravolta na política do RN, pois o presidente da Câmara sabe que tem o controle do partido nas mãos...

 

PEDIDO

O senador-ministro Garibaldi Filho fez apelo aos seus correligionários do PMDB: "Me deixem de fora da sucessão, já dei minha contribuição quando governei o Estado por duas vezes". A declaração foi na última semana a uma emissora de rádio de Natal. Garibaldi Filho não quer mesmo ser candidato a governador em 2014.

 

INSATISFAÇÃO

Lideranças do PSB que tencionam disputar uma vaga na Assembléia Legislativa em 2014 estariam se sentindo desconfortável com a forma como o partido é comandado pela vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria. Alegam os inconformados que toda a estrutura do partido estaria voltada para a reeleição da deputada estadual Márcia Maia. Segundo um pretenso candidato, que andou visitando o Estado, onde chegou e procurou vereadores do partido encontrou a mesma conversa: Wilma chegou aqui a já pediu o nosso apoio para Márcia”. O problema foi externado na recente reunião do PSB.

 

COMPROMISSO

O deputado estadual José Adécio (DEM) está colocando o seu mandato de forma incisiva à disposição do município de Parnamirim, o terceiro maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte. José Adécio participou recentemente da audiência pública promovida pela Câmara Municipal que debateu a caótica questão da segurança em Parnamirim e se colocou à disposição da cidade para lutar na Assembléia por melhorias para o município.

 

SEMINÁRIO

Um dos maiores nomes da história do PV, o jornalista, escritor e ex-deputado federal, Fernando Gabeira, estará em Natal nesta sexta-feira (10), para falar sobre o Futuro do Brasil e a Consciência Verde. O evento faz parte da programação do Seminário Verde, promovido pelo diretório estadual do PV, e ocorrerá no Plenarinho da Assembleia Legislativa, a partir das19h30. Gabeira é membro fundador do PV, que surgiu oficialmente em 1986 e cuja criação contou com nomes de intelectuais, ecologistas, ativistas e artistas.

 

ROMPIMENTO

O senador-ministro Garibaldi Filho (PMDB) garante que já entregou os cargos que o seu grupo  político mantém no governo há dois meses à governadora Rosalba Ciarlini (DEM). O ministro justificou, que houve um apelo dos presidentes dos partidos da base aliada e da própria governadora para que a sua postulação fosse adiada.

 

NO MD

O ex-deputado Wober Júnior, que comandava o PPS, partido que está em processo de fusão com o PMN para o surgimento do MD, diz que vem conversando com vários deputados estaduais e com um deputado federal do RN para ingressarem na nova legenda. Embora Wober não confirme, mas o deputado federal deverá ser Betinho Rosado (DEM).

 

GOLPE

Caso o deputado Betinho Rosado deixe o DEM, o partido comandado pelo senador José Agripino pode sofrer até abril mais um golpe. Deve perder a ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, que está disposta a ingressar no PMDB e disputar uma vaga na Assembléia Legislativa no lugar do seu marido Leonardo Nogueira (DEM).

 

WILMA FORA

A vice-prefeita de Natal, Wilma Maria de Faria, presidente regional do PSB do Rio Grande do Norte, diz que a eventual candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, à Presidência da República, obrigatoriamente não força a sua candidatura ao governo do RN.  "Não sou candidata ao Governo do RN, já tenho repetido isso várias vezes. A minha preocupação hoje está voltada para o Legislativo", diz Wilma, ressaltando que o seu desejo é de ser deputada federal.

26 de Abril de 2013 às 12h20

O SISTEMA CARCERÁRIO DO RN

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Há anos, após governos sucessivos, que a desestruturação do sistema prisional do Rio Grande do Norte, traz à baila o descrédito da prevenção e da reabilitação do condenado. Esta semana, após uma inspeção do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, a sociedade potiguar ficou perplexa: a superpopulação prisional e as nefastas mazelas carcerárias.

Vários fatores culminaram para que chegássemos a um precário sistema prisional. Entretanto, o abandono, a falta de investimento e o descaso do poder público ao longo dos anos vieram por agravar       ainda mais o caos chamado sistema prisional no nosso Estado. Sendo assim, a prisão que outrora surgiu como um instrumento substitutivo da pena de morte, das torturas públicas e cruéis, atualmente não consegue efetivar o fim correcional da pena, passando a ser apenas uma escola de aperfeiçoamento do crime, além de ter como característica um ambiente degradante e pernicioso, acometido dos mais degenerados vícios, sendo impossível a ressocialização de qualquer ser humano.

Para o ministro Joaquim Barbosa, o sistema carcerário do Rio Grande do Norte está entre os piores do Brasil. Celas sem ventilação ou iluminação, gambiarras nas fiações elétricas, urina escorrendo pelos corredores, estrutura física do pavilhão completamente degradada, forte cheiro de urina e fezes, além de problemas com o sistema de esgoto, que está empoçado ao lado do local. O presidente do STF deixou o nosso Estado bradando: "É muito desumano ver o que nós vimos aqui hoje".

Agora, é aguardar que a presença do ministro em Natal possa ser um fator importante para que a situação prisional no RN melhore de fato. Pois, esta superpopulação carcerária representa uma verdadeira afronta aos direitos fundamentais.  Tem como efeito imediato a violação a normas e princípios constitucionais, trazendo como consequência para aquele que foi submetido a uma pena privativa de liberdade uma "sobrepena", uma vez que a convivência no presídio trará uma aflição maior do que a própria sanção imposta. Uma melhoria seria um avanço civilizacional, porque as consequências desse descaso, desse abandono, se refletem no desassossego social. 

 

 


MOBILIZAÇÃO

A Mobilização Democrática, que nasce da fusão do PMN e PPS, partido que deverá ser comandado pelo deputado Antônio Jácome (PMN), continua com o número 33. No RN, somente o PMN está em 130 municípios, elegeu oito prefeitos e mais de 50 vereadores, entre eles, um em Natal. Já o PPS elegeu cerca de 40 vereadores e alguns prefeitos e vice-prefeitos no Estado. O trabalho de Antônio Jacome agora é no sentido de iniciar conversas e articulações visando a permanência de todos na nova legenda. Mas, é praticamente impossível...

 

RUMO AO SENADO

De olho na disputa para o senado em 2014, o presidente estadual do PR, deputado federal João Maia reunirá no dia 19 em São Gonçalo do Amarante, os prefeitos e vices do partido de todas as regiões do Estado. O encontro ocorreu na Fazenda Samburá e foi organizado pelo prefeito-anfitrião Jaime Calado. Dizem que João Maia saiu muito animado do encontro e prometeu a destinação de mais recursos oriundos de emendas parlamentares. 

 

ALIMENTOS

O deputado estadual Fábio Dantas (PHS) deu entrada num requerimento na AL solicitando que os municípios atingidos pela seca sejam incluídos em um programa de distribuição de alimentos, feito pelo Governo do Estado. Disse que não é só o rebanho que está sendo dizimado, mas a população  interiorana corre esse risco efatada pela seca no Estado.

 

NEGOCIAÇÃO

Portaria do Banco Central autorizou a renegociação das parcelas com vencimento em 2012, 2013 e 2014, de operações de crédito rural de custeio e investimento contratadas por produtores rurais que tiveram prejuízos em decorrência da estiagem na área de atuação da Sudene. A medida beneficia os municípios onde tenham havido decretação da situação de emergência ou do estado de calamidade pública reconhecido pelo Ministério da Integração Nacional, a partir de 1º de dezembro de 2011.

 

BLOCO NA RUA

A partir do mês de maio o PT dará início à realização de pesquisas regionais para medir o desempenho do governo e da presidente Dilma Rousseff, além de seus pretensos candidatos em Estados considerados estratégicos para a campanha de reeleição. O partido pretende esperar a veiculação da propaganda partidária a que tem direito no rádio e na televisão antes de fazer os levantamentos. As inserções do partido vão ao ar nos dias 27 e 30 de abril, e nos dias 2 e 4 de maio. Já o programa de TV será transmitido no dia 9 de maio.

 

MIGRAÇÃO

Com a abertura da "janela", devido a fusão do PMN com o PPS, que resultou na criação do MD, os vereadores de São Gonçalo, Rayure Protásio e João Barão, devem buscar abrigo em outros partidos. Convite é o que não falta. A quem diga que a Rayure Protásio já estaria com o pé no PSB. Já o Vereador João Barão deve ingressar no PR, partido do prefeito Jaime Calado.

 

PRESSA

O PT do Rio Grande do Norte tem pressa para discutir as eleições de 2014. Por causa de Dilma Rousseff e por causa de Fátima Bezerra. A presidente Dilma está praticamente com a campanha presidencial na rua. Já a deputada Fátima Bezerra precisa consolidar de vez a sua candidatura ao Senado, para poder cair em campo. Por isso, o PT do RN quer saber com quem realmente poderá contar e acelera as negociações com o PSD, PDT, PSB e PCdoB. O PMDB hoje estaria fora.

 

DISPUTA ACIRRADA 

É acirrada a disputa por duas vagas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entre Evandro Pertence, filho do ex-ministro do STF, Sepulveda Pertence, e o advogado potiguar Erick Pereira, filho do ministro Emmanuel Pereira (TST). Vamos ver qual será aposição da tão propalada a força política que ajudaria o Rio Grande do Norte em Brasília.

 

PP QUER RICARDO

O deputado estadual Ricardo Motta (PMN) recebeu o convite para se filiar ao PP. Sabe-se que Motta estuda a proposta, tendo em vista que o PMN, foi extinto ao fundir-se com o PPS, formando o MD. Contudo, a migração de políticos eleitos para outros partidos, mediante a situação de fusão ou criação de novos, está em discussão no Tribunal Superior Eleitoral e no Congresso Nacional. Ou seja, não existe ainda garantias legais em torno da migração a cerca dos mandatos.

 

MOVIMENTO

Em Parnamirim, muito se fala em um movimento que uniria todas as forças políticas em torno dos candidatos a deputado federal, estadual e ao Senado, que possam defender os interesses da cidade. Os políticos locais sabem que a proliferação de candidatos em busca de votos na cidade só traz prejuízos. Agora, é difícil essa união...

 

DÍVIDAS

Os agricultores afetados pela seca podem pagar o débito em 10 anos. A decisão do  Conselho Monetário Nacional (CMN) prorrogou as dívidas com parcelas vencendo em 2012, 2013 e 2014. Para quitar a dívida o desconto é de 80%. O CMN também retirou a obrigatoriedade de entrada para os financiamentos.

 

FÓRUM ELEITORAL

A diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), Andrea Campos, e o juiz da 44ª Zona Eleitoral, Marcos José Sampaio de Freitas Júnior, reuniram-se com o prefeito do município de Monte Alegre, Severino Rodrigues, a fim de tratar da doação de terreno para a construção do Fórum Eleitoral daquela Zona. Na oportunidade, Severino Rodrigues firmou o compromisso de encaminhar ao Legislativo projeto de doação de um terreno  onde será edificada a nova sede da 44ª ZE.

 

19 de Abril de 2013 às 12h13

SALDO ZERO NOS MUNICÍPIOS

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

O ano de 2013 começou arrasador para os municípios brasileiros. Em muitos, não há dinheiro para se pagar funcionalismo, fornecedores e outras despesas por falta de recursos do Executivo. Essa situação atinge, quase que exclusivamente, o FPM - Fundo de Participação dos Municípios. E o pivô dessa crise tem nome: Governo Federal. 

A crise começou em 2009. O FPM diminuiu porque o Governo Federal isentou algumas taxas de impostos, reduzindo o valor nos repasses para os municípios brasileiros. Mas, este não é o único fator que está "falindo" as cidades brasileiras. A dívida dos municípios com o INSS é o que mais preocupa os prefeitos, visto que o INSS retira diretamente do FPM as parcelas das dívidas, deixando as prefeituras às vezes com saldo zero. Além disso, o INSS não permite a emissão da Certidão Negativa necessária para se firmar convênios com outros órgãos. Ainda há um outro fator: a desoneração da conta de luz também trará reflexo na redução do ICMS e, conseqüentemente, no repasse do FPM.

Pelas últimas notícias sobre o comportamento da indústria e da atividade econômica, não se pode ter empolgação com o crescimento anunciado. Se há queda no primeiro semestre, imagine o que acontecerá no segundo semestre quando há restituição do Imposto de Renda.

No Rio Grande do Norte, pelo menos 25 prefeituras ficaram com a primeira e segunda parcela do FPM do mês de março zerada. Desse total, 18 estão com estado de emergência decretado devido a seca. Para a Federação dos Municípios do RN (Femurn), a situação é preocupante. Somente a segunda parcela do FPM de março teve uma redução de 26,9% menor do que o estimado pela Receita Federal. 

No comparativo com o mesmo período do ano passado, a queda foi de 7,7%. É bem verdade que é comum a queda no mês de março, o problema é que a redução foi maior do que o projetado. Os municípios que não fizeram o "dever de casa" terão dificuldades. 

A projeção do Tesouro Nacional é que o repasse no mês de abril tenha um crescimento de 34% em relação ao mês de março. No entanto, é bom não se contar com esses 20% de aumento anunciados porque eles dificilmente serão concretizados. 

 



QUEBRADEIRA

O vereador Clênio José dos Santos (PV) depois de ressaltar que seu partido teve mais de 14 mil votos para vereador em 2008, caiu essa votação para pouco mais de 2.500 votos em 2012. "É por isso que eu não tenho receio em dizer que o deputado Gilson Moura promoveu a maior quebradeira no PV de Parnamirim", arremata o parlamentar.

 

OPOSIÇÃO

E por falar em Clênio Santos, esta semana o vereador resolveu embarcar de vez na oposição e começou a disparar a sua metralhadora contra a administração do prefeito Maurício Marques (PDT). O primeiro requerimento apresentado solicita informações sobre os gastos com bandas musicais no carnaval de Pirangi. O líder do governo, Antônio Batista Barros (PMDB) já anunciou que vai conclamar a bancada governista para votar contra o pedido de informações. Na legislatura passada, Clênio Santos ingressou na oposição e depois recuou.

 

GM DE VOLTA

O presidente de honra do PMDB no Rio Grande do Norte, ex-governador e ex-senador Geraldo Melo, aceitaria disputar o Governo do Estado, caso chamado pelo seu partido.  Auxiliar de Aluisio Alves nos idos de 1960, articulador da eleição de Garibaldi Filho para prefeito de Natal em 1985, eleito governador em 1986, ele já deixou o PMDB duas vezes. Mas está de volta ao partido desde o ano passado, atendendo a um convite do atual presidente da legenda, Henrique Eduardo Alves.

 

GOVERNADOR I

O prefeito de Goianinha, Júnior Rocha (PMDB), soma-se a várias outras lideranças peemedebistas que defendem uma candidatura própria do PMDB ao Governo do Estado nas eleições do próximo ano caso Rosalba Ciarlini não seja candidata. Para Rocha, se Garibaldi Filho não deseja ser candidato, a bola da vez seria Henrique Eduardo, que poderá ser o candidato do partido.

 

GOVERNADOR II

Aliás, esta semana, quem chegou a admitir a candidatura de Henrique Alves foi o seu primo, o senador ministro Garilbadi Alves (Previdência Social). Ao ser indagado por jornalistas na cidade de Mossoró, Garibaldi foi taxativo: "Para o Governo do Estado pelo PMDB, eu veria o nome de Henrique". Resta saber o que pensa Henrique Alves sobre esse movimento...

 

DE OLHO

As conversas para as eleições de governador em 2014 ainda estão tímidas, mas nunca deixaram de ocorrer. A oposição que já antecipa que lançará a candidatura de Robinson Faria (PSD) está de olho no nome da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) como companheira de chapa. Fortalecida em Mossoró depois das eleições municipais, Larissa praticamente é unanimidade. Na hipótese dela aceitar o desafio, o grupo político de Larissa pode optar pela candidatura dos vereadores Lairinho ou Vingt-un Neto para disputar a cadeira no legislativo estadual. As conversas seguem aceleradas...

 

CONFIANÇA

A base aliada da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) está confiante de que 2013 será o ano da alavancagem do seu governo, diante da expectativa em relação ao recebimento de recursos para retomada de obras que o Estado necessita. Contudo, os defensores dessa idéia afirmam que a população tem pressa e espera resultado da gestão. Assim, o governo tem um ano para colher os benefícios dos empréstimos e financiamentos autorizados pelo Poder Legislativo e que estão prestes a desaguar no Estado.

 

CENTRAL DO CIDADÃO

Após a reforma que está sendo executada pela Secretaria do Interior, Justiça e Cidadania (Sejuc) na unidade da Central do Cidadão, em Parnamirim, uma novidade: a cidade vai ganhar uma unidade do Procon Estadual. O diretor do Procon, Araken Farias, já está tomando todas as providências para a instalação do Procon parnamirinense. Para a recuperação da Central de Parnamirim, a Sejuc está gastando recursos da ordem de R$ 203.451.54.

 

CONVERSA

O deputado estadual Agnelo Alves (PDT) foi até a Câmara de Parnamirim e se reuniu com 16 dos 18 vereadores da casa, oportunidade em que apresentou um balanço de suas atividades como parlamentar na Assembléia Legislativa em defesa do município. Os vereadores ficaram satisfeito após a explanação de Agnelo Alves.

 

FUSÃO

Dirigentes de partidos que podem perder deputados para a nova sigla que nascerá da fusão do PPS com o PMN começaram a se mobilizar para evitar defecções em suas bancadas. O PSD do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab e o DEM, presidido pelo senador Agripino Maia (RN), são os dois partidos mais ameaçados de perder deputados para a nova legenda. 

 

BANCADA

Os deputados estaduais Kelps Lima (PR), Fábio Dantas (PHS) e Gilson Moura (PV), são os três parlamentares mais cotados para se filiarem ao novo partido que já nasce com a possibilidade de se tornar a maior bancada na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte.

 

DILMA NO RN

A confirmação foi feita pelo presidente da Cãmara Federal, Henrique Alves. A presidenta Dilma Rousseff estará no Rio Grande do Norte no próximo dia 28 de abril. Na oportunidade ela deverá assinar a ordem de serviço para a construção da Barragem de Oiticica. Na mesma ocasião, serão confirmadas mais duas obras importantes: A da duplicação da Reta Tabajara e a da BR 304 (Natal-Mossoró) até Aracati, no Ceará, uma obra estimada em 1 bilhão e 100 milhões de reais.

 

12 de Abril de 2013 às 00h00

RN NÃO AUMETA A BANCADA FEDERAL

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Acabou-se a expectativa. O Rio Grande do Norte não terá o tão desejado aumento de cadeiras na Câmara Federal. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu esta semana, por cinco votos a dois, alterar a quantidade de deputados federais de 13 estados para as eleições de 2014. O novo cálculo foi feito com base dos dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Atualmente, a divisão das 513 cadeiras da Câmara tem por base a população dos estados em 1998. Pelos dados apresentados pelo TSE, os estados de Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul perderão uma cadeira. Paraíba e Piauí perderão dois deputados. Ganharão mais uma cadeira Amazonas e Santa Catarina. Ceará e Minas Gerais passarão a ter mais dois deputados. O Pará foi o maior beneficiado - passará de 17 cadeiras para 21. 

Assim, o Rio Grande do Norte nas eleições do próximo ano elegerá mais uma vez uma bancada de 8 deputados federais, e não 9 como previsto. É bem verdade que os Estados que perderam, ou que deixaram de ganhar cadeiras nos legislativos, deverão se manifestar e entrarem com recursos junto ao Supremo Tribunal Federal, mas as expectativas não são lá promissoras. A própria presidente do TSE, ministra Carmen Lúcia, acredita na chuva de recursos. Porém, há quem já admita que os recursos serão em vão.

A proposta elaborada do TSE foi espelhada no atual quadro demográfico, a partir de modificações importantes na distribuição populacional no País. Alguns ministros alegaram que a Corte não seria competente para promover esse tipo de alteração, pois a mudança em bancadas só pode ser feita por meio de Lei Complementar preparada pelo Congresso Nacional.

Aí onde reside a esperança. O próprio presidente da Câmara Federal, Henrique Alves (PMDB-RN) acredita que os partidos irão recorrer ao STF alegando que o Tribunal Superior Eleitoral não seria competente para tomar tal decisão. A verdade é que essa questão ainda vai se arrastar na Suprema Corte por muito tempo e já se pode considerar descartada a possibilidade de valer para as eleições do próximo ano, uma vez a decisão teria de sair até o mês de outubro vindouro. 


 



PRAZO

O PMDB estadual adiou o prazo para junho para o Governo do Estado melhorar a sua imagem com ajustes e desajustes. Mas, embora tenha dado um prazo a governadora Roalba Ciarlini (DEM), o partido comandado pelo deputado federal Henrique Eduardo Alves cobrou antecipado ampliar sua participação o secretariado, ao indicar o comando da Secretaria de Agricultura e Pecuária, titulada por Júnior Teixeira. E se não atender a exigência peemedebista, como e que fica?

 

CONDENAÇÃO

O ex-prefeito de Maxaranguape, Amaro Alves Saturnino (PSDB) foi condenado pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte pelo uso de documento falso na Justiça do Trabalho. A denúncia feita pelo Ministério Público Federal e julgada procedente pelo juiz federal Walter Nunes, titular da 2ª Vara, recaiu sobre o fato de que o político apresentou documento falso para tentar provar a suposta quitação de uma dívida com profissional contratado para assessor. O autor da ação trabalhista reconheceu ter assinado apenas um recibo (no valor de R$ 2 mil). 

 

FIDELIDADE

Outro partido que foi cobrar ampla fidelidade de seus filiados em 2014 é o PSB. Prefeitos, vice-prefeitos e vereadores terão que votar nos candidatos a deputado federal e estadual do partido, além de seguirem a orientação partidária com relação ao Governo do Estado e ao Senado. Nenhum deles vai poder votar em candidatos de outros partidos, como geralmente ocorre no interior. Sob pena de serem expulsos da agremiação. É a fidelidade partidária pura... O PMDB também anunciou que adotará a mesma postura.

 

COM DILMA

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) disse durante o final de semana na cidade de Jardim do Seridó que votará na reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). A declaração foi feita durante visita da governadora na cidade onde chegou por volta das 9 horas para visitar a obra de reforma e ampliação da Prefeitura, cujo prefeito – o padre Jocimar – é do PMDB. E agora, como será que vai reagir o senador José Agripino Maia (DEM)…?

 

MINEIRO FEDERAL

Mesmo o PT sinalizando que deseja lançar o nome do deputado estadual Fernando Mineiro como candidato a governador nas eleições de 2014, o parlamentar tem outro plano: quer ser deputado federal. O deputado Fernando Mineiro está no seu terceiro mandato como deputado estadual e já foi vereador em Natal por quatro mandatos. Agora deseja voo mais alto...

 

QUINTO COM 1/3

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) acaba de decidir que os tribunais brasileiros não podem estabelecer quórum mínimo para a aprovação da lista tríplice destinada ao preenchimento das vagas de desembargador do Quinto Constitucional. Com este entendimento, o CNJ invalidou o art. 55, caput, do regimento interno do TJ/SP que exigia a maioria absoluta dos votos do Órgão Especial para a aprovação dos nomes.

 

ACIRRAMENTO

A eleição suplementar do último domingo na cidade de Serra do Mel serviu para acirrar os ânimos entre o PT e o PMDB. A deputada federal Fátima Bezerra acusa abuso de poder econômico pelo candidato eleito do PMDB, Fábio Bezerra de Oliveira (Fabinho) da coligação “Serra do Mel de Todos”, integrada por PMDB/PP/PR, que derrotou a candidata petista Francisca Rodrigues, da coligação “A mudança é pra valer, essa mudança inclui você”, composta de PT/PTB/PCdoB. 

 

NOVO LÍDER

O vereador Pastor Edmilson Gomes (PMDB) está sendo anunciado como novo líder do prefeito Jaime Calado (PR) na Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante. Além da confiança e da conhecida eloqüência do Pastor Edmilson, também pesou na decisão o fato do parlamentar ser do PMDB, partido comandado pela família Cavalcanti, que sinaliza aliança duradoura com o PR.

 

PEC 35

O A Proposta de Emenda à Constituição - PEC 35/2012, que tramita no Senado Federal e pretende acabar com salário dos vereadores em cidades com menos de 50 mil habitantes, está causando polêmica. Com o objetivo de protestar contra, a Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FecamRN) realiza neste sábado (13),  às 10 horas, no Hotel Thermas, em Mossoró, o 1º Fórum Estadual dos Vereadores do RN. 

 

HOMENAGEM

Parece não restar mais dúvidas. O nome do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante vai mesmo homenagear o ex-governador Aluízio Alves. O presidente da Assembléia Legislativa, Ricardo Motta (PMN) declarou que a matéria já foi aprovada na casa, enquanto o prefeito Jaime Calado também garantiu o seu empenho junto à Câmara Municipal de São Gonçalo. Agora, só falta o deputado Henrique Alves (PMDB) agilizar o processo na Câmara Federal,  que tramita na Comissão de Transportes.

 

AUDIÊNCIA

Uma audiência pública marcada para o dia 15 de maio vai discutir na Câmara Municipal de Parnamirim que forma de compensação o município terá com a perda do Aeroporto Internacional Augusto Severo, que será desativado em 2014 com a entrada em operação do novo Aeroporto de São Gonçalo. Parnamirim terá inúmeros prejuízos e quer uma compensação. Muito justo!

 

REFORMA

A reforma política parece ser apenas uma proposta-defunta. Sem consenso, o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), decidira votar a pseuda reforma na base do vai ou racha. Rachou. Tentou-se de tudo, mas os deputados seguem obstuindo a votação. 

05 de Abril de 2013 às 13h55

PROGNÓSTICOS DE UM MOSSOROENSSE

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Conversando com um amigo mossoroense durante este feriado da Semana Santa na bela orla marítima da praia de Porto Mirim ouvi dele uma completa análise do quadro político do Rio Grande do Norte para 2014, que cabem algumas reflexões.

Primeiramente, o meu amigo rebateu de forma veemente a assertiva de que “Rosalba estaria no mesmo caminho de Micarla”. E justificou: “Vocês se esquecem que Micarla tinha Miguel Weber ao seu lado, enquanto a Rosa tem Carlos Augusto Rosado”. E  em meio a uma série de fatores nessa linha citou um de que Carlos Augusto “nunca entrou em uma campanha para perder” fazendo menção ao pleito de 2012 em Mossoró, quando se dizia que a candidata Larissa Rosado (PSB) já estava eleita.

Depois, o “observador político” mossoroense ponderou o fato de que o PMDB potiguar não tem bandeira, nem de oposição e nem muito menos de situação. Está limitado apenas a um único fator: Henrique e Garibaldi vão ajudar ao Estado carreando verbas de Brasília, o que seria – na sua avaliação – um engodo. Para ele, um exemplo disso foi a eleição passada em Natal, onde o grupo do prefeito Carlos Eduardo bateu Henrique, Garibaldi e as promessas de ajudas de Brasília.

Quanto à candidatura da governadora Rosalba Ciarlini, esta na sua avaliação, estaria adstrita aos projetos de mobilidade urbana da Copa do Mundo de responsabi-lidade do Governo do Estado, onde em apenas um deles a governadora vai ter em mãos mais de R$ 3 bilhões até o final da atual gestão para obras estruturantes em todo o RN. E, além de obras contra a seca, com forte repercussão no interior, a governadora pretende utilizar boa parte desses recursos em ações de saneamento básico. A novidade ficaria ainda por conta da construção de uma nova via Norte-Sul, que vai cortar Natal, começando na BR-304 e indo até a Rota do Sol, sendo, em um trecho, paralela à Avenida Roberto Freire.

Por último, a avaliação do meu amigo mossoroense é de que o verdadeiro candidato de oposição é o vice-governador Robinson Faria (PSD) que, ao lado do prefeito Carlos Eduardo, da ex-governadora Wilma de Faria (PSB) e demais forças de oposição na verdade podem empunhar uma bandeira em condições de sacudir o Estado. E concluiu ressaltando: “Resta saber se a oposição se une”. São avaliações pertinentes. 


 



FESTA DO BOI

O novo secretário de Agricultura e Pecuária, o pecuarista José Teixeira Júnior, é de opinião de que se não chover nos próximos 60 dias, a Festa do Boi 2013 estará comprometida, inclusive com a possibilidade de pela, primeira vez, o evento não ser realizado. Mas, para Júnior Teixeira o Governo do Estado tem um potencial fortíssimo para criar mecanismos de assegurar a manutenção de uma pecuária forte no RN: o Vale do Ceará Mirim. Na sua avaliação, falta apenas vontade política...

 

PROCESSO

O vereador de Parnamirim, Clênio José dos Santos (PV) assegura que está tranqüilo quanto ao processo que responde na Justiça Eleitoral movido pelo primeiro suplente Sérgio Andrade (PV) para a perda do seu mandato. A alegação é de irregularidades nas suas contas. Clênio Santos alega que a própria executiva municipal do PV “usando de má fé” forneceu documentos para Sérgio Andrade tentar cassar o seu mandato.

 

NÃO SABIA

A governadora Rosalba Ciarlini não sabia e ficou surpresa quando foi informada pelos presidentes das Câmaras Municipais, que não havia delegacias de plantão nos municípios da Grande Natal funcionando em finais de semanas e feriados. “Isso não é possível”, reagiu a governadora para em seguida afirmar: “Vou tomar as providências”. A ideia é que sejam criadas, a princípio, duas delegacias – uma em Parnamirim e a outra em Ceará Mirim. Será que agora a coisa muda?

 

REFORMA POLÍTICA I

Abril deve mesmo ser um mês importante para a votação da reforma política, que já valeria para 2014. O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, marcou para os dias 9 e 10 a votação do projeto, justificando que “diante da falta de consenso entre os partidos, que vença a maioria”. Ainda, segundo Henrique “é um compromisso do seu mandato na presidência da Casa, resolver essa questão”.

 

REFORMA POLÍTICA II

Os principais pontos da reforma política são: financiamento público de campanha; coincidência das eleições a partir de 2022 (os próximos prefeitos e vereadores serão eleitos para mandatos de seis anos); fim das coligações partidárias e formação de federações de partidos, válidas por um mandato sem dissolução; sistema de votação diretamente no candidato, sendo que o voto de legenda vai ser direcionado para o primeiro da lista do partido ou da federação partidária; e participação popular por meio de assinatura eletrônica, sendo 500 mil para projetos de lei e 1,5 milhão para propostas de emendas à Constituição.

 

EXTRAORDINÁRIO

O ministro Garibaldi Filho (Previdência Social), acompanhado de alguns prefeitos potiguares, fez uma visita ao plenário do Senado na tarde de quarta-feira (27). Sem nenhum protocolo ficou sentado ao lado dos prefeitos nas galerias da casa. O senador Pedro Simon (PMDB-RS), um dos ícones do Congresso, que estava na tribuna fazendo um pronunciamento sobre a escolha do Papa Francisco, registrou a presença de Garibaldi com as seguintes palavras: “Estamos recebendo a visita do extraordinário ministro Garibaldi Filho”. Logo, outros senadores começaram a tecer elogios a Garibaldi.

 

CINE-TEATRO

Vez por outra aparecem notícias na imprensa parnamirinense questionando o nome de “vereador Paulo Barbosa” dado ao Cine-Teatro da Cohabinal. Ocorre que a lei foi criada pelo Poder Legislativo e já sancionada pelo Legislativo. É malhar em ferro frio... As acusações são injustas, pois Paulão Barbosa foi um vereador com grandes serviços prestados ao nosso município.

 

FINANCIAMENTO

O Supremo Tribunal Federal convocou audiências públicas para discutir o financiamento público de campanhas. Em outras palavras, se ele for aprovado é o pagador de imposto que vai bancar as campanhas. Aliás, hoje ele já paga. Os partidos recebem um fundo para se manter que vem dos impostos. Tudo o que se vê na televisão e no rádio, em épocas eleitorais ou fora delas. 

 

CURSO

O PMDB estadual, através da Fundação Ulysses Guimarães, está realizando em Parnamirim um curso de “Formação Política para Juventude”. O curso tem 35 vagas e busca discutir com a sociedade, principalmente junto à juventude, implementando uma consciência política e a formação partidária.

 

DE OLHO EM 2014

A executiva estadual do PT se reuniu esta semana em Natal para avaliar a atual conjuntura política do Estado e definir algumas estratégias para 2014. Por maioria o partido já definiu que a nível de hoje não tem nem o conversar com o PMDB. O encontro teve caráter ampliado e reuniu os coordenadores de pólos, prefeitos eleitos em 2013 e presidentes do partido de todo o Estado.

 

APOIO CERTO

Seguindo orientação da executiva nacional, o PMDB do Rio Grande do Norte já comunicou aos seus prefeitos e vereadores que em 2014, apoio apenas para candidatos do partido – deputados estaduais e federais. É comum que prefeitos de um partido apoiem candidatos de outros. Agora, isso não mais será admitido e todos têm que votar nos candidatos da legenda. 

 

TRANSPARÊNCIA

As prefeituras dos municípios com menos de 50 mil habitantes têm prazo até 27 de maio para divulgar todos os dados relativos às receitas e despesas, em tempo real, na internet, conforme o disposto na Lei Complementar 131/2009 – mais conhecida por Lei da Transparência. Esses entes públicos tiveram quatro anos para se adaptar à exigência de divulgação da execução orçamentária na internet. 

28 de Março de 2013 às 13h52

OS PLANOS DE GARIBALDI PARA 2014

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Um dos temas mais em voga na mídia local tem sido a possível candidatura ao Governo do Estado em 2014 do senador-ministro Garibaldi Alves Filho (PMDB). Mas, sempre que tem oportunidade de se externar publicamente sobre o assunto, o ministro da Previdência não esconde que não almeja concorrer a mandato eletivo no próximo ano e, até mesmo, tem dito que “não tenho mais ambições imediatas de disputar cargos".

Nas suas andanças pelo Estado, o discurso de Garibaldi tem sido em tom visivelmente emocionado e nostálgico, com sentimento de dever cumprido e sempre afirmando claramente que o partido tem quadros para disputar cargos de qualquer natureza no Rio Grande do Norte. Governador, Inclusive! Já chegou a declarar em tom emocionado que seu sonho maior era “ver Walter (o filho deputado estadual) seu herdeiro maior na vida pública, assim como Aluízio viu Henrique…”.

Assim, parece claro que o plano de Garibaldi é outro e não disputar o governo como ainda insistem alguns em aventar tal possibilidade. Vê o filho Walter Alves em vôo político mais alto seria então a estratégia garibaldista: disputar a sucessão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) em 2014.

Também, o deputado Walter Alves tem sido um incansável “caxeiro-viajante”, percorrendo semanalmente todos os recantos do Estado. O PMDB tem realizado como nunca reuniões e encontros no interior. E em todas essas reuniões o filho de Garibaldi fala em tom de candidato afirmando que o seu partido tem “que aproveitar esse momento não para ajudar o Governo, mas para ajudar o Estado”, fazendo sempre questão de separar o apoio ao Rio Grande do Norte do apoio à gestão Rosalba Ciarlini, que ele mesmo já criticou em ou-tros momentos. Ou seja, os feitos que o partido pode conseguir para o RN não garantirão, necessariamente, a união dos dois no pleito de 2014. É ou não uma posição de candidato?

Há quem diga que, a continuar como andam as coisas hoje, o acordo entre o PMDB e o DEM, deve ter uma duração curta, pois o presidente da legenda, de-putado federal Henrique Alves não terá como sustentar a volúpia garibaldista. Há até quem afirme que já teria sido encomendada uma pesquisa eleitoral para consumo interno em que o nome de Walter Alves estaria incluído como candidato do PMDB ao Governo Estado. 

 

 

 


IMPROBIDADE

O novo secretário da pasta da Agricultura do Rio Grande do Norte e ex-prefeito de Serrinha, José Teixeira de Sousa Junior, responde processo na justiça por improbidade administrativa. Trata-se do Inquérito Civil n.° 1.28.000.000088/2005-46 instaurado pelo procurador federal Gilberto Barroso de Carvalho Júnior para apurar supostas irregularidades praticadas na realização do Convênio n.º 1163-02, entre a prefeitura de Serrinha e a Funasa, na gestão do ex-prefeito Júnior Teixeira tendo por objeto a execução de melhorias sanitárias domiciliares. Júnior Teixeira foi indicado para o cargo pelo presidente da câmara dos deputados, Henrique Eduardo Alves.

 

INDÚSTRIA

A indústria Nestlé deseja instalar uma fábrica no município de São José de Mipibu. A nova indústria deve inicialmente 200 empregos diretos e, podendo atingir a marca de 250 até o final do ano. Para muitos que falaram em geração de emprego e renda na época da campanha eleitoral, essa é uma ótima oportunidade para ver São José de Mipibu crescer. O município deverá fazer a doação do terreno para a instalação da fábrica da Nestlé.

 

TENSÃO

A direção nacional do PT convocou os presidentes de seus 27 diretórios para traçar estratégias de coligações e candidaturas aos governos estaduais e ao Senado. O encontro foi realizado no início da semana em São Paulo. A ideia é diminuir a tensão entre petistas e aliados em praças como o Rio, onde há embate com o PMDB, além de avançar no diagnóstico para a sucessão paulista. A partir do encontro, o partido planeja iniciar rodada de pesquisas de avaliação, seguindo orientação de Lula.

 

NOVO FÓRUM

Uma comitiva formada por juízes da Comarca de Parnamirim se reuniu na última semana com o presidente do Tribunal de Justiça do RN, desembargador Aderson Silvino, para apresentar os dados de trabalho desenvolvido por eles no dia a dia, bem como solicitar mais investimento na Comarca. Entre os pleitos dos magistrados estão a construção do Fórum de Parnamirim, mais segurança e ampliação do número de servidores que atuam na Comarca. O desembargador Aderson Silvino disse aos magistrados que o TJRN vai priorizar a construção do Fórum e que em 90 dias as varas cíveis serão transferidas para outro prédio mais amplo, locado pelo Tribunal de Justiça.

 

VOOS AÉREOS

Mesmo o destino Natal tendo alta demanda de passageiros até mesmo na baixa estação, a cidade perdeu cinco voos domésticos diários e, para isso, há necessidade de mobilização de todos os setores do Estado buscando solução junto à Infraero. Entre as suspensões estão três voos da companhia TAM (e mais um, antes diário, passou para o sábado e domingo) e dois da Gol. Algo precisa ser feito com urgência...

 

DEFESA

Na Câmara de Parnamirim, em duas sessões consecutivas os vereadores debatem o mesmo assunto: a força política do ex-prefeito e deputado Agnelo Alves (PDT). O vereador Ricardo Gurgel (PSB) faz críticas a Agnelo, enquanto a maioria esmagadora dos demais vereadores faz a defesa. Para a vereadora Elienai Cartaxo, a grande obra de Agnelo em Parnamirim “foi retomar a nossa autoestima e isso é uma obra que não há preço que pague”.

 

“TUCANOS”

O vereador Aroldo Alves foi eleito presidente do diretório do PSDB de Natal. O novo presidente que foi eleito em chapa única garante que a bancada do PSDB na Câmara Municipal de Natal se mantém em oposição ao prefeito Carlos Eduardo. Contudo, a idéia do partido é atuar de “maneira responsável pelos benefícios da cidade”. Durante a convenção, o presidente regional da legenda, Rogério Marinho, reafirmou o seu desejo de voltar a disputar uma vaga na Câmara federal em 2014.

 

PROGNÓSTICO

Em uma conversa animada entre personalidades ativas da vida política do RN em um conhecido restaurante de Natal, surgiu uma pergunta: O PMDB lançando candidato próprio ao Governo do Estado em 2014, com quem ficaria o PDT de Carlos Eduardo, Agnelo Alves e Maurício Marques? Resposta incontinente de uma expressiva liderança com voz e voto: “Jamais com o PMDB”. E justificou com uma indagação: “O PMDB votou em Carlos Eduardo?”.

 

EXAME DE ORDEM

O último Exame de Ordem Unificado da OAB aprovou preliminarmente no Rio Grande do Norte 255 candidatos dos 1861 inscritos, sendo 224 em Natal, 05 em Caicó e 26 em Mossoró. O número representa apenas 13,7% do total, o que mostra o baixo nível dos candidatos e gera questionamentos sobre a qualidade dos cursos de direito oferecidos no Rio Grande do Norte. A previsão para o resultado final é 5 de abril.

 

CONSELHO POLÍTICO

Integrante do primeiro escalão da governadora Rosalba Ciarlini, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho (PSDB),  afirmou que “o conselho político do Governo, na verdade, ainda não começou a trabalhar”. Na avaliação de Rogério, o conselho “está embrionário”. Argumenta que, “na hora em que ele começar a agir, sem dúvida nenhuma nós (PSDB) estaremos nele”. Para Marinho, o primeiro passo do Conselho Político foi “essa recomposição” se referindo ao retorno da reunião dos integrantes do Conselho e às mudanças no secretariado promovidas pela governadora nos últimos dias.

22 de Março de 2013 às 15h10

A REFORMA DO SECRETARIADO

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

As tratativas para a reforma do secretariado da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) caminhavam célere até a semana passada. A princípio, parte do governo seria entregue ao PMDB. Depois, a coisa evoluiu para uma participação ainda mais efetiva do DEM, PR, PMN e PP.

Nesse trajeto surgiram alguns complicadores. Três deputados do PMDB na Assembléia Legislativa – Walter Alves, Nélter Queiroz e Hermano Morais – sinalizaram que permaneceriam mantendo uma posição de “independência” em relação ao Governo do Estado – posição que teve o aval do senador-ministro Garibaldi Filho.

A partir daí o tom da conversa do PMDB mudou: os nomes não seriam mais do partido, mas, sim, da cota exclusiva do deputado federal Henrique Eduardo Alves. Fala-se que a reforma será a contra peso.

Esta semana, os primeiros nomes começaram a ser definidos. O ex-prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rego, será o novo secretário estadual de Recursos Hídricos e o presidente da Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc), Júnior Teixeira, assumirá a titularidade da Agricultura, Pecuária e Pesca. As duas substituições ampliam espaços do próprio partido da governadora, com a chegada de Leonardo Rego, que é filho do líder do Governo na Assembleia, o deputado Getúlio Rego; e do PMDB, que indicou Júnior Teixeira.

O médico Luís Roberto Fonseca, atual coordenador do SAMU, assume a  Secretaria Estadual de Saúde. Mas assume com o perfil de técnico. A mudança na Secretaria de Saúde já era tida como certa há alguns meses. A exoneração do médico Isaú Gerino começou a ser cogitada desde a publicação de matérias nacionais envolvendo a problemática no Hospital Walfredo Gurgel, o que ocorreu em janeiro. O médico Paulo Xavier Trindade, que foi cotado para Saúde, não aceitou a difícil missão. Agora, Luiz Roberto terá a dura missão de comandar a saúde em um momento difícil.

Por enquanto, essas seriam as primeiras mudanças no secretariado após o realinhamento que foi definido pela governadora Rosalba Ciarlini com o chamado “conselho político”, integrado pelo ministro Garibaldi Filho, os deputados federais Henrique Eduardo Alves e João Maia, o senador José Agripino Maia e o deputado estadual Ricardo Motta. Mas há quem aposte que a governadora também fará mudanças em secretários tidos como da sua cota pessoal e, assim, a reforma seria bem mais ampla. 

 

 


VEREADORES

A notícia sobre a PEC do senador Cyro Miranda (PSDB-GO), que extingue remuneração de vereadores em municípios de até 50 mil habitantes, está causando inquietação. Nesta sexta-feira (22) acontece uma reunião na Câmara Municipal de Caicó para discutir o assunto com vereadores de toda a região do Seridó no sentido de que se forme uma comitiva para ir até Brasília. A idéia é do vereador Lobão Filho (PMDB), eleito recentemente segundo vice-presidente da FECAM/RN.

 

NOVO BAIRRO

A Câmara Municipal de Parnamirim aprovou a criação do bairro Parque das Árvores, onde se localiza o loteamento do mesmo nome. O novo bairro, bastante extenso, tem inicio no cruzamento do Rio Pitimbu em Nova Parnamirim, acompanha o percurso do Rio Pitimbu, segue pela Avenida Olavo Lacerda Montenegro até encontrar a Av. Elisa Branco Pereira dos Santos localizada no Bairro Parque das Nações.

 

APOIO

O deputado estadual José Adécio (DEM), desde que retornou a Assembleia Legislativa, tem recebido inúmeras manifestações de apoio a sua reeleição em 2014 e de reconhecimento ao trabalho desenvolvido na Assembleia em favor do RN. José Adécio acaba de receber o apoio da futura candidata a prefeita de Maxaranguape, Marta e do seu esposo, o ex-vereador Rogério Cruz. O deputado promete lutar pelo desenvolvimento de Maxaranguape, colocando seu mandato popular a disposição do povo daquele município.

 

REFORMA

O líder do PT na Câmara, José Guimarães (CE), não acredita que a reforma política seja votada em 9 de abril, como quer o presidente da Casa, Henrique Alves (PMDB). “Não terá consenso. O ponto de partida é o financiamento público, fora isso, vamos ser contra”, avisou. Henrique Alves diz ser um compromisso seu, do seu mandato na presidência da Casa, de resolver essa questão. Diante da falta de consenso entre os partidos, Henrique quer que vença a maioria.

 

MUDANÇA

O vereador natalense Luiz Almir espera somente a chamada janela partidária para mudar mais uma vez de legenda. Almir poderá deixar o Partido Verde e ingressar no PMDB. O convite foi feito pelo deputado federal e presidente da Câmara Henrique Eduardo. Além de Luiz Almir, o deputado federal Paulo Wagner (PV), também já foi convidado. Paulo Wagner quer disputar uma vaga na Assembléia Legislativa em 2014 e não mais a sua reeleição.

 

CANDIDATURA

Enquanto os holofotes estão sobre Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos, o vice-presidente Michel Temer, presidente licenciado do PMDB, e o senador Valdir Raupp (RO), que o representa, começam a percorrer as capitais e cidades-polo de cada estado semana que vem. O objetivo é fortalecer potenciais candidatos aos governos e iniciar tratativas para coalizões. A meta é fechar ao menos 20 pré-candidaturas a governo do estado. O Rio Grande do Norte está na pauta.

 

NOVO REITOR

A apuração das urnas do processo sucessório reitor e vice-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) foi concluída na madrugada desta quinta-feira (21) pela Comissão Eleitoral. Com 51% dos votos válidos, Pedro Fernandes foi eleito Reitor da UERN, Gilton Sampaio obteve 33% dos votos e Ana Dantas 16%; na disputa para o cargo de Vice-Reitor, Aldo Gondim obteve 45% dos votos válidos, Lúcio Ney ficou com 29,5%, Gláucia Russo com 20,02% e Carlos Nascimento com 5,3%. A Lista Tríplice agora  será entregue a governadora Rosalba Ciarlini. 

 

INSEGURANÇA

Na manhã da última sexta-feira (15) o ex-prefeito de Jucurutu, Júnior Queiroz, que é irmão do deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB), foi vítima de assalto. Os bandidos invadiram sua casa localizada no bairro Cidade Jardim, em Natal, e levaram aparelhos celulares, notebooks, uma pequena quantia em dinheiro e um veículo modelo Corola, que pertencia ao filho do ex-prefeito. E haja insegurança!

 

DISPUTA

A Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam) e a União das Câmaras Municipais da Grande Natal (Unicam) travam uma verdadeira para mostrar serviços à população. Enquanto a primeira vai promover o I Fórum Estadual de Vereadores do RN no dia 13 de abril, em Mossoró, a segunda vai levar todos os presidentes das câmaras da Grande Natal até a governadora Roslaba Ciarlini para tratar da questão da segurança pública. 

 

SENADOR

O senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), pai do senador-ministro Garibaldi Filho, foi internado esta semana em Brasília. Com 89 anos, a principio supeitava-se que ele teria sofrido um AVC, mas segundo os médicos, o diagnóstico é infecção urinária.  Mas, já recebeu alta.

 

CONTAS

No próximo dia 30 de abril encerra o prazo para que os partidos políticos entreguem a prestação de contas relativas ao exercício de 2012. Atualmente, existem na Justiça Eleitoral 30 partidos registrados e, até o momento, nenhum entregou o relatório . 

15 de Março de 2013 às 12h10

OS PLANOS DA GOVERNADORA

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Pode parecer cedo demais, mas o fator tempo não interfere no projeto de reeleição da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que acaba de lançar uma cartada importante para o seu futuro político em 2014: investimento maciço em mídia sobre as obras do seu governo.

E o seu jogo de estratégia prevê uma enormidade de benefícios para Rio Grande do Norte a partir deste ano, com investimentos em educação, saúde, segurança pública, habitação popular e infra-estrutura. Ajustar áreas como saúde e segurança pública já é a palavra de ordem. Rosalba tem uma grande cartada para se reconciliar com o eleitorado da capital, peso importante para definir o pleito do próximo ano: Trata-se do projeto de mobilidade da Copa do Mundo FIFA 2014.

Embora, em tese, muitos possam ver precipitação no tema reeleição agora, mas não é bem isso o que diz o dito popular “quem é cocho parte cedo”. Além do mais, está evidente que nesse cenário há uma realidade futura tangente, ou seja, a candidatura do vice-governador Robinson Faria (PSD), com aval de forças de oposição, que já está em campanha silenciosa bastando para isso ouvir o que ele diz quando chega no interior do Estado.

É evidente que a reeleição é condição com prioridade para quem já está com a mão na massa - leia-se Rosalba. Porém, o que se fala à nível de bastidores, é que a governadora pode não disputar a reeleição se não conseguir se recuperar e realizar uma boa administração até o final deste ano de 2013, cumprindo assim parte dos compromissos de campanha assumidos na praça pública com o povo do Rio Grande do Norte.

Há quem diga que dentro do governo há um enorme sentimento de que “se Rosalba não estiver bem não será candidata à reeleição”. Agora, entre a governadora não disputar a reeleição e partir para disputar um outro cargo – que seria a vaga ao Senado – a distância é muito grande. O sentimento dos governistas é de que isso seria praticamente “impossível”, uma vez que ela teria de renunciar em abril e entregar, de mão beijada, o governo ao seu arquiinimigo Robinson Faria, que disputaria a reeleição com a caneta na mão. Assim, a governadora tem dois caminhos a serem definidos até o final deste ano: disputar a reeleição ou ficar no governo até o final do mandato. 


 



IMPOSSÍVEL

Uma fonte governista considera sem lógica e descabida a especulação de que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) desista de sua candidatura a reeleição para disputar uma vaga no senado nas próximas eleições. Rosalba não iria entregar de bandeja o governo ao seu inimigo político e vice-governador Robinson Faria (PSD), que passaria a disputar o governo com a força da máquina administrativa. “Isso jamais aconteceria”, diz o informante.

 

NA MIRA

A ex-prefeita Marília Dias (PMDB) está na mira do Ministério Público por ter deixado várias obras inacabadas por todo o município de Macaíba. O promotor Morton Faria já assegurou que o órgão vai averiguar a situação e, se preciso, notificar os responsáveis pelas paralisações a prestar esclarecimentos a respeito do problema.

 

PROJETO DE HENRIQUE

De Brasília chega a informação de que o projeto do deputado federal  Henrique Eduardo Alves (PMDB) não é disputar nenhum cargo nas eleições de 2014 no Rio Grande do Norte. O seu desejo é o de ser reeleito deputado federal. Aliás, ainda neste semestre, Henrique deverá assumir a presidência da República. Dilma Roussef se afastará da presidência por 15 dias para uma viagem diplomática ao exterior. O vice-presidente Michel Temer assumirá o cargo para em seguida também viajar e passar o comando do país para Henrique Alves.

 

NOME DO PMDB

O nome que o PMDB trabalha para disputar o governo do Estado em 2014 não é o do deputado federal Henrique Eduardo Alves e nem muito menos o senador-ministro Garibaldi Filho. Na verdade, o partido estimula cada vez mais a candidatura do deputado estadual Walter Alves ao governo. Tendo Fátima Bezerra como candidata ao Senado. Walter já vem cumprindo agenda de candidato, visitando intensamente todas as regiões do Estado.

 

VIADUTO

O edital de licitação para obra do viaduto da avenida Maria Lacerda Montenegro, em Nova Parnamirim, será publicado no prazo de 90 dias. A confirmação foi dada pelo deputado federal Henrique Alves. O projeto inicial era construir uma passagem subterrânea, mas foi optado pelo viaduto. Embora a previsão do Governo Federal seja lançar a licitação em 90 dias, o presidente da Câmara acredita que poderá antecipar para 60 dias.

 

DAVIM & GARIBALDI

O presidente estadual do Partido Verde, senador Paulo Davim, diz que, à exceção da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), o seu partido analisará votar em qualquer candidato, inclusive no vice-governador Robinson Faria (PSD), o que dependerá das discussões programáticas, “menos na governadora Rosalba”. É bom lembrar que, na condição de suplente de Garibaldi Filho, o senador Paulo Davim não tomaria nenhuma decisão dessa sem consultar o atual ministro da Previdência Social que é “titular”  do mandato de senador.

 

DIRETÓRIO

A situação do atual presidente do PP, ex-vereador de Parnamirim, Sérgio Andrade, fica insustentável. Vereadores do partido em Natal acordaram em recente reunião que apoiarão a indicação de Rafael Motta para presidir o diretório estadual do partido no RN. A reunião foi convocada pelo presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Albert Dickson, e contou com as presenças dos vereadores Rafael Mota, Paulinho Freire, Chagas Catarino e Ary Gomes.  O diretório de Natal deve ficar com o vereador Paulinho Freire.

 

FPM DE MARÇO

De acordo com cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o primeiro decêndio de março do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) chega às contas das prefeituras com valor próximo ao creditado no mesmo período do ano passado. É apenas 4,3% maior em termos nominais. Em termos reais – descontando a inflação do período – o crescimento é de somente 0,5%. A CNM alerta, de acordo com a previsão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o mês de março deve ter uma queda de 32% no repasse do Fundo em comparação a fevereiro.

 

CONTRA-MÃO

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) continua afirmando que o seu partido não vai indicar cargos no governo Rosalba Ciarlini. “Isso não seria uma indicação do PMDB, mas uma indicação do próprio Henrique. A equipe do governo precisa estar sintonizada com Henrique Alves, e não com o PMDB”, diz Nelter.

 

VIOLÊNCIA

O vereador de Parnamirim, Ricardo Gurgel (PSB) foi vítima de assalto na porta de sua residência, no bairro de Nova Parnamirim. O vereador reagiu ao assalto e chegou a se agarrar com o bandido, que acionou o gatilho da arma, mas esta não disparou. Ricardo Gurgel diz que chamou a polícia por volta de meia-noite, mas somente às 8 horas da manhã é que apareceu uma viatura no local. 

 

REFORMA

O prefeito Carlos Eduardo deve encaminhar à Câmara de Natal até junho um projeto de reforma administrativa. entre as propostas que serão apresentadas está a extinção de 6 secretarias, incluindo a SERIG (Relações Institucionais) e a Secretaria da Mulher, consideradas inoperantes e perdulárias.

 


 

08 de Março de 2013 às 15h18

A CONFUSÃO DO PMDB

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A convenção do PMDB, realizada em Brasília, no final de semana passado, reforça a tese de o partido ter um candidato próprio na sucessão da governadora Rosalba Ciarlini. É bem verdade que a cúpula peemedebista adiou a decisão de abandonar o barco governista, mas a esmagadora maioria dos políticos do partido no RN desconfia que o PMDB não estará aliado ao DEM em 2014. Só mesmo se a governadora der uma reviravolta administrativa e mostrar grandes chances de vitória eleitoral.

O quadro que se vislumbra é o seguinte: como o senador-ministro  Garibaldi Filho insiste que não quer e muito menos pretende abandonar o Senado, então, o partido só tem um nome com densidade eleitoral para disputar o governo: o deputado Henrique Eduardo Alves. Isso abriria espaço para Walter Alves postular uma cadeira na Câmara Federal.

No Palácio do Planalto, a aliança entre PMDB e PT na sucessão de 2014 no RN é o desejo maior. Nesse caso, o PT lançaria Fátima Bezerra para o Senado. O ex-presidente Lula, inclusive, conversou sobre isso com Fátima e com o presidente da Câmara, Henrique Alves. É bem verdade que muita água ainda vai correr debaixo dessa ponte.

Por enquanto, o PMDB segue com duas caras: uma que ainda luta em resistir em continuar com a aliança com o DEM; a outra, de figuras do partido que defendem uma candidatura própria da legenda a governador do Estado em 2014. Deputados estaduais, prefeitos e agora a juventude do PMDB brada abertamente e sem nenhum receio o lançamento de nomes do partido ao governo. Nessa linha, o deputado estadual Hermano Morais afirma: “O PMDB tem direito a tomar o rumo que bem entender, de acordo com as bases partidárias”, avisa o deputado Hermano Morais.

Agora, fica uma pergunta: como é que o PMDB vai conquistar mais espaço no governo e o deputado Walter Alves diz que o partido vai continuar com uma postura de “independência” na Assembléia Legislativa? Tem alguém tentando passar a perna no outro. E isso em política não prospera. O grupo da governadora Rosalba Ciarlini, apesar de todos os seus erros administrativos, não vai engolir essa situação. Não fica bem o PMDB dizer que quer ajudar o governo, mas sem abrir mãos dos seus projetos, como em 2014, com candidatura própria ao Governo do Estado. 

 

 


NOVO COMANDO

O vereador Albert Dickson poderá assumir o comando estadual do PP. Antes o nome cotado era o do também vereador Rafael Motta, filho do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta. Entre Albert e Rafael outro fato em comum: ambos são candidatos ao pleito de 2014. Mas Dickson vai tentar uma vaga na Assembleia Legislativa e Motta busca uma cadeira na Câmara Federal. Certo mesmo é a saída do atual presidente do PP, o ex-vereador de Parnamirim Sérgio Andrade.

 

CASSAÇÃO

E por falar em Sérgio Andrade, o ex-vereador parnamirinense moveu Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o vereador Clênio José dos Santos (PV) por crime eleitoral praticado na campanha de 2012. Segundo a denúncia, que foi acatada pelo Ministério Público Eleitoral, o vereador Clênio Santos teria praticado diversos episódios considerados irregulares, resultando em crime eleitoral de abuso de poder político e econômico. Caso Clênio seja cassado, Sérgio Andrade assume a vaga.

 

AÇÕES DO BNB

A Superintendência Estadual do Banco do Nordeste divulgou os resultados obtidos no Rio Grande do Norte durante o ano de 2012. Pelo quarto ano consecutivo, mais de R$ 1 bilhão foram investidos na economia potiguar, em seus mais diferentes setores econômicos. O total de contratações chegou a R$ 1,2 bilhão, com destaque para as aplicações com micro e pequenas empresas, bem como para as áreas de microcrédito urbano e rural. O setor de comércio e serviços foi responsável pela maior parte das contratações, com recursos da ordem de R$ 770 milhões, seguido pelas áreas industrial (R$ 221 milhões) e Rural (R$ 210 milhões).

 

HOMENAGEM

A Câmara Municipal de Parnamirim vai prestar homenagem ao Dia Internacional da Mulher na quarta-feira (13), durante sessão especial convocada pela vereadora Kátia Carvalho de Lima (DEM). A data é comemorada nesta sexta-feira (8). O legislativo parnamirinense atualmente tem três representantes femininas – Kátia Carvalho, Elienai Dantas Cartaxo e Sheilla Cristina. Além de comemorar o Dia Internacional da Mulher, é uma tradição da Câmara homenagear mulheres que desenvolvem projetos em benefício da sociedade.

 

PDT DE OLHO

O PDT do Rio Grande do Norte, que é comandado pelo prefeito Carlos Eduardo Alves, não ficará ausente da sucessão de 2014, mesmo o prefeito natalense tendo descartado qualquer possibilidade de ser candidato ao governo do Estado em 2014. Segundo Carlos, sua meta é tornar Natal uma cidade cada vez melhor. "E se o povo quiser, a reeleição". Os pedetistas, que comandam juntos Natal e Parnamirim - cerca de 25% do eleitorado do Estado - podem querer uma vice, uma suplência de senador. 

 

FPM GORDO

No último dia 28 de fevereiro, os Municípios de todo o País receberam o terceiro decêndio do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor já descontado a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), foi de 1.215.040.168,18. Em valores brutos, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 1.518.800.210,23.

 

REPRESENTAÇÃO

O presidente da Câmara Municipal de Ceará Mirim, Renato Martins – (DEM) em pronunciamento na tribuna, reiterou o propósito de discutir um nome do Verde Vale para candidato a de-putado estadual. Renato citou alguns exemplos de municípios do RN que têm representante na Assembleia Legislativa como Caicó, Pau dos Ferros, Canguaretama, etc. “Ceará Mirim não pode mais continuar órfão de um representante na Assembleia”, disse Renato.

 

REELEIÇÃO

Dos oitos deputados federais, pelo menos um não concorrerá à reeleição: Paulo Wagner (PV), que foi eleito em 2010 com pouco mais de 55 mil votos. Paulo Wagner  analisa disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa, tendo como principal reduto a Grande Natal e região Oeste potiguar, de onde é natural.

 

REELEIÇÃO II

Em Macaíba, em sessão realizada no dia 26, por unanimidade, o vereador Gelson Lima (DEM) foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Macaíba para o segundo mandato. Gelson é o segundo presidente reeleito antes do final do primeiro ano de seu mandato para o qual fora eleito. O mandato atual iniciou-se no dia 1º de janeiro de 2013 com término em 31 de dezembro de 2014. O segundo começará no dia 1º de janeiro de 2015 e findará no dia 31 de dezembro de 2016.

 

FEDERAÇÃO

As câmaras municipais da região metropolitana de Natal vão se unir para fundar uma federação. Os presidentes das câmaras de Natal (Albert Dickson); Parnamirim (Rossano Taveira da Cunha); São Gonçalo do Amarante (Geraldo Veríssimo); Macaíba (Gelson Lima); e Extremoz (Joaz Oliveira); iniciaram, na segunda-feira (4), os preparativos para a formalização da entidade. Ficou acertada uma reunião para a próxima semana com os presidentes das outras câmaras municipais que integram a Região Metropolitana de Natal. A RMN representa mais de 45% da população do Rio Grande do Norte.

01 de Março de 2013 às 12h41

A CONVERSA DOS ALIADOS

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A reunião da base aliada da governadora Rosalba Ciarlini realizada na segunda-feira (25), em Brasília, culminou com a manutenção de todos os partidos no bloco. Isso pelo menos, por enquanto, ou como se diz no interior: o assunto foi emburrado com a barriga!

Na prática, a conversa foi para a Chefe do Executivo escutar reclamações dos líderes partidários sobre isolamento do seu governo. E, em contrapartida, Rosalba expôs as dificuldades financeiras que travam a administração. Dizem que o Chefe do Gabinete Civil, Carlos Augusto Rosado, ficou o tempo todo calado, o que não faz o seu perfil.

Fala-se também que a governadora se dispõe a colocar mais peemedebista no seu governo, com a promessa de alavancar a gestão e, mudando o cenário, se mudar, receber o apoio do PMDB em 2014.

Segundo os analistas de plantão, o PMDB vai entrar no governo de Rosalba com tudo que tem direito, se fortalecer ainda mais nos municípios e, dependendo do novo quadro, ouvir os aliados e a sociedade para poder tomar a decisão final.

Ao final do encontro das lideranças políticas representativas dos partidos da base aliada foi divulgada uma nota que fala que “a união desses partidos e des-ses líderes se impõe para garantir a concretização dos sonhos e das esperanças do Rio Grande do Norte”.

Porém, a parte que mais chama atenção na nota é o item que diz que “a governadora Rosalba Ciarlini, por manifestação explícita, como é de sua formação democrática, aplaude a atitude dos partidos aliados; determina-se às referidas adequações, por entender que, ao mesmo tempo em que otimiza a eficácia das ações governamentais, se garante o compromisso político desses partidos com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”.

Em rompimento ninguém falou. Mas, também, não descartou. Por enquanto, tudo como dantes, no quartel-general em Abrantes. Ou talvez não! Enquanto isso, aqui no RN, a situação é bem diferente. Partidários da governadora – a exemplo do deputado Vivaldo Costa (PR) - acha que o PMDB está enganando Rosalba Ciarlini. Oposicionistas como o deputado Nélter Queiroz (PMDB) defende o rompimento o quanto antes. Pelo menos há notícia para a mídia especular! 

 

 


QUESTÃO

O Ministério Público do Rio Grande do Norte foi ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), reivindicar a vaga que após todo o processo de esco-lha do Quinto Constitucional que culminou com a escolha do advogado Glauber Rego. Para a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Ampern), a vaga não pertence à Ordem dos Advogados do Brasil seccional do Rio Grande do Norte (OAB/RN), que conduziu o processo de sucessão, e sim ao MP.

 

CAIXA

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) solicitou ao presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, a ampliação de mais nove agências para atender à população do Rio Grande do Norte. Entre essas novas agências está uma em Parnamirim, mais precisamente na Cohabinal, onde já existe uma agência do Banco do Brasil. “A Caixa, além do papel fomentador da economia, é o executor dos mais importantes programas sociais do Governo Federal, principalmente do Minha Casa, Minha Vida”, justificou Fátima.

 

CADIDATO

O PMDB do Rio Grande do Norte deverá ter candidato próprio ao Governo do Estado em 2014. A decisão virá de cima para baixo, onde o PMDB nacional fará sua convenção no próximo dia 2 de março em Brasília. No rol das recomendações aos filiados, o estímulo de candidatura própria a governador nos 27 estados da Federação. É a mesma postura adotada desde as eleições municipais de 2012.

 

NOVO LÍDER

O vereador Júlio Protásio foi confirmado como líder do prefeito Carlos Eduardo na Câmara Municipal de Natal. Júlio é do PSB, partido da base do prefeito, está no segundo mandato e demonstra experiência e liderança na Casa. O nome dele é aceito pela maioria dos vereadores que apóiam o prefeito.

 

DÉBITOS

O prefeito de São José de Mipibu, Arlindo Dantas (PMDB), está preocupado com as receitas retidas em detrimento aos débitos herdados no início da sua gestão. Segundo o setor de finanças do município o débito com o PASEP pode alcançar a cifra de 2 milhões de reais. A cota do FPM referente ao dia 20 foi retida para saldar dívidas do PASEP pela falta de pagamento nos meses de julho e novembro do ano passada.

 

ALFORRIA

O deputado estadual Kelps Lima aguarda o julgamento da justa causa na Justiça Eleitoral para deixar o Partido da República. Kepls alega discriminação dentro do partido, que é comandado pelo deputado João Maia como sua propriedade. O deputado, que pediu a carta de alforria, assumiu a titularidade na Assembleia Legislativa com a renúncia de Poti Júnior, que foi nomeado conselheiro do TCE.

 

FÁTIMA SENADORA

Na reunião na última semana com o ex-presidente Lula, a deputada Fátima Bezerra (PT) bateu o martelo: será candidata ao Senado em 2014. Um dia depois, Lula recebeu o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB) e já comunicou a decisão do PT de lançar Fátima para o senado. Pediu o apoio do PMDB.

 

JORNALISTASOS

Os jornalistas do RN e os patrões chegaram a um acordo salarial na Superintendência Regional do Trabalho (SRT). Após três rodadas de negociação, os jornalistas que ganham o piso receberão um reajuste de 8,1% e os trabalhadores que já ganham acima do piso terão um aumento salarial de 6%. Como a inflação do período foi de 5,4%, toda a categoria terá um aumento real.

 

CHEFE DE GABINETE

O advogado e ex-vereador Júlio César(PSD) assumiu a Chefia de Gabinete da Vice-Governadoria. Por incumbência do vice-governador Robinson Faria, presidente estadual do PSD, Júlio ficará responsável pela articulação política do partido nos municípios da Grande Natal e região do Mato Grande. Também conseguiram uma boquinha na Vice-Governadoria as ex-prefeitas Norma Ferreira, Graça Marques e Edinha Pinheiro.

 

NOVO LÍDER

O vereador Antônio Batista Barros (PMDB) é o novo líder da maioria na Câmara Municipal de Parnamirim. Batista assume em substituição ao vereador Valério Felipe Santiago (PDT), que é o verador mais antigo de Parnamirim.

 

NOVOS PARTIDOS

Quatro novos partidos estão em processo de formação no RN. Para o registro nacional, as legendas precisam antes conseguirem registro junto aos Tribunais Regionais Eleitorais dos Estados. Aqui, tramitam quatro processos: NOVO – Partido Novo; PDN – Partido do Desenvolvimento Nacional; PGT – Partido Geral do Trabalho; e PJS – Partido da Justiça Nacional.

 

PRAZOS

Para se criar um partido político no Brasil, os eleitores inte-ressados devem seguir uma série de passos, sendo o último deles o pedido de registro do estatuto partidário ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E para que uma legenda lance candidatos às eleições gerais de 2014, ela deve estar devidamente registrada no TSE no máximo até o dia 5 de outubro deste ano. 

 

VICE EM NATAL

O vice-presidente da República, Michel Temer estará em Natal no dia 8/3, onde participa do jantar em homenagem ao presidente da Câmara, deputado Henrique Alves. A homenagem será prestada pelas Federações das Indústrias, do Comércio, Transportes e Agricultura e contará com a participação de empresários, políticos, amigos e familiares. 

22 de Fevereiro de 2013 às 16h04

A CONFIANÇA DA GOVERNADORA

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Na leitura de sua penúltima Mensagem Anual deste mandato na Assembléia Legislativa, a governadora Rosalba Ciarlini, em um discurso de pouco mais de uma hora, detalhou as principais realizações de 2012 e anunciou os projetos do Governo do Estado para 2013. Foi uma mensagem bem mais otimista, melhor do que os dois primeiros anos de governo.

Rosalba Ciarlini falou sobre a superação de dificuldades e criação de oportunidades nos dois primeiros anos de governo, as ações de combate à seca, saneamento básico, saúde e segurança pública, defesa social, educação, cultura, cidadania, Copa 2014 e obras estruturantes para o RN, economia, geração de emprego e desenvolvimento social.

A governadora chamou atenção para crise econômica e os recursos que foram destinados para amenizar os efeitos da estiagem. Disse, que o  Executivo deixou R$ 130 milhões de restos a pagar em 2012. Além do mais, a expectativa de receita foi frustrada em R$ 384 milhões sobre o Fundo de Participação dos Estados e a CIDE, além de estiagens consecutivas que comprometeram um montante significativo de recurso.

A chefe do Executivo ainda lembrou que houve um aumento de 12% no repasse dos Poderes e os custos com as decisões judiciais, que obriga a implantação de reajuste salarial.

Falando sobre as superações e dificuldades e da criação de oportunidades nos dois primeiros anos de gestão, a governadora dedicou um capítulo especial para mostrar o que o governo vem fazendo para combater os efeitos da seca. Também anunciou o programa “Sanear RN”, com o propósito de terminar 2014 com 80% do Rio Grande do Norte saneado. Sobre a Saúde, resumiu às obras de recuperação de 12 hospitais em todo o Estado. Na área de Segurança, apresentou os investimentos em viaturas, equipamentos, estrutura. Sobre a Copa de 2014, dedicou o capítulo a três obras estruturantes: o aeroporto de São Gonçalo, o Pró-Transporte que teve edital de licitação lançado há uma semana e a avenida Engenheiro Roberto Freire, que terá o edital de licitação divulgado em duas semanas.

Rosalba tem cerca de um ano e 9 meses para dá uma reviravolta no seu governo. É aguardar os acontecimentos. 

 

 


FÓRUM

O estacionamento exclusivo para os servidores do Fórum Miguel Seabra Fagundes será reformado e ampliado e, com isso, um novo serviço passará a ser oferecido no local. De acordo com o diretor do Fórum, Mádson Ottoni, 15 novas vagas serão disponibilizadas para veículos de funcionários. Além disso, o serviço de drive thru criado para facilitar a consulta processual de advogados, deixará de funcionar na sede do Fórum e ganhará um espaço dentro do próprio estacionamento. O novo drive thru vai funcionar na própria calçada, onde um servidor estará disponível para atender as demandas dos advogados.

 

PRESIDÊNCIA

O deputado estadual Walter Alves, atual 1º vice-presidente do PMDB, deverá assumir a presidência do diretório regional do partido. Isso deve ocorrer em razão do atual presidente deputado federal Henrique Alves não poder compatibilizar o cargo com o de presidente da Câmara Federal. Walter Alves é o atual líder do partido na AL e também deve deixar o cargo.

 

RECUPERAÇÃO

O conselheiro Poti Júnior recebeu alta médica e já retornou ao convívio de seu familiares e amigos. Poti sofre um infarto agudo do miocárdio, na segunda-feira de carnaval quando estava veraneando na Praia de Búzios (litoral sul do RN), quando foi transportado para o Hospital do Coração em Natal, onde foi submetido a dois cateterismo e uma angeoplastia, tendo inclusive implantado dois stents. Segundo familiares, é excelente seu estado de saúde.

 

FEDERAL

Aliás, mesmo o deputado estadual Walter Alves (PMDB) vir afirmando sempre que seu projeto político para 2014 será buscar a reeleição e permanecer na Assembleia Legislativa, no seio da família Alves, é voz corrente que o filho do senador Garibaldi deverá disputar uma vaga na Câmara Federal, juntamente com o seu primo Henrique Alves. Em eleições passadas, foram candidatos e se elegeram, Henrique e o pai Aluízio Alves; Henrique e o então cunhado, à época casado com Ana Catarina Alves, Ismael Wanderley; Henrique e a irmã Ana Catarina.

 

GOVERNADOR

Crescem os rumores de que o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho (PMDB) deverá disputar o Governo do Estado em 2014. E teria até o apoio do PT, que lançaria a deputada federal Fátima Bezerra como candidata ao Senado. As mesmas notícias dão conta de que essa possibilidade vem sendo fortemente incentivada pelo Palácio do Planalto, que mais tem interesse no rompimento do PMDB com o DEM aqui no Estado.

 

FECAM

A Federação das Câmaras do Rio Grande do Norte (Fecam) elegeu o novo presidente: o vereador e presidente da Câmara de Mossoró, Francisco Silveira Júnior (PSD). Silveirinha já ocupava o cargo de vice presidente da Fecam, inclusive com atuação destacada pelos parlamentares da região oeste por promover seminários legislativos e implantar projetos de modernização da Câmara de Mossoró no setor de informática e administrativo.

 

CIRURGIA

O ex-governador Iberê Ferreira de Souza seguiu para São Paulo nesta quinta-feira (21). No Hospital Sírio Libanês, onde se trata de um câncer há dois anos, Iberê Ferreira vai se submeter a nova cirurgia para retirada de um edema na cabeça. Segundo seus familiares, a cirurgia é simples e corriqueira.

 

PROCURADOR-GERAL

A eleição para formação da lista tríplice visando à nomeação do Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do RN será realizada no próximo dia 19 de abril de 2013, das 08h às 14h, no Plenário Procurador de Justiça "William Ubirajara Pinheiro", situado no prédio sede da Procuradoria-Geral de Justiça. Em Mossoró, a eleição será no prédio sede das Promotorias de Justiça.

 

BRONCA

Os governadores empurrarão na verdade duas bombas no colo do novo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Os estados cobram a votação dos novos critérios de divisão do Fundo de Participação dos Estados e a redução dos juros devidos à União. A cobrança vai por carta, escrita pelo mineiro Antonio Anastasio. Henrique vai ter que agora decidir. É bronca!

 

ROMPIMENTO

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) está longe de ser convencido do rompimento entre o PMDB do ministro Garibaldi Filho e do presidente da Câmara Henrique Alves e o DEM da governadora Rosalba Ciarlini e do senador José Agripino. Fernando Mineiro é de opinião que os dois partidos seguem afinadíssimos e muito menos têm o menor inte-resse, agora, em rompimento. Segundo Mineiro, “os fatos atestam essa realidade”.

 

FPM EM ALTA

O valor da segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de fevereiro – a ser partilhado entre as 5.568 prefeituras – foi de R$ 365.566.869,96. De acordo com estimativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM), sem a retenção do Fundeb, o montante chega a R$ 456.958.587,45. Um levantamento da entidade indica que o repasse é menor do que o estimado no início do mês, de 15,3% para este segundo decêndio. Também mostra acúmulo de R$ 13 bilhões do início do ano para cá, em valores brutos e corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

NOVO LÍDER

O vereador Júlio Protásio deve ser confirmado líder do prefeito Carlos Eduardo na Câmara Municipal de Natal. Júlio é do PSB, partido da base do prefeito, está no segundo mandato e demonstra experiência e liderança na Casa. O nome dele é aceito pela maioria dos vereadores que apóiam o prefeito.

 

ROTA 101 NORDESTE

O titular da SETUR, Renato Fernandes, esteve em SP participando do Workshop CVC, , e se reuniu com os representantes de todas as secretarias de Turismo do Brasil. Durante a reunião, Renato Fernandes apresentou a Rota 101 Nordeste, evento projetado  para acontecer este ano para incentivar a facilidade de interligação entre os estados promovida pela recente duplicação da rodovia.

 


 

15 de Fevereiro de 2013 às 14h14

Mudanças no secretariado de Rosalba

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

Na verdade, somente agora após o carnaval é que o ano político vai começar. A nível de Governo do Estado, o que se fala nos bastidores é que vem por aí uma nova reforma no secretariado da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Uns dizem que seriam mudanças pontuais; outros falam em uma ampla reforma, com ou sem o PMDB.

De qualquer forma, fala-se em rearranjos já visando as eleições do próximo ano a fim de que sejam abrigados apenas aqueles que vão estar integrados ao projeto de reeleição da governadora.

Esperada desde o final do ano passado, o anúncio das alterações foi adiado reiteradas vezes e, como apontavam as previsões pessimistas, ficou para após o carnaval.

De acordo com interlocutores, as principais apostas para mudanças passariam pelas secretarias de Saúde, Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Segurança Pública e Desenvolvimento Social, os comandos da Polícia Militar e Polícia Civil. Aliás, desde o início do mês que se fala em mudanças na Saúde, sendo até dado como certo o nome do ex-prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rego (DEM). O filho do deputado estadual Getúlio Rego esteve na Governadoria e conversou com Rosalba. Seu pai, sempre foi o nome número 1 de Rosalba quando assumiu o governo para dirigir a Saúde.

Na Segurança Pública, o secretário Aldair da Rocha, que é um policial dos quadros da Polícia Federal e superintendente da PF do Ceará, estaria considerando que a sua missão à frente do cargo já teria sido cumprida. Caso opte pela mudança, fala-se que também viria a necessidade de sangue novo no apa-relho da segurança pública - Civil e Militar - com novos nomes comandando as duas corporações.

Quando à Senthas, a decisão da mudança fica por conta de que posição o PMDB tomará. Se fica ou sai do governo. A pasta é comandada desde o início do governo pelo secretário Luiz Eduardo Carneiro Costa, nome indicado pela cúpula peemedebista.

A verdade, é que o governo Rosalba Ciarlini tem pretensões de iniciar o ano político sabendo quem serão os seus aliados em 2014, não mais ficando em compasso de espera. O projeto da reeleição exige definições importantes na política do RN. É aguardar os acontecimentos!. 


 


 



CRISE NO DEM

Uma proposta do presidente nacional do Demacratas, senador José Agripino (RN) apresentada nas últimas reuniões da executiva nacional da bancada na Câmara, de uma "oposição branda" ao Planalto. Estaria criando problema dentro do já pequeno e fragilizado pelas deserções que ocorreram com a criação do PSD. A proposta estaria servindo para reacender as conversas sobre uma fusão do DEM com o PMDB. As duas propostas são rejeitadas pela ala independente, que não aceita negociar, e sugere que os descontentes se desfiliem, em vez de querer sepultar o partido.

 

PACTO

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves pretende se reunir em março com governadores para discutir o pacto federativo, que aborda as receitas dos estados. O presidente não detalhou o que pretende incluir no pacto, mas afirmou que quer elaborar uma proposta simples para ser discutida em uma comissão especial. O pacto federativo pretende diminuir o desequilíbrio na divisão de receitas arrecadas com tributos entre os estados e a União e poderia contemplar temas como guerra fiscal, ICMS, FPE, distribuição dos royalties do petróleo e dívidas dos estados.

 

EM SINTONIA

Quem garante é a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria. O governador de Parnambuco, Eduardo Campos (PSB) está em completa sintonia com a presidente Dilma Rousseff. Dona Wilma esteve na última semana com Campos e assegura que "ele não será candidato a Presidente da República". Assim - garante a vice-prefeita - "há uma forte tendência para o PSB apoiar a reeleição de Dilma".

 

PRÓ-TRANSPORTE

Não resta a menor dúvida de que o Pró-Transporte é o mais importante projeto de mobilidade urbana de Natal. A governadora Rosalba Ciarlini apresenta o novo projeto com valor estimado em R$ 82 milhões. Os recursos já estão assegurados pelo Orçamento Geral da União e pelo Programa Federal Pró-Transporte, ambos repassados pela Caixa Econômica Federal, somados aos recursos do Pró-Investe, através de um contato celebrado pelo Governo do RN com o Banco do Brasil. A licitação está marcada para o dia 22 de março deste ano.

 

LEI SECA

Padres da cidade de Maringá, no interior do Estado do Paraná, estão tendo que mudar a tradição da missa por causa da Lei Seca: o ritual é o mesmo, mas dentro dos cálices o vinho não tem mais álcool. A medida de trocar o vinho por suco está sendo adotada para garantir a segurança dos religiosos e evitar problemas com o bafômetro. O uso do vinho sem álcool ou do suco deve virar norma depois de uma reunião, no mês que vem, com todos os padres da paróquia.

 

CONDENAÇÃO

O ex-prefeito do Rio do Fogo, Francisco das Chagas Cruz (Tico) terá de devolver R$ 657 mil, devidamente corrigidos, por determinação do TCE. A cobrança se refere à prestação de contas do município do ano de 2006. As despesas não foram comprovadas. Também, o ex-prefeito de Rio do Fogo, Antônio de Paiva Fernandes (Túlio) terá de ressarcir R$ 58 mil, devidamente atualizado, correspondente a despesas com material sem destinação especifica, no ano de 2002.

 

FPM EM ALTA

Os prefeitos tiveram motivo de sobrar para comemorar o carnaval e respirar aliviados em relação às transferências do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A primeira parcela de fevereiro do FPM foi de 120% maior que o primeiro decêndio de janeiro deste ano. Os recursos serão repassados e às prefeituras tiveram valores 27,53% acima do registrado no mesmo período de 2012. 

 

NA CÂMARA

A vereadora Kátia Carvalho de Lima (DEM) não está disposta a ocupar nenhum cargo no Governo do Estado e, consequentemente, não se ausentar da Câmara de Parnamirim. Com o afastamento de Kátia, quem assumiria a vaga seria o primeiro suplente Sérgio Andrade (PP). Kátia Carvalho garante que pretende continuar exercendo o seu mandato no Poder Legislativo. Já Sérgio Andrade agora trabalha como assessor do deputado Gilson Moura (PV).

 

INFARTO

O Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Poti Júnior, sofreu um infarto na noite de segunda-feira (11) e encontra-se internado no Hospital do Coração, em Natal. Ele foi submetido a um cateterismo e passa bem. Poti Júnior, que era deputado estadual pelo PMDB, assumiu a Corte na vaga destinada à Assembléia Legislativa.

 

LISTA TRÍPLICE

Os desembargadores do Tribunal de Justiça irão escolher os três nomes de advogados que podem ocupar a cadeira de desembargador do Tribunal de Justiça. A lista tríplice será definida, provavelmente, na sessão desta sexta-feira (15). A escolha não será fácil. O detalhe da idade também pode pesar na escolha dos desembargadores. Os mais velhos são os advogados Artêmio Azevedo e Glauber Rego e a mais nova é a advogada Mariza Almeida.

 

VISITA

A renúncia do Papa Bento XVI motivou o cancelamento da visita do Núncio Apostólico dom Giovanni D'Aniello, programada para sexta-feira a Natal. Ele participaria das festividades de 50 anos da Campanha da Fraternidade 2013, que este ano será endereçada, principalmente, aos jovens com o tema Fraternidade e Juventude. 

 

FUNDO PARTIDÁRIO

Em janeiro de 2013, os 30 partidos políticos do país receberam R$ 16 milhões do Fundo Partidário, segundo dados do TSE. Desse total, o PT recebeu a maior parte (R$ 2,6 milhões), seguido pelo PMDB (R$ 1,9 milhão) e o PSDB (R$ 1,7 milhão).  De acordo com a lei dos partidos, o Fundo Partidário é formado por multas, doações e dotações orçamentárias. A União deve pagar ao menos R$ 0,35 por eleitor inscrito. 

08 de Fevereiro de 2013 às 00h00

A UNIDADE ENTRE OS PODERES

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 consagrou a república presidencialista como forma de governo. Em seu texto, estabeleceu como um de seus princípios fundamentais a divisão das funções estatais em três distintos órgãos: o Poder Legislativo, a ser exercido pelo Congresso Nacional; o Poder Executivo, a cargo da Presidência da República, e o Poder Judiciário, atribuído aos tribunais e aos magistrados federais e estaduais, variando a competência de cada juízo conforme o determinado em lei. Na Constituição Brasileira  foi-lhe atribuído a condição de “cláusula pétrea”.

Apregoa ainda a Constituição que esses Poderes devem se relacionar entre si de forma harmônica e independente. A harmonia no exercício dos Poderes estatais nada mais é que o respeito mútuo às prerrogativas atribuídas a cada Poder, com colaboração e controle recíprocos, no sentido de construir os objetivos da República.

Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário possuem atribuições próprias, que são aquelas específicas e determinadas a cada esfera de poder, a quem cabe exercê-las com exclusividade. Também possui atribuições constitucionalmente instituídas, que legitimam um determinado poder a exercer as funções próprias a outra esfera de poder. Trata-se também de uma prescrição constitucional conhecida como o sistema de freios e contrapesos, que consiste na prática de delimitação de um poder por outro.

No Rio Grande do Norte, está evidente nos últimos dias que essa relação entre os Poderes está abalada. O deputado estadual José Dias (PSD), por exemplo, chega a afirmar claramente que o Executivo está interferindo em decisões do Legislativo de forma “inaceitável”. Ressalte-se que a independência e a convivência harmônica entre Judiciário, Legislativo e Executivo são fatores essenciais ao fortalecimento da nossa democracia e à concretização dos direitos e garantias consagrados na Constituição.

O Estado Constitucional de Direito assenta-se na ideia de unidade, uma vez que, o poder estatal é uno e indivisível, havendo órgãos estatais, cujos agentes políticos têm a missão precípua de exercerem atos de soberania. Nesse momento, o mais importante é se trabalhar na construção de uma cultura democrática calcada na participação de todos, em iguais condições, na vida política, requisito indispensável para que se pense a concretização dos ideais maiores do Rio Grande do Norte. A divisão é prejudicial. 


 



EXPEDIENTE

Portaria conjunta (nº 02/2013-TJ), publicada no Diário da Justiça pela presidência do Tribunal de Justiça e a Corregedoria Geral de Justiça determinaram que nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro de 2013 (período do Carnaval) não haverá expediente no âmbito da primeira e segunda instância. No dia 8 de fevereiro, sexta-feira, a portaria determina que o expediente seja das 07h às 14h, inclusive nos protocolos, ficando os prazos que se vencerem ou se iniciarem no período prorrogado para o primeiro dia útil.

 

CONDENAÇÃO I

O ex-prefeito de Goianinha, Disson Lisboa teve contas consideradas irregulares pelo TCE, com devolução de recursos aos cofres públicos no valor de R$ 77.660,00, devidamente corrigido. Desse valor, R$ 4.100,00 é referente a soma das diárias recebidas indevidamente e R$ 66.560,00 em virtude da despesa sem destinação específica. As irregularidades estão na prestação de contas do terceiro bimestre de 2003, processo nª 014000/2003-TC.

 

CONDENAÇÃO II

Já o ex-prefeito do município de Santana do Seridó, Iranildo Pereira de Azevedo, deverá restituir aos cofres municipais a importância de R$ 10.800,00. Os recursos foram pagos na realização de uma festa considerada pelo TCE como sem interesse público. O colegiado também aprovou multa de 30% sobre o valor do débito e determinou a remessa dos autos ao Ministério Público Estadual para apuração de possíveis ilícitos penais e /ou atos de improbidade administrativa. (Processo nº 007838/2012 – TC).

 

COMPENSAÇÃO

A partir de março, o governo federal começará a compensar os municípios que têm dívidas com a Previdência Social, segundo anunciou a presidenta Dilma Rousseff. Cerca de 833 municípios começarão a receber compensações de R$ 500 mil mensais. Os municípios beneficiados foram os que concluíram primeiro a apuração das dívidas com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Até dezembro, o governo federal espera ter zerado a dívida de 796 municípios, o que representa 95% do total de prefeituras beneficiadas na primeira fase do programa.

 

DILMA NO RN

A governadora Rosalba Ciarlini anunciou a vinda da presidente Dilma Rousseff para inaugurar o primeiro trecho da adutora do Alto Oeste que beneficiará 350 mil pessoas na região.  A obra será entregue possivelmente no dia 7 ou 8 de março. Segundo Rosalba, a presidente da República já aceitou o convite para ver de perto os benefícios dessa obra que acabará o sofrimento de milhares de famílias potiguares. A adutora terá 300 km, sendo que metade fica nesta primeira etapa que será entregue pela presidente Dilma e pela governadora Rosalba.

 

DESISTÊNCIA

O deputado federal e palhaço Tiririca (PR-SP) está mesmo decidido: não vai disputar a reeleição para a Câmara dos Deputados em 2014. Desiludido com a rotina de trabalho do Congresso, ele tem outras prioridades. Uma delas é a convivência com a filha mais nova, de três anos. A outra é o futuro profissional – está fora da televisão há mais de um ano. Mas, a decisão não é definitiva.

 

RESTITUIÇÃO

O Tribunal de Contas do RN considerou irregular a prestação de contas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Ceará Mirim referente ao ano de 2010, sob a gestão de Adriano César da Cruz Soares, então diretor geral, com devolução de R$ 337.666,93. Em função da ilegalidade constatada, a Primeira Câmara decidiu pela restituição do valor aos cofres públicos e aplicação de multa de 10% sobre o débito ao ex-gestor. A análise dos autos revela o típico caso de omissão quanto ao dever de prestar contas.

 

SENADORA

A deputada Fátima Bezerra (PT) ainda não assume a sua candidatura ao senado em 2014, mas diz que acolhe o resultado da última pesquisa Consult “com o sentimento de humildade, incentivo e reconhecimento pelo trabalho que realizamos”. A pesquisa mostrou vários cenários onde o nome da deputada aparece nas primeiras colocações. Apesar de não declarar, a deputada costura a candidatura nos bastidores. Há quem diga que ela já conversa, inclusive, sobre a vaga de suplente.

 

VAGA NO TJ

Está sendo aberta mais uma vaga de desembargador no tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte com a aposentadoria do desembargador Rafael Godeiro. Os juízes de direito de 3ª Entrância podem ser candidatos. Os magistrados terão até o próximo dia 18 de fevereiro para fazerem a inscrição no próprio Tribunal, por meio de requerimento dirigido à Presidência.

 

AMPLIAÇÃO

Dirigentes da Cooperativa de Desenvolvimento da Atividade Hoteleira e Turística estão mantendo entendimentos com o Governo do Estado, que é proprietário das instalações onde funciona o Centro de Convenções,a Via Costeira de Natal, para que o equipamento seja ampliado. A estrutura que atualmente é de 15 mil metros quadrados passará a ser de 25 mil metros quadrados após a conclusão das obras.

 

PROTRANSPORTE

Os empresários do litoral Norte estão comemorando o anúncio da retomada da obra do Protransporte. A obra irá fazer li-gação entre a ponte Newton Navarro e Avenida João Medeiros Filho, além do acesso à Redinha, interligando a avenida Moema Tinoco, a avenida Conselheiro Tristão e a BR 101. Quando a obra estiver pronta, a distância entre a Ponte Newton Navarro até o Pólo Pitangui, por exemplo, será a mesma entre a ponte e a praia de Ponta Negra.

 

HOSPITAL DE MACAÍBA

A governadora Rosalba Ciarlini sitou as obras de reforma e ampliação do Hospital Regional Alfredo Mesquita, em Macaíba. Com investimento de R$ 1.271 milhão o hospital ganhará um novo centro cirúrgico, laboratório, novo centro de recuperação de operados, seis novos leitos de enfermaria, além de uma área de pré-parto e pós parto.

01 de Fevereiro de 2013 às 19h45

A SAÚDE, NA VISÃO DA GOVERNADORA

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

É incontestável que a saúde pública do Rio Grande do Norte deixa muito a desejar. Não é diferente do resto do País. Setor que vem proporcionando um confronto entre Governo e médicos, em greve há 8 meses, a saúde é foco de grandes debates no Estado.

Na última semana, em artigo publicado e amplamente comentado pela imprensa, a governadora Rosalba Ciarlini reconheceu que a nossa saúde pública apresenta sérias e antigas deficiências. Ademais, estamos vivendo, hoje, um momento de agravamento de um processo crônico de crise nos serviços de urgência e emergência.

Contudo, a governadora demonstrou confiança de que para enfrentar essa crise e ao mesmo tempo oferecer soluções definitivas à sociedade potiguar, o Governo do Estado vem implementando um conjunto de medidas estruturantes – e por isso mesmo com efeitos de médio e longo prazo.

Citou Rosalba que neste exato momento, 12 das 23 unidades hospitalares administradas pelo governo estadual estão passando por reforma ou ampliação. Alguns desses hospitais não sofriam intervenções significativas há 20, 17, 15 anos. Nos últimos 6 meses, abrimos 88 leitos clínicos de retaguarda e convocamos 636 profissionais de saúde, dentre médicos, enfermeiros e assistentes de enfermagem.

A governadora sinaliza com a confiança de que, quando as reformas em curso forem concluídas, o RN ganhará mais 63 leitos de retaguarda e 55 leitos de UTI. Será elevada o abastecimento dos hospitais da rede estadual de um patamar de 26% para 70%, em média, hospitais estes que estão sendo também equipados.

Vamos dá um voto de confiança ao governo, sabendo que a saúde pública é tripartite, por definição constitucional, sendo responsabilidade dos entes federativos – União, Estado e Municípios – onde os novos prefeitos precisarão fazer um grande esforço para melhorar o atendimento básico, sendo importante que cada um faça a sua parte, para que a rede seja forte e resolutiva. Assim a população potiguar espera que em 2013, seja melhorado esse cenário de desassistência e possamos melhorar a saúde pública do RN. 


 


 



NO GOVERNO

Nos bastidores da Governadoria a conversa é uma só: o PMDB teria sido convidado para integrar o governo Rosalba Ciarlini. Ocorre que o grupo que comanda a legenda, tendo a frente o deputado federal Henrique Eduardo Alves estaria fazendo uma exigência: Só aceita a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh). Assim, o PMDB recuaria dessa intenção de romper com o governo, se o ex-diretor do Dnocs, Elias Fernandes assumir o comando da poderosa pasta. Com isso, o PMDB mantém a sua velha tradição.

 

MINEIRO, FEDERAL

O vereador de Natal, Hugo Manso (PT) mesmo afirmando que não tem nada acertado entre o seu partido e o vice-governador Robinson Faria (PSD) para ele ser o candidato ao governo, antecipa que Robinson se enquadra dentro do perfil do grupo que possa apoiar a reeleição da pre-sidente Dilma Rousseff. Diz também que existe o sentimento de que a de-putada federal Fátima Bezerra pode dar um passo maior. Nesse possível quadro, o deputado estadual Fernando Mineiro é o nome mais forte do PT para sair como federal.

 

VIDA PÚBLICA

O prefeito Maurício Marques continua na firme disposição de abandonar a vida pública no término do seu mandato no final de 2016 por entender que sua missão foi cumprida à frente da municipalidade parnamirinense. Diz ainda que 2014 vai acompanhar a decisão adotada pelo seu partido, o PDT, reafirmando que tem compromisso com Agnelo Alves e Carlos Eduardo. Os comentários dos bastidores dão contra de que o prefeito deve deixar o seu cargo para tentar uma vaga na Assembléia Legislativa. Neste caso, a vice-prefeita Lucinha assumiria a prefeitura.

 

DOAÇAO

Eleita pela primeira vez vereadora de Natal, a professora Eleika Bezerra (PSDC) doará seu primeiro salário para 4 instituições filantrópicas do bairro de Mãe Luiza: A Casa do Bem, o Espaço Solidário, a Casa Crescer e o Espaço Livre. Em Natal, os parlamentares municipais recebem R$ 15.019,00. Com os descontos de Imposto de Renda e INSS, o valor líquido é de R$ 11.306,56. Cinco por cento será doado para o Partido Social Democrático Cristão (PSDC). Eleika Bezerra tem 69 anos e é professora aposentada da UFRN. A decisão de doar o salário foi registrada em cartório, em agosto de 2012.

 

REVELIA

A ex-prefeita de Brejinho, Ivanilde Matias Xavier Medeiros, vai responder junto ao Ministério Público Estadual pela ausência de prestação de contas do valor de R$ 536.713,95, do município. Assim decidiram os conselheiros da Primeira Câmara do TCE depois de inúmeros convites para que a ex-gestora apresentasse comprovação dos gastos. Ivanilde ignorou os chamados do órgão de contas deixando o processo correr à revelia.

 

DÍVIDA

Desde o ano passado a Liga contra o câncer não atende mais os convênios de Macaíba tudo em virtude de uma divida absurda que pode ultrapassar o valor de 200 mil reais deixada pela a antiga administração. O prefeito Fernando Cunja já teria pedido prioridade máxima para o pagamento da divida, vendo que a liga presta um serviço essencial e indispensá-vel para vários macaibenses que dependem de exames e tratamentos mais especializados além do diagnóstico de câncer.

 

PREFEITOS

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) marcou presença na solenidade de abertura do encontro da presidente Dilma Rousseff com prefeitos de todo o Brasil na segunda-feira (28), em Brasília. O encontro da presidente Dilma com os prefeitos continuou até a quarta-feira. Fátima Bezerra esteve todo tempo ao lado do prefeito de Parnamirim, Maurício Marques (PDT)

 

NOVA MARCA

A RAF Comunicação criou a nova marca e slogan para a Prefeitura de Parnamirim. Agora, o slogan é “Crescendo com a Gente”, traduzido através de um ícone que lembra uma pessoa com os braços erguidos em forma de seta. A nova marca foi aprovada pelo refeito Maurício Marques que diz traduzir o momento de crescimento de Parnamirim e o foco nos serviços prestados à população.

 

WILMA NA FRENTE

A vice-prefeita de Natal Wilma de Faria (PSB) segue na frente para disputa para o Senado em 2014, na preferência do eleitor potiguar. Em três cenários analisados pelo Instituto Consult, a vice-prefeita vence a deputada federal Fátima Bezerra (PT), o deputado federal Henrique Eduardo (PMDB) e Robinson Faria. Em outro cenário da pesquisa, a deputada federal Fátima Bezerra (PT)  vence também Henrique. Fátima Bezerra tem 43.59% e Henrique Alves 28.71%.

 

FORA DO PÁREO

Mas, Wilma de Faria já alertou que mesmo bem avaliada na pesquisa da Consult, não será candidata ao Governo do Estado em 2014. "Estou feliz com o resultado porque, de certa forma, as pessoas fazem uma comparação e uma avaliação positiva do que fiz como prefeita e como governadora", disse Wilma, reafirmando que não disputará o governo e que já disse ao vice-governador Robinson Faria, seu aliado, e que trabalha para viabilizar sua candidatura, que ela está fora do páreo para o governo no próximo ano.

 

EMPREGOS

Em 2012, o setor respondeu pela abertura de 11.621 novos postos de trabalho formal, número praticamente igual ao registrado em 2011. Do saldo positivo de 12.265 vagas com carteira assinada abertas em 2012 no RN, o setor de Comércio e Serviços respondeu por 11.621 novos postos.

 

PROGNÓSTICO

Em Brasília, a cúpula do PMDB faz um prognóstico de que dos 513 deputados federais, cerca de 350 deverão votar no deputado federal Henrique Alves (PMDB) para presidente da Câmara. Segundo aliados, as denúncias espalhadas na imprensa não mudaram o quadro e que se a intenção era fazer com que o governo retirasse o apoio à candidatura peemedebista, o objetivo não foi alcançado.

25 de Janeiro de 2013 às 12h35

PREFEITOS DE PIRES NAS MÃOS

A queda de arrecadação dos tributos que compõem os fundos de participação dos estados e municípios está obrigando neste início de ano os novos prefeitos enfrentarem ainda mais crise do que pensavam. No Rio Grande do Norte, até mesmo as cidades de maior porte como Parnamirim, Macaíba e São Gonçalo estão de piores na mão. O Governo federal não aceitou nenhuma correção do FPM.

O temor dos prefeitos é com os próximos meses: a partir de maio começa a restituição do IR, que gera queda nas receitas dos fundos de participação, e o período de junho a agosto é tradicionalmente mais fraco em arrecadação. Além disso, não há segurança quanto à recuperação da economia brasileira nos próximos meses.

Ninguém sabe qual vai ser o comportamento do governo se a crise se aprofundar e bater no cofre da União. E mais: o foco passa ser a Previdência Social: 3.920 municípios devem R$ 22 bilhões ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que retém no Tesouro Nacional uma parcela do FPM para abater essa dívida.

No caso de Parnamirim, o município recebeu no último dia 18 a segunda parcela do FPM. O valor das duas parcelas soma 3,7 milhões. Mas, com os descontos do INSS, PASEP e FUNDEB, ficaram em caixa pouco mais de 306 mil reais.

Preocupado com a situação, o prefeito Maurício Marques (PDT) já  anunciou que não fará nenhum novo investimento, antes do primeiro trimestre deste ano. A Prefeitura prefere sentir como será a liberação dos recursos nos próximos dois meses para fazer um balanço da situação. A saída é planejar e só contratar o que pode pagar.

O problema não é de hoje. Nos últimos três anos as prefeituras vêm enfrentando essa diminuição do repasse. A coisa está tomando um vulto muito grande. As prefeituras estão endividadas e não conseguem pagar em dia os fornecedores e os servidores municipais, isso sem se falar nos salários atrasados deixados pelos gestores anteriores.

A situação é delicada porque a maioria dos 5,5 mil municípios brasileiros tem uma forte dependência do FPM, que caiu 12,8% só em janeiro. As principais causas são, entre outras razões, a queda na receita de transferências da União e os aumentos do salário mínimo acima da inflação e do crescimento da receita. 


 



DISPUTA

Insatisfeitos com escolha do deputado Fábio Faria (RN) para ocupar a vaga do PSD na próxima mesa diretora da Câmara Federal, os deputados Átila Lins (AM), José Carlos Araújo (BA), Júlio César (PI) e Ademir Camilo (MG), resolveram disputar o cargo no plenário. A eleição será no dia 4. “O PSD terá direito a um cargo na Mesa Diretora para o biênio 2013-1014 e tenho a honra de ter sido escolhido para representar o meu partido”, diz Fábio Faria.

 

MUDANÇA NO FPE

O Ministério da Fazenda discute novos critérios de repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Têm várias regras jurídicas, várias posições sendo analisadas, sobre qual determinação será seguida pelo Governo Federal. Mas, ainda não há consenso. Após reclamação de alguns Estados, o Supremo Tribunal Federal entendeu que as regras para o repasse são inconstitucionais e determinou que o Congresso Nacional estabelecesse novos critérios de partilha até o dia 31 de dezembro do ano passado.

 

ROMPIMENTO

Para o deputado estadual Agnelo Alves (PDT) o PMDB do Rio Grande do Norte se romper com o governo Rosalba Ciarlini, isso só acontecerá faltando seis meses para as eleições de 2014. “Não acredito que o PMDB rompa com o governo antes de seis meses das eleições do próximo ano”, diz Agnelo Alves, acrescentando que “está pagando para ver uma posição diferente dos peemedebistas”.

 

SERRA DO MEL

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) aprovou por unanimidade resolução que fixa data e aprova as instruções para a realização de novas eleições para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Serra do Mel. A eleição será realizada no próximo dia 7 de abril, um domingo, por meio dos sistemas eletrônicos de votação e de totalização de votos, desenvolvidos pelo Tribunal Superior Eleitoral.

 

GASTOS

O Tribunal de Contas do Estado, através do Ministério Público de Contas, recomendou que os municípios do Rio Grande do Norte evitem gastos excessivos no carnaval. O motivo é a grave seca que atinge o interior do estado. "Em uma situação de calamidade como esta, não há muito que comemorar. Os gestores não devem fazer gastos desarrazoados com festas", justifica o procurador Luciano Ramos. A advertência foi dada através da renovação da recomendação feita em junho de 2012 para que os gestores não realizassem despesas com eventos festivos.

 

CONDENAÇÃO

A ex-prefeita de Ceará-Mirim, Edinólia Melo (PMDB), foi condenada pelo Tribunal de Contas do Estado a devolver quase R$ 70 mil. A decisão ocorreu na análise das contas referentes ao ano de 2006. O voto do auditor conselheiro Marco Montenegro foi pela restituição de R$ 67.190,00, em razão da omissão na prestação das contas.

 

CARNAVAL

Seguindo a orientação do Ministério Público Estadual e do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado alguns prefeitos de cidades do interior do Rio Grande do Norte decidiram cancelar os gastos públicos com a realização do carnaval, consequência do estado de calamidade pública devido à estiagem. Além de Guamaré, que já havia anunciado na semana passada que não realizaria carnaval na cidade, Almino Afonso, Felipe Guerra, Lajes e Santana do Matos também comunicaram o cancelamento da festa.

 

“Encontro de contas”

A presidente Dilma Rousseff convocou pelo menos dez ministros para começar a costurar medidas que podem ser anunciadas no encontro com prefeitos de todo país, que ela comandará na próxima segunda-feira, dia 28 de janeiro, em Brasília. Dilma Rousseff não pretende chegar de mãos abanando na reunião. Há forte possibilidade de atendimento pelo Governo Federal a uma antiga reivindicação dos prefeitos, que é o “encontro de contas”.

 

INVESTIGAÇÃO

O Ministério Público investigará as causas que levaram ao decreto de emergência administrativa na cidade de Monte Alegre, documento assinado pelo atual prefeito Severino Rodrigues (PMDB) no dia 2 de janeiro deste ano. Na portaria assinada pelo promotor Mariano Paganini Lauria, a ex-prefeita Graça Marques (PSD) entrou na situação de "investigada". As primeiras diligências foram para notificar a ex-prefeita, que terá um prazo de dez dias para se manifestar. Já o prefeito Severino Rodrigues deverá encaminhar, no prazo de cinco dias, todos os documentos necessários a investigação do decreto "de situação de emergência administrativa".

 

MUDANÇA NO PP

O vereador Rafael Motta, pré-candidato a deputado federal, será mesmo o futuro presidente do PP estadual em substituição ao ex-vereador Sérgio Andrade, que não conseguiu se reeleger na última eleição em Parnamirim. Articulações nesse sentido vêm sendo feitas desde o final do ano passado. A orientação do comando nacional do PP é mudar comando no Rio Grande do Norte, onde o partido diminuiu o número de prefeitos nas últimas eleições.

 

NOVA SEDE

A Prefeitura de Parnamirim deverá ganhar em 2013 o seu Centro Administrativo funcionando em prédio próprio. Segundo o prefeito Maurício Marques, o atual Centro Administrativo funciona em um prédio alugado e para um município do porte de Parnamirim já é tempo de ter o seu local do Poder Executivo. O novo local será ao lado do Cine-Teatro, no bairro da Cohabinal.

 

MUSEU DA RAMPA

A Secretaria de Estado da Infraestrutura publicou no Diário Oficial do Estado do dia 24 que no dia 28/02 se dará a abertura do processo licitatório que irá escolher pelo menor preço a empresa responsável pela implantação do Centro Cultural Rampa, que envolve o Museu da Rampa e o Memorial do Aviador. O Centro é uma importante obra para o setor turístico do RN.

18 de Janeiro de 2013 às 21h58

INVESTINDO MAIS NA DIVULGAÇÃO

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A governadora Rosalba Ciarlini está iniciando o ano de 2013 apostando na reversão do quadro de desgaste de seu governo e, conseqüentemente, uma recuperação favorável que possa permitir disputar a reeleição em 2014. Para isso, uma das primeiras providências foi dá um novo direcionamento ao setor de Comunicação Social, agora sob o comando do jornalista Paulinho Araújo. Quem mais confia nessa reversão é o Chefe de Gabinete, Carlos Augusto Rosado, que é um expert em coordenação política.

O novo plano de divulgação prevê a veiculação das obras e iniciativas da administração. Não resta a menor dúvida de que a governadora vinha recebendo críticas - inclusive de aliados - sobre a falta de divulgação de suas obras. Setores importantes ligados ao Governo acreditam que a administração Rosalba Ciarlini tem projetos importantes em todo o Estado, faltando-lhe a divulgação necessária.

A governadora tem a expectativa de que agora em 2013 terá menos dificuldades do que nos dois primeiros anos de mandato, como por exemplo realizar o maior programa de saneamento básico que o RN já teve, ou seja, chegar ao fim da gestão com 80% do estado saneado. Outras obras estruturantes estão em andamento, como adutoras, estradas, reformas em hospitais, e a Escola de Governo Dom Eugênio Salas, que será inaugurada em março para oferecer cursos que irão qualificar os servidores públicos do estado. A Saúde é uma área prioritária – diz a governadora – que já avançou muito em ações que foram realizadas e que estão sendo realizadas. Mas, a segurança também terá um foco importante. Vamos criar um Plano Estadual de Segurança para os próximos 10 anos.

Segundo a governadora, uma coisa é começar ou continuar um trabalho bem feito, outra coisa é reconstruir, a partir do que o seu governo encontrou, sem planejamento, sem recursos e com muitas dificuldades. Para ela, esses dois anos foram de aprendizado, e agora pretende definir quais são as suas prioridades, criando um sistema de cumprimento de metas mês a mês. É bem verdade que tal divulgação custa caro. Resta saber se o governo tem caixa para tal. 

 

 

 

 


NOVO QUADRO

A deputada federal Fátima Bezerra assegura que o PT estadual já se prepara para abrir o debate interno sobre as eleições de 2014 e admitiu que entre as pretensões está uma candidatura ao Senado, a qual deverá protagonizar. Observa no entanto, que as legendas aliadas no plano federal, como é o caso de PSD, PMDB, PV (“de Paulo Davim”) e outras – também são bem-vindas, desde que não estejam unidas às siglas sumariamente divergentes, como PSDB, PPS e DEM. Nessa aliança, 2014 pode colocar no mesmo palanque em Parnamirim os deputados estaduais Agnelo Alves e Gilson Moura, ambos disputando a reeleição.

 

VOZ ATIVA

E por falar Agnelo Alves, o deputado parnamirinense garante que o PDT “ainda não tem compromisso com ninguém para 2014, embora tenha apreço e afinidade com vários nomes”.  Porém, Agnelo lembra que o PDT acabou de eleger os prefeitos da primeira e terceira cidades em população no Estado, o que representa 46% do total de habitantes do RN. Isso, enfatizou ele, credencia o partido a discutir o pleito eleitoral com voz ativa. Sobre a possível chegada do PMDB ao bloco que faz oposição ao governo estadual, garante o deputado que os petistas não se opõem a essa possibilidade.

 

PROJETO

Escolhido como o melhor parlamentar de 2012 pela revista Veja, por sua atuação em defesa de um país “mais moderno e competitivo”, o deputado federal Felipe Maia (DEM) admite que vai disputar um novo mandato de deputado federal em 2014 e acrescenta que o projeto político do DEM para o próximo ano é “reeleger a governadora Rosalba Ciarlini”. O parlamentar demonstra preocupação com as obras voltadas para a energia eólica no Rio Grande do Norte. Para o deputado, o governo federal precisa construir ao menos uma linha matriz para a distribuição da energia pelo país.

 

TRANSBORDO

Para resolver definitivamente o problema da coleta de lixo, a Prefeitura de Parnamirim deverá construir uma Estação de Transbordo, que deverá ser localizada no loteamento Santa Helana, nas proximidades da EIT, na BR 304. Só faltam as licenças ambientais. Com essa obra, o lixo de Parnamirim sairá direto para a Braseco, em Ceará Mirim, sem ter mais que passar pela Estação de Transbordo de Cidade Nova, em Natal. Hoje, Parnamirim produz algo em torno de 180 toneladas de lixo por dia e com o período de veraneio sobe para 210 incluindo o litoral - Pium, Cotovelo e Pirangi.

 

MORATÓRIA

Enquanto no interior do Estado várias prefeitras decretaram situação de emergência devido às dificuldades financeiras e a desorganização municipal, em Natal o prefeito Carlos Eduardo diz que a Prefeitura não precisa de uma moratória, mas de uma trégua de um ano, porque o que está havendo são judicializações de débitos da administração passada e iniciativas de confiscos de recursos da nova administração. Segundo o prefeito, a suspensão do pagamento de algumas dívidas seria necessária para recuperar a cidade e priorizar outros setores da administração pública.

 

EM MARÇO

Mesmo diante de especulações de afastamento do governo, o comando estadual do PMDB não tratará da questão antes de março deste, quando o partido realizará um encontro estadual para discussão de assuntos internos da legenda, particularmente a decisão partidária do PMDB continuar ou não, fazendo parte da base de apoio ao governo Rosalba Ciarlini. Atualmente, o governo conta com 14 dos 24 deputados estaduais, sendo destes, quatro parlamentares do PMDB: Walter Alves, Hermano Morais, Gustavo Fernandes e Nelter Queiroz.

 

BASE COESA

A governadora Rosalba Ciarlini considerou “satisfatório” o encontro com a base aliada, no último fim de semana, na praia de Jacumã. A governadora acredita ter se confraternizado com uma base unida e em clima amistoso. Entre os presentes, os líderes do PMDB, ministro Garibaldi Alves e deputado federal Henrique Alves; deputado federal João Maia (PR); e até parlamentares da oposição na Assembleia Legislativa, como Ezequiel Ferreira (PTB).

 

HENRIQUE ALVES

Todo o Rio Grande do Norte, acima das divisões pessoais e partidárias, tem o dever de torcer efusivamente pela eleição do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) para a presidência da Câmara dos Deputados. A história nos mostra que grande parcela dos sulistas não aceita a presença de um nordestino comandando a baixa Casa do Congresso. Isso é público e notório. A campanha na grande mídia contra Henrique Alves tem o objetivo de afastá-lo da disputa, onde ele já construiu uma forte base eleitoral. A eleição será no dia 4 de fevereiro.

 

CONDENAÇÃO

A ex-prefeita de Ceará-Mirim, Edinólia Melo (PMDB), foi condenada pelo Tribunal de Contas do Estado a devolver quase R$ 70 mil. A decisão ocorreu na análise das contas referentes ao ano de 2006. O voto do auditor conselheiro Marco Montenegro foi pela restituição de R$ 67.190,00, em razão da omissão na prestação das contas.

 

NOVO PARTIDO

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que foi terceira colocada na corrida presidencial de 2010, trabalha para fundar um novo partido para concorrer ao Palácio do Planalto em 2014. O plano da ambientalista é recolher 500 mil assinaturas, número necessário para a fundação de uma legenda. A sigla ainda não está definida, mas provavelmente surja a partir do Movimento Social Nova Política. 

 

FEMURN

O prefeito de Lajes, Benes Leocádio, foi reeleito para o biênio 2013-2014 como presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn). O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado foi reeleito vice-presidente. Os dois foram aclamados. A Femurn tem feito um trabalho importante na busca por proteção para os gestores do nosso Estado. 

11 de Janeiro de 2013 às 18h23

A REFORMA POLÍTICA É PRIMORDIAL

Maciel Gonzaga - Interino

 

 

A aprovação do projeto de reforma política do relator Henrique Fontana (PT-RS) em 2013 é um tema de extrema relevância para o país. Por apresentar aspectos de muita complexidade, não consenso entre os deputados. Partidos como DEM, PPS e PR mostraram-se contrários a praticamente todos os pontos da proposta, o que adia o andamento da matéria.

A proposta do deputado Fontana prevê a substituição do atual sistema de financiamento privado pelo financiamento público exclusivo, pois somente uma mudança drástica no sistema político pode cortar o mal da corrupção pela raiz e fortalecer a democracia, combatendo o clientelismo e ampliando os espaços de participação popular.

Mas, independentemente da postergação na Câmara, é preciso que haja um engajamento de lideranças políticas e dos partidos para que a reforma política seja colocada em discussão para toda a sociedade. O PT, inclusive, já anunciou que irá às ruas coletar assinaturas e mobilizar a sociedade em torno da reforma pol&iacut